Application of Newcomb-Benford law to aid fraud detection

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i8.5276

Keywords:

Newcomb-Benford; Accounting model; Z-test; x2 -Test.

Abstract

The Newcomb-Benford law states that the expected frequencies for the first digits of values that make up certain data sets do not follow a uniform distribution. Satisfied the assumptions of the Newcomb-Benford law, the probability of occurrence of digits 1 to 9 is decreasing, being equal to 30.1% for digit 1, 17.6% for digit 2 and only 4.6% for digit 9, for example. In this article, the Newcomb-Benford law is presented as a possible tool to be used in the field of accounting auditing. The accounting model used is based on relationship between the Newcomb-Benford law and the statistical hypothesis tests: Test-Z and x2-Test. In a practical application, 589 values of commitment grades from the Military Academy of Agulhas Negras were analyzed from January 1, 2017 to June 30, 2017. It was concluded that the data presented conformity with the proposed model in relation to leading digits of the analyzed values and that the accounting model can be used by auditors to detect accounting deviations.

Author Biographies

Roberto Campos Leoni, Academia Militar das Agulhas Negras

Possui Doutorado em Ciências pela Universidade Estadual Paulista (2015) - (área: Probabilidade e Estatística), Mestrado em Ciências pela Universidade Estadual Paulista (2011) - (área: Engenharia de Produção), pós-graduação em ciências militares pela Escola de Aperfeiçoamento de oficiais (2010), pós-graduação em Matemática e Estatística pela Universidade Federal de Lavras (2004) e graduação em Estatística pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1999). Atualmente é chefe da Cadeira de Estatística e professor da Academia Militar das Agulhas Negras, professor do mestrado acadêmico da Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá - Universidade Estadual Paulista, professor da Associação Educacional Dom Bosco e Mediador pedagógico do consórcio CEDERJ. Tem interesse nas áreas de controle estatístico de qualidade, estatística multivariada e planejamento de experimentos. ORCID ID https://orcid.org/0000-0001-6600-2963

Graciele Silva Dos Santos, Associação Educacional Dom Bosco

Aluna da Associação Educacional Dom Bosco, Resende, RJ, Brasil

Marialda Mathias Mendonça, Centro Universitário Teresa D’Ávila

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Taubaté (1991), Mestranda pelo Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Design, Tecnologia e Inovação do Centro Universitário Teresa DÁvila-UNIFATEA, atuando na linha de pesquisa de Projeto de Produto. Atua como fiscal de Obras Públicas na Prefeitura Municipal de Guaratinquetá/SP. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Projetos Residenciais, Comerciais e Institucionais, bem como, Perícias Judiciais.

 

Nilo Antonio Souza Sampaio, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutor em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual Paulista (UNESP-FEG), Mestre em Engenharia Mecânica pela Universidade de Taubaté (UNITAU), Engenheiro Químico pela Universidade de São Paulo (EEL/USP). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro lecionando na graduação dos cursos de Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica e Engenharia Química. Trabalha com Matemática e Estatística, com ênfase em Aplicações da Estatística e da Matemática em Ciências, Planejamento de Experimentos, Estatística Multivariada e Monitoramento de Processos. Possui vários artigos publicados em periódicos e anais de eventos científicos nacionais e internacionais.https://orcid.org/0000-0002-6168-785X https://publons.com/researcher/1768265/nilo-as-sampaio/

José Wilson de Jesus Silva, Centro Universitário Teresa D’Ávila

Pós-Doutorado em Engenharia de Materiais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus de Guaratinguetá - UNESP-FEG (2015), Doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP-FEG (2011), Mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP-FEG (2003) e Graduação em Engenharia Civil pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP-FEG (2000). Atualmente é Professor Titular I e Coordenador do Laboratório de Design de Joias do Centro Universitário Teresa DÁvila - UNIFATEA, membro do Instituto Superior de Pesquisa e Iniciação Científica - ISPIC/UNIFATEA, membro do Comitê de Ética em Pesquisa do UNIFATEA, Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu, UNIFATEA - Mestrado Profissional em Design, Tecnologia e Inovação, Professor do curso de Arquitetura e Urbanismo - UNIFATEA, Professor na Associação Educacional Dom Bosco, AEDB, para o curso de Engenharia Civil e Professor colaborador no departamento de química da UNESP, Campus de Guaratinguetá. Possui experiência em ensino, pesquisa e extensão nas áreas de Desenho Industrial, Design de Joias de Nióbio, Línguas Estrangeiras, Engenharia Civil, Mecânica e Produção, com ênfase em Novos Materiais, Planejamento de Experimentos, Corrosão, Caracterização Microestrutural e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos.

References

Carslaw, C. A. P. (1988). Anomalies in income numbers: evidence of goal-oriented behavior, The Accounting Review, 63(2), 321-327.

Christian, C. W., Gupta, S. (1993). New evidence on “secondary evasion". The Journal of the

American Taxation Association, American Accounting Association, 15(1), 72.

Corrar, L., Paulo, E., Dias Filho, J. M., & Rodrigues, A. (2011). Análise multivariada para os cursos de administração, ciências contábeis e economia. São Paulo: Atlas.

Corrar, L., & Theóphilo, C. R. (2004). Pesquisa operacional para decisão em contabilidade e administração: contabilometria. São Paulo: Atlas.

Diekmann, A. (2007). Not the First Digit! Using Benford's Law to Detect Fraudulent Scientific Data, Journal of Applied Statistics, 34:3, 321-329, DOI: 10.1080/02664760601004940

Durtschi, C., Hillison, W., Pacini, C. (2004). The Effective Use of Benford’s Law to Assist in Detecting Fraud in Accounting Data. Journal of Forensic Accounting, v. 99, n. 99, p. 17–34.

Ettredge, M. L., Srivastaval, R. P. (1999). Using digital analysis to enhance data integrity. Issues in Accounting Education, 14(4), 354–363.

Figueiredo, S., Moura, H. (2001). A utilização dos Métodos Quantitativos pela Contabilidade. Revista Brasileira de Contabilidade, Brasília, ano 30, 127, 51-61.

Nigrini, M. J. (1999). I’ve got your number. Journal of Accountancy, 187(5), 79–83.

Nigrini, M. J., Miller, S. J. (2007). Benford’s Law Applied to Hydrology Data – Results and Revelance to Other Geophysical Data. Mathematical Geology, 39(5), 469–490.

Nossa, V. (1999). A necessidade de professores qualificados e atualizados para o ensino da Contabilidade. Revista de Contabilidade do CRC-SP, n. 9.

Nye, J., Moul, C. (2007). The Political Economy of Numbers: On the Application of Benford’s Law to International Macroeconomic Statistics. The B.E. Journal of Macroeconomics, 7(1).

Sambridge, M., Tkalčić, H., Jackson, A. (2010). Benford’s law in the natural sciences. Geophysical Research Letters, 379(22), 1–5.

Santos, J., Diniz, J. A., Filho, J. F. R. (2003). A lei de newcomb-benford: uma aplicação para determinar o dna-equivalente das despesas no setor público. Anais do Seminário USP de Contabilidade e Controladoria, v. 3.

Published

06/07/2020

How to Cite

LEONI, R. C.; SANTOS, G. S. D.; MENDONÇA, M. M.; SAMPAIO, N. A. S.; SILVA, J. W. de J. Application of Newcomb-Benford law to aid fraud detection. Research, Society and Development, [S. l.], v. 9, n. 8, p. e314985276, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i8.5276. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/5276. Acesso em: 21 may. 2022.

Issue

Section

Human and Social Sciences