Student satisfaction in Higher Education: an analysis from the Agronomy course at Instituto Federal Goiano

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i8.6492

Keywords:

Academic satisfaction; Multiple linear regression; Cluster analysis; Agronomy; Federal Institute Goiano.

Abstract

This study aimed to assess satisfaction perceived by students of the agronomy course on two campuses at the Federal Institute Goiano in relation to their own course. The identification of the main components of the General Satisfaction of students was made based on previous studies. The data were collected by applying questionnaires to 149 students of the agronomy course and analyzed using statistical techniques Hierarchical Cluster Analysis and Multiple Linear Regression, to establish in a non-parametric way, since the constructs did not present normal distribution, which of the studied constructs represent the general satisfaction of the students. The results showed that Teacher Involvement and Interaction between Teacher and Student are the determining constructs for the general satisfaction of the student, demonstrating in this study that the role of the teacher is of great importance in the feeling of satisfaction on the part of the student of the agronomy course.

References

Albuquerque, T. (2008) Do abandono a permanência num curso de ensino superior. Sísifo / Revista de Ciências da Educação, 7, 19-28, set./dez.

Almeida, D., Santos, M. A. R., & Costa, A. F. B. (2010). Aplicação do coeficiente Alfa de Cronbach nos resultados de um questionário para avaliação de desempenho da Saúde Pública, XXX Encontro Nacional De Engenharia De Produção, São Carlos, SP, Brasil, 12 a15 de outubro de 2010.

Almeida, D. M. S. (2012). A motivação do aluno no ensino superior: um estudo Exploratório. 2012. 147 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2012.

Almeida, A. C. F., Lopes, L. F. O., & Braga, C. B. (2020). Methodological Innovation in Teaching: a clipping from the conceptions of teachers of a federal institute. Research, Society and Development, 9(7),1-14, e127973993.

Astin, A. W. (1993). What matters in college? Four critical years revisited. San Francisco: Jossey-Bass Publishers.

Bardagi, M. P., & Hutz, C. S. (2012). Rotina acadêmica e relação com colegas e professores: impacto na evasão universitária. Psico, 4(2), 174-184.

Bisinoto, C., Rabelo, M. L., Marinho-Araújo, C., Fleith, D. S. (2016). Expectativas acadêmicas dos ingressantes da universidade de Brasília: indicadores para uma política de acolhimento. Em L. S.

Almeida., & R. V. Castro (Orgs.), Ser estudante no Ensino Superior: o caso dos estudantes do 1º ano (15-31).

Borges, M. N., & Aguiar Neto, B. G. (2000) Diretrizes curriculares para os cursos de Engenharia – Análise comparativa das propostas da ABENGE e do MEC. ABENGE – Revista de Ensino de Engenharia, 19(2), dez., Brasília, 1-7.

Capellato, P., Vasconcelos, L. V. B., Ranieri; M. G. A., & Sachs, D. (2020). Método de ensino ativo utilizando avaliação por pares e autoavaliação. Research, Society and Development, 9(7), e21973495, 2020

Cavalheiro, E. A., Vieira, K. M., Potrich, A. C., Campara, J. P., & Paraboni, A. L. (2013). Fatores determinantes da satisfação de discentes: um estudo com universitários. Revista Brasileira de Administração Científica, Aquidabã, 4(4), 28-43,

Charnet, R., et al. (1999). Análise de modelos de regressão linear com aplicações. Campinas, São Paulo, Unicamp, 356p, 1999. Revista Brasileira de Administração Científica, Aquidabã, 4(4),28-43.

Dodeen, H. (2016). Student evaluations of instructors in higher education: A structural equation modeling. Research in Higher Education Journal, 31, 1-15.

Dominici, G., & Palumbo F. (2013). How to build an e-learning product: Factors for student/customer satisfaction. Business Horizons, 56(1), 87-96.

Douglas, J., Mcclelland, R., & Davies, J. (2008). The development of a conceptual model of student satisfaction with their experience in higher education. Quality Assurance in Education, 16(1), 19-35.

Elliott, K. M., & Shin, D. (2002). Student satisfaction: An alternative approach to assessing this important concept. Journal of Higher Education, 24(2), 197-209

Faraway, J. J. (2014)Linear models with R. CRC press, 2014.

Favero, L. P., et al, (2009). Análise de dados - modelagem multivariada ..., Campus, 2009.

Freitas, A. L. P., & Rodrigues, S. G. A. (2005). Avaliação da confiabilidade de questionário: uma análise utilizando o coeficiente alfa de Cronbach In: Simpósio de engenharia de produção, 12, 2005, 07-09.

Freitas Neto, R. M., & Barbosa A. (2014). A Utilização da Análise de Correspondência e da Regressão Logística na Análise da Satisfação Geral dos Alunos do Curso de Graduação de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. RAIMED - Revista de Administração IMED, 4(3), 356-368, ago./dez.

Gaspar, I. A., & Shimoya, A. (2016). Avaliação da confiabilidade de uma pesquisa utilizando o coeficiente Alfa de Cronbach, Simpósio de Engenharia de Produção, Catalão, Goiás, Brasil, 09 a 11 de agosto de 2016.

Gomes, G., Dagostini, L., & Cunha, P. R. (2013). Satisfação dos estudantes do curso de Ciências Contábeis: estudo em uma faculdade do Paraná. ReFae – Revista da Faculdade de Administração e Economia, 4 (2), 102-123.

Gursoy, D., & Umbreit, W. T. (2005). Exploring students’ evaluations of teaching effectiveness: What factors are important?. Journal of Hospitality & Tourism Research, 29(1), 91-109.

Guerreiro-Casanova, D. C., & Polydoro, S. A. J. (2011). Auto eficácia na formação superior: percepções durante o primeiro ano de graduação. Psicologia: Ciência e Profissão, 31(1), 50-65.

INEP. (2014). Censo da Educação Superior 2012: resumo técnico. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

Jaradeen, N., Jaradat, R., Safi, A. B., & Tarawneh, F. A. (2012). Students satisfaction with nursing program. Bahrain Med Bull, 34(1), 1-6.

Johnson, R. A. (1992). Applied Multivariate Statistical Analysis, Prentice Hall.

Kaiser, H. F., & Rice, J. (1974). Little Jiffy, mark IV. Educational and Psychological Measurement, (34), 111-117.

Kotler, P., & Keller, K. L. (2006). Administração de marketing. 12 ed. Sao Paulo: Pearson Prentice Hall.

Landis, J. R., & Koch, G. G. (1977). The measurement of observer agreement for categorical data. Biometrics, 2977. 33, 159.

Liaw, S. S., & Huang, H. M. (2013). Perceived satisfaction, perceived usefulness and interactive learning environments as predictors to self-regulation in e-learning environments. Computers & Education, 60(1), 14-24.

Lima, M. C. (2006). Globalização ou internacionalização do ensino superior? Revista de ESPM, 13, ano 12, ed. 4, jul./ago., p. 80-90.

Lizote, S. A., Verdinelli, M. A., Borba, J. A., & Brasil, M. L. A. V. (2014). Satisfação dos acadêmicos com o curso de Ciências Contábeis: um estudo em instituições de ensino superior privadas usando modelagem de equações estruturais. Trabalho apresentado no VIII Congresso Anpcont, Rio de Janeiro, RJ. Retirado de http://www.furb. br/_upl/files/especiais/anpcont/2014/389_3. pdf?20150727005103

Machado, S. H. M, Ladeira, R. C., Oliveira, C. G. A., Pompilho, W. M., & Shimoda, E. (2014). Percepções de Discentes quanto à importância e satisfação de itens relacionados a um Curso Superior de Farmácia. Revista Práxis, VI(11), 125-138.

Mahrous, A. A., & Kortam, W. (2012) Students' evaluations and perceptions of learning within business schools in Egypt. Journal of Marketing for higher education, 22(1), 55-70.

Maia, I. R. (1984). Engenheiro agrônomo: formação universitária versus experiência profissional no contexto do desenvolvimento rural. Fortaleza, 1984. Dissertação (Mestrado em Educação) - Educação, UFCE.

Marinho-Araújo, C. M. (2009). Psicologia Escolar na Educação Superior: novos cenários de intervenção e pesquisa. Em C. M. Marinho-Araújo (Org.), Psicologia Escolar: novos cenários e contextos de pesquisa, formação e prática (155-202). Campinas: Editora Alínea.

Marinho-Araújo, C. (2014). Psicologia Escolar na Educação Superior: desafios e potencialidades. Em R. S. L. Guzzo (Org.), Bastidores da escola e desafios da educação pública: a pesquisa e a prática em psicologia escolar (219-239). Campinas: Átomo & Alínea.

Marinho-Araújo, C. M., Fleith, D. S., Almeida, L. S., Bisinoto, C., & Rabelo, M. L. (2015). Adaptação da Escala Expectativas Acadêmicas de Estudantes Ingressantes na Educação Superior. Avaliação Psicológica, 14(1), 133-141. doi: 10.15689/ap.2015.1401.15

Medrano, L. A., Galleano, C., Galera, M., & Valle Fernández, R. (2010). Creencias irracionales, rendimiento y deserción académica en ingressantes universitarios. Liberabit Revista de Psicología, 16(2), 183-191.

Mingoti, S. A. (2005). Análise de Dados Através de Métodos de Estatística Multivariada: Uma abordagem Aplicada. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2005.

Montgomery, D. C., Peck, E. A., & Vining, G. G. (2012). Introduction to linear regression analysis. John Wiley & Sons.

Morettin, P. A., & Bussab, W. O (2010). Estatística Básica. 6. Edição. Saraiva, São Paulo, 2010. ISBN 978-85-02-08177-2.

Paiva, G. S. (2008). Avaliação do desempenho dos estudantes da educação superior: a questão da equidade e obrigatoriedade no Provão e Enade. Rio de Janeiro, RJ.

Pasquini, E. S., Santos, M., Pascual, J. V. I., Suppion, K., & Tambosi Filho, E. (2012). Avaliação dos Cursos de Ensino Superior através da Ótica Discente de Satisfação/Insatisfação. Revista da Faculdade de Administração e Economia, 3(2), 147-165.

Paswan, A. K., & Young, J. (2002). A. Student evaluation of instructor: A nomological investigation using structural equation modeling. Journal of Marketing Education, 24 (3), 193-202.

Pearson, K., Fisher, R. E., & Inman, H. F. (1994), Karl Pearson and R. A. Fisher on Statistical Tests: A 1935 Exchange from Nature. The American Statistician, 48(1), 2-11

Petruzzellis, L., D'uggento, A. M., & Romanazzi, S. (2006). Student satisfaction and quality of service in Italian universities. Managing Service Quality, 16(4), 349-364.

Pereira, L., & Bazzo, W. (2009) Anota aí! Universidade: Estudar, aprender, viver... Florianópolis: Ed. da UFSC, 2009.

Polk, J. A. (2006). Traits of effective teachers. Arts Education Policy Review, 107(4), 23-29.

Ramos, S. M., Barlem, J. G. T., Lunardi, V. L., Barlem, E. L. D., Silveira, R. S., & Bordignon, S. S. (2015). Satisfação com a experiência acadêmica entre estudantes de graduação em enfermagem. Texto Contexto Enfermagem, 24(1), 187-195. doi: 10.1590/0104-07072015002870013.

Plano Pedagógico Do Curso De Agronomia Disponível Em https://www.ifgoiano.edu.br/home/index.php/cursos-superiores-ceres/195-agronomia.html

Resolução CNE/CES nº 1, de 2 de fevereiro de 2006 e a resolução nº 1010/2005 (CONFEA) disponível em http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rces01_97.pdf.

Resolução nº 1010/2005 (CONFEA). Disponível em http://normativos.confea.org.br/ementas/visualiza.asp?idEmenta=550

Ristoff, D. (2014). O novo perfil do campus brasileiro: uma análise do perfil socioeconômico do estudante de graduação. Avaliação, 19(3), 723-747.

Rodrigues, A. S. S., & Liberato, G. B. (2016). Fatores determinantes da satisfação com a experiência acadêmica. Revista Pensamento Contemporâneo em administração RPCA, 10(2), 18-33. doi: http:// dx.doi.org/10.12712/rpca.v10i2.703

Sacristán, J. G. (1998) O currículo: uma reflexão sobre a prática. 3. ed. Porto Alegre, Artes Médicas.

Santos, A. A. A., Polydoro, S. A. J., Scortegagna, S. A., & Linden, M. S. S. (2013). Integração ao ensino superior e satisfação acadêmica em universitários. Psicologia: Ciência e Profissão, 33(4), 780-793. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-98932013000400002

Santos, A. A. A., & Suehiro, A. C. B. (2007). Instrumentos de avaliação da integração e da satisfação acadêmica: estudo de validade. Revista Galego-Portuguesa de Psicoloxía e Educación, 14(1), 107-119.

Sares, M. I. F., Ghiraldello, L., Ribeiro, M. M., & Murback, F. G. R. (2012). Escala de satisfação das experiências acadêmicas – um estudo no curso de Administração de uma universidade pública. Trabalho apresentado no XXIII ENANGRAD, Bento Gonçalves, RS.

Schleich, A. L. R. (2006). Integração na educação superior e satisfação acadêmica de estudantes ingressantes e concluintes (Dissertação de Mestrado não publicada). Universidade Estadual de Campinas, SP.

Shee, D. Y., & Wang, Y.S. (2008). Multi-criteria evaluation of the web-based e-learning system: A methodology based on learner satisfaction and its applications. Computers & Education. 50 (3), 894-905. Elsevier Ltd.

Sicsú, J., & Castelar, A. (2009). (org.). Sociedade e economia: estratégias de crescimento e desenvolvimento. Brasília: Ipea, 252.

So, H. J., & Brush, T. A. (2008). Student perceptions of collaborative learning, social presence and satisfaction in a blended learning environment: relationships and critical factors. Computers & Education, 51(1), 318- 336.

Soares, A. P. C., Vasconcelos, R. M., & Almeida, L. S. (2002). Adaptação e satisfação na universidade: apresentação e validação do questionário de satisfação acadêmica. Em A. S. Pouzada, L. S. Almeida & R. M. Vasconcelos (Orgs.), Contextos e dinâmica da vida acadêmica (153-165). Braga, Portugal: Universidade do Minho.

Suehiro, A., & Silva A. K. (2018). Satisfação com a experiência acadêmica: um estudo com universitários do primeiro ano. Revista Psicologia em Pesquisa. 12. 10.24879/2018001200200147.

Vargas, H. M., & Paula, M. F. C. (2013). Inclusão do estudante-trabalhador e do trabalhador-estudante na educação superior: desafio público a ser enfrentado. Avaliação, 18(2), 459-485

Vieira, K. M., Milach, F. T., & Huppes, D. (2008). Equações estruturais aplicadas à satisfação dos alunos: Um estudo no curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Santa Maria. Revista Contabilidade & Finanças, 19 (48), 65-76.

Venturini, J., Pereira, B., Vieira, K., & Milach, F. (2008). Satisfação dos alunos do Curso de Ciências Contábeis da UNIFRA: Um estudo à luz das equações estruturais. In: Congresso Usp Controladoria e Contabilidade, 8. 2008, São Paulo. Anais... São Paulo: USP.

Zavareze, T. E. (2008). O papel da orientação profissional na escolha profissional do adolescente. Psicologia.com.pt – O portal dos psicólogos. set. 2008. Disponível em: http://www.psicologia.pt/artigos/textos/A0446.pdf.

Published

23/07/2020

How to Cite

FREITAS, V. B. de; SOUZA, M. S.; SILVEIRA, M. A. P. da. Student satisfaction in Higher Education: an analysis from the Agronomy course at Instituto Federal Goiano. Research, Society and Development, [S. l.], v. 9, n. 8, p. e823986492, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i8.6492. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/6492. Acesso em: 21 apr. 2021.

Issue

Section

Education Sciences