Didactic sequence for the teaching of gravitational waves and interference in high school

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7087

Keywords:

Gravitational waves; Teaching sequence; Meaningful learning.

Abstract

This work leads a suggestion of teaching gravitational waves and interference, for high school students through the application of a didactic sequence elaborated in line with David Ausubel's theory of Significant Learning and the Biggs and Tang constructive alignment theory. It is the analysis of the application of an didactic sequence designed to facilitate teaching work from planning to the execution of actions and assessment of physics learning, thus serving as motivation for the production of new sequences, built by the teachers themselves, taking into account the appropriation of this tool as an archetype. It is a field research and gathers a series of activities, inside and outside the classroom, systematically prepared and organized to achieve the preliminary proposed learning objectives, and uses mechanisms such as experimentation and use of ICTs, giving the student a more active and autonomous role in the construction of learning itself, making it more efficient and meaningful, which is the intended result.

References

Abbott, B. P. et al. (2016). LIGO Scientific and Virgo Collaborations, Observation of Gravitational Waves from a Binary Black Hole Merger, Phys. Rev. Lett., 116, no. 6, 061102.

Ausubel, D. P. (2003). Aquisição e Retenção de Conhecimentos: Uma Perspectiva Cognitiva. (1 ed.) Portugal: Paralelo Editora.

Ausubel, D. P; Novak D., J.; Hanesian, H. (1980). Psicologia Educacional. (2 ed.) Tradução de E. Nick, H. R. Barros, M. Â. Fontes, M. d. Maron, Trads. Rio de Janeiro: Interamericana.

Biggs, J; Tang, C. (2011). Teaching for Quality Learning at University. (4 ed.) Berkshire, England: Society for Reasearch into Higher Education & Open University Press.

Biggs, J. (1987). Student approaches to learning and studying. Hawthor.: Australian Council for Educational Research.

Brasil. (2017). Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Conselho Nacional de Educação. Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. Ensino Fundamental. Disponível em http://portal.mec.gov.br/conselho-nacional-deeducacao/base-nacional-comum-curricular-bncc

BRASIL (2002). Orientações Curriculares para o Ensino Médio: Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias. Brasília: Secretaria de Educação Básica.

Correa, D. R. (2016). A Base e o Edifício. Balanço e Apontamentos Sobre e Fortuna Crítica da BNCC. Revista do Lhiste, Porto Alegre, num.4, vol.3, jan/jun.

Fusari, J .C. (1998). O planejamento do trabalho pedagógico: algumas indagações e tentativas de respostas. Disponível em: http://www.crmariocovas.sp.gov. br/pdf/ideias_08_p044-053_c.pdf. Acesso em 27/11/2008.

Gonçalves, I. C.(2014). Contributos dos modelos da auto-regulação da aprendizagem para formação de alunos e professores no ensino superior. Disponível em: <http://goo.gl/cJY37K>. Acesso em: 04 abr. 2017.

Mendonça, A. P. (2015). Alinhamento Construtivo: Fundamentos e Aplicações. In: Gonzaga, Amarildo M. (Organizador). Formação de Professores no Ensino Tecnológico: Fundamentos e Desafios.(pp. 109 – 130). Curitiba, PR: CRV.

Migueis, H. S. V. M. S. (2008) Avaliação Formativa numa disciplina de investigação e no contexto de um ambiente virtual de aprendizagem: perspectivas dos alunos. Lisboa.

Moreira, M. A. Masine, E. F. S. (2011) Aprendizagem significativa: a teoria de David Ausubel. São Paulo: Centauro.

Moreira, M. A. (2011) Aprendizagem significativa: a teoria e textos complementares. São Paulo: Livraria da Física.

Morgenbesser, S. (Org.). (1975). Filosofia da Ciência por Ernst Nagel (e outros). (2. ed.) São Paulo: Cultrix.

Oliveira, F. F. de, Vianna D. M., & Gerbassi, R. S. (2007). Física Moderna no ensino médio:

o que dizem os professores. Revista Brasileira de Ensino de Física, 29(3), 447-454.

Ostermann, F., Moreira, M. A. (2000). Uma Revisão Bibliográfica Sobre a Área de Pesquisa “Física Moderna e Contemporânea no Ensino Médio”. Investigações em Ensino de Ciências – V5(1), pp. 23-48. Porto Alegre, RS.

Peduzzi Luiz O. Q. (1997). Sobre A Resolução de Problemas no Ensino Da Física. In Cad.Cat.Ens.Fis., v.14,n3: p.229-253, dez. Florianópolis, SC.

Pereira, A. S. (2018) Metodologia da pesquisa científica [recurso eletrônico (1. ed.). Santa Maria, RS : UFSM, NTE.

Piletti, C.(2001). Didática geral. (23ª ed.) São Paulo: Editora Ática.

Pereira, O. S [et al.]. (1997). Raios cósmicos: introduzindo física moderna no 2 grau. São Paulo: Instituto de Física e Faculdade de Educação – USP.

Pires, A. S. T. (2011) Evolução das Ideias da física. (2ª ed.) São Paulo: Editora Livraria da Física.

Pontes Neto, J. A. S. (2006) Teoria da aprendizagem significativa de David Ausubel: perguntas e respostas. Série-Estudos. In Periódico do Mestrado em Educação da UCDB. Série-Estudos - Periódico do Mestrado em Educação da UCDB n. 21, , jan./jun. 2006. (p p.117-130). Campo Grande, MS.

Ramos, K. R. C.(2017). Método de Ensino-Aprendizagem Gamificado: Ampliando Mapas Conceituais e Alinhamento Construtivo. Quixadá: UFC.

Rezende, Flavia, Lopes, A., M. A. e Egg, J. M.(2004) Identificação de Problemas do Currículo do Ensino e da Aprendizagem de Física e de matemática a Partir do Discurso de Professores. In Ciência & Educação, v. 10, n. 2, (pp. 185-196). Bauru, SP.

Ribeiro, D. (2000). O processo civilizatório: etapas da evolução sociocultural. Companhia das Letras, São Paulo, SP: Publifolha.

Santos, M; Mendonça, A. (2015). Aprendendo as Relações Métricas do Triângulo Retângulo com Robótica: Perspectiva do Planejamento de Ensino. In Anais do 6o Workshop de Robótica Educacional. Uberlândia – MG.

Sanches, M. B. et al. (2006) A Inserção da Física Moderna e Contemporânea no Currículo do Ensino Médio. In: Encontro de Pesquisa em Ensino De Física, 10., 2006, Londrina, PR. Caderno de Resumos.(pp. 163). São Paulo, SP: Sociedade Brasileira de Física.

Silva, P. O., Krajewski, L. L., Lopes, H. S., Nascimento, D. O. (2018). Os Desafios no Ensino e Aprendizagem da Física no Ensino Médio. In Rev Cient da Fac Educ e Meio Ambiente: Revista da Faculdade de Educação e Meio Ambiente -FAEMA, v.9, n. 2. (pp. 829-834). Ariquemes, RO.

SOUZA, P. R. (2016). Aprendizagem significativa e alinhamento construtivo: uma proposta para o ensino de circuitos elétricos. Manaus, AM: IFAM.

Published

22/08/2020

How to Cite

Fontele, F. F. M., & Carvalho, J. C. N. (2020). Didactic sequence for the teaching of gravitational waves and interference in high school. Research, Society and Development, 9(9), e365997087. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7087

Issue

Section

Education Sciences