Consumer profile of Amazon river prawn in the Pará State: socioeconomic, consumption frequency and preferences

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7316

Keywords:

Freshwater shrimp; Market study; Macrobrachium amazonicum; Consumer Market; Fish.

Abstract

The Amazon river prawn Macrobrachium amazonicum is a fishing resource exploited for subsistence and commercial purposes in the Pará State, being consumed by members of all social classes. The objective of this study was to analyze the consumer profile of Amazon river prawn in the Pará State. In the period from February to August 2019, a total of 1,260 were administered to fish consumers in the municipalities of Belém, Cametá, Tucuruí, Santarém, Altamira and Breves. Socioeconomic and consumption information were tabulated on spreadsheets and presented using descriptive statistics. It was found that 92.3% of the public addressed consumed the crustacean and that 82% of this total had a monthly family income of up to two minimum wages. Regarding the frequency, 37.2% reported consuming the product at least once a week. The consumption preference of 71.7% was for whole shrimp and 54.2% prioritized the purchase of live or fresh product. The low exigency of most consumers in terms of presentation and conservation the product is mainly due to the low purchasing power and the culture of purchasing foodstuffs in public spaces.

Author Biography

Diego Maia Zacardi , Universidade Federal do Oeste do Pará

Graduado em Engenharia de Pesca pela Universidade Federal Rural da Amazônia, Doutor e Mestre em Ecologia Aquática e Aquicultura pela Pós-Graduação em Ciência Animal (PPGCAN) da Universidade Federal do Pará. Atualmente é professor Adjunto da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA). Coordena o Laboratório de Ecologia do Ictioplâncton e Pesca em Águas Interiores (http://leipaiufopa.com), vinculado ao curso de Engenharia de Pesca, do Instituto de Ciências e Tecnologia das Águas. Realiza consultoria técnica a empresas do segmento ambiental. Editor da Acta of Fisheries and Aquatic Resources e editor de seção da Journal of Applied Hydro-Environment and Climate (JAHEC). Tem experiência na área de Ecologia Aquática, Pesca, Recursos Pesqueiros de Águas Interiores e Aquicultura com ênfase em Ecologia Aplicada, Ciências Ambientais e Extensão Pesqueira atuando principalmente em estudos de Ecologia do Ictioplâncton visando o manejo e conservação de recursos ícticos e na caracterização e análise da pesca no Baixo Amazonas, Pará

References

Alab, J. H. C., Dalpiaz, E. L., & Ballester, E. L. C. (2016). Estudo de mercado sobre o consumo de camarões na região Oeste do Paraná. Revista Extensão em Foco, 12 (1), 32-41.

Araújo, M. V. L. F., Silva, K. C. A., Silva, B. B., Silva, I. L. F., & Cintra, I. H. A. (2014). Pesca e procedimentos de captura do camarão-da-Amazônia a jusante de uma Usina Hidrelétrica na Amazônia Brasileira. Biota Amazônia, 4 (2), 102-112.

Bentes, B. S., Martinelli, J. M., Souza, L. S., Cavalcante, D. V., Almeida, M. C., & Isaac, V. J. (2011). Spatial distribution of the Amazon river prawn Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Decapoda, Caridea, Palaemonidae) in two perennial creek sofan estuary on the Northern coast of Brazil (Guajará Bay, Belém, Pará). Brazilian Journal of Biology, 71 (4), 925- 935.

Bentes, B., Cañete, V. R., Pereira, L. J. G., Martinelli-lemos, J. M., & Isaac, V. (2012). Descrição socioeconômica da pesca do camarão Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Decapoda: Palaemonidae) em um estuário da costa Norte do Brasil: o caso da ilha de Mosqueiro (PA). Boletim do Laboratório de Hidrobiologia, 25 (1), 21-30.

Bentes, B., Martinelli, J. M., Lutz, I. A. F., Nascimento, M. S., & Isaac, V. J. (2016). Population dynamics of Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Decapoda: Palaemonidae) in a Brazilian Amazon Estuary. Pan-American Journal of Aquatic Sciences, 11 (1), 1-17.

Brabo, M. F., Pereira, L. F. S., Santana, J. V. M., Campelo, D. A. V., & Veras, G. C. (2016). Cenário atual da produção de pescado no mundo, no Brasil e no estado do Pará: ênfase na aquicultura. Acta of Fisheries and Aquatic Resources, 4 (2), 50-58.

Brabo, M. F., Miranda, A. R. F., Serra, R. H. P. F., Costa, B. G. B., Campelo, D. A. V., & Veras, G. C. (2018). Perfil do consumidor de pescado em dois municípios do litoral amazônico brasileiro: uma análise com foco em produtos da piscicultura, ano de 2017. Informações Econômicas, 48 (1).

Brito júnior, L. C., & ESTÁCIO, A. G. (2013). Tabus alimentares em medicina: uma hipótese para fisiopatologia referente aos alimentos remosos. Revista da Associação Médica Brasileira, 59 (3), 213–216.

Chagas, A. L. K., & Fernandes, G. S. T. (2019). Qualidade microbiológica do camarão Macrobrachium amazonicum comercial. Perspectivas Online: Biológicas & Saúde, 9 (30), 38-49.

Cintra, I. H. A., Flexa, C. E., Silva, M. B., Araújo, M. V. L. F., & Silva, K. C. A. (2013). A pesca no reservatório da usina hidrelétrica de Tucuruí, região Amazônica, Brasil: aspectos biológicos, sociais, econômicos e ambientais. Acta Fisheries and Aquatic Resources, 1 (1), 57-78.

Coelho, P. A., & Ramos-porto, M. (1985). Camarões de água doce do Brasil: distribuição geográfica. Revista Brasileira de Zoologia, 2 (6), 405-410.

Coelho, A. C. DE S., Faria junior, C. H., & Sousa, K. N. S. (2017). Fatores que influenciam a compra de peixes por classe social no município de Santarém-Pa. Agroecossistemas, 9 (1), 62 – 83.

Cosme, J., Santos, A. S., & Barbosa, M. P. (2016). A tropomiosina como um panalergénio: Revisão. Revista Portuguesa de Imunoalergologia, 24 (3), 143-153.

Costa, T. V., Mattos, L. A., & Machado, N. J. B. (2016). Estrutura populacional de Macrobrachium amazonicum em dois lagos de várzea da Amazônia. Boletim do Instituto de Pesca, 42 (2), 281-293.

Cretella, R. V., Cretella, R. l V., Petrillo, V. H. M., Dittrich, C. E., & Pinheiro júnior, O. Á. (2007). Alimentos kosher – revisão bibliográfica. Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, 5 (9), 51-56.

Engel, J. F., Blackwell, R. D., & Miniard, P. W. (1990). Consumer behavior. 6ª ed. (pp. 951). Forth Worth: The Dryden Press.

Espírito-Santo, R. V., & Isaac, V. J. (2012). Desembarques da pesca de pequena escala no município de Bragança – Pa, brasil: esforço e produção. Boletim do laboratório de hidrobiologia, 25(1), 31-48.

Flexa, C. E., Silva, K. C. A., Arnaud, J. S., Cintra, I. H. A., & Porto, V. M. S. (2005). Morfometria do camarão cascudo Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) no município de Cametá-Pará. Boletim Técnico Científico CEPNOR, 5 (1), 41-54.

França, B. R., Bonnas, D. S., & Silva, C. M. O. (2014). Qualidade higiênico sanitária de alfaces (Lactuca sativa) comercializadas em feiras livres na cidade de Uberlândia, MG, Brasil. Bioscience Journal, 30 (1), 458-466.

Freire, J. L., Marques, C. B., & Silva, B. B. (2012). Estrutura populacional e biologia reprodutiva do camarão-da-Amazônia Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Decapoda: Palaemonidae) em um estuário da região Nordeste do Pará, Brasil. Brazilian Journal of Aquatic Science and Technology, 16 (2), 65-76.

Gámez, C., Sánchez-garciá, S., Ibáñez, M. D., López, R., Aguado, E., López, E., Sastre, B., Sastre, J., & Del pozo, V. (2011). Tropomyosin IgE-positive results are a good predictor of shrimp allergy. Allergy, 66 (10), 1375–1383.

Ghifarini, A. F., Sumarwan, U., & Najib, M. (2018). Application of theory of planned behavior in shrimp consumer behavior analysis. Independent Journal of Management & Production, 9 (3).

GIL, A.C. (1994). Métodos e técnicas de pesquisa social. 4 ed. (pp. 207) São Paulo: Atlas.

Guerra, G. A. D., & Souza, C. A. M. (2010). Feiras em Altamira, Pará: confluência de universos de significação. Amazônica, 2 (1), 140-160.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2019). Cidades e Estados. Acesso em: 27 Ago. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados.html?view=municipio.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2019). Contagem da população em 2010 (Censo demográfico). Acesso em: 15 Fev. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/.

Maciel, C. R., & Valenti, W. C. (2009). Biology, fisheries and aquaculture of the Amazon River Prawn Macrobrachium amazonicum: a review. Nauplius, 17 (2), 61-79.

Maciel, E. S., Savay-da-silva, L. K., Galvão, J. A., & Oetterer, M. (2015). Atributos de qualidade do pescado relacionados ao consumo na cidade de Corumbá, MS. Boletim do Instituto de Pesca, 41 (1), 199-206.

Mangas, F. P., Rebello, F. K., Santos, M. A. S., & Martins, C. M. (2016). Caracterização do perfil dos consumidores de peixe no município de Belém, Estado do Pará, Brasil. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, 9 (4), 839-857.

Melo, Y. P. C., Asano-filho, M., Holanda, F. C. A. F., Santos, F. J. S., & Castro, I. M. A. (2005). Distribuição e abundância do camarão-rosa Farfantepenaeus subtilis (Peérez-Farfante, 1967) (Crustácea, Decápoda, Penaeidae) na região Norte do Brasil, durante as pescarias experimentais do programa Revizee/Norte. Boletim Técnico-Científico do Centro de Pesquisa e Gestão de Recursos Pesqueiros do Litoral Norte (CEPNOR), Belém, 5 (1), 73-81.

MPA - Ministério da Pesca e Aquicultura. (2013). Boletim estatístico da pesca e aquicultura: Brasil. (pp 60) Brasília: República Federativa do Brasil.

Oliveira, C. E. S., Canto, E. S. M., Fernandes, G. S. T., Silva, N. S., & Nogueira, M. J. M. (2019). Diversidade fúngica presentes em amostras de camarão Macrobrachium amazonicum (Heller,1862) (Decapoda,Palaemonidae) salgado e seco comercializado em Santarém-Pará. Scientia Amazonia, 8 (2), 45-55.

Pes, D. A., Figueiredo, M. G., & Figueiredo, A. M. R. (2012). Análise econométrica da oferta e demanda de carne bovina. Revista de Economia da UEG, 8 (1), 54-73.

Pompermayer, R. S., Rocha, J. M., Duarte, J. P., Oliveira, A. F., & Cardoso, T. S. (2017). Caracterização do perfil socioeconômico do consumidor no varejo supermercadista do Município de Teófilo Otoni-MG. Revista Científica Vozes dos Vales, 6 (12), 1-16.

Seehusen, S. E., Alvarenga, F. R. P., & Carvalho, J. A. (2018). O caranguejo-uçá e o camarão regional-da-Amazônia no estado do Pará: as cadeias de valor da pesca artesanal de camarão e caranguejo na Costa Amazônica do Brasil; contexto social, econômico, ambiental e produtivo. (pp 256) Brasília: Fundo Vale. Série Pesca Sustentável na Costa Amazônica.

Silva, K. C. A., Cintra, I. H. A., & Muniz, A. P. M. (2005). Aspectos bioecológicos de Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) a jusante do reservatório da hidroelétrica de Tucuruí-Pará. Boletim Técnico Científico CEPNOR, 5 (1), 55-71.

Silva, M. B., Silva, K. C. A., Herrmann, M., Araújo, M. V. L. F., & Cintra, I. H. A. (2014). Mulheres pescadoras de camarão-da-Amazônia a jusante da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, Amazônia, Brasil. Revista Brasileira de Engenharia de Pesca, 7 (2), 15-33.

Silva, F. N. L., Silva, F. R., Mangas, T. P., Oliveira, L. C. O., Macedo, A. R. G., Medeiros, L. R., & Cordeiro, C. A. M. (2017). O comércio do camarão da Amazônia (Macrobrachium amazonicum) na cidade de Breves-Pará-Brasil. PUBVET, 11 (4), 320-326.

Silva, F. N. L., Oliveira, L. C., Mangas, T. P., Santos, A. S., Sampaio, L. S. O., Macedo, A. R. G., & Cordeiro, C. A. M. (2017b). Perfil higiênico-sanitário durante a venda do camarão-da-Amazônia (Macrobrachium amazonicum) na cidade de Breves (Marajó, estado do Pará, Brasil). Acta Fisheries and Aquatic Resources, 5 (3), 21-27.

Silveira, L. S., Abdallah, P. R., Hellebrandt, L., Barbosa, M. N., & Feijó, F. T. (2012). Análise socioeconômica do perfil dos consumidores de pescado no município de Rio Grande. Sinergia, 16 (1), 9-19.

Stewart, C. J., & Cash jr., W. B. (2015). Técnicas de entrevista: estruturação e dinâmica para entrevistados e entrevistadores. Porto Alegre: AMGH. 14a Edição. Edição eletrônica.

Sumarwan, U. (2011) Perilaku Konsumen: Teori dan Penerapannya dalam Pemasaran. Edisi Kedua. Bogor (ID): Ghalia Indonesia, 227-251.

Weber, A. F., & Pérsigo, P. M. (2017). Pesquisa de opinião pública: princípios e exercícios. Santa Maria: UFSM. 1a Edição. Edição eletrônica.

Published

29/08/2020

How to Cite

Marques, M. H. C., Silva, I. C. e ., Zacardi , D. M., Santos, M. A. S. dos ., Brabo, M. F. ., & Maciel, C. R. . (2020). Consumer profile of Amazon river prawn in the Pará State: socioeconomic, consumption frequency and preferences. Research, Society and Development, 9(9), e525997316. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7316

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences