Evaluation of the adequacy of good manufacturing procedures in foodservice establishments

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7418

Keywords:

Food safety; Food quality; Sanitary surveillance; Legislation on food.

Abstract

The production of food using good manufacturing procedures is essential in food services. The objective of this study was to evaluate the conditions of food producing establishments regarding good manufacturing practices, including restaurants, snack bars, bakeries, butchers and pizzerias in the city of Dourados-MS. The assessment was made through the application of an instrument of federal legislation for food services. After analyzing the results, the establishments were classified according to the attendance of the items, in Group 1, the establishments that served from 76 to 100% of the items; Group 2, from 51 to 75% and Group 3, from 0 to 50%. It was also analyzed the attendance of the items buildings and facilities; equipment and utensils; manipulators; production and transportation of food and documentation, separately. Most of the establishments were classified as Group 2 (n = 32, 61.5%), and did not have a qualified technician in the area. Documentation and manipulators obtained the lowest adequacy indexes, 13.6 and 57%, respectively, in all evaluated establishments, with 71.2% of establishments reaching 100% inadequacy in the documentation aspect. Therefore, most establishments do not comply with current legislation regarding good food manufacturing practices.

Author Biography

Thaise Mariá Tobal, Universidade Federal da Grande Dourados

Faculdade de Ciências da Saúde, Curso de Nutrição

References

Aguiar, O. B., & Kraemer, F.B. (2010). Educação formal, informal e não-formal na qualificação profissional dos trabalhadores de alimentação coletiva. Nutrire, Rev. Bras Alim Nutr., 35(3), 87-96.

Akutsu, R. C., Botelho R. A., Camargo E. B., Sávio, K., & Araújo W.C. (2005). Adequação das boas práticas de fabricação em serviços de alimentação. Revista de Nutrição, 18(3), 419-427.

Benevides, C. M. J., & Lovatti, R. C. C. (2004). Segurança alimentar em estabelecimentos processadores de alimentos. Revista Higiene Alimentar, 18(125), 24-27.

Boaventura, L. T. A., Frades, L. P., Weber, M. L., & Pinto, B. O. S. (2017). Conhecimento de manipuladores de alimentos sobre higiene pessoal e boas práticas na produção de alimentos. Revista Univap, 23(43), 53-62.

Brasil. (2005) Resolução CFN n. 380. Dispõe sobre a definição das áreas de atuação do nutricionista e suas atribuições, estabelece parâmetros numéricos de referência, por área de atuação, e dá outras providências.

Brasil. Centro de Vigilância Sanitária (1999) Portaria CVS-6/99. Aprova o Regulamento técnico sobre os parâmetros e critérios para o controle higiênico sanitário em estabelecimentos de alimentos.

Brasil. Diário Oficial da União. (1997) Portaria nº 326. Aprova o Regulamento Técnico sobre Condições Higiênico-Sanitárias e de Boas Práticas de Fabricação para Estabelecimentos Produtores/Industrializadores de Alimentos.

Brasil. Diário Oficial da União. (2002) Resolução nº 275. Dispõe sobre o Regulamento Técnico de Procedimentos Operacionais Padronizados aplicados aos Estabelecimentos Produtores/Industrializadores de Alimentos e a Lista de Verificação das Boas Práticas de Fabricação em Estabelecimentos Produtores/Industrializadores de Alimentos.

Brasil. Diário Oficial da União. (2004) Resolução n° 216. Dispõe sobre Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação.

Colombo, M., Oliveira, K. M. P., & Silva, D. L. D. (2009). Conhecimento das merendeiras de Santa Fé, PR, sobre higiene e boas práticas de fabricação na elaboração de

alimentos. Revista Higiene Alimentar, 23(170), 39-46.

Ferreira, M. A., São José, J. F. B., Tomazini A. P. B., Martini H. S. D., Milagres R. C. M., & Pinheiro-Sant’Ana, H. M. (2011) Avaliação da adequação às boas práticas em unidades de alimentação e nutrição. Rev Inst Adolfo Lutz, 70(2), 230-235.

Genta, T. M. S., Maurício, A. A., & Matioli, G. (2005). Avaliação das Boas Práticas através de check-list aplicado em restaurantes self-service da região central de Maringá, Estado do Paraná. Acta Scientiarum. Health Sciences, 27(2), 151-156.

Leite, C. L., et al. (2011) Formação para merendeiras: uma proposta metodológica aplicada em escolas estaduais atendidas pelo programa nacional de alimentação escolar, em Salvador, Bahia. Revista de Nutrição, 24(2), 275-285.

Medeiros, M. G. G. A, Carvalho, L. R., & Franco, R. M. (2017) Percepção sobre a higiene dos manipuladores de alimentos e perfil microbiológico em restaurante universitário. Revista Ciência & Saúde Coletiva, 22(2), 383-392.

Pagotto, H. Z., Espíndula, L. G., Vitória, A. G., & Machado, M. C. M. M. (2018). Nível de conhecimento, atitudes e práticas dos manipuladores de alimentos em serviços de alimentação. Revista Demetra, 13(1), 293-305.

Published

23/08/2020

How to Cite

Lima, M. B. de ., Saturnino, C. M. M., & Tobal, T. M. (2020). Evaluation of the adequacy of good manufacturing procedures in foodservice establishments. Research, Society and Development, 9(9), e433997418. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7418

Issue

Section

Health Sciences