Comparison of pre-competitve anxiety between fight and handball athletes

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7523

Keywords:

Competitive anxiety; Sport; Sport psychology; Athletes.

Abstract

Objective: The aim of this study was to compare pre-competitive anxiety athletes in wrestling and handball, and to verify the relationship of pre-competitive anxiety with age. Methods: Participated in this cross-sectional study 62 athletes (32 Chinese boxing and jiu-jtsu and 20 handball), both genders (55 men and 7 women), with a mean age of 24.25 ± 4.71 years. The instrument used was the reduced version of Competitive State Anxiety Inventory-2 (CSAI-2R). Data analysis was conducted using Generalized Estimation Equations (EGG) and Pearson correlation (p <0.05). Results: The results revealed that handball athletes presented higher cognitive anxiety score (p = <0.001), somatic (p = <0.001) and self-confidence (p = <0.001) when compared to wrestling athletes. No significant correlation was observed between age and anxiety dimensions. Conclusion: It was concluded that the sport seems to be an intervening factor in pre-competitive anxiety in the sports context.

References

Arruda, A. F., Aoki, M. S., Paludo, A. C., & Moreira, A. (2017). Salivary steroid response and competitive anxiety in elite basketball players: Effect of opponent level. Physiol Behav, 177, 291-296.

Association, A. P. (2013). Diagnostic and statistical manual of mental disorders (DSM-5®): American Psychiatric Pub.

Silva, C. V., Lima, C. P., Ribeiro, G. P., de Oliveira Costa, V., & Hernandez, J. A. E. Ansiedade-Traço em Atletas de Esportes Coletivos e Individuais.

Abreu, E. S., de Freitas Nascimento, J., Santos, A. L. B., Sales, C. D. V., & Ferreira, H. S. (2015). Estratégias para perda de peso no período pré-competitivo e suas repercussões em atletas de luta olímpica. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, 9(50), 137-143.

Fernandes, M. G., Nunes, S. A. N., Raposo, J. V., & Fernandes, H. M. (2014). Efeitos da experiência nas dimensões de intensidade, direção e frequência da ansiedade e autoconfiança competitiva: Um estudo em atletas de desportos individuais e coletivos. Motricidade, 10(2), 81-89.

Fernandes, M. G., Vasconcelos-Raposo, J., & Fernandes, H. M. (2012). Propriedades psicométricas do CSAI-2 em atletas brasileiros. Psicologia: Reflexao & Critica, 25(4), 679-688.

Fortes, L. S., da Costa, B. D., Paes, P. P., do Nascimento Júnior, J. R., Fiorese, L., & Ferreira, M. E. (2017). Influence of competitive-anxiety on heart rate variability in swimmers. J Sports Sci Med, 16(4), 498.

Gonçalves, M. P., & Belo, R. P. (2007). Ansiedade-traço competitiva: diferenças quanto ao gênero, faixa etária, experiência em competições e modalidade esportiva em jovens atletas. Psico-USf, 12(2), 301-307.

Hair, J. F., Risher, J. J., Sarstedt, M., & Ringle, C. M. (2019). When to use and how to report the results of PLS-SEM. European Business Review, 31(1), 2-24.

Martens, R., Vealey, R. S., & Burton, D. (1990). Competitive anxiety in sport: Human kinetics.

Nascimento Junior, J. R. A. d., Balbim, G. M., & Vieira, L. F. (2014). Estresse psicológico pré-competitivo e voleibol: um estudo em função do gênero e das posições de jogo.

Paes, M. J., do Amaral Machado, T., Berbetz, S. R., & Stefanello, J. M. F. (2017). Frequência, intensidade e direção da ansiedade e sua relação com a coesão grupal em uma equipe de voleibol infanto-juvenil masculina. Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, 6(3).

Paína, D. M., Fechio, J. J., Peccin, M. S., & da Costa Padovani, R. (2018). Avaliação da qualidade de vida, estresse, ansiedade e coping de jogadores de futebol de campo da categoria sub-20. Contextos Clínicos, 11(1), 97-105.

Paludo, A. C., Nunes, S. A. N., Simões, A. C., & Fernandes, M. G. (2017). Relação entre ansiedade competitiva, autoconfiança e desempenho esportivo: uma revisão ampla da literatura. Psicologia Argumento, 34(85).

Santos, S., & Alves, J. (2018). Estudo Exploratório Das Emoções Prementes No Rendimento Desportivo. Boletim Sociedade Portuguesa de Educação Física(41), 113-118.

Silva, G. C. B., Cortez, A. C. L., do Nascimento Júnior, J. R. A., Granja, C. T. L., Conde, E. F. Q., & de Melo, G. F. (2019). Analysis of pre-competitive anxiety of Brazilian young swimmers. Acta Scientiarum. Health Sciences, 41, e45475.

Silva, G. C. B., De Araújo, D. G., Arantes, A. A. C., Neto, S. L. D. A., & De Melo, G. F. (2018). Avaliação psicométrica da ansiedade traço em jovens nadadores brasileiros. Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, 7(1).

Sonoo, C. N., Gomes, A. L., Damasceno, M. L., Silva, S. R. d., & Limana, M. D. (2010). Ansiedade e desempenho: um estudo com uma equipe infantil de voleibol feminino. Motriz, Rio Claro, 16(3), 629-637.

Vieira, S. (2016). Estatística para a Qualidade. 3. Elsevier Brasil.

Zeng, H. Z. (2003). The differences between anxiety and self-confidence between team and individual sports college varsity athletes. International Sports Journal,7(1), 28.

Published

23/08/2020

How to Cite

Freire , G. L. M. ., Costa , N. L. G. ., Xavier, S. E. da S. ., Moreira, J. A. G. L. F. ., Ribeiro, L. C. ., Granja , C. T. L. ., Oliveira, D. V. de ., & Nascimento Junior, J. R. A. do . (2020). Comparison of pre-competitve anxiety between fight and handball athletes . Research, Society and Development, 9(9), e447997523. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7523

Issue

Section

Health Sciences