Brazilian University Hospitals in the setting of care for childbirth and birth: an integrative review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7556

Keywords:

University hospital; Childbirth and birth; Women's health; Child health; Nursing.

Abstract

University Hospitals have a strategic role in the perspective of improving comprehensive care. In this sense, the study was guided by the research question: what is the role of University Hospitals in assisting the parturient and newborn in Brazil? The objective being to know the practice of teaching, research and assistance in childbirth and birth developed in university hospitals. Method: integrative literature review, carried out on the virtual platforms Medline, Lilacs, BDenf and Scielo studies from Brazil published from 2012 to 2020, in Portuguese and English. Results: after analysis, it was possible to divide the answer to the research question into three thematic categories: a) university hospitals - locus of specialized comprehensive assistance; b) university hospitals: teaching locus - research in the pregnancy-puerperal scenario and c) university hospitals: teaching locus - research in the neonatal scenario. Conclusion: Although the study has limitations, in view of the vast amount of activities developed in hospital environments, hospitals have tactical performance in terms of improving care practices and advances in teaching and research, being environments for both the creation of new scientific knowledge and for the application of technological innovations

References

Andrade, P. O. N., et al. (2014). Fatores associados à violência obstétrica na assistência ao parto vaginal em uma maternidade de alta complexidade em Recife, Pernambuco. Rev. Bras. Saúde Matern. Infant. Recife, 21(4), 1261-81,

Araújo, K. M., & Leta J. (2014). Os hospitais universitários federais e suas missões institucionais no passado e no presente. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, 21(4), 1261-1281.

Brasil. (2014). Ministério da Saúde. Humanização do parto e do nascimento. Recuperado de http://www.redehumanizasus.net/sites/default/files/caderno_humanizasus_v4_humanizacao_parto.pdf.

Brasil. (2001). Ministério da Saúde. Área Técnica de Saúde da Mulher. Parto, aborto e puerpério: assistência humanizada à mulher. Recuperado de http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cd0413.pdf.

Deslandes, S. F. (2004). Análise do discurso oficial sobre a humanização da assistência hospitalar. Ciênc. Saúde coletiva, 9(1), 7-14.

EBSERH. (2020). Huap realizou 142 mil consultas ambulatoriais em 2019. Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares. EBSERH. Rio de Janeiro. Recuperado de http://www2.ebserh.gov.br/web/huap-uff/resultado-busca.

Ercole, F. F., Melo, L. S,. & Alcoforado, C. L. G. C. (2014). Revisão Integrativa versus Revisão Sistemática. REME - Rev Min Enferm.; 18(1), 9-12.

Fernandes, C. N. S., Alves, M. M., Souza, M. L., Machado, G. A., Couto. G., & Evangelista, R.A. (2014). Prevalência de soropositividade para hepatite B e C em gestantes. Rev. esc. enferm. USP. 48(1), 89-96.

Figueiró- Filho, E. A., Oliveira, V. M., Ferreira, C. M., Silva, V. M., Tinos, A. L. S., Kanomata, L. B. (2014). Variáveis perinatais e associação de recém-nascidos de muito baixo peso ao nascer em hospital público universitário do Brasil. Rev. Bras. Ginecol. Obstet., 36(1), 10-16.

Joventino, E. S., Dodt, R. C. M., Araujo, T. L., Cardoso, M. V. L. M. L., Silva, V. M., & Ximenes, L.B. (2011). Tecnologias de enfermagem para promoção do aleitamento materno: revisão integrativa da literatura. Rev Gaúcha Enferm., 32(1), 176-184.

Leal. M. C. (2018). Parto e nascimento no Brasil: um cenário em processo de mudança. Editorial Cad. Saúde Pública, 34(5):e00063818.

Mendes, Y. M. M. B., & Rattner, D. (2020). Estrutura e práticas de hospitais integrantes do Projeto Apice ON: estudo de linha de base. Rev Saude Publica, 54(23), 1-13.

Monlleó, I. L., Zanotti, S. V., Araújo, B. P. B., Cavalcante Júnior, E, F., Pereira, P. D., Barros, P. M., Araújo, M. D. P., Mendonça, A. T. V. S., Santos, C. R. S., Santos, Y. R., Michelatto, D. P., Mello, M. P., Guerra, A. T. M., & Guerra Júnior, G. (2012) Prevalência de anormalidades genitais em recém-nascidos. J. Pediatr., 88(6), 489-485.

Monteiro, A. C. C., Pereira, R. M., Monteiro, L. P. A., & Costa, I. C. C. (2016). Tratamento odontológico na gravidez: O que mudou na concepção das gestantes. Revista Ciência Plural. Natal, 2(2), 67-83.

Monteiro, D. L. M., Nunes, C. L., Rodrigues, N. C. P., Antunes, C. A., Almeida, E. M., Barmpas, D. B. S., Magalhães, A. L. C., & Trajano, A. J. B. (2019). Fatores associados ao câncer de mama gestacional: estudo caso-controle. Ciênc. saúde coletiva. 24(6), 2361- 2369.

Oliveira, A. C. M., Pereira, L. A., Ferreira, R. C., & Clemente, A. P. G. (2018). Estado nutricional materno e sua associação com o peso ao nascer em gestações de alto risco. Ciênc. saúde coletiva. 23(7), 2373-2382.

Passos, L. S., Kroll, C., Borges, L., Rocha, E. D. M., & Schultz, L. F. (2020). Acompanhamento dos atendimentos de puérperas e recém-nascidos em um Banco de Leite Humano. Esc. Anna Nery. Rio de Janeiro, 24(2) e20190086.

Pinheiro, D. L. F. L., Feitosa, F. E. L., Araújo Júnior, E., & Carvalho, F. H. C. (2020). Resultados gestacionais em pacientes com morbidade materna grave causada por síndromes hipertensivas. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. 42(2) 74-80.

Prata, J. A., Ares, L. P. M., Vargens, O. M. C., Reis, C. S. C., Pereira, A. L. F., & Progianti, J. M. (2019). Tecnologias não invasivas de cuidado: contribuições das enfermeiras para a desmedicalização do cuidado na maternidade de alto risco. Esc. Anna Nery. 23(2) e20180259.

Reichelt, A. J., Weinert, L. S., Mastella, L. S., Gnielka, V., Campos, M. A., Hirakata, V. N., Oppermann, M. L. R., Silveiro, S. P., & Schmidt, M. I. (2017). Características clínicas de mulheres com diabetes gestacional - comparação de duas coortes matriculadas com 20 anos de diferença no sul do Brasil. São Paulo Med.. 135(4), 376-382.

Salge, A. K. M., Reis, M. R., Siqueira, K. M., Castral, T. C., Guimarães, J. V., & Castro, E. C. C. (2018). Associação entre as características macroscópicas do cordão umbilical, gestação de alto risco e repercussões neonatais. Rev. esc. enferm. USP. São Paulo, 51, e03294.

Santos, P. C., et al. (2016). Risk and other factors associated with toxoplasmosis and toxocariasis in pregnant women from southern Brazil. Cambridge University. 91(5),534-538.

Silva, A. A. A., Coutinho, I. C, Katz, L., & Souza, A. S. R. (2013). Fatores associados à recorrência da gravidez na adolescência em uma maternidade escola: estudo caso-controle. Cad. Saúde Pública. 29(3) 496-506.

Silva, A. B., Assumpção, A. M. B., Andrade Filha, I. G. A., Regadas, C. T., Castro, M. C., Silva, C. R. A., Assumpção, M. R., Santos, R. C. B., Silvério, T. O., Santos, P. B., Silva, D. A., Paulino, B. V., & Pastorelli, P. P. L. (2019). Adaptação transcultural do aplicativo Zero Mothers Die para dispositivos móveis no Brasil: contribuições para a saúde digital com abordagem do cuidado centrado na e-gestante. Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. 19(4), 763-775.

Silva. C. F., Araújo. C. L. F., & Araújo. M. M. (2015). Oferta do teste sorológico para Hepatite B durante o pré-natal: a vivência das puérperas. Rev enferm UERJ. 23(1), 58-63.

Souza, T. G., Gaiva, M. A. M., & Modes, P. S. S. (2011). A humanização do nascimento: percepção dos profissionais de saúde que atuam na atenção ao parto. Rev. Gaúcha Enferm. (Online), 32(3) 479-486.

Yamamoto, A. C. A., Paula, C. R., Dias, L. B., Tadano, T., Martins, E. R., Amadio, J. V. R. S., & Hahn, R. C. (2012). Epidemiologia e características clínicas da candidíase nosocomial em hospitais universitários em Cuiabá - Mato Grosso, Brasil. Revista Iberoamericana de Micología, 29(3), 164-168.

Published

13/09/2020

How to Cite

Gomes, A. B. M. ., Pedroza , V. C. M. ., Messias , C. M. ., Castro , R. de C. ., & Silva , J. L. L. da . (2020). Brazilian University Hospitals in the setting of care for childbirth and birth: an integrative review. Research, Society and Development, 9(9), e912997556. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7556

Issue

Section

Health Sciences