Use of plant bioindicators to identify residues of herbicides in the soil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.8123

Keywords:

Bioassay; Carryover; Soil contamination; Phytoremediation; Residual herbicides.

Abstract

This work was based on a bibliographic survey. Scientific papers (articles, theses and dissertations) published between 1988 and 2020 were consulted, which contained data on the use of the bioassay technique. The bioassay is one used to determine the existence of herbicide residues in the soil. In its realization, species sensitive to the herbicide (bioindicators) are used. To be considered a bioindicator, the plant species must have sensitivity to the herbicide studied, presenting phytointoxication and reduction in physical or physiological characteristics. In addition, the sensitivity should increase according to the increase of residues in the soil. Due to the mechanism of action and sorption of the herbicide, each compound has ideal bioindicator species. The present study aimed to verify in the literature bioindicator species for residual herbicides, depending on the texture of the soil and the analyzed variable. It brings a generalist approach to species whose sensitivity to herbicides has been experimentally proven, allowing consultation of the ideal bioindicator for each compound. It was found in the literature that the species Cucumis sativus and Sorghum bicolor are the most used as bioindicators and the herbicides atrazine and sulfentrazone the most reported.

References

Amim, R. T. & Do Banco D. E. N. R. (2014). Eficiência do indaziflam no controle de plantas.

Andrade, S. R. B. (2008). Avaliação da sorção, dessorção, meia vida e lixiviação do ametryn em argissolo vermelho-amarelo e latossolo vermelho-amarelo. Viçosa-MG: UFV.

Andrade, S. R. B., Silva, A. A., Lima, C. F., Queiroz, M. E. L. R., França, A., & D'antonino, L. (2010). Meia-vida do ametryn em argissolo vermelho-amarelo e latossolo vermelho-amarelo, com diferentes valores de pH. Planta Daninha, 28(2), 375-383.

Assis, E. C., Silva, A. A., D'Antonino, L., Queiroz, M. E. L. R., & Barbosa, L. C. (2011). Leaching of picloram in ultisol under different rainfall volumes. Planta Daninha, 29(SPE), 1129-1136.

Barbosa, D. B. P. (2013). Degradação de atrazina em solo sob plantio direto aplicada em formulações de liberação controlada.

Belo, A. F., Coelho, A. T. C. P., Ferreira, L. R., Silva, A. A., & Santos, J. B. (2011). Potencial de espécies vegetais na remediação de solo contaminado com sulfentrazone. Planta daninha, 29(4), 821-828.

Ben, A. K. A. N., Possamai, A. C. S., Cardoso, W. S., Ben, R., Castro, E. B., Belapart, D., & Mendes, K. F. (2015). Lixiviação e persistência do metribuzin por bioensaios. Scientia Plena, 11(5).

Blanco, F. M. G., & Velini, E. D. (2005). Persistência do herbicida sulfentrazone em solo cultivado com soja e seu efeito em culturas sucedâneas. Planta Daninha, 23(4), 693-700.

Braga, R. R. (2013). Crescimento de Brachiaria brizantha e seu potencial para remediação de solo contaminado com picloram em três valores de pH.

Braga, R. R. (2017). Sorção de indaziflam e isoxaflutole em solos tropicais (Doctoral dissertation, Universidade Federal de Viçosa).

Brito, L. D. A. (2017). Germinação e crescimento inicial de espécies florestais sob influência de herbicidas lixiviáveis.

Cândido, A. C. D. S., Schmidt, V., Laura, V. A., Faccenda, O., Hess, S. C., Simionatto, E., & Peres, M. T. L. P. (2010). Potencial alelopático da parte aérea de Senna occidentalis (L.) Link (Fabaceae, Caesalpinioideae): bioensaios em laboratório. Acta botânica brasílica, 24(1), 235-242.

Carmo, M. L., Procopio, S. D. O., Pires, F. R., Cargnelutti Filho, A., Braz, G. B. P., Silva, W. F. P., & Assis, R. L. D. (2008). Influência do oeríodo de cultivo de Panicum maximum (cultivar Tanzânia) na fitorremediação de solo contaminado com picloram. Planta Daninha, 26(2), 315-322.

Castro Neto, M. D. D. (2014). Sorção, lixiviação e persistência de imidazolinonas em solos utilizados no sistema clearfield de cultivo de arroz (Doctoral dissertation, Universidade Federal de Viçosa).

Christoffoleti, P. J. (2002). Rate-response curves of resistant and susceptible Bidens pilosa L. biotypes to ALS-inhibitor herbicides. Scientia Agricola (Brazil).

Christoffoleti, P. J., López-Ovejero, R. F., Damin, V., Carvalho, S. J. P., & Nicolai, M. (2009). Comportamento dos herbicidas aplicados ao solo na cultura da cana-de-açúcar. Piracicaba: CP, 2, 72.

Costa, C. N., Meurer, E. J., Bissani, C. A., & Selbach, P. A. (2004). Contaminantes e poluentes do solo e do ambiente. MEURER, EJ Fundamentos de química do solo, 2, 207-237.

Crafts, A. (1935). The toxicity of sodium arsenite and sodium chlorate in four California soils. Hilgardia, 9(9), 459-498.

da Silva França, G. V., Oliveira, G. A., Diniz, C. A., & Reis, M. R. (2016). Residues of atrazine and tembotrione in the soil affect the initial growth of beets1. Revista Brasileira de Herbicidas, 15(2), 195-204.

Dan, H. A., Dan, L. G. D. M., Barroso, A. L. D. L., Procópio, S. O., Oliveira Jr, R. S., Assis, R. L., & Feldkircher, C. (2011). Atividade residual de herbicidas pré-emergentes aplicados na cultura da soja sobre o milheto cultivado em sucessão. Embrapa Soja-Artigo em periódico indexado (ALICE).

Dan, H. D. A., Dan, L. G. D. M., Barroso, A. L. D. L., Procópio, S. D. O., Oliveira Júnior, R. S. D., Braz, G. B. P., & Alonso, D. G. (2012). Atividade residual de herbicidas usados na soja sobre o girassol cultivado em sucessão. Ciência Rural, 42(11), 1929-1935.

Dan, H. A., Dan, L. G. M., Barroso, A. L. L., Procópio, S. O., Oliveira Jr, R. S., Silva, A. G., & Feldkircher, C. (2010). Residual activity of herbicides used in soybean agriculture on grain sorghum crop succession. Planta Daninha, 28(SPE), 1087-1095.

D'Antonino, L., França, A. C., Silva, A. A., Ferreira, L. R., & Silva, G. R. (2012). Crescimento de plantas de café em solos com resíduos de picloram. Planta Daninha, 30(1), 193-200.

D'Antonino, L., Silva, G. R., Faustino, L. A., Silva, A. A., Ferreira, F. A., & Texeira, C. C. (2013). Sorption of fomesafen in brazilian soils. Planta Daninha, 31(4), 971-977.

D'Antonino, L., Silva, A. A., Ferreira, L. R., Cecon, P. R., Quirino, A. L. S., & Freitas, L. H. L. (2009). Efeitos de culturas na persistência de herbicidas auxínicos no solo. Planta daninha, 27(2), 371-378.

de Aguiar, A. C. M., Paiva, M. C. G., Júnior, L. H. B., da Silva, E. M. G., de Souza, P. S. R., & da Silva, A. A. (2020). Seleção de espécies indicadoras de resíduos de herbicida dicamba no solo. Agrarian, 13(48), 187-194.

de Oliveira, M. F., & Brighenti, A. M. (2011). Comportamento dos herbicidas no ambiente. Embrapa Milho e Sorgo-Capítulo em livro científico (ALICE).

de Oliveira, T. L., de Paula Senoski, M., Assis, A. C. D. L. P., de Miranda, V. P., Melo, C. A. D., & dos Reis, M. R. (2018). Seleção de espécies bioindicadoras do herbicida ethoxysulfuron. Revista de Ciências Agrárias Amazonian Journal of Agricultural and Environmental Sciences, 61.

Desty, D. H., Goldup, A., & Whyman, B. H. F. (1959). The potentialities of coated capillary columns for gas chromatography in the petroleum industry. J. Inst. Petrol, 45, 287-298.

Dias, R. C., Gomes, D. M., Anunciato, V. M., Bianchi, L., Simões, P. S., Carbonari, C. A., & Velini, E. D. (2019). Seleção de espécies bioindicadoras para o herbicida indaziflam. Revista Brasileira de Herbicidas, 18(2), 650-1.

Diesel, F., Trezzi, M. M., Pazuch, D., Xavier, E., Rosin, D., & Pagnoncelli, F. (2012). Seleção de espécies da família Cucurbitaceae e Chenopodiaceae para indicação da presença de saflufenacil no solo. Pesticidas: Revista de Ecotoxicologia e Meio Ambiente, 22.

Diesel, F., Trezzi, M. M., Vidal, R. A., Barancelli, M. V. J., & MIZERSKI, P. (2019). Bioassay for Determining Persistence of the Herbicide Saflufenacil in an Oxisol. Planta Daninha, 37.

dos Santos Pereira, A., & de Aquino Neto, F. R. (2000). Estado da arte da cromatografia gasosa de alta resolução e alta temperatura. Quimica nova, 23(3), 371.

Faustino, L. A., Freitas, M. A. M., Passos, A. B. R. J., Saraiva, D. T., Faria, A. T., Silva, A. A., & Ferreira, L. R. (2015). Mobilidade do sulfentrazone em solos com diferentes características físicas e químicas. Planta Daninha, 33(4), 795.

Ferreira, A. I. A. J. V. (2008). Espectrometria de massa de razões isotópicas.

Ferri, M. V. W., & Vidal, R. A. (2002). Persistência do acetochlor em solo sob semeadura direta e convencional. Planta daninha, 133-139.

Ferri, M. V. W., & Vidal, R. A. (2003). Persistência do herbicida acetochlor em função de sistemas de preparo e cobertura com palha. Ciência Rural, 33(3), 399-404.

Fiore, R. D. A. (2014). Potencial de espécies florestais para remediação de substrato contaminado com atrazine e 2, 4-D.

Firmino, L. E., Tuffi Santos, L. D., Ferreira, F. A., Ferreira, L. R., & Tiburcio, R. A. S. (2008). Sorção do imazapyr em solos com diferentes texturas. Planta Daninha, 26(2), 395-402.

Fontes, J. R. A., Silva, A. A., Vieira, R. F., & Ramos, M. M. (2004). Lixiviação de herbicidas no solo aplicados com água de irrigação em plantio direto.

Franceschi, M., Arantes, S. A. D., Andrade, E. A. D., Rocha, A. M. D., Arantes, K. R., & Yamashita, O. M. (2019). Liming on picloram leaching in dystrophic Red Yellow Latosol. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 23(2), 103-108.

Franco, M. H. R., Lemos, V. T., Aguiar, L. M., França, A. C., Ferreira, E. A., & Silva, D. V. (2015). Características fisiológicas do feijoeiro cultivado em solos após fitorremediação do picloram. Revista Brasileira de Herbicidas, 14(4), 315-325.

Gheno, E. A. (2013). Residual de herbicidas aplicados na cultura do algodoeiro sobre feijão, milho e soja cultivados em sucessão (Master's thesis, Universidade Estadual de Maringá).

Gonçalves, F. A. R., Melo, C. A. D., de Queiroz, P. C., Endo, R. T., da Silva, D. V., & dos Reis, M. R. (2018). Atividade residual de herbicidas nas culturas do milho e da soja. Revista de Ciências Agrárias Amazonian Journal of Agricultural and Environmental Sciences, 61.

Guerra, N. (2014). Comportamento do aminocyclopyrachlor e indaziflam em materiais de solo de textura contrastante.

Guerra, N., Oliveira Jr., R.S., Constantin, J., Oliveira Neto, A.M., Santos, G.2 e Jumes, T.M.C. persistência de trifloxysulfuron-sodium e pyrithiobac-sodium em diferentes tipos de solo (2011). Planta Daninha, 29(3), 673-681.

Inoue, M. H., Marchiori Jr, O., Oliveira Jr, R. S., Constantin, J., & Tormena, C. A. (2002). Calagem e o potencial de lixiviação de imazaquin em colunas de solo. Planta Daninha, 20(1), 125-132.

Inoue, M. H., Oliveira Jr, R. S. D., Constantin, J., Alonso, D. G., & Santana, D. C. D. (2008). Lixiviação e degradação de diuron em dois solos de textura contrastante. Acta Scientiarum. Agronomy, 30, 631-638.

Inoue, M. H., de Oliveira Junior, R. S., Constantin, J., & de Oliveira, M. F. (2000). Persistência da atividade biológica de imazaquin e imazethapyr aplicados em duas épocas do ano. Acta Scientiarum. Agronomy, 22, 993-997.

Inoue, M. H., Possamai, A. C. S., Mendes, K. F., Ben, R., de Matos, A. K. A., & dos Santos, E. G. (2014). Potencial de lixiviação de herbicidas utilizados na cana-de-açúcar em solos contrastantes. Bioscience Journal, 30(5).

Inoue, M. H., Santana, D. C., Oliveira Jr, R. S., Clemente, R. A., Dallacort, R., Possamai, A. C. S., & Pereira, K. M. (2010). Potencial de lixiviação de herbicidas utilizados na cultura do algodão em colunas de solo. Planta Daninha, 28(4), 825-833.

Inoue, M. H., Santana, C. T. C., Oliveira Jr, R. S., Possamai, A. C. S., Santana, D. C., Arruda, R. A. D., & Sztoltz, C. L. (2011). Efeito residual de herbicidas aplicados em pré-emergência em diferentes solos. Planta Daninha, 29(2), 429-435.

Lacerda, A. L. D. S., & Victoria Filho, R. (2004). Curvas dose-resposta em espécies de plantas daninhas com o uso do herbicida glyphosate (1). Bragantia, 63(1), 73-79.

Lanças, F. M. (2009). A Cromatografia Líquida Moderna e a Espectrometria de Massas: finalmente “compatíveis”. Scientia chromatographica, 1(2), 35-61.

Lavorenti, A., Prata, F., & Regitano, J. B. (2003). Comportamento de pesticidas em solos: fundamentos. Tópicos em ciência do solo, 3, 291-334.

Lourenço, R. C., & CARVALHO, S. J. (2014, September). Persistência de sulfentrazone em solo seco estimada por bioindicadores. In 6ª Jornada Científica e Tecnológica 3º Simpósio da Pós-Graduação do IFSULDEMINAS.

Madalão, J. C., Pires, F. R., Cargnelutti Filho, A., Nascimento, A. F., & de Oliveira Garcia, G. (2012). Fitorremediação de solos contaminados com o herbicida sulfentrazone por espécies de adubos verdes. Revista de Ciências Agrárias Amazonian Journal of Agricultural and Environmental Sciences, 55(4), 288-296.

Madalão, J. C., Pires, F. R., Nascimento, A. F., Chagas, K., Cargnelutti Filho, A., & de Oliveira Procópio, S. (2016). Fitorremediação de solo contaminado com sulfentrazone em função do tempo de cultivo de Canavalia ensiformis. Revista Agro@ mbiente On-line, 10(1), 36-43.

Marchesan, E. D. (2011). Seleção de espécies bioindicadoras para uso em bioensaios de lixiviação e persistência de atrazina no solo. Pesticidas: Revista de Ecotoxicologia e Meio Ambiente, 21.

Marchi, G., Marchi, E. C. S., & Guimarães, T. G. (2008). Herbicidas: mecanismos de ação e uso. Embrapa Cerrados-Documentos (INFOTECA-E).

Marchiori Jr, O., Constantin, J., Oliveira Jr, R. S., Inoue, M. H., Pivetta, J. P., & Cavalieri, S. D. (2005). Efeito residual de isoxaflutole após diferentes períodos de seca. Planta Daninha, 23(3), 491-499.

Maria do Carmo, S. S., Adoryan, M. L., Favoretto, P., Neto, J. T., & Melo, P. C. T. (2005). Persistência de isoxaflutole em solo argiloso cultivado com Batata. Revista Brasileira de Herbicidas, 4(3), 35-46.

Mello, A. J. P. D. (2018). Uso de adubos verdes para fitorremediação de solos contaminados com amicarbazone.

Melo, C. A. D., Dias, R. C., Mendes, K. F., Assis, A. C. L. P., & Reis, M. R. (2016). Herbicides carryover in systems cultivated with vegetable crops. Revista Brasileira de Herbicidas, 15(1), 67-78.

Mendes, K. F. (2013). Sorção, lixiviação e efeito residual do oxadiazon no solo.

Mendes, K. F., de Souza, T. N. R., Possamai, A. C. S., Inoue, m. H., Nunes, A. K. D. A., & Mertens, T. B. (2015). Seleção de plantas indicadoras para o monitoramento do mesotrione e metribuzin em solo argiloso. Revista de Ciências Agroambientais, Alta Floresta, MT, 13(1), 53-59.

Mendes, K. F., Goulart, B. F., Possamai, A. C. S., Inoue, M. H., de Matos, A. K. A., & Tschope, M. C. (2013). Lixiviação do hexazinone e da mistura hexazinone+ diuron em colunas de solos com texturas distintas. Revista Agro@ mbiente On-line, 7(2), 218-224.

Mendes, K. F., Inoue, M. H., de Matos, A. K. A., Possamai, A. C. S., Tschope, M. C., Goulart, B. F., & Ben, R. (2012). Seleção de bioindicadores para monitoramento da mobilidade e persistência de herbicidas aplicados no solo. Revista Brasileira de Herbicidas, 11(2), 213-221.

Monquero, P. A., Amaral, L. R., Binha, D. P., Silva, A. C., & Silva, P. V. (2008). Leaching potential of herbicides in soil under different rainfall simulations. Planta Daninha, 26(2), 403-409.

Monquero, P. A., Binha, D. P., Amaral, L. R., Silva, P. V., Silva, A. C., & Inacio, E. M. (2008). Lixiviação de clomazone+ ametryn, diuron+ hexazinone e isoxaflutole em dois tipos de solo. Planta Daninha, 26(3), 685-691.

Monquero, P. A., Côrrea, M. C., Barbosa, L. N., Gutierrez, A., Orzari, I., & Hirata, A. C. S. (2013). Seleção de espécies de adubos verdes visando à fitorremediação de diclosulam. Planta Daninha, 31(1), 127-135.

Monquero, P. A., Munhoz, W. S., & da Silva Hirata, A. C. (2013). Persistência de imazaquim e diclosulam em função da umidade do solo. Revista Agro@ mbiente On-line, 7(3), 331-337.

Monquero, P. A., Sabbag, R., Orzari, I., Hijano, N., Galvani Filho, M., Dallacosta, V., ... & Hirata, A. C. (2012). Lixiviação de saflufenacil e residual após períodos de seca. Planta Daninha, 30(2), 415-423.

Monquero, P. A., Silva, P. V., Silva Hirata, A. C., Tablas, D. C., & Orzari, I. (2010). Leaching and persistence of sulfentrazone and imazapic. Planta daninha, 28(1), 185-195.

Nunes, A. L., & Vidal, R. A. (2009). Seleção de plantas quantificadoras de herbicidas residuais. Pesticidas: revista de ecotoxicologia e meio ambiente, 19.

Oliveira Jr, R. S., Carneiro, J. C., Constantin, J., Santos, G., Francischini, A. C., & Oliveira Neto, A. M. (2012). Atividade residual de diuron, oxyfluorfen e prometryne no controle de Euphorbia heterophylla. Planta Daninha, 30(3), 649-658.

Oliveira Jr, R. S., Marchiori Jr, O., Constantin, J., & Inoue, M. H. (2006). Influência do período de restrição hídrica na atividade residual de isoxaflutole no solo. Planta Daninha, 24(4), 733-740.

Oliveira, M. G., Dias, R. C., Melo, C. A. D., Mendes, K. F., Silva, P. V., Silva, D. V., & Reis, M. R. (2018). Tolerância da cebola implantada por semeadura direta ao flumioxazin aplicado em pós-emergência inicial. Revista Brasileira de Herbicidas, 17(2), 585-1.

Paris Junior, M. A. Curvas de dose resposta e isobologramas como forma de descrever a associação dos inibidores da ALS (sulfometuron-methyl e chlorimuron-ethyl) em Digitaria insularis (L.) Fedde (Doctoral dissertation, Universidade de São Paulo).

Patel, F. (2018). Eficiência agronômica e persistência de herbicidas pré-emergentes na cultura da soja (Master's thesis, Universidade Tecnológica Federal do Paraná).

Pereira A.S., Shitsuka D.M., Parreira F.J., Shitsuka R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [e-book]. Santa Maria. Ed. UAB/NTE/UFSM. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1.

Pignati, W. A., Lima, F. A. N. D. S., Lara, S. S. D., Correa, M. L. M., Barbosa, J. R., Leão, L. H. D. C., & Pignatti, M. G. (2017). Distribuição espacial do uso de agrotóxicos no Brasil: uma ferramenta para a Vigilância em Saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 22, 3281-3293.

Pires, F., Souza, C., Silva, A., Procópio, S., & Ferreira, L. (2003). Fitorremediação de solos contaminados com herbicidas. Planta daninha, 21(2), 335-341.

Pires, F. R., Souza, C. M., Silva, A. A., Cecon, P. R., Procópio, S. O., Santos, J. B., & Ferrreira, L. R. (2005). Fitorremediação de solos contaminados com tebuthiuron utilizando-se espécies cultivadas para adubação verde. Planta Daninha, 23(4), 711-717.

Procópio, S. D. O., Carmo, M. L. D., Pires, F. R., Cargnelutti Filho, A., Braz, G. B. P., Silva, W. F. P., ... & Braz, A. J. B. P. (2008). Fitorremediação de solo contaminado com picloram por capim-pé-de-galinha-gigante (Eleusine coracana). Revista Brasileira de Ciência do Solo, 32(6), 2517-2524.

Ribeiro, S. (2019). Watermelon sensitivity to residual of pre-emergent herbicide applied in soybean crop. Revista Brasileira de Herbicidas, 18, 1-6.

Rocha, P. R. R. (2011). Sorção, dessorção, lixiviação e meia-vida do diuron em quatro latossolos brasileiros.

Santos, D. P. D., Braga, R. R., Guimarães, F. A. R., Passos, A. B. R. D. J., Silva, D. V., Santos, J. B. D., & Nery, M. C. (2013). Determinação de espécies bioindicadoras de resíduos de herbicidas auxínicos. Revista Ceres, 60(3), 354-362.

Santos, G., Francischini, A. C., Constantin, J., & Oliveira, J. R. R. S. (2012). Carryover proporcionado pelos herbicidas s-metolachlor e trifluralin nas culturas de feijão, milho e soja. Planta Daninha, 30(4), 827-834.

Santos, M. V., Freitas, F. C. L., Ferreira, F. A., Viana, R. G., Tuffi Santos, L. D., & Fonseca, D. M. (2006). Eficácia e persistência no solo de herbicidas utilizados em pastagem. Planta Daninha, 24(2), 391-398.

Santos, W. D. O. (2018). Análise de contaminação cruzada em herbicida a base de atrazina por cromatografia gasosa.

Savaris, Q. M., Inoue, M. H., Mendes, K. F., Maciel, C. D. G., & Helvig, E. O. (2019). Determination of residual effect of indaziflam and amicarbazone in two soils through bioassAY. Revista Brasileira de Herbicidas, 18(3), 617-1.

Seefeldt, S. S., Jensen, J. E., & Fuerst, E. P. (1995). Log-logistic analysis of herbicide dose-response relationships. Weed technology, 218-227.

Silva, A. P. D. (2017). Potencial de lixiviação de herbicidas utilizados na cultura da cana-de-açúcar em um solo de textura média.

Silva, C.M.M., Ferreira, L.R., Ferreira, F.A. e Miranda, G.V. (2004). Root exudation of imazapyr by eucalypt, cultivated in soil. Planta Daninha, 22 (1), 109-116.

Silva, G. R. D. (2013). Comportamento do fomesafen em solos brasileiros.

Silva Filho, U. S. D. (2018). Potencial de espécies florestais para remediação de áreas contaminadas com herbicidas residuais.

Silva, L. O. C., Silva, A. A., Queiroz, M. E., Lima, C. F., Silva, L. L., & D'Antonino, L. (2012). Mobilidade do ametryn em latossolos brasileiros. Planta daninha, 30(4), 883-890.

Souza, A. P. D. (2000). Lixiviação de glyphosate e imazapyr em solos com diferentes texturas e composição química: I-Método do Bioensaio. Planta Daninha, 5-16.

Souza, J. R. D. (2008). Tolerância de variedades de cana-de-açúcar a herbicidas aplicados em pós-emergência e efeitos residuais sobre variedades de girassol.

Steffen, G. P. K., Steffen, R. B., & Antoniolli, Z. I. (2011). Contaminação do solo e da água pelo uso de agrotóxicos. Tecno-logica, 15(1), 15-21.

Teixeira, M. F. F., de Andrade, L. C. L., Biesdorf, E. M., Biesdorf, E. M., Souza, W. M., da Paixão, G. P., & de Freitas, N. M. (2017). Lixiviação do sulfentrazone em solos do Norte de Minas Gerais cultivado com cana-de-açúcar. Revista Brasileira de Herbicidas, 16(3), 246-255.

Vasconcelos, S.M.A. (2017). Fitorremediação de solo contaminado com imazapic.

Vianna, G. S. S. M., & Fleck, N. G. (1988). Atividade residual de herbicidas aplicados em pós-emergência para controle de inços em duas condições ambientais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 23(10), 1095-1105.

Vidal, R. A., & Nunes, A. L. (2010). Persistência do herbicida imazaquin associado ao glyphosate ou paraquat em plantio direto. Planta Daninha, 28(4), 817-823.

Vivian, R., Reis, M. R., Jakelaitis, A., Silva, A. F., Guimarães, A. A., Santos, J. B., & Silva, A. A. (2006). Persistência de sulfentrazone em Argissolo Vermelho-Amarelo cultivado com cana-de-açúcar. Planta Daninha, 24(4), 741-750.

Wilson, K., & Walker, J. (Eds.). (2010). Principles and techniques of biochemistry and molecular biology. Cambridge university press.

Published

15/09/2020

How to Cite

Duque, T. S., Maciel , J. C., Santos , J. B. dos, Ferreira, E. A., & Souza, J. B. de . (2020). Use of plant bioindicators to identify residues of herbicides in the soil. Research, Society and Development, 9(9), e999998123. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.8123

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences