Erosion in gullies and impact on the chemical properties of soil and water

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.8154

Keywords:

Water; Conservation; Degradation; Soil; Gullies.

Abstract

Environmental degradation involves several processes that influence the imbalance of an ecosystem, making it impossible to sustain life. In this work, the objective was to analyze the state of degradation and the characteristics of the soil and water of a erosion in gullie, located at the Instituto Federal Goiano - Campus Ceres - GO. The experiment was conducted by first determining the type of erosion and indicating the best applications for soil conservation. Chemical and physical analyzes of the soil were carried out using Embrapa methodology. The pH and total water hardness analyzes were performed according to FUNASA's practical water analysis manual. The study contributed to the recognition of the degradation of the area, in addition to assistance in other studies related to the characterization of soil and water properties. The local flow of water gradually silts the banks and the bottom of the erosion in gullie, causing sediment to the bed of the Rio Verde. The degraded area has good levels of soil nutrients, calcium and potassium stand out, but this pattern is associated with fertilizers carried constantly to gullies.

References

Brady, N. C. (1989). Natureza e propriedades dos Solos. Rio de Janeiro: Freitas Bastos.

Clementino, G. E. S.; Iwata, B. F.; Lustosa Filho, D.; Costa, T. G. A.; Leopoldo, N. C. & Maciel, A. C. (2018). Nível de degradação do solo por processo de voçorocamento em latossolo vermelho-amarelo, no Município de Corrente, Estado do Piauí, Nordeste do Brasil. Revista brasileira de gestão ambiental e sustentabilidade, 5(10), 643-653.

Cochrane, T. T. & Azevedo, L.G. (1988). As savanas do tropico sul-americano: uma visão geral dos seus recursos de clima e solo para desenvolvimento agrotecnológico baseado no inventário computadorizado de sistemas de terra do CIAT/EMBRAPA. In: Simpósio sobre Cerrado, 6, 1982. Brasília. Savanas: alimento e energia. Planaltina: EMBRAPA-CPAC.

Correia, J. R.; Reatto, A. & Spera, S. T. (2004). Cerrado correção do solo e adubação. Brasília, DF: EMBRAPA.

Coelho Netto, A. L. (1998). Hidrologia de encosta na interface com a geomorfologia. In: GUERRA, A. J. T.; CUNHA, S. B (eds.): Geomorfologia, uma atualização de bases e conceitos. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.

Dow, C. G. & Stoks, J. (1978). Environmental impact of mining. London, England: Applied Science Publishers.

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. (1979). Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análises de solo. Rio de Janeiro: Centro Nacional de Pesquisa de Solos – CNPS.

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. (1997). Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análises de solo. Rio de Janeiro: Centro Nacional de Pesquisa de Solos – CNPS.

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. (2018). Sistema brasileiro de classificação de solos. Brasília, Distrito Federal: EMBRAPA.

Funasa. Fundação Nacional de Saúde. (2019). Recuperado em: https://www.Funasamy.sharepoint.com/personal/imprensa_Funasa_gov_br/Documents/Biblioteca_Eletronica/Saude_Ambiental/manual_pratico_de_analise_de_agua_2.pdf.

Gomes-Pompa, A. & Wiechers, L. (1979). Regeneracion de los ecossistemas tropicales y subtropicales. In: Gomes-Pompa, A.; Vazquez-Yanez, C. & Amo Rodrigues, S. D. (Ed.). Investigaciones sobre la regeneración de selvas altas em Vera Cruz. México: Continental.

Guerra, A. J. T.; Silva, A. S. & Botelho, R. G. M. (2005). Erosão e conservação dos solos: conceitos, temas e aplicações. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.

Kertzman, F. C.; Oliveira, A. M. S.; Salomão, F. X. T. & Gouveia, M. I. F. (1995). Mapa de erosão do Estado de São Paulo. Revista do Instituto Geológico, 16(1), 31-36.

Machado, R. L.; Couto, B. C.; Silva, A H.; Ribeiro, P. T.; Oliveira, J. A, Resende, A S.; Campello, E. F. C. & Franco, A. (2006). A perda de solo em erosão por voçorocas com diferentes níveis de controle no município de Pinheiral - RJ. In: Reunião Brasileira de Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas, 27. Reunião Brasileira de Micorrizas, 11. Simpósio Brasileiro de Microbilogia do Solo, 9.; Reunião Brasileira de Biologia do Solo, 6., 2006, Bonito. Anais... Bonito MS: SBCS/SMB/Embrapa Agropecuária Oeste.

Marchioro, E.; Andrade, E. E. & Oliveira, J. C. (2016). Evolução espaço-temporal de voçorocas no espírito santo: estudo de caso nos municípios de Afonso Cláudio e Alegre. Revista Brasileira de Geomorfologia, 17(1), 191-204.

Marques V. S. (2013). Erosão hídrica em microbacia utilizando geotecnologia. Tese de Doutorado - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Seropédica. Instituto de Agronomia. 177f.

Medina, H. P. & Groman, F. (1966). Disponibilidade de água em alguns solos sob Cerrado. Revista Bragantia, 25(6), 65-75.

MMA. Ministério do Meio Ambiente. (2020). Informações Ambientais. Recuperado em: https://www.mma.gov.br/informacoes-ambientais.html.

Moita Neto, J. M. & Moita, G. C. (1998). Uma introdução à análise exploratória de dados multivariados. Química Nova, 21(1), 467-469.

Moreira, P. R. (2004). Manejo do solo e recomposição da vegetação com vistas à recuperação de áreas Degradadas pela extração de bauxita, Poços de Caldas, MG. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Instituto de Biociências Rio Claro. 139 f.

Oliveira, J. B.; Jacomine, P. K. T. & Camargo, M. N. (1992). Classes gerais de solos do Brasil: guia auxiliar para seu reconhecimento. Jaboticabal: FUNEP.

Pereira A. S.; Shitsuka, D. M.; Parreira, F. J. & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [e-book]. Santa Maria: UAB/NTE/UFSM. Recuperado em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1.

Primavesi, A. (2002). Manejo ecológico do solo: a agricultura em regiões tropicais. São Paulo: Nobel.

Santos, G. G; Griebeler, N. P & Oliveira, L. F. C. (2010). Chuvas intensas relacionadas à erosão hídrica. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 14(2), 115–123.

Sousa, D. M. G & Lobato, E. (2004). Cerrado correção do solo e adubação. Brasília, DF: Embrapa Cerrados.

Suzuki, L. E. A. S.; Matieski, T.; Strieder, G.; Pauletto, E. A.; Bordin, S. S.; Lima, L. S. C.; Collares, G. L. & Prá, M. D. (2012). Perdas de solo por erosão hídrica e granulometria do material erodido em propriedades agrícolas, X Encontro Nacional de Engenharia de Sedimentos. 2012, Foz do Iguaçu/PR. Anais do X Encontro Nacional de Engenharia de Sedimentos, p. 1-19.

Wischmeier, W. H. & Smith, D. D. (1958). Rainfall energy and its relationships to soil loss. Transactions of the American Geophysical Union, 39(2), 285-291.

Published

06/09/2020

How to Cite

Marques, M. L. da S., Vale, L. S. R., Silva , M. V. . O., Cavalcante, M. R. G., Reis , M. B. P., Silva, P. G., Jesus, J. M. I. de, Valadão , M. B. X., Martins , A. L. da S., & Cruz , D. R. C. . (2020). Erosion in gullies and impact on the chemical properties of soil and water. Research, Society and Development, 9(9), e773998154. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.8154

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences