The remnants of memory in the radio frequency: MEB and its current reinterpretations.

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.8230

Keywords:

MEB; Memory; Radio; Education; EJA project in Action; Caicó.

Abstract

The objective of this work is to analyze the experience of a remote education modality in the city of Caicó, state of Rio Grande do Norte, EJA em Ação, in the exceptional social distance caused by the Covid-19 pandemic. With the need for social isolation, the school community is challenged to provide a “continuity” of the teacher and student relationship in other non-school spaces. As a comparative exercise, historical experience in the 1960s will be taken, the installation of the Emissora de Educação Rural, with the implantation of the Basic Education Movement - MEB and the use of radio as a mediating element of teaching-learning. It was through radio waves that information about health, evangelization and education reached the homes of a large part of the population of Caico. The vestiges of this memory, of an education through the radio, is one of the guiding threads of the reinterpretation of radio schools in the current times. The applied methodology will take place through the analysis of the discussion of “memory places” by Pierre Nora, the radio as a mediator and pedagogical tool in teaching and the analysis of publications in the media about the EJA in Action Project, carrying out a comparative exercise between the temporalities of the Basic Education Movement - MEB and the EJA in Action Project in the city of Caicó.

Keywords: MEB; Memory; Radio; Education; EJA project in Action; Caicó

References

Araújo, A. T. (Org.). (2013). Rural de Caicó, 50 anos no ar. Recife, Oito de Março Gráfica e Editora.

Azevedo, L. C. (2002). No tempo do rádio: Radiodifusão e Cotidiano no Brasil. 1923 – 1960. (Tese de Doutorado). Universidade Federal Fluminense. Niterói, RJ, Brasil. Recuperado de http://www3.carosouvintes.org.br/wp-content/uploads/Tese_Lia_Calabre.pdf

Blois, M. (2003, setembro). Rádio Educativo no Brasil: Uma história em construção. Congresso Anual em Ciência da Comunicação, Belo Horizonte, MG, Brasil, 26. Recuperado de http://intercom.org.br/papers/nacionais/2003/www/pdf/2003_NP06_blois.pdf

Ceci, M. (2020). Aula de longe, mas ao pé do ouvido: Municípios do Rio Grande do Norte apostam no rádio para manter ensino durante a quarentena e atraem adultos de volta à escola. Revista Piauí, junho. Recuperado de https://piaui.folha.uol.com.br/aula-de-longe-mas-ao-pe-do-ouvido/?fbclid=IwAR3iyni4URMS2s99YZGPr9-7a69813gp59QZJVo_9G3W6RpZK PA5j4ns3eg

Fávero, O. (Org.). (1983). Cultura popular, educação popular: memória dos 60 anos. Rio de Janeiro: Graal.

Fávero, O. (2004, abril). MEB – Movimento de Educação de Base primeiros tempos: 1961 a 1966. In: Encontro Luso-Brasileiro de História da Educação, Portugal, 5. Recuperado de http://cremeja.org/a7/wp-content/uploads/2019/09/Historico_1961_1966_Osmar_Favero.pdf

Fávero, O. (2006). Uma pedagogia da educação popular: análise da prática educativa do MEB – Movimento de Educação de Base (1961/1966). Campinas. Autores Associados.

Freire, P. (2001). Conscientização: teoria e prática da libertação: uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. São Paulo: Centauro.

Heitzmann, P. Z. (2005). Práticas educativas nas rádios educativas: garimpar estrelas no chão. UNOPAR Cient., Ciênc. Hum. Educ., 6(1), 75-82. Recuperado de https://revista.pgsskroton.com/index.php/ensino/article/view/1104

Medeiros, M. L. (2008). Ideais Formativos de homem da Emissora de Educação Rural de Caicó. (Tese de Doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil. Recuperado de https://repositorio.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/14150 /1/MarioLM.pdf

Nascimento, F. P. S. (2009). Movimento de Educação de Base na cidade de Caicó (1960 – 1975): um olhar a partir da ótica dos seus discentes. (Trabalho de conclusão de curso) Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, RN, Brasil.

Nora, P. (1993). Entre memória e história. A problemática dos lugares. Projeto História. (10), 7-28. Recuperado de https://revistas.pucsp.br/revph/article/view/12101/8763

Pereira, A. A., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. Santa Maria: UFSM. Recuperado de https://repositorio.ufsm.br/bitstream /handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1

Pimentel, F. P. (2009). O Rádio Educativo Brasileiro, uma visão histórica. (2a ed.). Rio de Janeiro. Soarmec.

Roldão, I. C. C. (2006, setembro). O Rádio Educativo no Brasil: Uma reflexão sobre suas possibilidades e desafios. Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Brasília, DF, Brasil, 29. Recuperado de http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2006/resumos/R0905-1.pdf

Silva, M. A. O. (2007). Evangelizar e politizar: O sentido da atuação da Igreja Católica com os Sindicatos de Trabalhadores Rurais do Seridó Potiguar (1964-1979). (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil. Recuperado de https://repositorio.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/13774/1/EvangelizarPolitizarSentido_Silva_2007.pdf

Wanderley, L. E. W. (2014). MEB e educação popular. Revista Em Pauta, 12(33), 97-107. Recuperado de https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/revistaempauta/article/ view/13027/10145. doi: https://doi.org/10.12957/rep.2014.13027

Published

14/09/2020

How to Cite

Araújo Vicente, M. D. de, & Andrade, J. B. F. (2020). The remnants of memory in the radio frequency: MEB and its current reinterpretations. Research, Society and Development, 9(9), e935998230. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.8230

Issue

Section

Education Sciences