Family evaluation of an elderly with endemic goiter in primary health care

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9651

Keywords:

Primary Health Care; Family Health Strategy; Family; Family relationships.

Abstract

The family is the focus of attention of the Family Health Strategy (FHS). In this sense, using tools to approach the family can help the professional to get to know it, being able to analyze it in its context and more deeply the dynamics of family relationships and understand how it influences the health-disease-care process. For this purpose, a case study was carried out, with the objective of evaluating the functionality of a family in the district of jaibaras Sobral-CE, using the  APGAR tools for  family, genogram and ecomap. The index case was female, 60 years old, retired, married, diagnosed with systemic arterial hypertension and endemic goiter. The analysis showed a strong link between most family members and the index case, and a conflicting relationship between this and a son, who has bipolar disorder. In addition, the external structure showed us good monitoring of the FHS in relation to the health of all family members. Based on the application of the APGAR Familiar questionnaire, the family can be classified as having good functionality, since it obtained a score of eight. Thus, the findings point to the importance of developing strategies that involve health professionals in the use of assessment tools with families, encouraging them to adopt proximity to the context of the home and their social and health network throughout life, allowing effective and humanizing actions.

Author Biography

Francisco Rosemiro Guimarães Ximenes Neto, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Professor Adjunto do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) , do Mestrado em Saúde da Família pela RENASF/UVA/FIOCRUZ e do Mestrado Acadêmico em Saúde da Família da Universidade Federal do Ceará (UFC).

References

Agostinho, M. (2007). Ecomapa. Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, 23(3), 327-30.

Brasil (2007). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Envelhecimento e saúde da pessoa idosa. Brasília: Ministério da Saúde.

Brasil (2012). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Caderno de atenção domiciliar. Brasília: Ministério da Saúde.

Carvalho, N. R., Pessoa, C. V., Lima Neta, M. A., Ximenes Neto, F. R. G., Oliveira, E. N., & Gemes, I. A. D. (2019). Abordagem familiar na Atenção Primária à Saúde com a utilização do genograma e ecomapa. In: Oliveira, E. N. et al. (Org.). Saúde e espaço social: a multirreferencialidade na produção de conhecimento. 1ed. Sobral - CE: Edições UVA, 50-60.

Castoldi, L., Lopes, R. C. S., & Prati, L. E. (2006). O genograma como instrumento de pesquisa do impacto de eventos estressores na transição família-escola. Psicol Reflex Crit., 19(2), 292-300.

Chapadeiro, C. A., Andrade, H., & Araújo, M. R. N. (2011). A família como foco da atenção primária à saúde. Belo Horizonte: Nescon/UFMG.

Cianciarullo, T. I., Gualda D. M. R., Cunha, I. C. K. O., & Silva, G. T. R. (2002). Compreendendo a família no cenário de uma nova estratégia de saúde. Saúde na Família e na Comunidade. São Paulo: Robe Editorial.

Coelho, F. L. G., Savassi, L. C. M. Aplicação da Escala de Risco Familiar como instrumento de priorização das visitas domiciliares (2004). Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, 1(2), 19-26.

Costa, P. H. A., Mota, D. C. B., Cruvinel, E., Silveira, P. S. & Ronzani, T.M. (2016). O Ecomapa como ferramenta na formação para o trabalho em rede no campo de álcool e outras drogas. Pesquisas e Práticas Psicossociais, 11(3), 669-681.

Dias, M. O. (2011). Um olhar sobre a família na perspetiva sistémica: o processo de comunicação no sistema familiar. Comissão Política Distrital do Partido Social Democrata, Mangualde.

Domingues, M., Ordonez, T., Lima-Silva, T., Nagai, P., Barros, T., & Torres, M. (2013). Revisão sistemática de instrumentos de avaliação de rede de suporte social para idosos. Revista Kairós: Gerontologia, 15(Especial 13), 333-354.

Duarte, Y. A. O. (2001). Família: rede de suporte ou fator estressor: a ótica de idosos e cuidadores familiares. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem.

Gil, C. R. R. (2006). Atenção primária, atenção básica e saúde da família: sinergias e singularidades do contexto brasileiro. Cadernos de Saúde Pública, 22,1171-1181.

Gomes, D. M., Calcada, J. C. M., Farias, V. S., Ximenes Neto, F.R.G., Gemes, I. A. D. & (2018). Utilização do Apgar na avaliação da funcionalidade de uma família na Atenção Primária à Saúde. In: XIII Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual Vale do Acaraú, Sobral – CE, 1-7.

Hernández, C., Valdes, M. (1996). Familia y adolescencia: indicadores de salud: manual de aplicacion de instrumentos. In: Familia y adolescencia: indicadores de salud: manual de aplicacion de instrumentos. Organización Panamericana de la Salud.

Moimaz, S. S., Fadel, C. B., Yarid, S. D., & Diniz, D. G. (2011). Saúde da Família: o desafio de uma atenção coletiva. Ciência & Saúde Coletiva, 16(Suppl. 1), 965-972.

Musquim, C. dos A., Araújo, L. F. S. de, Bellato, R., & Dolina, J. V. (2013). Genograma e ecomapa: desenhando itinerários terapêuticos de família em condição crônica. Revista Eletrônica De Enfermagem, 15(3), 654-64.

Nascimento, L. C., Dantas, I. R. O., Andrade, R. D., & Mello, D. F. (2014). Genograma e ecomapa: contribuições da enfermagem brasileira. Texto & Contexto - Enfermagem, 23(1), 211-220.

Nascimento, L. C., Rocha, S. M. M., & Hayes, V. E. (2005). Contribuições do genograma e do ecomapa para o estudo de famílias em enfermagem pediátrica. Texto Contexto Enferm., 14(2), 280-6.

Oliveira, M. T. P., Furtado, J. P. R. X., Moura, S. L. O., Oliveira, E. N., Gemes, I. A. D. & Ximenes Neto, F. R. G. (2018). Avaliação das relações familiares de uma idosa na Atenção Primária à Saúde utilizando o ecomapa. In: XIII Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual Vale do Acaraú,1-7.

Pereira, A. P. S., Teixeira, G. M, Bressan, C. A. B., & Martin, J. G (2009). O genograma e o ecomapa no cuidado de enfermagem em saúde da família. Revista Brasileira de Enfermagem, 62(3), 407-416.

Rebelo, L. (2007). Genograma familiar. O bisturi do médico de família. Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, 23(3), 309-17.

Rocha, S. M. M., Nascimento, L. C., & Lima, R. A. G. (2002). Enfermagem pediátrica e abordagem da família: subsídios para o ensino de graduação. Revista Latino-americana de enfermagem,10 (5),709-714.

Santos, A. A., Pavarini, S. C. I., & Barham, E. J. (2011). Percepção de idosos pobres com alterações cognitivas sobre funcionalidade familiar. Texto & Contexto Enferm, 20,102-110.

Santos, J. B., Santos, A. A., Lemos, R. G., & Acioli, F. R. D. (2017). Genograma e Ecomapa: Utilização no Processo de Cuidado na Estratégia de Saúde da Família. In: Congresso Internacional de Enfermagem.

Savassi, L. C. M., Lage, J. L., & Coelho, F. L. G. (2012). Sistematização de um instrumento de estratificação de risco familiar: escala de risco familiar de Coelho-Savassi. Journal of Management and Primary Health Care, 3, 179-185.

Silva, N. C. (2010). Atenção primária em saúde e contexto familiar: análise do atributo ‘centralidade na família’ no PSF de Manaus. Tese (Doutorado) – Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Rio de Janeiro.

Silva, M. J., Victor, J. F., Mota, F. R. N., Soares, E. S., Leite, B. M. B., & Oliveira, E. T. (2014). Análise psicométrica do APGAR de família. Revista de Enfermagem Escola Anna Nery, 18(3), 527-532.

Smilkstein, G. (1978). The family APGAR: a proposal for a family function test and its use by physicians. J Fam Pract., 6(6),1231-9.

Torres, G., Reis, L., Reis, L., Fernandes, M., & Xavier, T. (2011). Relação entre funcionalidade familiar e capacidade funcional de idosos dependentes no município de Jequié (BA). Revista Baiana De Saúde Pública, 34(1), 19-30.

Vera, I., Lucchese, R., Munari, D. B., & Nakatani, A. Y. K. (2014). Índex APGAR de Família na avaliação de relações familiares do idoso: revisão integrativa. Revista Eletrônica de Enfermagem,16(1), 199-210.

Yin, R. K. (2015). Estudo de Caso: Planejamento e Métodos. (5a ed.), Porto Alegre: Bookman Editora.

Published

11/11/2020

How to Cite

Prado, F. A., Melo, L. de S. O. de ., Alves, P. A. ., Goulart Filho, R. C. A. ., Ximenes Neto, F. R. G., Oliveira, E. N. ., Santos, F. D. dos ., Sousa, F. W. M. de ., & Vasconcelos, M. I. O. . (2020). Family evaluation of an elderly with endemic goiter in primary health care. Research, Society and Development, 9(11), e1799119651. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9651

Issue

Section

Health Sciences