Old age in the conception of elderly people attending conversion centers

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9725

Keywords:

Aging; Seniors; Community centers.

Abstract

Know the concept of old age formed by elderly people who attend social centers. Qualitative study, with 12 elderly people who attend social centers. The collection of information took place from August to November 2019 through a semi-structured interview script. The data were analyzed according to Bardin. After analysis, the following thematic categories emerged: Gratitude to God; Loneliness; Ache; Difficulties in carrying out work; Changes in appearance; Memory deficit and the need for social support networks. Elderly people who attend social centers in general are grateful for the time they have lived and recognize it as a gift from God, however, negative conceptions about this conception predominated.

References

Aguiar, A. C. D. S. A., Menezes, T. M. O., & de Camargo, C. L. (2018). Arranjos familiares com pessoas idosas: fatores contributivos. Avances em Enfermería, 36(3), 292-301. doi: 10.15446/av.enferm.v36n3.68425.

Annes, L. M. B., Mendonça, H. G. S., de Lima, F. M., Lima, M. D. A. S., & de Aquino, J. M. (2017). Perfil sociodemográfico e de saúde de idosas que participam de grupos de terceira idade em Recife, Pernambuco. Revista Cuidarte, 8(1), 1499-508. doi: 10.15649/cuidarte.v8i1.365.

Azeredo, Z. D. A. S., & Afonso, M. A. N. (2016). Solidão na perspectiva do idoso. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 19(2), 313-324. doi: 10.1590/1809-98232016019.150085.

Bardin, Laurence. (2016). Análise de Conteúdo. 4 ed. Lisboa/ Portugal: Edições 70.

Barros, D. D. S. (2017). Escolaridade e distribuição de renda entre os empregados na economia brasileira: uma análise comparativa dos setores público e privado dos anos 2001 e 2013. Revista de Economia Contemporânea, 21(3), 1-26. doi: 10.1590/198055272135

Bavoso, D., Galeote, L., Montiel, J. M., & Cecato, J. F. (2018). Motivação e autoestima relacionada à prática de atividade física em adultos e idosos. Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, 7(2), 26-37. doi: 10.31501/rbpe.v7i2.8362.

Bernardes, F. R., Machado, C. K., Souza, M. C., Machado, M. J., & Belaunde, A. M.

A. (2017). Queixa subjetiva de memória e a relação com a fluência verbal em idosos ativos. In CoDAS ,29(3), e20160109. doi: 10.1590/2317-1782/20172016109.

Bettiol, C. H. D. O., Dellaroza, M. S. G., Lebrão, M. L., Duarte, Y. A., & Santos, H.

G. D. (2017). Fatores preditores de dor em idosos do Município de São Paulo, Brasil: Estudo SABE 2006 e 2010. Cadernos de Saúde Pública, 33(9), e00098416. doi: 10.1590/0102-311x00098416.

Brasil. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Dispõe sobre diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 13 jun. 2013. Retrieved from http://bit.ly/1mTMIS3

Copatti, S. L., Kuczmainski, A. G.,Sá, C. A., & Ferretti, F. (2017). Imagem corporal e autoestima em idosos: uma revisão integrativa da literatura. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, 22(3), 47-62. Retrieved from: https://seer.ufrgs.br/RevEnvelhecer/article/view/60583/49879.

Costa, I. P. D., Bezerra, V. P., Pontes, M. D. L. D. F., Moreira, M. A. S. P., Oliveira,

F. B. D., Pimenta, C. J. L., Cleane, R. R. da, & Silva, A. O. (2018). Quality of life of elderly people and its association with work. Revista Gaúcha de Enfermagem, 39(3), e2017-0213. doi: 10.1590/1983-1447.2018.2017-0213.

Dátilo, G. M. P.A, & Marin, M. J. S. (2015). O envelhecimento na percepção de idosos que frequentam uma universidade aberta da terceira idade. Estudos interdisciplinares sobre o envelhecimento, 20(2), 597-609. Retrieved from: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-834545?lang=fr

Fin, T. C., Portella, M. R., & Scortegagna, S. A. (2017). Velhice e beleza corporal das idosas: conversa entre mulheres. Revista Brasileira de Geriatria e

Gerontologia, 20(1), 74-84. doi: 10.1590/1981-22562017020.150096.

Fontanella, B. J. B., Luchesi, B. M., Saidel, M. G. B., Ricas, J., Turato, E. R., & Melo,

D. G. (2011). Amostragem em pesquisas qualitativas: proposta de procedimentos para constatar saturação teórica. Cadernos de Saúde Pública, 27(2), 388-394. doi: 10.1590/S0102-311X2011000200020

Guerra, S.S., Aguiar, A. C. D. S. A., Santos, E.S., & Martins, L. A. (2020). Experiências de pessoas idosas que participam de grupos de convivência. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental, 12, 263-268. doi: 10.9789/2175- 5361.rpcfo.v12.8431.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010). Censo 2010. Bahia. Recuperado dehttp://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/default_sinopse.shtm

Kayser, B., Miotto, C., Molin, V. D., Kummer, J., Klein, S. R., &Wibelinger, L. M. (2014). Influência da dor crônica na capacidade funcional do idoso. Revista

Dor, 15(1), 48-50. doi: 10.5935/1806-0013.20140011.

Köche, J. C. (2011). Fundamentos de Metodologia Científica: teoria da ciência e iniciação à pesquisa. Petrópolis/RJ: Editora Vozes. Recuperado de https://pt.scribd.com/doc/192008010/Fundamentos-de-Metodologia-Cien-Jose-Carlos-Koche-pdf.

Luck, T., Luppa, M., Matschinger, H., Jessen, F., Angermeyer, M. C., & Riedel‐ Heller, S. G. (2015). Incident subjective memory complaints and the risk of subsequent dementia. Acta Psychiatrica Scandinavica, 131(4), 290-296. doi: 10.1111 / acps.12328.

Maia, C. M. L., Castro, F. V., da Fonseca, A. M. G., & Fernández, M. I. R. (2016). Redes de apoio social e de suporte social e envelhecimento ativo. Revista INFAD de Psicología. International Journal of Developmental and Educational Psychology., 1(1), 293-306. doi: 10.17060/ijodaep.2016.n1.v1.279.

Marinho, M. S., & Reis, L. A. (2017). Longevidade e espiritualidade: o envelhecer como uma dádiva de Deus. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 14(2), 119-138. Doi: 10.5335/rbceh.v14i2.6702.

Martinelli, M., Carneiro, A. M., & Rueda, F. J. M. (2014). Lazer e qualidade de vida: considerações frente ao processo de envelhecimento. SciMed, 24(3), 217-23. doi: 10.15448/1980-6108.2014.3.16480.

Morando, E. M. G., Schmitt, J. C., & Ferreira, M. E. C. (2017). Envelhecimento, autocuidado e memória: intervenção como estratégia de prevenção. Revista Kairós: Gerontologia, 20(2), 353-374. doi: 10.23925/2176-901X.2017v20i2p353-374.

Nonato, A. A. M. P. L., Costa, A. M. C. C., Viana, B. B. V., Alves, E. N., Souza, M.

M. N. (2017). Representação da velhice pelos idosos frequentadores de um centro de convivência na cidade de PARINTINS/AM. In: VIII Jornada Internacional de Políticas Públicas (VIII JOINPP). São Luís/ MA. Anais da VIII Jornada Internacional de. Políticas Públicas (VIII JOINPP), 8. Retrieved from: http://www.joinpp.ufma.br/jornadas/joinpp2017/pdfs/eixo6/arepresentacaodavelhicepe losidososfrequentadoresdeumcentrodeconvivencianacidadedepari.pdf

Oliveira, A. L. B. D., & Menezes, T. M. D. O. (2018). The meaning of religion/religiosity for the elderly. Revista brasileira de enfermagem, 71(2), 770-776. doi: 10.1590/0034-7167-2017-0120.

Paolini, K. S. (2016). Desafio da inclusão do idoso no mercado de trabalho. Rev Bras Med Trab, 14(2), 177-82. doi: 10.5327/Z1679-443520162915.

Pereira, A.S. et al. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [e-book]. Santa Maria. Ed. UAB/NTE/UFSM. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1. Acesso em: 04 Nov 2020

Pereira, M. C. A., da Silva Santos, L. D. F., de Moura, T. N. B., Pereira, L. C. A., & Landim, M. B. P. (2016). Contribuições da socialização e das políticas públicas para a promoção do envelhecimento saudável: uma revisão de literatura. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, 29(1), 124-131. doi: 10.5020/18061230.2016.p124.

Queiroz, L. C. Z., & Debella, M. C. (2016). Os benefícios da religiosidade na velhice. IX Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e VIII Mostra de

Pesquisa de Pós-Graduação da IMED. Faculdade Meridional. – Passo Fundo: IMED, 1, 18 Mb ; e-BOOK. doi: 10.18256/978-85-99924-83-9.

Reis, L. A. D., & Menezes, T. M. D. O. (2017). Religiosidade e espiritualidade nas estratégias de resiliência do idoso longevo no cotidiano. Revista Brasileira de Enfermagem, 70(4), 761-766. doi: 10.1590/0034-7167-2016-0630.

Santos, C. T. B. (2014). Envelhecimento no Brasil: da formulação de políticas à estruturação de serviços de saúde integrais. Tempus Actas de Saúde Coletiva, 8(1), 65- 70. doi: 10.18569/tempus.v8i1.1454.

Santos-Orlandi, A. A., Brigola,A.G.,Ottaviani, A.C., Luchesi, B.M., Souza, E.N., Moura, F. G., Zacarin, J.F., Terassi, M., Oliveira, N.A., & Pavarini, S.F. (2019). Idosos cuidadores de idosos: fragilidade, solidão e sintomas depressivos. Revista Brasileira de Enfermagem, 72(2),88-96. doi: 10.1590/0034-7167-2018-0137

Severina, I. C., Silva, A. C. G., de Lima, L. R., Funghetto, S. S., Rehem, T. C. M. S.

B., Santos, W. S., Volpe, C. R. G., Stival, M. M., & Funez, M. I. (2018). Dor crônica e prejuízos nas atividades cotidianas de idosos. Revista Interdisciplinar de Estudos em Saúde, 7(2), 262-274. doi: 10.33362/ries.v7i2.1409

Silva, C. A. A., & Fixina, E. B. (2018). Significado da velhice e expectativas do futuro sob a ótica de idosos. Geriatr Gerontol Aging, 12(1), 8-14. doi: 10.5327/Z2447- 211520181700081.

Storch, J. A., Borella, D. R., Harnisch, G. S., Frank, R., & Almeida, J. J. G. (2016). Autoestima e autoimagem em idosos com deficiência. Journal of Research in Special Educational Needs, 16(1), 251-254. doi: 10.1111/1471-3802.12288.

Torres, J. L., Castro, C. M. S. D., &Lustosa, L. P. (2019). Manutenção do trabalho e presença de condições crônicas em idosos comunitários: evidências da Rede Fibra- BH. Ciência & Saúde Coletiva, 24(5), 1845-1852. doi: 10.1590/1413- 81232018245.13302017.

Vargas, E., Santos, C. P., Vaz, C. H. G. J., Strefling, I. D. S. S., & Correa, R. U. (2018). O ser idoso: a autopercepção do envelhecimento por idosos que frequentam um centro de referência. Revista da Jornada de Pós-Graduação e Pesquisa-Congrega Urcamp, 482-491. Retrieved from: http://revista.urcamp.tche.br/index.php/rcjpgp/article/view/2835/1944.

Viana, S. A. R., Oliveira, C. R., Rodrigues, G. V. A., Bastos, A. S., & Lima Argimon,

I. I. (2017). Gratidão como fator protetivo no envelhecimento. Aletheia, 50(1 e 2), 132-142. Retrieved from: http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/aletheia/article/view/4170/2996

Xavier, L. N., Sombra, I. C. D. N., Gomes, A. M. D. A., Oliveira, G. L., Aguiar, C. P. D., & Sena, R. M. D. C. (2015). Grupo de convivência de idosos: apoio psicossocial na promoção da saúde. Rev. Rene,16(4), 557-566. doi: 10.15253/2175- 6783.2015000400013

Published

11/11/2020

How to Cite

Souza, M. S. de, Aguiar, A. C. de S. A., Martins, L. A., & Marques , L. S. . . (2020). Old age in the conception of elderly people attending conversion centers. Research, Society and Development, 9(11), e2059119725. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9725

Issue

Section

Health Sciences