A history about teachers’ formation in Brazil: A bibliographical study

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i4.14492

Keywords:

Teaching; Teacher’s formation; Public policies; BNCC.

Abstract

After Brazilian Independence, the first contexts about teachers’ formation appear in the country. The theme, still widely discussed, suffer alterations on each modification or implementation of public policies. Thus, this article aims to briefly point out the historicity of the formative processes of teachers in the Brazilian context from 1827 to the current days. By performing a bibliographical result on the most prominent authors in the field  and the documents that rule the Brazilian legislation, to discuss the six periods pointed out by Demerval Saviani and by the current context about the teachers’ formation presented on the National Common Curricular Base (BRASIL, 2019). It was verified a new vision about teachers’ formation, which prioritizes the practical context of the profession instead of the theoretical one. It was also verified the lack of dialogue in the public policies, where researchers in the area of formation were a little or no listened, causing gaps and shards on teachers’ formation.

Author Biographies

Gabriella Eldereti Machado, Universidade Federal de Santa Maria

É Licenciada em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha - IFFar - Campus Alegrete (2015) e Pedagoga pelo Centro Universitário Facvest - Unifacvest (2020). Especialista Educação Ambiental pela Universidade Federal de Santa Maria (2016), Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (2018). Atualmente é Discente do Programa de Pós - Graduação em Educação - Doutorado em Educação na Universidade Federal de Santa Maria.

Bruna Viedo Kich, Universidade Federal de Santa Maria

Graduada no curso de Licenciatura em Letras - Inglês e Literaturas de Língua Inglesa da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), foi bolsista de Iniciação Científica pelo projeto "Literatura e Comparatismo: outras vozes, outras metáforas" e colaboradora no projeto de extensão ProLetras. É especialista em Gestão Educacional mestranda no Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Gestão Educacional pela mesma instituição e faz parte do Núcleo de Estudos sobre Memória e Educação/ Povo de Clio.

Sabrina Copetti da Costa, Universidade Federal de Santa Maria

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Santa Maria. Participa como voluntária no Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Imaginário Social - GEPEIS - da UFSM.

Ivanio Folmer, Universidade Federal de Santa Maria

Graduado em Geografia Licenciatura pela Universidade Federal de Santa Maria (2014). Mestre em Geografia pelo Programa de Pós Graduação em Geografia-PPGGEO/UFSM (2018). Doutorando em Geografia-PPGGEO/UFSM com previsão de término em 2022.

Liziany Müller Medeiros, Universidade Federal de Santa Maria

Possui Bacharelado em Zootecnia (2004) e Licenciatura Plena no Programa Especial de Graduação de Formação de Professores para a Educação Profissional de Professores (2011) ambas pela Universidade Federal de Santa Maria, Mestrado (2006) e Doutorado (2009) pelo Programa de Pós Graduação em Agronomia na Universidade Federal de Santa Maria, Pós-doutorado em Zootecnia no Programa de Pós Graduação em Zootecnia na Universidade Federal de Santa Maria (2011). Atualmente é professora Associada I, responsável pelo Laboratório Mediações Sociais e Culturais - Departamento de Educação Agrícola e Extensão Rural - Centro de Ciências Rurais - Universidade Federal de Santa Maria, Professora e Coordenadora Adjunta e de Tutoria do Curso de Licenciatura em Educação do Campo da Universidade Aberta do Brasil/UFSM, Professora e Orientadora do Curso de Especialização em Tecnologia de Informação e Comunicação da Universidade Aberta do Brasil/UFSM, Professora do Curso de Especialização em Agricultura Familiar Camponesa e Educação do campo- Residência Agrária, Professora e Orientadora do PPGTER - Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Educacionais em Rede nível Mestrado da Universidade Federal de Santa Maria.

Juliane Paprosqui, Universidade Federal de Santa Maria

Graduada em Licenciatura em Informática pela Universidade Estadual de Goiás - UEG (2007) Especialista em Educação a Distância pela Faculdade de Tecnologia do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC GO (2010) Mestre em Tecnologias Educacionais em Rede pela Universidade Federal de Santa Maria/UFSM (2015) Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGGeo) da UFSM, na linha de pesquisa: Dinâmicas Territoriais do Cone Sul. 

References

Batista, D. E. A didática de Comênio: entre o método de ensino e a viva voz do Professor (2017). Pro.posições. 28(1), 256-276. https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-73072017000400256&lng=pt&tlng=pt

Borges, M. C. , Aquino, O. F. , & Puentes, R. V. Formação de professores no brasil: história, políticas e perspectivas (2011). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, (42), 94-112. https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639868

Bourdieu, P. (1989). O poder simbólico. Berthand Brasil/Difel.

Brancher, V. R. (2006). Helena Ferreira Teixeira: Entre saberes e representações. Dissertação de Mestrado. UFSM.

Brancher, V. R. , Baptista, E. H. , Maraschin, M. S. , & Conceição, V. J. S. da. (2007). Formação do professor: algumas reflexões coletivas. Educere Et Educare – Revista de Educação. UNIOESTE. 2(4), 63-75. http://e-revista.unioeste.br/index.php/educereeteducare/article/viewFile/1655/1342

Brasil Império. Decreto Nº 7.247, DE 19 de Abril de 1879. https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1824-1899/decreto-7247-19-abril-1879-547933-publicacaooriginal-62862-pe.html.

Brasil Império. Lei de 15 de outubro de 1827. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lim/LIM..-15-10-1827.htm#:~:text=LEI%20DE%201 5%20DE%20OUTUBRO,lugares%20mais%20populosos%20do%20Imp%C3%A9rio.&text=1%C2%BA%20Em%20todas%20as%20cidades,primeiras%20letras%20que%20forem%20necess%C3%A1rias.

Brasil. Decreto-Lei Nº 1.190, de 4 de Abril de 1939. Diário Oficial da União - Seção 1 - 6/4/1939, Página 7929 (Publicação Original). https://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1930-1939/decreto-lei-1190-4-abril-1939-349241-publicacaooriginal-1-pe.html.

Brasil. Decreto-Lei Nº 8.530, de 2 DE janeiro de 1946. Diário Oficial da União - Seção 1 - 4/1/1946, Página 116 (Publicação Original). https://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1940-1949/decreto-lei-8530-2-janeiro-1946-458443-publicacaooriginal-1-pe.html.

Brasil. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Continuada de Professores da Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Continuada de Professores da Educação Básica (BNC-Formação Continuada). resolução CNE/CP Nº 1, de 27 de outubro de 2020. https://www.in.gov.br/web/dou/-/resolucao-cne/cp-n-1-de-27-de-outubro-de-2020-285609724.

Brasil. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. PARECER CNE/CP 9/2001. Despacho do Ministro em 17/1/2002, publicado no Diário Oficial da União de 18/1/2002, 1, 31. http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/009.pdf.

Brasil. Lei de diretrizes e bases da educação nacional. lei Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm.

Cunha, M. I. Trabalho docente na universidade. (2005). In: Moreira, J. M. , Costa, E. M. B. (Org.). Pedagogia universitária: campo de conhecimento em construção. Cruz Alta, RS: EdUniCruzAlta. p. 99-115.

Deslandes, S. F. (1994). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Vozes.

Nóvoa, A. Formação de professores e profissão docente. (1995). In: (Org.) Antônio Nóvoa. Os professores e a sua formação. (2a ed.), Dom Quixote.

Oliveira, V. F. de. A formação de professores revisita os repertórios guardados na memória. (2000) In: Imagens de professor: significações do trabalho docente. (Org.) Valeska Fortes de Oliveira. Ed. UNIJUÍ.

Pádua, E. M. M. de. (2004). Metodologia da pesquisa: abordagem teórico-prática. (10a ed.), Papirus.

Pereira, A. S. , et. al. (2018). Metodologia da pesquisa científica, UFSM.

Saviani, D. Formação de professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro (2009). Revista Brasileira de Educação. 14(40). https://www.scielo.br/pdf/rbedu/v14n40/v14n40a12

SÁ-Silva, J. R. , Almeida, C. D. de , & Guindani, J. F. (2009). Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais. I(I). https://periodicos.furg.br/rbhcs/article/view/10351

Published

24/04/2021

How to Cite

MACHADO, G. E. .; KICH, B. V. .; COSTA, S. C. da .; FOLMER, I.; MEDEIROS, L. M. .; PAPROSQUI, J. . A history about teachers’ formation in Brazil: A bibliographical study . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 4, p. e59610414492, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i4.14492. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/14492. Acesso em: 21 jun. 2021.

Issue

Section

Education Sciences