Perspectives and Challenges of the Physiotherapy in a multiprofessional residency program in health in Santarém, Western Pará, Amazonia

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i12.20709

Keywords:

Physiotherapists; Orthopedics; Traumatology; Comprehensive health care.

Abstract

The Health Multiprofessional Residency Program (HMRP) is a postgraduate modality (Lato Sensu), whose offers a theoretical and practical training, in order to train specialists from different professional areas of health with the capacity to promote integrated actions and aiming at the prevention, promotion and rehabilitation of patients. This article seeks to report the perspectives and main challenges of a professional physiotherapist inserted in the Multiprofessional Residency Program in Comprehensive Care in Traumatology and Orthopedics linked to the University of the State of Pará (UEPA). This is a descriptive report of a retrospective experience, of the insertion and performance of a physiotherapist in the physiotherapy clinic of a Regional Hospital, with activities carried out from March to May 2021. The perspectives about the HMRP are that it trains a professional with an humanista and generalist training, as well as makes him capable to being responsible for acting in a critical and reflective way, with autonomy, responsibility, ethical conduct, as well as scientific and intellectual rigor in the area of traumatology and orthopedics. However, the challenges faced in these first months range from the lack of multidisciplinary work at the HRBA outpatient clinic to the extensive theoretical and practical workload, including the lack of specific discipline in the first year of residency. It is concluded that despite the burden caused to the resident due to the extensive workload of the program, the multidisciplinary residency in orthopedics and traumatology provides a practical theoretical experience that enriches the professional's range of experience, effectively contributing to patient care.

References

Arnemann, C. T., Kruse, M. H. L., Silva, M. E. K., Terra, M. G., Mello, A. de L., Silva, D. T. da, & Souto, V. T. (2021). Sonhos de preceptores para um programa de residência multiprofissional: Utopias a serem investidas? Research, Society and Development, 10(7), e27010716079. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i7.16079

Artico, G. A., Soares Rezende Lopes, M. T., Santos Ferreira de Omena, M. B., Fernandes Cardoso da Silva Rodrigues, T., Bellini Cardoso, L. C., Trindade Radovanovic, C. A., & Lopes de Moraes Gil, N. (2020). https://doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v19i0.50149

Berlato, E., Tokumoto, L. F., & Oliveira, M. V. Papel da fisioterapia em lesões traumato ortopédicas de quadril em idosos. 2009. 49F. Monografia (Especialização em Fisioterapia Traumato Ortopedica Funcional) - UNISALESIANO- Centro

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Departamento de Gestão da Educação na Saúde. Residência multiprofissional em saúde: experiências, avanços e desafios / Ministério da Saúde, Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Departamento de Gestão da Educação em Saúde. Ministério da Saúde, 2006.

Casanova, I. A., Batista, N. A., & Ruiz-Moreno, L. (2018). A Educação Interprofissional e a prática compartilhada em programas de residência multiprofissional em Saúde. Interface, 22, 1325-1337. doi.org/10.1590/1807-57622017.0186.

Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (2020). Traumato-Ortopedia na Atenção Primária. https://www.coffito.gov.br/nsite/?p=15716

Fernandes, M., Beck, C., Weiller, T., Coelho, A., Prestes, F., & Donaduzzi, D. Satisfação E Insatisfação De Residentes Multiprofissionais Em Saúde Na Perspectiva Da Formação. Revista Baiana de Enfermagem. 31. 10.18471/rbe.v31i3.18344.

Gelbcke, L. F., Matos, E., & Sallun, C. N. (2012). Desafios para a integração multiprofissional e interdisciplinar. Revista Eletrônica Tempus - Acta de Saúde Coletiva, 6, 31-39.

Geertz, C. A interpretação das culturas. LTC, 1989.

Gil, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. Atlas, 1999.

Maia F., Moura, E., Madeiros, E., Carvalho, R., Silva, S., & Santos, G. (2015). A importância da inclusão do profissional fisioterapeuta na atenção básica de Saúde. Revista da Faculdadede Ciências Médicas de Sorocaba, 17(3), 110-115.

Moura, F. J. L. de, Santos, D. N. R. dos, & Barroso, B. I. de L. (2021). Trabalhe enquanto eles dormem? A qualidade do sono dos residentes de Programas de Residência Multiprofissional em Saúde. Research, Society and Development, 10(9), e44910910976. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i9.10976

Nascimento, A. C. B., do, & Omena, K. V. M. (2021). A Educação Interprofissional em Programas de Residência Multiprofissional em Saúde no Brasil: Uma revisão integrativa. Research, Society and Development, 10, e8010413655, 10.33448/rsd-v10i4.13655. https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13655.

Nascimento, A. C. B., & Bulhões, K. V. M. (2021). Educação Interprofissional em Programas de Residência Multiprofissional em Saúde no Brasil: Uma revisão integrativa. Research, Society and Development, 10 http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i4.13655

Nogueira, A. F., da Costa B. H., de Arruda, E. F., Leite, M. B., & de Sousa, C. S. (2016). Principais distúrbios traumato-ortopédicos atendidos em clínicas-escola de fisioterapia. Rev Cient Fac Educ e Meio Ambient [Internet],7(2):33-44.

Oliveira, A. M. B., & Medeiros, N. T. Fisioterapia na residência multiprofissional em Saúde da Família: relato de Experiência. Sanare, Sobral, 17, 91-99.

de Paiva, D. R., Guimarães, V. S., Rôla, Q. C. S., de Castro, I. P. R., Gomes, K. S., & dos Anjos, J. L. M. (2017). Inserção e atuação de fisioterapeutas residentes em um serviço de emergência hospitalar: relato de experiência. Revista Pesquisa Em Fisioterapia, 7(2), 255–260. https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v7i2.1351

Pereira, M. N. S., Junior, J. C. M. N., & Galvão, E. F. C. (2018). A visão dos preceptores a respeito da residência multiprofissional com foco na ortopedia e traumatologia no interior da amazônia. Revista EXITUS, 8(1),332-360. https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=553159820014

Projeto da Residência Multiprofissional na Atenção Integral em Ortopedia e Traumatologia. 2014.

Silva, C. A., & Dalbello-Araujo, M. (2019). Programa de Residência Multiprofissional em Saúde: o que mostram as publicações. Saúde em Debate [online]. 43, 1240-1258. https://doi.org/10.1590/0103-1104201912320.

Silva, R. M. B., & Moreira, S. N. T. (2021). Estresse e Residência Multiprofissional em Saúde: Compreendendo Significados no Processo de Formação. Revista Brasileira de Educação Médica. 43, 157-166. https://doi.org/10.1590/1981-52712015v43n4RB20190031.

Published

26/09/2021

How to Cite

BARBOSA, B. L. da S. .; VALENTIM, L. de A.; MARINHO, D. F. .; MARTINS, N. V. do N. .; OLIVEIRA, S. M. S. de .; MESCHEDE, M. S. C. .; COSTA, T. L. S. da . Perspectives and Challenges of the Physiotherapy in a multiprofessional residency program in health in Santarém, Western Pará, Amazonia. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 12, p. e433101220709, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i12.20709. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/20709. Acesso em: 24 feb. 2024.

Issue

Section

Health Sciences