The role of the nurses in the prevention of uteros cancer

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.21040

Keywords:

Uterus cancer; Nursing; Prevention.

Abstract

The present work aims to discuss the role of nurses in the prevention of uterus cancer, from preventive examinations, early screening and treatment. Thus, an explanation about the pathology is necessary, as well as its incidence in women today, so that the nurse can be updated in order to promote a dignified treatment for the patient. It is worth emphasizing that the nurse is the key to obtaining a good result in the development of the treatment, emotionally supporting the woman with the pathology, assisting in the relevant exams and offering professional support. The methodology used to present the theme was a bibliographic review, where books, dissertations, scientific articles, theses and magazines were searched, through the academic Google search,Virtual Health Library and SciELO, related to uteros cancer, its causes, pathogenesis, possible treatments and performance of nursing, published from 2008 to 2021, using the deductive method. The study was divided into two chapters, in order to be explained about the importance of nurses in relation to cervical cancer from its prevention, early screening and treatment, through the care needs of affected women and, finally, providing about the link between women's health and disease prevention.

References

Brasil. (2004). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher - Princípios e Diretrizes. Série C. Projetos, Programas e Relatórios. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nac_atencao_mulher.pdf

Brasil. (2002). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Manual Técnico. Profisionais de Saúde. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/inca/manua_assistencia.pdf

Brasil. (2020). Instituto Nacional do Câncer. Incidência do Câncer no Brasil. Estimativa 2020. Ministério da Saúde destinadas à Saúde da Mulher. http://portalms.saude.gov.br/saude-para-voce/saude-da-mulher/publicacoes.

Alves, R. S. S., Sousa, F. L. L., Leite, A. C., Silva, M. P. B., Silva, l. l., Silva, J. M., Silva, l. A. C., Martins, I. M., Fonseca, R. M., Silva, l. C., Medeiros, G. F., Sampaio, B. C. A. B., Santos, J. F., Souza, R. D. & Araújo, l. V. F. (2021). Women’s health: Preventive measures for cervical cancer. Research, Society and Development. 10(1), e32610110503. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.10503. https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/10503

Barbosa, G. S. L., Silva Souza, A. T., Júnior, F. C. F. V., Júnior, E. J. F., de Melo Oliveira, D. M., Martins, F. L. R., & dos Santos Pedrosa, J. I. (2020). Realização do exame citopatológico em mulheres: uma revisão integrativa. Research, Society and Development, 9(11).

Valente, C. A, Andrade, C. A., Oliveira, M. B. O. & Soares, S. R. S. (2009). Conhecimento de Mulheres Universitárias em Relação à Importância do Exame Citopatológico de Papanicolaou. Rev. esc. enferm. USP 43(spe2). https://doi.org/10.1590/S0080-62342009000600008

Carneiro, C. P. F., Pereira, D. M., Pereira, A. T & et al. (2019). O papel do enfermeiro frente ao câncer de colo uterino. Revista Eletrônica Acervo Saúde. .35(1), ed 1362. P. 1-9. DOI: https://doi.org/10.25248/reas.e1362.2019. https://acervomais.com.br/index.php/saude/article/view/1362/924

Cruz, L. M. B., & Loureiro, R. P. (2008). A comunicação na abordagem preventiva do câncer do colo do útero: importância das influências histórico-culturais e da sexualidade feminina na adesão às campanhas. Saúde e Sociedade. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010412902008000200012

Conceição, J. P. S., Medeiros, M. M. S., Rodrigues, L. M. S., Braz, M. R., Balbino, C. M. & Silvino, Z. R. (2017). O conhecimento do enfermeiro sobre a prevenção do câncer de colo de útero na atenção básica. Revista Enfermagem Atual In Derme. https://doi.org/10.31011/reaid-2017-v.2017-n.0-art.552. http://www.revistaenfermagematual.com.br/index.php/revista/article/view/552/523

Dantas, P. V. J., Leite, K. N. S., César, E. S. R., da Costa, S., Silva, R., de Souza, T. A., & do Nascimento, B. B. (2018). Conhecimento das mulheres e fatores da não adesão acerca do exame papanicolau. Revista de Enfermagem UFPE Online. 12(3).

Leite, A. C., Silva, M. P. B., Alves, R. S. S., Feitosa, L. M. H., Ribeiro, R., Prado, A. M., & Soares, N. C. F. B. (2020). Atribuições do enfermeiro no rastreamento do câncer de colo do útero em pacientes atendidas na Unidade Básica de Saúde. Research, Society and Development, 9(11).

Eduardo, K. G. T. & Sousa, I. G. S. & Moura, E. R. F. (2008). Prevenção do câncer de colo uterino: percepções de mulheres ao primeiro exame e atitudes profissionais. Rev. RENE. 9(2), 38-46. http://www.repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/4394/1/2008_art_kgteduardo.pdf.

Melo S.C.C. S., Prates L, & Carvalho M. D. B. (2009). Alterações citopatológicas e fatores de risco para ocorrência do câncer de colo uterino. Revista gaúcha de enfermagem. 30 (4).

Moura, A. D. A.. Conhecimento e motivações das mulheres acerca do exame de papanicolau: subsídios para a para a prática de enfermagem. REV. RENE. 11(1) HTTP://REPOSITORIO.UFC.BR/BITSTREAM/RIUFC/4013/1/2010_ART_ADAMOURA.PDF.

Oliveira i. S. B., Panobianco M. S., Pimentel a. V., Nascimento l. C., & Gozzo T. O. (2010). Ações das equipes de saúde da família na prevenção e controle do câncer de colo de útero. Cienc cuid saude; 9(2): 220-7.

Oliveira, m. M., pinto, i. C., & coimbra, v. C. C. (2017). Potencialidades no atendimento integral: a prevenção do câncer do colo do útero na concepção de usuárias da estratégia saúde da família. Rev. Latino-am. Enfermagem, 15(3), p. 426-430. Http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s010411692007000300010&script=sci_arttext& tlng=pt.

Pereira, a. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica.[e-book]. Santa maria. Ed. Uab/nte/ufsm. Https://repositorio. Ufsm. Br/bitstream/handle/1/15824/lic_computacao_metodologia-pesquisa-cientifica. Pdf.

Rangel, S. T.; Bessa O. P. M., Pereira S. V. A., & Reis, Y. N. C. (2018). O papel do enfermeiro na prevenção do câncer de colo do útero em unidade básica de saúde enfatizando o acolhimento. Múltiplos acessos, 3(1).

Ricci, S. S. (2008). Enfermagem Materno Infantil – Neonatal e Saúde da Mulher. Ed. Guanabara Koogan.

Siqueira, G. S. (2014) Citopatologia Como Prevenção do Câncer do Colo Uterino. Cadernos de Graduação - Ciências Biológicas e da Saúde Unit. https://periodicos.set.edu.br/index.php/cadernobiologicas/article/view/1179.

SILVA, M. L., Nunes, J. S. S., Oliveira, K. S., & Leite, T. A. S.. (2020). O Conhecimento de Mulheres Sobre o Câncer de Colo de Útero: Uma Revisão Interativa. Brazilian Jounal of Healt Review. Vitória da Conquista, 3 (4), p. 7263-1275. https://www.brazilianjournals.com/index.php/BJHR/article/view/12566/0.

Silva, S. M. S. (2013) Atuação do enfermeiro de PSF no processo da realização do papanicolaou. Congresso Brasileiro de Medicina Família e Comunidade. 12 (405).

Silva O., Sá, A. V., Gramacho, R. D. C. C. V., da Silva, R. D. C. V., & de Souza Oliveira, J. (2019). Atuação da enfermeira frente aos fatores que interferem na adesão de mulheres idosas ao exame de Papanicolau. Revista Enfermagem Contemporânea, 8(1), 87-93.

Soares M. C., Mishima S. M., Silva R. C., Ribeiro C. V., Meincke S. M. K., & Corrêa A. C. L. (2011) Câncer de colo uterino: atenção integral à mulher nos serviços de saúde. Revista Gaúcha de Enfermagem. 32(3): 502-8.

Sobotta. (2012) Atlas de Anatomia Humana: Órgãos Internos, Ed.: Guanabara Koogan.

Published

09/10/2021

How to Cite

SOUZA, D. A. de .; COSTA, M. de O. . The role of the nurses in the prevention of uteros cancer. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e137101321040, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.21040. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/21040. Acesso em: 2 dec. 2021.

Issue

Section

Health Sciences