Laboratory of studies and practices in women's health: experience report

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11914

Keywords:

Simulation training; Women's Health; Nursing education; Nursing.

Abstract

Objective: Relate an experience of developing a teaching project called the Laboratory of Studies and Practices in Women's Health. Methods: This is an experience report that describes the experiences from the insertion in activities in the teaching process of the discipline Nursing in Women's Health and Pediatric in Primary Care of the Nursing Course at a public university in southern Brazil. The meetings in the laboratory took place fortnightly, from August to December 2019. Results: To simulate care practice, realistic simulations were developed based on clinical cases related to women's health and roadmaps were built to guide nursing consultations. At the end, the students highlighted negative and positive points of the experience, discussing and reflecting on what could be modified and improved in the practice performed. The teaching-learning experience in the skills laboratory, through the teaching project, proved to be positive for students and teachers involved. This methodology provided moments of study that were relaxed, capable of reflection, and learning. Conclusion: Projects like this promote decision making, the strengthening of skills and the exercise of leadership, enabling greater confidence to develop essential skills and competencies in the work of nurses.

References

Andrade, E. G. R., Rodrigues, I. L. A., Nogueira, L. M. V., & Souza, D. F. (2018). Contribuição da tutoria acadêmica para o processo de ensino-aprendizagem na graduação em Enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, 71 (Suppl. 4): 1596-1603.

Araújo, M., Pires, P., & dos Santos, E. (2019). Monitoria como atividade de ensino-aprendizagem sob a ótica de acadêmicos de enfermagem. Revista Enfermagem Atual In Derme, 89(27).

Barros, P. de S., Aquino, E C. de, & Souza, M. R. de (2019). Mortalidade fetal e os desafios para a atenção à saúde da mulher no Brasil. Rev. Saúde Pública, 53(31): 240-252.

Hermida, P. M. V., Barbosa, S. S., & Heidemann, I. T. S. B. (2015). Metodologia ativa de ensino na formação do enfermeiro: inovação na atenção básica. Revista de Enfermagem da UFSM, 5(4): 683-691.

Jeffries, P. R., Rodgers, B., Adamson, K (2015). NLN Jeffries Simulation Theory: Brief Narrative Description. Nurs Educ Perspect., v. 36, n. 5, p. 292-3.

Kaneko, R. M. U, & Lopes, M. H. B. M. (2019). Cenário em simulação realística em saúde: o que é relevante para a sua elaboração? Revista da Escola de Enfermagem da USP, 53 (e03453).

Magnago, T. S. B. S., Silva, J. S. da, Lanes, T. C., Ongaro, J. D., Luz, E. M. F. da, Tuchtenhagen, P., & Andolhe, R. (2019). Simulação realística no ensino de segurança do paciente: relato de experiência. Revista de Enfermagem da UFSM, 10(13): 1-16.

Melo, C. M. de, Aquino, T. I. S., Soares, M. Q., & Bevilacqua, P. D. (2017). Vigilância do óbito como indicador da qualidade da atenção à saúde da mulher e da criança. Ciência & Saúde Coletiva, 22(10): 3457-3465.

Negri, E. C., Mazzo, A., Martins, J. C. A., Pereira Junior, G. A., Almeida, R. G. dos S., & Pedersoli, C. E. (2017). Clinical simulation with dramatization: gains perceived by students and health professionals. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 25: e2916.

Oliveira, S. N. de, Massaroli, A., Martini, J. G., & Rodrigues, J. (2018). Da teoria à prática, operando a simulação clínica no ensino de Enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, 71(Suppl. 4): 1791-1798.

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica (ed. 1). Metodologias Ativas (pp. 54-62). Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria.

Ribeiro, L., Bastos, R. R., Vieira, M. de T., Ribeiro, L. C., Teixeira, M. T. B., & Leite, I. C. G. (2016). Rastreamento oportunístico versus perdas de oportunidade: não realização do exame de Papanicolaou entre mulheres que frequentaram o pré-natal. Cadernos de Saúde Pública, 32(6): e00001415.

Ribeiro, V. dos S., Garbuio, D. C., Zamariolli, C. M., Eduardo, A. H. A., & Carvalho, E. C. de. (2018). Simulação clínica e treinamento para as Práticas Avançadas de Enfermagem: revisão integrativa. Acta Paulista de Enfermagem, 31(6): 659-666.

Roman, C., Ellwanger, J., Becker, G., Da Silveira, A., Machado, C., & Manfroi, W. (2017). Metodologias ativas de ensino-aprendizagem no processo de ensino em saúde no Brasil: uma revisão narrativa. Clinical & Biomedical Research, 37(4).

Silva, R.P., Camacho, A. C. L. F., Silva, M. A. P. da & Menezes, H. F. de. (2020). Estratégias de utilização da metodologia ativa na formação de acadêmicos de enfermagem: relato de experiência. Revista Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento , [S. l.] , v. 9, n. 6, pág. e160963543, 2020.

Silva, S. L. da, Silva, S. F. R. da, Santana, G. S. de M., Nuto, S. de A. S., Machado, M. de F. A. S., Diniz, R. de C. M., & Sá, H. L. do C. (2015). Estratégia Educacional Baseada em Problemas para Grandes Grupos: Relato de Experiência. Revista Brasileira de Educação Médica, 39(4): 607-613.

Silveira, N. S. P., Vasconcelos, C. T. M., Nicolau, A. I. O., Oriá, M. O. B., Pinheiro, P. N. da. C., & Pinheiro, A. K. B. (2016). Conhecimento, atitude e prática sobre o exame colpocitológico e sua relação com a idade feminina. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 24: e2699.

Valadares, A. F. M., & Magro, M. C. (2014). Opinião dos estudantes de enfermagem sobre a simulação realística e o estágio curricular em cenário hospitalar. Acta Paulista de Enfermagem, 27(2): 138-143.

Vargas, A. S., Alves, V. H., Rodrigues, D. P., Branco, M. B. L. R., Souza, R. de M. P. de, & Guerra, J. V. V. (2016). Atuação dos profissionais de saúde da estratégia saúde da família: promoção da prática do aleitamento materno. Revista Baiana de Enfermagem, 30(2): 1-9.

Zapponi, A. L. B., Tocantins, F. R., & Vargens, O. M. da. (2015). O enfermeiro na detecção precoce do câncer de mama e no âmbito da atenção primária. Revista Enfermagem UERJ, 23(1): 33-38.

Published

30/01/2021

How to Cite

SEHNEM, G. D. .; MACHADO, A. da S.; MONTEIRO, A. S.; RIBEIRO, A. C.; BOFF, N. K.; SIQUEIRA , F. D. .; SCOPEL, M. F.; DALLABRIDA, G. S. .; MARTINS, L. M. de .; MACIEL, V. de Q. S. .; NEVES, E. T. . Laboratory of studies and practices in women’s health: experience report. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e52810111914, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.11914. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11914. Acesso em: 1 mar. 2021.

Issue

Section

Health Sciences