Effects of a multiprofessional obesity treatment program on the aquatic environment in adolescents with or without their mothers

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11929

Keywords:

Obesity; Adolescents; Mothers; Aquatic Environment.

Abstract

Introduction: The increase in obesity has been registered in all age groups. This pandemic, considered the disease of the century, directly affects public health on all continents and represents a complex challenge for modern society. Objective: To compare weight loss in adolescents undergoing a multiprofessional obesity treatment program (PMTO) with and without the monitoring of their mothers. Method: Eleven adolescents, aged between 13 and 17 years, of both sexes, were overweight or obese. All participants signed the Free and Informed Consent Form (ICF), before beginning their participation. All indicated having availability and interest to participate in interventions with activities in the aquatic environment, three times a week, followed by an hour of theoretical guidance with professionals in the areas of Physical Education, Nutrition and Psychology. Anthropometric assessments were carried out, following standardized procedures, the variables were collected in the pre-test and post-test, after 16 weeks of a PMTO. Results: The adolescents showed improvements both in the first semester and in the second semester, when they were accompanied by their mothers. However, in the first semester, significant improvements (p <0.05) were observed in a greater number of variables, such as WC (p = 0.0389), absolute fat (p = 0.0005) and fat percentage (p = 0.0009). In the second semester they showed significant improvements (p <0.05), in the percentage of fat and in resting HR. Conclusion: Participation in PMTO in the aquatic environment promoted improvements in the physical fitness of adolescents, both when they were accompanied by their mothers, and in their absence.

Author Biographies

Mario Moreira Castilho, Universidade Estadual de Maringá

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá- PR - (1992), Mestrado em Promoção da Saúde - Envelhecimento Ativo com o tema: Influência do Envelhecimento Sobre o Condicionamento Físico de Bombeiros Militares de Maringá - PR.- (2013). Orientador Professor Dr. Joaquim Martins Júnior. Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Física da UEM com o tema: Efeitos de um Programa Multiprofissional de Tratamento da Obesidade de Longa Duração Sobre Parâmetros Bioquímicos e de Aptidão Física em Adultos com Obesidade Severa. Orientador Professor Dr. Nelson Nardo Júnior. Participante do NEMO (Núcleo de Estudos Multiprofissional da Obesidade). Atualmente é Sargento - Polícia Militar do Estado do Paraná. Tem experiência na área de Educação Física, atuando principalmente nos projetos de: Obesidade, Maratona de Revezamento, Bombeiros por 24 horas, Prova Rústica Tiradentes, Dia Desafio e DUATLHON.

Greice Westphal, Universidade Estadual de Maringá

Aluna regular de Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL. Bolsista ATP-A/CNPQ Projeto: 443353/2016-6 Ensaio de Eficácia de um Programa de Orientação para Mudança de Hábitos alimentares e de Atividade Física em Adultos com Sobrepeso e Obesidade Abdominal de Três Países da América do Sul: Estudo BRAASUL, vinculado a Universidade Estadual de Maringá, pelo Núcleo de Estudos Multiprofissional da Obesidade-NEMO/HUM/UEM. Mestre pelo Curso de Ciências do Movimento Humano da Faculdade de Ciências de Saúde, pela Universidade Metodista de Piracicaba (2017) - Linha de pesquisa Avaliação e Reabilitação Funcional - Foi bolsista da(o): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Especialista em Educação Física Escolar, Recreação, Fisiologia do Exercício e Saúde pela Associação Catarinense de Ensino Faculdade Guilherme Guimbala (2011). Graduada em Educação Física pela Universidade do Vale do Itajaí (2010). Atualmente participa do Núcleo de Estudos Multiprofissional da Obesidade (NEMO) na Universidade Estadual de Maringá (UEM) como membro do grupo de pesquisa. É integrante da Canadian Obesity Network (CON). É Coordenadora de Engajamento no programa ?Otimizando o Tratamento e Gerenciamento da Obesidade (OPTiMO)? em parceria com o MDBriefCase, em Toronto - Canadá. Bolsista técnica do laboratório NEMO pelo projeto: Ensaio de eficácia de um programa de orientação para a mudança de hábitos alimentares e de atividade física em adultos com sobrepeso e obesidade abdominal de três países da América do Sul: Estudo BRAASUL (Colômbia, Brasil e Chile). Atua principalmente nos seguintes temas: Obesidade, Fisiologia do Exercício, Avaliação e Reabilitação Funcional e Atividade Física.

Igor Alisson Spagnol Pereira, Universidade Estadual de Maringá

Aluno regular de Mestrado pelo Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL. Graduado em Educação Física (Licenciatura) pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Bolsista de Iniciação Científica pela Universidade Estadual de Maringá - UEM (2017 - 2018). Bolsista de Iniciação Cientifica pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq (2018 - 2019). Integrante do Núcleo de Estudos Multiprofissional da Obesidade (NEMO-UEM-HUM) vinculado ao Departamento de Educação Física UEM.

Fernando Malentaqui Martins, Universidade Estadual de Maringá

luno regular de Mestrado pelo Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL Graduado em Educação Física pela Universidade Paranaense (2007). Especialização em Educação Especial. Atualmente participa do Núcleo de Estudos Multiprofissional da Obesidade (NEMO) na Universidade Estadual de Maringá (UEM) como membro do grupo de pesquisa no projeto 443353/2016-6 Ensaio de Eficácia de um Programa de Orientação para Mudança de Hábitos alimentares e de Atividade Física em Adultos com Sobrepeso e Obesidade Abdominal de Três Países da América do Sul: Estudo BRAASUL, vinculado a Universidade Estadual de Maringá, pelo Núcleo de Estudos Multiprofissional da Obesidade-NEMO/HUM/UEM Coordenado pelo Prof° Dr.° Nelson Nardo Júnior.

Karen Barros Meireles, Universidade Estadual de Maringá

Graduada em enfermagem, pós graduação em Urgência e Emergência - UNINTER, pós graduação em Auditoria em Saúde - UNINTER mestranda em Bioestatística - UEM

Nelson Nardo Junior, Universidade Estadual de Maringá

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - FCT - Pres. Prudente-SP (1994), mestrado em Ciências da Motricidade pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - IB - Rio Claro-SP (1998) e doutorado em Nutrição Humana Aplicada pela Universidade de São Paulo (2005). Realizou, no período de 2011-2012, estágio de pós-doutorado na University of Ottawa-Canada na Behavioral and Metabolic Research Unit e no ano de 2015 no Research Institute do Children's Hospital of Eastern Ontario. Professor associado da Universidade Estadual de Maringá, Coordenador do Programa Associado de Pós-Graduação em Educação Física UEM/UEL no período 2012-2014, Coordenador do Núcleo de Estudos Multiprofissional da Obesidade (NEMO) e integrante da Canadian Obesity Network (CON). Diretor adjunto do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Maringá (2016-2020). Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase na área da Atividade Física relacionada à Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: Promoção da Saúde, prevenção e tratamento de doenças cronicas não transmissíveis, tratamento multiprofissional da obesidade e doenças associadas, atividade física, aptidão física, composição corporal e controle metabólico. 

References

Abrantes, M. M., Lamounier, J. A., & Colosimo, E. A. (2002). Prevalência de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes das regiões Sudeste e Nordeste. Jornal de Pediatria, 78(4), 335–340. https://doi.org/10.1590/s0021-75572002000400014

Andy Field. (2009). Discovering Statistics using SPSS Statistics. SAGE Publications, 66, 822. http://www.amazon.com/Discovering-Statistics-using-IBM-SPSS/dp/1446249182

Benito, P. J., Bermejo, L. M., Peinado, A. B., López-Plaza, B., Cupeiro, R., Szendrei, B., Calderón, F. J., Castro, E. A., & Gómez-Candela, C. (2015). Change in weight and body composition in obese subjects following a hypocaloric diet plus different training programs or physical activity recommendations. Journal of Applied Physiology, 118(8), 1006–1013. https://doi.org/10.1152/japplphysiol.00928.2014

Bianchini, J. A. A., da Silva, D. F., Nardo, C. C. S., Carolino, I. D. R., Hernandes, F., & Junior, N. N. (2013). Multidisciplinary therapy reduces risk factors for metabolic syndrome in obese adolescents. European Journal of Pediatrics, 172(2), 215–221. https://doi.org/10.1007/s00431-012-1865-7

Bianchini, J. A. A., Silva, D. F. DA, Lopera, C. A., Antonini, V. D. S., & Nardo Junior, N. (2016). Intervenção multiprofissional melhora a aptidão física relacionada à saúde de adolescentes com maior efeito sobre as meninas em comparação aos meninos. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, 30(4), 1051–1059. https://doi.org/10.1590/1807-55092016000401051

Bloch, K. V., Klein, C. H., Szklo, M., Kuschnir, M. C. C., Abreu, G. de A., Barufaldi, L. A., Veiga, G. V. da, Schaan, B., Silva, T. L. N. da, Moraes, A. J. P., Oliveira, A. M. A. de, Tavares, B. M., Magliano, E. da S., Oliveira, C. L. de, Cunha, C. de F., Giannini, D. T., Belfort, D. R., Santo, E. L., Leon, E. B. de, … Goldberg, T. B. L. (2016). ERICA: prevalências de hipertensão arterial e obesidade em adolescentes brasileiros. Revista de Saúde Pública, 50(suppl 1), 1s-12s. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102016000200306&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Castilho, M. M., Westphal, G., Pereira, I. A. S., Martins, F. M., Bim, R. H., Thon, R. A., Moreira, V. F. R., Bevilaqua, C. A., Meireles, K. B., Okawa, R. T. P., & Júnior, N. N. (2020). TESTE DE CAMINHADA DE 6 MINUTOS (TC6M) NA OBESIDADE SEVERA: CONSIDERAÇÕES. Revista Valore, 5(e-555).

Castilho, M. M., Westphal, G., Thon, R. A., Pereira, I. A. S., Martins, F. M., Amaral, M. F. do, Okawa, R. T. P., & Nardo Junior, N. (2021). Efeitos de um programa multiprofissional de tratamento da obesidade no ambiente aquático em adultos com obesidade severa. Research, Society and Development, 10(1), e12910111636. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11636

Christinelli, H. C. B., Westphal, G., Nardo Junior, N., Borim, M. L. C., Costa, M. A. R., & Fernandes, C. A. M. (2021). Nutritional status and body composition in individuals with overweight or obesity using usual and unusual indicators. Research, Society and Development, 10(1), e4910111339. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11339

Cole, T. J., & Lobstein, T. (2012). Extended international (IOTF) body mass index cut-offs for thinness, overweight and obesity. Pediatric Obesity, 7(4), 284–294. https://doi.org/10.1111/j.2047-6310.2012.00064.x

da Silva, D. F., Bianchini, J. A. A., Antonini, V. D. S., Barrero, C. A. L., Carolina, I. D. R., & Junior, N. N. (2015). Effects of a multiprofessional program for treatment of obesity on feeding behavior and frequency in adolescents: differences between sexes. ConScientiae Saúde, 14(2), 246.

Florido, L. M. P., Mulaski, L. F. S., Hespanhol, M. B., Mendonça, R. C. S., Santos, T. C., Silva, W. A. S., & Nunes, C. P. (2019). Combate À Obesidade: Estratégias Comportamentais E Alimentares. Revista Caderno de Medicina, 2(2), 80–89. http://www.revista.unifeso.edu.br/index.php/cadernosdemedicinaunifeso/article/view/1367

Francischi, R. P. P. de, Pereira, L. O., Freitas, C. S., Klopfer, M., Santos, R. C., Vieira, P., & Lancha júnior, A. H. (2000). Obesidade: atualização sobre sua etiologia, morbidade e tratamento. Revista de Nutrição, 13(1), 17–28. https://doi.org/10.1590/S1415-52732000000100003

Garasky, S., Stewart, S. D., Gundersen, C., Lohman, B. J., & Eisenmann, J. C. (2009). Family stressors and child obesity. Social Science Research, 38(4), 755–766. https://doi.org/10.1016/j.ssresearch.2009.06.002

Gomes, M. J. M., & Nascimento, E. G. C. do. (2015). AS MULTIFACETAS DO EXCESSO DE PESO NA CRIANÇA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA. Revista Brasileira de Ciências da Saúde - USCS, 13(45). https://doi.org/10.13037/ras.vol13n45.2667

Heyward, V. (2001). ASEP methods recommendation: Body composition assessment. Journal of Exercise Physiology Online, 4(4), 1–12.

Joosse, L., Stearns, M., Anderson, H., Hartlaub, P., & Euclide, J. (2008). Fit kids/fit families: A report on a countywide effort to promote healthy behaviors. Wisconsin Medical Journal, 107(5), 231–236.

Kumar, S., & Kelly, A. S. (2017). Review of Childhood Obesity: From Epidemiology, Etiology, and Comorbidities to Clinical Assessment and Treatment. Mayo Clinic Proceedings, 92(2), 251–265. https://doi.org/10.1016/j.mayocp.2016.09.017

Kyle, U. G., Bosaeus, I., De Lorenzo, A. D., Deurenberg, P., Elia, M., Gomez, J. M., Heitmann, B. L., Kent-Smith, L., Melchior, J.-C., Pirlich, M., Scharfetter, H., Schols, A. M. W. J., & Pichard, C. (2004). Bioelectrical impedance analysis--part I: review of principles and methods. Clinical Nutrition, 23(5), 1226–1243. http://www.sciencedirect.com/science/article/B6WCM-4D2FHYS-1/2/48048de1d2e629bf7411616e7702a083

Laux, R. C. (2015). 9 a 12 Anos De Idade De Uma Escola Pública Do Município De Chapecó , Sc. Portalperiodicos.Unoesc.Edu.Br, 209–214. https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acbs/article/view/6623

Lobstein, T., Jackson-Leach, R., Moodie, M. L., Hall, K. D., Gortmaker, S. L., Swinburn, B. A., James, W. P. T., Wang, Y., & McPherson, K. (2015). Child and adolescent obesity: part of a bigger picture. The Lancet, 385(9986), 2510–2520. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(14)61746-3

Lohman, T. J., Roache, A. F., & Martorell, R. (1992). Anthropometric Standardization Reference Manual. Medicine & Science in Sports & Exercise, 24(8), 952. https://doi.org/10.1249/00005768-199208000-00020

Lopera, C. A., da Silva, D. F., Bianchini, J. A. A., Locateli, J. C., Moreira, A. C. T., Dada, R. P., Thivel, D., & Nardo, N. (2016). Effect of water- versus land-based exercise training as a component of a multidisciplinary intervention program for overweight and obese adolescents. Physiology and Behavior, 165, 365–373. https://doi.org/10.1016/j.physbeh.2016.08.019

Magnani Branco, B. H., Carvalho, I. Z., Garcia de Oliveira, H., Fanhani, A. P., Machado dos Santos, M. C., Pestillo de Oliveira, L., Macente Boni, S., & Nardo, N. (2018). Effects of 2 Types of Resistance Training Models on Obese Adolescentsʼ Body Composition, Cardiometabolic Risk, and Physical Fitness. Journal of Strength and Conditioning Research, 1. https://doi.org/10.1519/jsc.0000000000002877

Malta, D. C., Szwarcwald, C. L., Barros, M. B. de A., Gomes, C. S., Machado, Í. E., Souza Júnior, P. R. B. de, Romero, D. E., Lima, M. G., Damacena, G. N., Pina, M. de F., Freitas, M. I. de F., Werneck, A. O., Silva, D. R. P. da, Azevedo, L. O., & Gracie, R. (2020). The COVID-19 Pandemic and changes in adult Brazilian lifestyles: a cross-sectional study, 2020. Epidemiologia e servicos de saude : revista do Sistema Unico de Saude do Brasil, 29(4), e2020407. https://doi.org/10.1590/S1679-49742020000400026

Moore, L. L., Lombardi, D. A., White, M. J., Campbell, J. L., Oliveria, S. A., & Ellison, R. C. (1991). Influence of parents’ physical activity levels on activity levels of young children. The Journal of Pediatrics, 118(2), 215–219. https://doi.org/10.1016/S0022-3476(05)80485-8

Nardo Junior, N., Bianchini, J. A. A., da Silva, D. F., Ferraro, Z. M., Lopera, C. A., & Antonini, V. D. S. (2018). Building a response criterion for pediatric multidisciplinary obesity intervention success based on combined benefits. European Journal of Pediatrics, 177(6). https://doi.org/10.1007/s00431-018-3115-0

Nardo Junior, N., Bolognese, M. A., Bianchini, J. A. A., Silva, D. F. da, Mendes, A. A., & Dada, R. P. (2016). Efetividade de um programa multiprofissional de tratamento da obesidade em adolescentes: impacto sobre transtorno de compulsão alimentar periódica. Segurança Alimentar e Nutricional, 23(1), 807. https://doi.org/10.20396/san.v23i1.8635622

Nassis, G. P., Psarra, G., & Sidossis, L. S. (2005). Central and total adiposity are lower in overweight and obese children with high cardiorespiratory fitness. European Journal of Clinical Nutrition, 59(1), 137–141. https://doi.org/10.1038/sj.ejcn.1602061

Ng, M., Fleming, T., Robinson, M., Thomson, B., Graetz, N., Margono, C., Mullany, E. C., Biryukov, S., Abbafati, C., Abera, S. F., Abraham, J. P., Abu-Rmeileh, N. M. E., Achoki, T., Albuhairan, F. S., Alemu, Z. A., Alfonso, R., Ali, M. K., Ali, R., Guzman, N. A., … Gakidou, E. (2014). Global, regional, and national prevalence of overweight and obesity in children and adults during 1980-2013: A systematic analysis for the Global Burden of Disease Study 2013. The Lancet, 384(9945), 766–781. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(14)60460-8

Ogden, C. L., Carroll, M. D., Lawman, H. G., Fryar, C. D., Kruszon-Moran, D., Kit, B. K., & Flegal, K. M. (2016). Trends in Obesity Prevalence Among Children and Adolescents in the United States, 1988-1994 Through 2013-2014. JAMA, 315(21), 2292. https://doi.org/10.1001/jama.2016.6361

Paes, S. T., Marins, J. C. B., & Andreazzi, A. E. (2015). Efeitos metabólicos do exercício físico na obesidade infantil: uma visão atual. Revista Paulista de Pediatria, 33(1), 122–129. https://doi.org/10.1016/j.rpped.2014.11.002

Patsopoulos, N. A. (2011). A pragmatic view on pragmatic trials. Dialogues in Clinical Neuroscience, 13(2), 217–224.

Pereira, I. A. S., Martins, F. M., Westphal, G., Castilho, M. M., & Nardo Junior, N. (2021). Programas multiprofissionais de tratamento da obesidade com metas de perda de peso definidas: uma revisão sistemática da literatura. Research, Society and Development, 10(1), e24710111779. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11779

Seabra, A. F., Mendonça, D. M., Thomis, M. A., Anjos, L. A., & Maia, J. A. (2008). Determinantes biológicos e sócio-culturais associados à prática de atividade física de adolescentes. Cadernos de Saude Publica, 24(4), 721–736. https://doi.org/10.1590/S0102-311X2008000400002

Sociedade Brasileira de Pediatria. (2017). Promoção da Atividade Física na Infância e Adolescência. Promoção da Atividade Física na Infância e Adolescência: Manual de Orientação, 1, 1–14.

Swift, D. L., Johannsen, N. M., Lavie, C. J., Earnest, C. P., & Church, T. S. (2014). The role of exercise and physical activity in weight loss and maintenance. Progress in Cardiovascular Diseases, 56(4), 441–447. https://doi.org/10.1016/j.pcad.2013.09.012

Terres, N. G., Pinheiro, R. T., Horta, B. L., Pinheiro, K. A. T., & Horta, L. L. (2006). Prevalência e fatores associados ao sobrepeso e à obesidade em adolescentes. Revista de Saúde Pública, 40(4), 627–633. https://doi.org/10.1590/s0034-89102006000500011

Westphal, G., Baruki, S. B. S., Mori, T. A. de, Montebello, M. I. de L., & Pazzianotto-Forti, E. M. (2020). Effects of Individualized Functional Training on the Physical Fitness of Women with Obesity. Lecturas: Educación Física y Deportes, 25(268), 61–75. https://doi.org/10.46642/efd.v25i268.2084

Yackobovitch-Gavan, M., Wolf Linhard, D., Nagelberg, N., Poraz, I., Shalitin, S., Phillip, M., & Meyerovitch, J. (2018). Intervention for childhood obesity based on parents only or parents and child compared with follow-up alone. Pediatric Obesity, 13(11), 647–655. https://doi.org/10.1111/ijpo.12263

Published

14/01/2021

How to Cite

CASTILHO, M. M. .; WESTPHAL, G.; PEREIRA, I. A. S. .; MARTINS, F. M. .; MEIRELES, K. B. .; NARDO JUNIOR, N. . Effects of a multiprofessional obesity treatment program on the aquatic environment in adolescents with or without their mothers. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e34010111929, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.11929. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11929. Acesso em: 1 mar. 2021.

Issue

Section

Health Sciences