Impact of cleaning and hospital hygiene on the nurses' management space: literature review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13626

Keywords:

Hygiene; Prevention; Nursing; Public health.

Abstract

Conduct a literature review to analyze the challenges faced by nursing professionals in order to carry out hospital hygiene, addressing a multifaceted perception of the trajectory related to the problem. It is an exploratory research of the literature review type, being an essential method in the elaboration of a scientific work. It was divided into 6 stages, with the creation of the theme and guiding question, definition of inclusion and exclusion criteria, identification of studies on scientific bases, evaluation of selected studies and critical analysis, analysis and categorization of studies and evaluation and interpretation of results. The total number of studies included was 26 articles, estimating the highest percentage of productions on the subject accounted for 30.77% in 2016, followed by 26.92% in 2017, followed by 15.38%, 11, 54% and 19.23% found simultaneously in the years 2018, 2019 and 2020. The analyzed articles converge in the sense that the nursing team is essential for the success of the maintenance of hygiene in the hospital sectors, being such a fundamental act for the maintenance or / and decreased damage to the patient's health. We realize, therefore, the importance of historical knowledge to understand the current scenario of the country, since, from the environmental and health ideologies defended by activists of the 19th century.

References

Aragão, J. H. A. (2017). Os pressupostos Nightingaleanos na prática hospitalar: subsídios para a enfermagem. Ver enferm UFPE on line, 11(4), 1624-1633.

Bezerra, C. M. B., Silva, B. C. O. D., Silva, R. A. R. D., Martino, M. M. F. D., Monteiro, A. I., & Enders, B. C. (2018). Análise descritiva da teoria ambientalista de enfermagem. Enferm. foco (Brasília), 79-83.

Borson, L. A. M. G., Cardoso, M. S., Gonzaga, F. N. (2018). A teoria ambientalista de Florence Nightingale. Revista Saúde em Foco, 10(2): 25-56.

Campos, J. L; Jesus, O. A. (2016). Higiene hospitalar: a importância da limpeza na prevenção de infecções. Faculdade INESP, 2(5): 100-123.

Cazali, A. S, et al. (2020). A higiene das mãos os como prática para evitar infecções relacionadas assistência saúde no âmbito hospitalar: relato de experiência. Revista Enfermagem UFPE on-line, 9(1): 24-33.

Chaves, L. D. P. (2017). Governança e higiene e limpeza hospitalar: espaço de gestão do enfermeiro. Revista Texto & Contexto-Enfermagem, 2017; 32(1): 25-40.

Chaves, L. D. P, et al. (2019). Governança, higiene e limpeza hospitalar: espaço de gestão do enfermeiro. Revista Texto & Contexto-Enfermagem, 24(4): 1166-1174.

Floriano A. A, et al. (2020). Contributo de Florence Nightingale na ascendência do cuidar em enfermagem: do contexto histórico ao cuidado contemporâneo. Revista Texto & Contexto-Enfermagem, 9(7): 12-23.

Florentino, A. A. (2020). Análise comparativa da infecção hospitalar e intervenção no hospital unimed itapetininga no período de 2017 a 2018. Revista Temas em saúde, 9(1): 11-15.

Grisard, N., Vieira, E. T. S. (2019). Ana Néri, madrinha da enfermagem no Brasil. Hospitais Universitários Federais, 10(2): 24-38.

Haddad, R. E, et al. (2016). Técnica de higiene das mãos e eficiência de degermantes na prevenção de infecções hospitalares. Revista Enfermagem UFPE on-line [internet], 1(1): 562-567.

Hospital Universitário Júlio Muller da Universidade Federal de Mato Grosso (2017). Protocolo Operacional Padrão de Limpeza Hospitalar, 2(1): 12-20.

Martins, D. L., Maia, F. S. B., Dantas, V. P. C. (2016). Procedimento Operacional Padrão (POP): higienização hospitalar. Hospitais Universitários Federais (EBSERH), 1(1): 10-20.

Merhy, E. E, et al. (2016). Políticas e sistemas de saúde no Brasil. Editora Fiocruz, 2(3): 100-102.

Moura, L. C. D, et al. (2017). Higiene e desinfecção hospitalar aliadas na segurança do paciente. Revista Temas em Saúde, 17(1): 15-20.

Moura, L. C. D, et al. (2017) Higiene e desinfecção hospitalar aliadas na segurança do paciente. Revista Temas em Saúde, 17(1): 4-17.

Padilha, M. I. C. S., Borenstein M. S. (2016). História da enfermagem: ensino, pesquisa e interdisciplinaridade. Revista Temas em Saúde, 1(1): 20-32.

Potter, P. A., Perry, A. G. (2016) Fundamentos de enfermagem: conceitos e procedimentos. Editora Fiocruz, 5(1): 672-680.

Perry, A. G; Potter, P. A. (2019). Fundamentos de enfermagem. Editora Elsevier, 2(4): 672-680.

Prestes, M. L. M. (2016). A pesquisa e a construção do conhecimento científico: do planejamento aos textos, da escola à academia. Editora Fiocruz, 2(1): 14-16.

Pereira A. S. et al. (2018). Metodologia da pesquisa científica. UFMS.

Ribeiro, J. B, et al. (2017). A higienização hospitalar: uma solução paliativa. Caderno de Graduação-Ciências Biológicas e da Saúde, 4(2): 61-70.

Rodrigues, V. P, et al. (2016). Avaliação dos hábitos de higiene bucal de crianças durante o período de internação hospitalar. Revista Texto & Contexto-Enfermagem, 10(1): 49-55.

Silveira, I. R, et al. (2019). Higiene bucal: prática relevante na prevenção de pneumonia hospitalar em pacientes em estado crítico. Revista Texto & Contexto-Enfermagem, 23(5): 697-700.

Soares, N. R. M, et al. (2017). Conhecimentos, atitudes e práticas dos profissionais de enfermagem sobre higiene das mãos no ambiente hospitalar. Revista Família, Ciclos de Vida e Saúde no Contexto Social, 5(3): 362-371.

Souza, E. C, et al. (2017). Conhecimento sobre higiene das mãos de estudantes do curso de enfermagem. Revista Científica de Enfermagem, 7(21): 41-48.

Trannin, K. P. P, et al. (2016). Adesão à higiene das mãos: intervenção e avaliação. Revista Científica de Enfermagem, 21(2): 16-20.

Published

22/03/2021

How to Cite

CASTRO, K. S. de .; FERREIRA , M. P. .; MEDEIROS, L. S. de .; MOREIRA , N. F. A. .; REIS , D. L. dos A. .; SOUSA JUNIOR , J. R. T. de .; CALDATO , M. C. F. .; MAGNO, I. M. N. .; PEREIRA, G. F. .; BORGES , R. C. de S. . Impact of cleaning and hospital hygiene on the nurses’ management space: literature review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e46610313626, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.13626. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13626. Acesso em: 13 apr. 2021.

Issue

Section

Health Sciences