Physiotherapy performance in palliative care in oncological patients: An integrative review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i6.15914

Keywords:

Palliative care; Physiotherapy; Humanization of assistance.

Abstract

The oncology physiotherapist plays a role in preventing, treating and palliating dysfunctions at any time during cancer treatment, such as in diagnosis, pre, peri and post-surgery, in the effects of treatments such as chemotherapy, radiotherapy, hormone therapy, immunotherapy or even in exclusive palliative care. This study aimed to analyze the scientific productions regarding the performance of physiotherapy in palliative care in cancer patients. This is an integrative review bibliographic search, with the following guiding question: What is the importance of the physiotherapist's performance in palliative care in cancer patients? Descriptors were used and the databases consulted were: Latin American and Caribbean Literature on Health Sciences (LILACS); Scientific Electronic Library Online (SCIELO) and Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (Medline). The final sample of studies selected from the databases was composed of 12 scientific articles, taking into account the inclusion and exclusion criteria established in this study, in which they were extracted directly from the databases, and assessed for eligibility to answer the guiding question. proposed in the research. The study sought through the scientific literature to understand the role of the physiotherapist in palliative care. This professional has a fundamental role as a member of the multidisciplinary team and in the monitoring of cancer patients, as physiotherapy has an extensive area of ​​knowledge that can be used and put into practice for the development of care plans in the care provided to cancer patients.

Author Biographies

Randresson Jadson Ferreira Silva, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Kaio Germano Sousa da Silva, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Letícia Aparecida Santos Silva, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Kameny Santos Franco, Centro Universitário Santo Agostinho-UNIFSA

Centro Universitário Santo Agostinho-UNIFSA

Pammela Weryka da Silva Santos, Universidade Estadual do Maranhão- UEMA

Universidade Estadual do Maranhão- UEMA

Rita de Cássia Helen Alves de Sousa Quadros, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Adelaide da Paz Correia, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Fernando Magno Freitas de Amorim, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Francisco de Assis Viana dos Santos, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Universidade federal do Piauí - UFPI

Raydelane Grailea Silva Pinto, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Universidade federal do Piauí - UFPI

Juliana Rocha de Sousa, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão- UNIFACEMA

References

Azevedo, C. P. (2015). Cuidados paliativos: tratamento fisioterapêutico em pacientes com câncer (Trabalho de conclusão de curso). Centro Universitário de Brasília – UniCEUB, Brasília, Brasil.

Batista, L. S., & Guarnieri, M. P. (2019). A importância do atendimento fisioterápico humanizado no paciente oncológico: uma revisão literária. 17º Congresso de Iniciação Científica da FASB, Barreiras, Ba, Brasil, 17.

Baldini, D. S., Salles, M. T., & Santana, S. M. (2010). A atuação do fisioterapeuta no controle da dor oncológica: uma revisão de literatura (Trabalho de conclusão de curso). Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Salvador, BA, Brasil.

Bernardo, E. S. (2012). Pacientes oncológicos em cuidados paliativos: correlação entre qualidade de vida e funcionalidade (Trabalho de conclusão de curso). Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC, Criciúma, SC, Brasil.

Burgos, D. B. L. (2017). Fisioterapia Paliativa Aplicada ao Paciente Oncológico Terminal. Ensaios Cienc., Cienc. Biol. Agrar. Saúde, 21(2), 117-122.

Carvalho, L. O. R., Duarte, F. R., Menezes, A. H. N., & Souza, T. E. S. (2019). Metodologia científica: teoria e aplicação na educação a distância.: Petrolina-PE: Fundação Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Cazzaniga, M., & Bonanni, B. (2018). Relationship Between Metabolic Disorders and Breast Cancer Incidence and Outcomes. Is There a Preventive and Therapeutic Role for Berberin?. Anticancer Research, 38 (8), 4393-4402.

Costa, E. O. (2017). Cuidados paliativos ao paciente com câncer: a atuação de fisioterapeutas n o âmbito hospitalar (Dissertação de mestrado). Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, Brasil.

Cunha, C. V., & Gardenghi, G. (2019). A fisioterapia nos cuidados paliativos a pacientes com câncer – uma revisão baseada em evidências (Trabalho de conclusão de curso). Instituição de Ensino Superior, pioneira no Centro-Oeste (CEAFI), MG, Brasil.

Duarte, B. C. B. (2018). Atuação do fisioterapeuta em pacientes oncológicos em cuidados paliativos em um hospital filantrópico da cidade de Maceió (Trabalho de conclusão de curso). Centro Universitário CESMAC, Maceió, AL, Brasil.

Freitas, G. S. S., Gonçalves, C., & Morais, M.I.M. (2016). A contribuição da fisioterapia nos cuidados paliativos em crianças com leucemia, Revista UNIABEU Belford Roxo, 9(21), 182-192.

Góes, G. S., Munduruca,T. L. L., Ferreira, V., & Passos, E. C. (2016). Atuação do fisioterapeuta nos cuidados paliativos em pacientes oncológicos adultos hospitalizados: Revisão de literatura (Trabalho de conclusão de curso). Escola Bahiana De Medicina E Saúde Pública. Salvador, BA, Brasil.

Instituto Nacional de Câncer (2019). ABC do câncer: abordagens básicas para o controle do câncer: INCA.

Marconi, M. A., & Lakatos, E. M. (2003). Fundamentos de metodologia científica. (5a ed.). Atlas.

Matheus, L. B. G., Silva, L. L. S., & Figueiredo, L. C. (2018). Abordagem fisioterapêutica no paciente oncológico (pp. 733-741). Diretrizes oncológicas.

Müller, A. M., Scortegagna, S., & Moussalle, L. D. (2010). Paciente Oncológico em Fase Terminal: Percepção e Abordagem do Fisioterapeuta. Revista Brasileira de Cancerologia, 57(2), 207-215.

Nascimento, I. M. B., Marinho, C. L. F., & Costa, R. O. (2017). A contribuição da fisioterapia nos cuidados em pacientes com dor oncológica. Rev. UNINGÁ, 54 (1), 1-7.

Oliveira, T., Bombarda, T. B., & Moriguchi, C. S. (2019). Fisioterapia em cuidados paliativos no contexto da atenção primária à saúde: ensaio teórico. Cad. Saúde Colet., 27 (4), 427-431.

Silva, R. M. F. (2014). Recursos fisioterapêuticos no tratamento da dor oncológica (Trabalho de conclusão de curso). Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, GO, Brasil.

Sousa, L. M. M., Marques-Vieira, C. M. A., Severino, S. S. P., & Antunes, A.V. (2017). A metodologia de revisão integrativa da literatura em enfermagem. Revista de Investigação de Enfermagem, 17-26.

World Health Organization (WHO). Câncer. Geneva: WHO, 2018. https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/cancer

Published

08/06/2021

How to Cite

SILVA, R. J. F. .; SILVA, K. G. S. da .; SILVA, L. A. S. .; FRANCO, K. S. .; SILVA, C. O. da; SANTOS, P. W. da S. .; ANDRADE, P. H. M. de .; QUADROS, R. de C. H. A. de S. .; CORREIA, A. da P. .; AMORIM, F. M. F. de .; SANTOS, F. de A. V. dos .; PINTO, R. G. S. .; SOUSA, J. R. de. Physiotherapy performance in palliative care in oncological patients: An integrative review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 6, p. e50610615914, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i6.15914. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/15914. Acesso em: 23 jun. 2021.

Issue

Section

Health Sciences