Benefits of religious practices in nursing care: An integrative review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i9.17408

Keywords:

Spirituality; Nursing care; Benefits.

Abstract

Since the beginnings of the science of caring for human beings, religious practices and spirituality face a rigorous look from scientists and researchers. Nursing care must provide care and safety measures to the individual under a biopsychosocial unit model, in all physical, social, economic, spiritual and cultural aspects. In this way, this article aimed to analyze the scientific productions about the benefits of religious practices in the provision of nursing care, and specifically describe the importance of religious practices in health status, highlight the main limitations and challenges in nursing care with cultural-religious healing practices and relating nursing behavior to cultural/religious treatment and/or therapy. This is an integrative literature review, in which the question was formulated: "What are the benefits of the association between religious practices and nursing care in the provision of care?". Using descriptors and keywords, the Bireme, CINAHL and PubMed databases were consulted. We used the available studies in full, published in the years 2015 to 2020, in English, Portuguese and Spanish. The articles showed that religiosity and spirituality are fundamental dimensions in the healing, rehabilitation and overcoming processes, and should be implemented in the science of care by health professionals. It was concluded that it is the duty of nursing and other areas of health to serve the individual with humanized care, respecting their spiritual-religious needs in treatment and/or therapy.

Author Biographies

Italo Lucas Lima Araujo, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Laila da Silva Mota Vilanova, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Amanda Thais Franco Oliveira , Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Linccon Fricks Hernandes, Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória

Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória

Valeria Silva Carvalho, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Ilmara Patrícia Compasso da Silva de Queiroz, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Lisianne Natália Santos Silva, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Ielda Pereira Rodrigues, Instituto Athena de Educação

Instituto Athena de Educação

Ianeska Bárbara Ribeiro do Nascimento, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Ciências e Tecnologia do Maranhão

Lucas Sousa Guimarães, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Juliana de Sousa Oliveira Ximenes Cruz, Centro Universitário de Ciências e tecnologia do Maranhão

Centro Universitário de Ciências e tecnologia do Maranhão

Lia Marinho da Silva Queiroz, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Solygardia Albuquerque Maciel Teixeira, Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocino

Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocino

Rafael Andrade da Silva, Centro universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Centro universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Paulo Sérgio Gaspar dos Santos, Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

Centro universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão

References

Aghabarary, M. & Nayeri, N. D. (2017). Reasons behind providing futile medical treatments in Iran. Nurs Ethics., 24(1),33-45.

Alves, D.A., Silva, L.G., Delmondes, G. A., Lemos, I. C. S., Kerntopf, M. R., & Albuquerque, G. A. (2016). Cuidador de criança com câncer: religiosidade e espiritualidade como mecanismos de enfrentamento. Revista Cuidarte, 7(2),1318-24.

Bork, A M T. (2011). Enfermagem baseada em evidencias. Rio de Janeiro. Guanabara Koonga.

Cervelin, A. F. & Kruse, M. H. L. (2014). Espiritualidade e religiosidade nos cuidados paliativos: conhecer para governar. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, 18 (1),136-142.

Cordero, R. D.; Castillo, C. S., & Escaño, J. V. (2019). La formación en religiosidad y espiritualidad en los estudios de Grado en Enfermería.

Cult. Cuid, 23 (53), 304-315.

Crossetti, M. G. O. (2012). Revisão integrativa de pesquisa na enfermagem o rigor cientifico que lhe é exigido. Rev Gaúcha Enferm., 33(2), 8-9.

Ercole, F. F.; Melo, L. S.; Alcoforado, C. L. G. C. (2014). Revisão integrativa versus revisão sistemática. Rev Min Enferm (REME), 18(1),1- 260.

.

Ferreira, A. G. C.; Duarte, T. M. M., Silva, A. F., & Bezerra, M. R. (2015). Concepções de espiritualidade e religiosidade e a prática multiprofissional em cuidados paliativos. Revista Kairós: Gerontologia, 18 (3), 227-244.

Ferreira, T.T.F.; Borges, M. F.; Zanetti, G. C.; Lemos, G. L.; Gotti, E. D.; Tomé, J. M., ... & Rezende, E. A. M. R. (2018). Percepção de Acadêmicos de Medicina e de Outras Áreas da Saúde e Humanas (Ligadas à Saúde) sobre as Relações entre Espiritualidade, Religiosidade e Saúde. Rev. Bras. Educ. Méd., 42 (1), 67-74.

Fradelos, E. C.; Tzavella, F.; Koukia, E.; Papathanasiou, I.V.; Alikari, V.; Stathoulis, J., ... & Zyga, S. (2015). Integrating Chronic Kidney Disease Patient's Spirituality In Their Care: Health Benefits And Research Perspectives. Mater Sociomed., 7(5), 354‐358.

Hemming, P.; Teague, P. J.; Crowe, T., & Levine, R. (2016). Chaplains on the Medical Team: A Qualitative Analysis of an Interprofessional Curriculum for Internal Medicine Residents and Chaplain Interns. J Relig Health, 55 (2), 560-71.

Hovland, C.; Niederriter, J., & Thoman, J. (2018). Spirituality and Interprofessional Healthcare Education: An Exploratory Study. J Christ Nurs., 35 (4), e47-e52.

Kazmer, M. M.; Glueckauf , R. L.; Schettini, G.; Ma , J., & Silva, M. (2018). Qualitative Analysis of Faith Community Nurse-Led Cognitive- Behavioral and Spiritual Counseling for Dementia Caregivers. Qual Health Res., 28 (4), 633-647.

Melo, C. F.; Sampaio, I. S.; Souza, D. L. A., & Pinto, N. S. (2015). Correlação entre religiosidade, espiritualidade e qualidade de vida: uma revisão de literatura. Estudos e Pesquisas em Psicologia, 15 (2), 447-464.

Nascimento, L. C.; Santos, T. F. M.; Oliveira, F. C. S.; Pan, R.; Santos, M. F., & Rocha, S. M. M. (2013). Espiritualidade e religiosidade na perspectiva de enfermeiros. Texto Contexto Enferm, 22 (1), 52-60.

Oliveira, A. L. C. B.; Feitosa, C. D. A.; Santos, A. G.; Lima, L. A. A.; Fernandes, M. A., & Monteiro, C. F. S. (2017). Espiritualidade e religiosidade no contexto do uso abusivo de drogas. Rev Rene, 18 (2), 283-90.

Oliveira, F. B. M.; Costa, A. C. A. L.; Alves, D. L.; França, J. F.; Macedo, M. S., & Santos, R. D. (2016). Relação entre a sobrecarga de trabalho e erros de administração de medicação na assistência hospitalar. Revista Ciências & Saberes,2(2), 325-334.

Pompeo, D. A.; Rossi, L. A.; Galvão, C. M. (2009). RevisÃo integrativa: etapa inicial do processo de validação de diagnóstico de enfermagem.

Acta Paul Enferm., 22(4):434-8.

Rabelais, E.; Jones, N. L.; Ulrich, C. M., & Deatrick, J. A. (2019). Meaning making and religious engagement among survivors of childhood brain tumors and their caregivers. Oncol Nurs Forum., 46 (2),170-18.

Shane, S. (2015). Patient and Healthcare Perspectives on the Importance and Efficacy of Addressing Spiritual Issues Within an Interdisciplinary Bone Marrow Transplant Clinic: A Qualitative Study. BMJ Open, 5 (11).

Venkatasalu, M. R.; Jagadeesh, N. S.; Elavally, S.; Pappas, Y.; Mhlanga, F., & Varatharajan, R. P. (2018). Public, patient and carers' views on palliative and end-of-life care in India. Int Nurs Rev., 65 (2), 292-301.

Published

20/07/2021

How to Cite

ARAUJO, I. L. L. .; SILVA, C. O. da; VILANOVA, L. da S. M.; OLIVEIRA , A. T. F. .; HERNANDES, L. F. .; CARVALHO, V. S. .; QUEIROZ, I. P. C. da S. de; SILVA, L. N. S. .; RODRIGUES, I. P. .; NASCIMENTO, I. B. R. do; GUIMARÃES, L. S. .; CRUZ, J. de S. O. X.; QUEIROZ, L. M. da S.; TEIXEIRA, S. A. M. .; SILVA, R. A. da .; SANTOS, P. S. G. dos . Benefits of religious practices in nursing care: An integrative review . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 9, p. e3510917408, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i9.17408. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/17408. Acesso em: 25 sep. 2021.

Issue

Section

Review Article