Health program at school: experiences and challenges in primary health care

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.17816

Keywords:

School health services; Family health strategy; Primary health care.

Abstract

Objective: To know the experiences, practices and challenges for the development of the School Health Program through Primary Health Care. Methodology: An integrative literature review study was conducted, the secondary databases used were the Virtual Health Library, Latin American and Caribbean Literature on Health Sciences (LILACS) and the Scientific Electronic Library Online (Scielo). The articles were searched with the descriptors School Health Services, Family Health Strategy and Primary Health Care. Results: Twenty-eight articles were found in the Virtual Health Library database, 63 in Scielo and 17 in LILACS, with the aid of inclusion and exclusion criteria, the final sample consisted of 17 articles. The School Health Program is a unique opportunity to approach the health and education sectors, being a strategy to promote students' health, with numerous benefits. Final considerations: The actions developed in schools are punctual and unsystematic, only as responses to specific demands, which limits the scope of the actions of the School Health Program.

Author Biographies

Edila Alves Moraes Nogueira , Faculdades Unidas do Norte de Minas Gerais

Graduada em Enfermagem pelas Faculdades Unidas do Norte de Minas - Funorte (2010), Pós -Graduada em Saúde da Família pela Universidade Estadual de Montes Claros -Minas Gerais Unimontes (2011), atuou como enfermeira no Município Januaria -Minas Gerais como coordenadora da vigilância em saúde (2013 a 2015). Atuou como enfermeira no grupo ressonar imagens medicas (2012). 

Virginia Ruas Santos, Faculdades Unidas do Norte de Minas Gerais

Graduação em Enfermagem pelo Faculdades Unidas do Norte de Minas, Brasil (2015). 

Sylmara Corrêa Machado , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais

Possui graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais- PUC-MG (1995). Licenciatura Plena de Formação de Professores de Disciplinas Especializadas pelo Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná- CEFET-PR (1998). Especialização em: Didática-Fundamentos Teóricos da Prática Pedagógica, Enfermagem de Saúde Publica, Formação Pedagógica em Educação Profissional, Enfermagem do Trabalho e Educação a Distância. Apresenta experiência profissional na área de Educação, com ênfase em Ensino-Aprendizagem nos Cursos Técnicos da Área de Saúde nas modalidades presencial, e nos Cursos Técnicos em Segurança do Trabalho nas modalidades presencial e à distância, assim como experiência em Supervisão de Setores de Saúde. Possui experiência na área de saúde da família. Atualmente é Docente do IFNMG- Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Montes Claros.

Isabella Batista Vieira, Faculdades Unidas do Norte de Minas Gerais

Graduada em enfermagem pelas Faculdades Unidas FUNORTE (2015). Especialista em Saúde da Família pelas Faculdades Unidas FUNORTE (2017). Especialista em Docência do Ensino Superior,Gestão e Tutoria EAD pela Faculdade de Ciências de Wenceslau Braz FCWB(2019). Atualmente é professora das Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE no Curso de Graduação em Enfermagem, Estagio Supervisionado na disciplina; PISEC (Programa de Integração entre Serviço, Ensino e Comunidade) do primeiro ao decimo período; e das Faculdades de Saúde Ibituruna - FASI, na disciplina PISEC (Programa de Integração entre Serviço, Ensino e Comunidade) do primeiro ao decimo período.

Gizele Freitas Rodrigues, Faculdades Unidas do Norte de Minas Gerais

Graduação em enfermagem pelas Faculdades Unidas do Norte de Minas Gerais, especialização em saúde da família. 

Joice Fernanda Costa Quadros, Faculdade de Saúde Ibituruna

Possui graduação em Enfermagem pela Faculdade de Saúde Ibituruna (2012), possui especialização realizada pelo Hospital Sírio Libanêsem Educação em Saúde e Preceptoria do SUS (2015), especialização realizada através da Faculdade Federal Fluminense em Micropolítica da Gestão em Saúde; (2015), especialização realizada na UNIMONTES em Saúde da Família; (2014) e especialização realizada na Universidade Federal do Rio Grande do Sul- Educação Permanente em Saúde (2014).

Taysa Cristina Cardoso Freitas, Universidade Estadual de Montes Claros

Graduação em enfermagem (Faculdades Santo Agostinho), Residente em Saúde da Família e Comunidade.

Jessica Najara Aguiar de Oliveira, Universidade Estadual de Montes Claros

Graduação em enfermagem pela Faculdade Santo Agostinho, mestranda em educação pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). 

Alcina Mendes Brito, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Graudção em Psicologia. Especialista em saúde mental, álcool e outras drogras.

Daniel Silva Moraes , Faculdade Santo Agostinho

Graduação em enfermagem (FASA), Mestre em Ciências da Saúde (UNIMONTES), Doutorando em Ciências da Saúde (UNIMONTES). 

Nadine Antunes Teixeira , Faculdades Unidas do Norte de Minas Gerais

Graduação em enfermagem (FUNORTE), residente em saúde da família e comunidade pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). 

Leidiany Gomes Moreira , Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna

Graduação em enfermagem pela Faculdade de Saúde Ibitiruna. 

References

Alves, M. L., Araújo, H. P. A., Costa, L. A. S., Marques, M. C. S., & Alencar, R. A. (2019). Ação interdisciplinar de promoção à saúde no programa escola da família: relato de experiência de residentes do programa multidisciplinar em saúde da família: Revista Nursing, 22(252), 2875-2877.

Batista, A. S. M., Mondini, l., & Jaime, C. P. (2017). Ações do Programa Saúde na Escola e da alimentação escolar na prevenção do excesso de peso infantil: experiência no município de Itapevi, São Paulo, Brasil, 2014: Epidemiol, 26(3), 569-578.

Barbieri, F. A., & Noma, K. A. (2017). A função social do Programa Saúde na Escola: formação para a nova sociabilidade do capital? : Perspectiva, 35 (1), 161-187.

Brasil. (2017). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Instrutivo PSE / Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde.

Brasil. (2009). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de atenção básica. Cadernos de Atenção Básica. Saúde na Escola. Brasília: Ministério da Saúde.

Brasil. (2021). Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Análise de Situação de Saúde. Plano de ações estratégicas para o enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) no Brasil 2011-2022. Brasília: Ministério da Saúde, 2021.

Brasil. (2015). Ministério da Saúde. Caderno do gestor do PSE / Ministério da Saúde, Ministério da Educação. Brasília: Ministério da Saúde.

Silva, C. S. (2019). Saúde na escola: intersetorialidade e promoção da saúde. Rio de Janeiro. Editora Fiocruz.

Brambilla, K. D., Kleb, E. M., & Magro, D. P. L. M. (2020). Cartografia da implantação e execução do Programa Saúde na Escola (PSE): implicações para o processo de desmedicalização: Educação em Revista Belo Horizonte, 1(36), 3-14.

Benedicto, M. N., Marim, C. G., Simoes, O. H., & Jorge, M. T. (2020). Fatores de risco para alterações na comunicação e queixas comunicativas em pré-escolares durante ações do Programa Saúde na Escola: Revista CEFAC, 22(6), 1-8.

Casemiro, J. P., Fonseca, C. B, A., & Secco, M. V. F. (2014). Promover saúde na escola: reflexões a partir de uma revisão sobre saúde escolar na América Latina: Saúde Colet, 19(3), 829-840.

Chiari, G. P. A. Ferreira, C. R., Akerman, M., Amaral, L. H. J., Machado. M. K. & Senna, B. I. M. (2018). Rede intersetorial do Programa Saúde na Escola: sujeitos, percepções e práticas: Cad. Saúde Pública, 34(5), 1-15.

Farias, V. C. I., Sá, F. P. M. R., Figueiredo, N. & Filho, M. A. (2016). Análise da Intersetorialidade no Programa Saúde na Escola. Revista Brasileira de Educação Médica, 40(2), 261-267.

Fernandes, A. L., & Köptcke,L. S. (2019). Análise da ação de saúde ocular do Programa Saúde na Escola no Brasil de 2014 a 2019: um estudo transversal: Epidemiol. Serv. Saúde, 2130(2), 1-11.

Fontenele, R. M., Sousa, I. A., Rasche, S. A. Souza, N. H. M., & Medeiros, C. D. (2017). Construção e validação participativa do modelo lógico do Programa Saúde na Escola: Saúde Debate, 41(1), 167-179.

Fontenele, R. M. (2017). Avaliação colaborativa das ações de saúde do Programa Saúde na Escola Carioca. RJ. Tese (Doutorado em Enfermagem): Escola de Enfermagem Anna Nery, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 195 p.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2016). Pesquisa nacional de saúde do escolar. Pesquisa nacional de saúde do escolar 2015. Rio de Janeiro: IBGE.

Brasil, E. G. M., Silva, M. R., Silva, F. R. M., & Rodrigues, P. D. (2017). Promoção da saúde de adolescentes e Programa Saúde na Escola: complexidade na articulação saúde e educação: Rev Esc Enferm USP, 51 (1), 1-9.

Lopes, E. I., Nogueira, D. A.J., & Rocha, G. D. (2018). Eixos de ação do Programa Saúde na Escola e Promoção da Saúde: revisão integrativa: Saúde Debate Rio de Janeiro, 42(118), 773-789.

Medeiros, E. R., Pinto, G. S. E., Paiva. S. C. A., Nascimento, A. P. C., Rebouças, C. G.D., & Silva, B. Y. S. (2018). Facilidades e dificuldades na implantação do Programa Saúde na Escola em um município do nordeste do Brasi: Rev Cuid, 9(2), 2127-2134.

Silva, M.R. I., Almeida, P. A., Machado, C. J., Silva, S. L., Cardoso, F. A. J., Costa, D. G., & Cotta, M. M. R. (2019). Processo de Acreditação das Escolas Promotoras de Saúde em âmbito mundial: revisão sistemática: Ciênc. saúde colet, 24 (2), 475-486.

Oliveira, L. S. P. F., Vargas, D. M. A., Hartz, Z.., Dias, S., & Ferreira, F. E. (2018). Percepção de escolares do ensino fundamental sobre o Programa Saúde na Escola: um estudo de caso em Belo Horizonte, Brasil: Ciência & Saúde Coletiva, 23(9), 2891-2898.

Pereira, P. L. G., Pereira, D. M., Faria, S. G. R., Cordeiro, R. D., Lanza, M. F., & Viegas, F. M. S. (2020). A implementação do programa saúde na escola em três municípios de Minas Gerais, Brasil. Revista de Enfermagem do Centro Oeste Mineiro, 10 (10), 1-11.

Silva, A. L., Reis, C. E., & Milhorine, R. B. (2016) . Atuação do Enfermeiro na Promoção da Saúde Escolar. II Congresso Interdisciplinar de Promoção da Saúde. Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC).

Silveira, C. C., Estermann, E. D., & Félix, J. M. (2019). A generificação da intersetorialidade no Programa Saúde na Escola. Rev. bras. Estud. pedagog, 100(255), 423-442.

Santos, D. C. A., Gasparim, A., Monteiro, M. G., Brito, M.R., & Silva, MAV. (2019 ). Construção e Desenvolvimento do Programa de Saúde na Escola (PSE) sob a Perspectiva da Sexualidade na Adolescência Relato de Experiência: Rev. bras. educ. med, 43 4),

Silva, C. S. & Bodstein, R. C. A. (2019). A theoretical framework on intersectoral practice in school health promotion: Ciênc. Saúde Colet, 21(6), 1777-1788.

Ventura, A. N. G. F., Alencar, M. R., Araújo, S. I., & Pinheiro, R. W. (2019). A Estratégia de Saúde da Família e o diálogo sobre a Intersetorialidade: Id on Line Rev. Mult. Psic, 13(47): 63-76.

Sousa, M. C., Esperdião, A. M., & Medina, G. M. (2017). A intersetorialidade no Programa Saúde na Escola: avaliação do processo político-gerencial e das práticas de trabalho: Ciência & Saúde Coletiva, 22(6), 1781-1790.

Vieira, S. L., & Belisário, A. S. (2018) . Intersetorialidade na promoção da saúde escolar: um estudo do Programa Saúde na

Escola Saúde debate: Saúde Debate, 42(4), 120-133.

Vieira, C. E. N. K., Dantas, A. N., Miranda, V. M. S. L., Araújo, C. K. A., Monteiro, I. A., & Enders, C. B. (2018). School Health Nursing Program: prevention and control of overweight/obesity in adolescents: Rev Esc Enferm USP, 52(5), 1-8.

Wang, G., Zhang, Y., Zhao, J., Zhang, J., & Jiang, F. (2020). Mitigate the effects of home confinement on children during the COVID-19 outbreak: Lancet, 395(10228), 945-947.

World Health Organization. (2017. Growing up unequal: Gender and socioeconomic differences in young people’s health and well-being. Health policy for children and adolescents. Health Behaviour in School-aged Children (HBSC) study: international report from the 2013/2014 survey.

Published

09/08/2021

How to Cite

ARAÚJO, M. J. A. G. .; NOGUEIRA , E. A. M. .; SANTOS, V. R. .; MACHADO , S. C. .; VIEIRA, I. B. .; FREITAS RODRIGUES, G. .; QUADROS, J. F. C. .; FREITAS, T. C. C. .; OLIVEIRA, J. N. A. de .; RODRIGUES, G. F. .; BRITO, A. M. .; MORAES , D. S. .; TEIXEIRA , N. A.; MOREIRA , L. G. . Health program at school: experiences and challenges in primary health care. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e255101017816, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.17816. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/17816. Acesso em: 18 oct. 2021.

Issue

Section

Health Sciences