The accountant's view from the perspective of entrepreneurship in accounting offices

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i9.17953

Keywords:

Accounting entrepreneur; Job market; Picos.

Abstract

The main objective of this article is to analyze the vision of accountants who undertake their own business, using entrepreneurship as an aid tool in the development of accounting work, in accounting offices in the city of Picos-PI. In this way, accountants can be the individuals responsible for the act of being an entrepreneur, if they have characteristics and skills that facilitate the innovation process, in the face of an environment of globalization and transformation. To carry out this study, a questionnaire was applied to the owners of accounting offices in Picos-PI. Regarding the methodology, this study was structured in three stages: bibliographic survey, structured questionnaire and analysis of quantitative and qualitative data. With regard to the results, it is highlighted that, through the calculation and analysis of the data, the present study revealed that the research participants have an entrepreneurial vision, from the opening processor to managing their own business, demonstrating that they have an entrepreneurial profile.

References

Andrade, F (2012). O contador pode ser um empreendedor? Café com ADM, São Luís, 27 dez. 2020, Administradores, s/p.

Anjos, L. C. M., Santos, P. D. C. F., Miranda, L. C., Silva, D. J. C., & Santana, F. R. (2011). Conhecer e empreender: um estudo sobre a utilização de artefatos gerenciais em organizações contábeis. Navus-Revista de Gestão e Tecnologia, 1(1), 17-33.

Assis, W. M. B., & Costa, R. A. T. (2016). A gestão contábil financeira nas micro e pequenas empresas. Revista de Empreendedorismo e Gestão de Micro e Pequenas Empresas, 1(04), 143-155.

Athayde, M., & Martins, G. D. A. (2010). O legado de Mcclelland e a educação empreendedora em contabilidade. In IV Congresso Anpcont.

Boniatti, A. O., Velho, A. D., Pereira, A., Pereira, B. B., & Oliveira, S. D. (2014). A evolução da mulher no mercado contábil. Revista Gedecon-Gestão e Desenvolvimento em Contexto, 2(1), 19-27.

Brasil (2004). Resolução CNE/CES 10/2004. Dispõe sobre os cursos de graduação em ciências contábeis. Recuperado de, http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rces10_04.pdf.

Cardoso, J. L., Souza, M. A., & Almeida, L. B. (2006). Perfil do contador na atualidade: um estudo exploratório. Revista Base (Administração e Contabilidade) da UNISINOS, 3(3), 275-284.

Carreira, S. S., Franzoni, A. B., Esper, A. J. F., Pacheco, D. C., Gramkow, F. B., & Carreira, M. F. (2015). Empreendedorismo feminino: um estudo fenomenológico. NAVUS-Revista de Gestão e Tecnologia, 5(2), 6-13.

Cavalcanti, S. C. N., Moreira, M. A., & Silva, P. B. (2018). O Empreendedorismo no Seio das Ciências Contábeis: Análise da Discussão Sobre Empreendedorismo no Congresso USP de Contabilidade. RIC, 12(3), 1.

Chiavenato, I. (2007). Empreendedorismo: dando asas ao espírito empreendedor. Editora Manole.

Cobra, M. (2011). Administração de marketing. 2. ed. São Paulo: Atlas.

Dornelas, J. C. A. (2001). Empreendedorismo: transformando ideias em negócios. Rio de Janeiro: Campus.

Drucker, P. F (1987). Inovação e espírito empreendedor. São Paulo: Pioneira.

Eckert, A., Vanin, F., Mecca, M. S., & Biasio, R. (2015). Utilizando a assessoria do escritório contábil gerencial em micro e pequenas empresas: a percepção dos gestores. Revista de administração e Negócios da Amazônia, 7(1), 126-142.

Fialho, F. A. P., Montibeller Filho, G., Macedo, M., Mitidieri, T. C (2007). Empreendedorismo na era do conhecimento. Florianópolis: Visual Books.

Figueirôa, D. S. V. de; Lemos, Z. Z.; Leite, E (2017). O perfil empreendedor do contador no município de Custódia-PE, Revista Raites, Pernambuco, 3 (5), 10-36

Fischer, A.; Nodari, T. M. dos S.; Feger, J. E (2008). Empreendedorismo: algumas reflexões quanto às características. Race, Unoesc, 7 (1), 39-52.

Iudícibus, S (2010). Contabilidade introdutória. São Paulo: Atlas.

Leal, E. A., Soares, M. A., & de Sousa, E. G. (2008). Perspectivas dos formandos do curso de Ciências Contábeis e as exigências do mercado de trabalho. Revista Contemporânea de Contabilidade, 5(10), 147-159.

Lizote, S. A., & Verdinelli, M. A. (2014). Relação entre competências empreendedoras e desempenho: um estudo em empresas prestadoras de serviços contábeis. Revista de Contabilidade e Organizações, 8(22), 49-59.

Lucia, C. S (2012). Os desafios do empreendedor contábil. A contabilidade funciona bem na administração? Café com ADM, São Luís, 27 dez. 2020, Administradores, s/p

Magalhães, F. A. C., & Andrade, J. X. (2004). A Educação Contábil no Estado do Piauí diante da proposta de convergência internacional do Currículo de Contabilidade concebida pela ONU/UNCTAD/ISAR. In Congresso USP de Controladoria e Contabilidade (Vol. 6, pp. 1-15).

Marconi, M. D. A., & Lakatos, E. M. (2007). Técnicas de pesquisa. 6. ed. São Paulo: Atlas.

Marin, T. I. S., de Lima, S. J., & Nova, S. P. D. C. C. (2014). Formação do Contador–o que o Mercado quer, é o que ele tem? Um Estudo sobre o Perfil Profissional dos Alunos de Ciências Contábeis da FEA-USP. Contabilidade Vista & Revista, 25(2), 59-83.

Marion, J. C (2009). Contabilidade empresarial. 15. ed. São Paulo: Atlas.

Martins, E., Martins, V. A., & Martins, É. A. (2007). Normatização contábil: ensaio sobre sua evolução e o papel do CPC. Revista de Informação Contábil, 1(1).

Matias, M. A., Colares, A. C. V., Rocha, P. M., & JUNIOR, L. E. D. C. (2013). O ensino de empreendedorismo nos cursos de graduação em ciências contábeis. Revista Catarinense da Ciência Contábil, 12(35), 63-78.

Monitor, G. G. E. (2016). 2016, GEM Global Entrepreneurship Monitor.

Orlandi, E. P (2009). Análise de discurso: princípios e procedimentos. 8. ed. Campinas: Pontes.

Peleias, I. R., Silva, G. P. D., Segreti, J. B., & Chirotto, A. R. (2007). Evolução do ensino da contabilidade no Brasil: uma análise histórica. Revista Contabilidade & Finanças, 18(SPE), 19-32.

PPC (2014). Projeto pedagógico do curso de ciências contábeis. Campus Prof. Barros Araújo.

Prodanov, C. C; Freitas, E. C (2013). Metodologia do trabalho científico: método e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Rio Grande do Sul: Contexto.

Krüger, C., & Ramos, L. F. (2020). Comportamento empreendedor, a partir de características comportamentais e da intenção empreendedora. Revista de Empreendedorismo e Gestão Pequenas Empresas, São Paulo, 9 (4) , 528-555.

Ribeiro, M. C., da Cruz, W. S., Procópio, J. G., & Soares, M. C. (2019). Características Empreendedoras dos Profissionais de Contabilidade de Um Município da Amazônia Paraense. Revista Paraense de Contabilidade, 4(3), 64-77.

Sabra, M. A. R., Alves, A. T., Negreiros, M. C. V (2018). Contabilidade e empreendedorismo: de que forma empreendedorismo pode ajudar na valorização profissional do contador? Empreendedorismo, Gestão e Negócios, Amazonas, 7(7), 503-512.

Santos, D. F., de Souza Sobral, F., Correa, M. D., Antonovz, T., & dos Santos, R. F. (2011). Perfil do profissional contábil: estudo comparativo entre as exigências do mercado de trabalho e a formação oferecida pelas instituições de ensino superior de Curitiba. Revista Contemporânea de Contabilidade, 8(16), 137-152.

Santos, L. C., Moreira, G., & Pires, J. G (2015). Perfil empreendedor dos contadores cadastrados na Associação de Contadores de Unaí/MG. FACTU, 12.

Schmidt, P (2000). História do pensamento contábil. Porto Alegre: Bookman.

Schumpeter, J. A (1982). Teoria do Desenvolvimento Econômico: uma investigação sobre lucros, capital, crédito, juro e o ciclo econômico. São Paulo: Abril Cultural.

Souza, A. P., Silva, A. M. L., Moraes, R. R., & Santos, L. D. S. S. (2016). Empreendedorismo e oportunidade de novos negócios para os contadores do estado do Pará. Revista de Administração e Contabilidade-RAC, 3(5).

Tamer, C., Viana, C., Soares, L. A., & Lima, M. (2013). Perfil do profissional contábil demandado pelo mercado de trabalho: um estudo no norte do Brasil. Revista Universo Contábil, 9(3), 143-162.

Published

26/07/2021

How to Cite

MARQUES FILHO, E. G.; CARVALHO, M. L. de; PINHEIRO, M. do S. de S.; FIGUEIREDO, L. S.; ARAGÃO, J. A.; SOUSA, E. A. de; LOPES, A. M. B. The accountant’s view from the perspective of entrepreneurship in accounting offices. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 9, p. e30510917953, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i9.17953. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/17953. Acesso em: 26 sep. 2021.

Issue

Section

Human and Social Sciences