The role of nurses in the sexual education of adolescents

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i14.22498

Keywords:

Adolescent health; Health education; Contraception; Sexually transmitted infections.

Abstract

This study aims to verify the role of nurses in adolescent health care, describing actions taken to help them in cases of early pregnancy, and emphasize the importance of using contraceptive methods to prevent sexually transmitted infections. It is an integrative literature review with articles already published, articles were selected according to the inclusion criteria. After reading and collecting data on the topic, the results showed that adolescents have started sexual intercourse early, despite having knowledge about the subject, there is a percentage of this group vulnerable to sexually transmitted infections, due to the decrease and/or lack of sexual health orientation. Family support and the welcoming of health professionals in cases of early pregnancy is essential to monitor the health of the adolescent and the baby during consultations, in order to prevent risks during pregnancy that lead to future complications. The exchange of information between adolescents and nurses is essential, as it improves the knowledge of young people and brings them closer to health professionals, through educational activities. It is necessary to understand the reality so that there are objective interventions, with positive results and the participation of young people in all dynamism, thus existing dialogue and a moment of reflection on the lived experiences. It is understood that, in order to reduce these problems, it is necessary for nurses to develop techniques of educational actions to awaken the interest of adolescents and maintain an exchange of knowledge between the groups formed, thus providing quality of life and health education.

Author Biographies

Weber de Santana Teles, Centro de Hemoterapia de Sergipe

Doutor em saúde e ambiente

Max Cruz da Silva, Faculdade Pio Décimo

Graduando em enfermagem

Ruth Cristini Torres, Instituto de Hematologia e Hemoterapia de Sergipe

Doutora em saúde e ambiente

Marcel Vinícius Cunha Azevedo, Universidade Tiradentes

Mestre em saúde da família

Taíssa Alice Soledade Calasans, Universidade Tiradentes

Doutora em saúde e ambiente

Maria Hozana Santos Silva, Faculdade Ages de Medicina

Mestrado interdisciplinar em saúde e ambiente

Aline Barreto Hora, Centro Universitário Estácio de Sergipe

Mestre em saúde e ambiente

Ana Fátima Souza Melo de Andrade, Centro Universitário Estácio de Sergipe

Mestre em saúde e ambiente

Ângela Maria Melo Sá Barros, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mestre/doutoranda em enfermagem

Paulo Celso Curvelo Santos Junior, Universidade Tiradentes

Mestre em saúde e ambiente

References

Aparício, G. (2020). Estudo comparativo da percepção de resiliência por pais e crianças/adolescentes. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo. 33(20190178), 1-8.

Belfort, G. P. (2018). Determinantes do baixo peso ao nascer em filhos de adolescentes. Ciência & Saúde Coletiva , Rio de Janeiro. 23(8), 2609-2620.

Brasil. (2019). Estatuto da Criança e do Adolescente: Lei n° 8.069, de 13 de julho de 1990. Conanda. 5-230.

Borges, A. L. V. (2019) O início da vida sexual e contracepção em adolescentes brasileiros. Revista de Saúde Pública, São Paulo. 50(1), 1-11.

Cruz, M. N. M (2019). Vacina hpv: Percepção de adolescentes atendidos em uma unidade básica de saúde do amapá. Enfermagem em Foco. Macapá. 10(2), 136-141.

Felisbino, M. M. S. (2018). Análise dos indicadores de saúde sexual: e reprodutiva de adolescentes brasileiros, 2009, 2012 e 2015. Revista Brasileira de Epidemiologia, São Paulo. 21(1),1-14.

Frizzo, G. B. (2019). Maternidade Adolescente: A Matriz de Apoio e o Contexto de Depressão Pós-Parto. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília. 35(3533), 1-13.

Gonçalves, L. F. F. (2016). Promoção de saúde com adolescentes em ambiente escolar: relato de experiência. Sanare, Ceará. 15(2).

Henriques, B. D., Rocha, R. L., & Madeira, A. M. F. (2010). Saúde do adolescente: o significado do atendimento aos profissionais da atenção primária do município de Viçosa, MG. Revista Médica de Minas Gerais, Minas Gerais. 20(3), 300-309.

Inácio, A. L. R., & Rasera, E. F. (2016). Repetição da "gravidez na adolescência" e do planejamento familiar. Psicologia, Saúde & Doenças, Lisboa. 17(2), 179-188.

Krabbe, E. C. (2016). Escola, Sexualidade, Práticas Sexuais e Vulnerabilidade: Para as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). Revista Interdisciplinar de Ensino Pesquisa e Extensão.4(1).

Levandowski, D. C. (2016). Adolescência e HIV/AIDS: Uma análise bibliométrica da produção científica brasileira no período 1980-2013. Revista Adolescência e Saúde, Rio de Janeiro. 13(1).

Maranhão, T. A. (2017). Repercussão da iniciação sexual na vida sexual e reprodução de jovens de capital do Nordeste brasileiro. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro. 22(12), 4083-4094.

Maranhão, T. A., Gomes, K. R. O., & Barros, I. D. C. (2016). Fatores preditores do abortamento entre jovens com experiência obstétrica. Revista Brasileira de Epidemiologia, São Paulo. 19(3).

Miura, P. O., Tardivo, L. S. D. L. P. C., & Barrientos, D. M. S. (2018). O desamparo vivenciado por mães adolescentes e adolescentes grávidas acolhidas institucionalmente. Ciência saúde coletiva, Rio de Janeiro. 23(5), 1601-1610.

Monteiro, M. D. O. P. (2015). Fatores associados à ocorrência de sífilis em: adolescentes do sexo masculino, feminino e gestantes de um Centro de Referência Municipal/CRM - DST/HIV/AIDS de Feira de Santana, Bahia. Revista Adolescência e Saúde, Rio de Janeiro.12(3), 21-32.

Monteiro, R. S. D. M. (2019). Ações educativas sobre prevenção de HIV/AIDS entre adolescentes em escolas. Enfermería Atual da Costa Rica, San José. 3(37), 206-222,

Neiva, S. L. (2018). Experiência de gravidez e aborto em crianças, adolescentes e jovens em situação de rua. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro. 23(4), 1055-1066.

Ferrari, M. (2008). Paulo Freire, o mentor da Educação para a consciência. Nova Escola.

Perry, P. A. P. A. G. (2012). Fundamentos de Enfermagem. Rio de Janeiro. 3, 1-1445.

Pinheiro, Y. T., Pereira, N. H., & Freitas, G. D. D. M. (2019). Fatores associados à gravidez em adolescentes de um município do nordeste do Brasil. Cadernos saúde coletiva, Rio de Janeiro, 27(4), 363-367.

Pompeo, D. A., Rossi, L. A., & Galvão, C. M. (2009). Revisão integrativa: etapa inicial do processo de validação de diagnóstico de enfermagem. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, 22(4), 434-438.

Brasil. Decreto nº 6.286, de 5 de dezembro de 2007 - Institui o Programa Saúde na Escola - PSE, e dá outras providências.

Queiroz, M. V. O. (2027). Grupo de gestantes adolescentes: contribuições para o cuidado no pré-natal. Revista Gaúcha de Enfermagem. 37(2016), 1-7.

Rêgo, M. H., Cavalcanti, A., & Maia, E. (2018). Resiliência e gravidez na adolescência: uma revisão integrativa. Psicologia, Saúde & Doenças, Lisboa. 19(3), 710-723.

Saúde, M. D. (2013). Caderneta de Saúde da Adolescente: Ministério da Saúde. (2ª. ed.) Brasília: Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde. 4-50.

Silva, J. K. O., Anjos, D. F., Pimentel, P. S., Costa, I. M. G., & Fonseca, J. H. M. Identidade de gênero e orientação sexual: sexualidade no contexto escolar. Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento , [S. l.]. 8(8), e12881182

Schaefer, R. (2018). Políticas de Saúde de adolescentes e jovens no contexto luso-brasileiro: especificidades e aproximações. Abrasco, Rio de Janeiro. 23(9), 2849-2857.

Silva, C. S. O. E. (2016). O adolescente na Estratégia Saúde da Família: uma revisão integrativa de literatura. Adolescência e Saúde, Rio de Janeiro. 13(3), 76-87.

Silva, R. C. D. (2015). O papel do enfermeiro como educador e pesquisador, e a integração entre prática baseada em evidências e educação permanente. Revista interdisciplinar da PUC Minas no Barreiro, Belo Horizonte. 5(10), 417-430.

Souza, M. T. D., Silva, M. D. D., & Carvalho, R. (2010). Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein, São Paulo. 8(1), 102-106.

Published

12/11/2021

How to Cite

RODRIGUES, S. M. da S. S. .; MELO, T. de A. .; SANTOS, C. B. P. .; TELES, W. de S. .; SILVA, M. C. da .; TORRES, R. C. .; AZEVEDO, M. V. C. .; CALASANS, T. A. S. .; SILVA, M. H. S. .; HORA, A. B. .; ANDRADE, A. F. S. M. de .; BARROS, Ângela M. M. S. .; SANTOS JUNIOR, P. C. C. . The role of nurses in the sexual education of adolescents. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 14, p. e503101422498, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i14.22498. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/22498. Acesso em: 12 jul. 2024.

Issue

Section

Health Sciences