Systematic review on Pole Dance

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i3.26470

Keywords:

Pole Dance; Systematic review; Physical exercise; Sport; Physical education.

Abstract

Pole Dance is a physical exercise that uses friction and opposition between the practitioner's body and a vertical bar to perform plastic, static or dynamic figures and postures, with elements of gymnastics and circus acrobatics, composing dances or sequences. acrobatics. This research on Pole Dance aimed to carry out a systematic review of qualitative analysis of articles published in Portuguese, classifying them according to their theme. As a result, it was found that in the case of a sports practice, there are few studies developed in the country. In this study, eighteen studies were selected after a critical analysis, but only two of them were really focused on the hard area (a field of study that in turn encompasses disciplines such as physiology, biomechanics, kinesiology, anatomy, kinematics, among other scientific practices). It became clear that Pole Dance is a female domain practice and that more studies are needed to scientifically support the development of Pole Dance as a practice of physical exercise and sport.

Author Biographies

Daniele Temis Roma Cinti, Universidade Federal de Uberlândia

Graduada em Direito pela Universidade Federal de Uberlândia – UFU. Advogada autônoma desde 2010, com atuação profissional na área de direito de família, empresarial e consumidor. Graduanda em Educação Física pela UFU desde 2019. Atuação com ênfase em Pole Dance. Instrutora de Pole Dance desde 2014, com Capacitação Profissional na Modalidade de Pole Dance Wellness concluída em 13 de novembro de 2016 e ofertada pela Faculdade Inspirar localizada em Curitiba/PR. Bolsista no Programa de Educação Tutorial (PET) do curso de Educação Física da UFU. Idealizadora e coordenadora do I Festival Universitário de Pole Dance, projeto contemplado pelo Programa Institucional de Apoio à Cultura (PIAC) da UFU.

Johann Caldas Teixeira, Universidade Federal de Uberlândia

Graduando em Educação Física - Bacharelado / UFU-MG

Janice Sula Santos, Universidade Federal de Uberlândia

Graduanda em Educação Física pela UFU desde 2016. Instrutora em estúdio próprio de Pole Dance e danças sensuais na cidade de Uberlândia-MG iniciado sua abertura no ano de 2013 e turmas online com alunos de São Paulo-SP e Belo Horizonte-MG. Técnico em serviço público municipal na cidade de Uberlândia-MG pela secretaria municipal de Saúde.

Rafael Mocarzel, Universidade de Vassouras; Universidade Federal do Rio de Janeiro

Dupla nacionalidade: brasileiro e português. Doutorado em Ciências do Desporto na Universidade do Porto (UP / Portugal) onde integra o Centro de Investigação, Formação, Inovação e Intervenção em Desporto da Universidade do Porto (CIFI2D). Integra ainda o Grupo de Psicofisiologia e Performance em Esportes & Combates (UFRJ). Mestrado em Ciências da Atividade Física e Licenciatura Plena em Educação Física (UNIVERSO / Brasil). Membro da Câmara de Lutas e Artes Marciais e da Comissão de Professores de Niterói e Adjacências do CREF-1. Fundador e Ex-Presidente da Associação de Kung-Fu Shaolin de Niterói (AKSN). Ex-Diretor da Federação de Kung-Fu do Estado do Rio de Janeiro (FKFERJ). Professor (Faixa Preta) em 6 estilos de Kung-Fu (Garra de Águia, Tai Chi Chuan, Shuai Jiao, Sanda/Sanshou e Wushu Moderno - Norte & Sul). É professor de cursos de Educação Física da Universidades Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Universidade de Vassouras. Estuda as Artes Marciais em suas diversas áreas de atuação, os Jogos Olímpicos (Olimpismo), a Filosofia e Sociologia dos Esportes, Jogos e Recreação Lúdica, História do Desporto, Terapias Holísticas, Massagens e Meditações. Instrutor de Pilates e Dança. Atua também com Terapias Holísticas e Massagens. Hoje cursa especialização (Lato Sensu) em Acupuntura (ANHANGUERA). Autor de livros, capítulos de livros e artigos no Brasil e no exterior.

References

Achôa, J. F. (2019). A mulher escarlate: uma exposição sobre empoderamento da mulher em espaços urbanos através do pole dance. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação), Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil. Recuperado 22 de fevereiro, 2021, de https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/202421

Almeida, V. L. T. (20016). Percepção dos benefícios da prática da modalidade pole dance fitness. Trabalho de Conclusão de Curso, Centro Universitário de Brasília, Brasília, DF, Brasil. de https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/10653

Baldin, A. E. C., & Menegucci, F. (2017). Vestuário ergonômico para a prática de pole dance: o conforto térmico como requisito projetual. Projética, 8(2). http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/projetica/article/view/27330

Barbanti, V. J. (2006) O que é esporte?. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, (2). 54-58. http://sistemas.eeferp.usp.br/myron/arquivos/7844237/e169c31d328f4fa63211594b6cbf6075.pdf

Brito, I. S. (2018). Pole dance: estudos de Laban aplicados à verticalidade do pole. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade do Estado do Amazonas, Manaus, AM, Brasil. http://repositorioinstitucional.uea.edu.br/handle/riuea/1640

Cilense, I. T. M., & Silva, M. A. R. (2019). Estudo ergonômico no desenvolvimento de vestuário adequado para prática de pole dance. In: L. S. Bertoso (Org.) Na estante da moda 2. Ponta Grossa: Atena, 2019. https://www.atenaeditora.com.br/wp-content/uploads/2019/05/e-book-Na-Estande-da-Moda-2.pdf.pdf.

Confederação Brasileira de Aéreos e Pole Sports. Sobre nós. (2021). https://www.cbaps.org/copia-filiacao

Cury, C. N. (2018). Pole dance: considerações sobre a prática e sua multiplicidade. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil. https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/217421

Federação Brasileira De Pole Dance. Quem somos. (2021). https://www.fbpole.org.br/federacao-brasileira-pole-dance/fbpole

Fernandes, J. M. (2012). Motivo na aderência de mulheres à prática regular de aulas de pole dance na cidade de Criciúma-SC. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade do Extremo Sul Catarinense, Criciúma, SC, Brasil. http://repositorio.unesc.net/handle/1/1476

Ferreira, C. F. (2015). Redescobrindo ser-si-mesmo: a existencialidade de mulheres praticantes de pole dance. Dissertação de mestrado, Universidade Federal do Amazonas, Manaus, AM, Brasil. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4892

Godinho, A. P. (2018). Auto imagem e autoestima de mulheres praticantes de pole dance. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade do Sul de Santa Catarina, Palhoça, SC, Brasil. https://www.riuni.unisul.br/handle/12345/7314

Gomes, I. S., & caminha, I. O. (2014). Guia para estudos de revisão sistemática: uma opção metodológica para as Ciências do Movimento Humano. Movimento, v.20, n.1, pp.395-411, jan/mar de 2014. https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/41542/28358

Gonçalves, A. C. (2017). “Viva o matriarcado pole dance” - uma etnografia das relações entre corpo, gênero e cidade na prática do pole dance. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ, Brasil. Recuperado em 22 de fevereiro, 2021, de https://app.uff.br/riuff/handle/1/6873

International Pole Sports Federations. Disciplines of Pole. http://www.polesports.org/world-pole/pole-disciplines/

IV Congresso Brasileiro Inspirar De Pole Dance Wellness. http://faculdadeinspirar.com.br/poledance/o-congresso/grazzy-brugner

Mattes, V., Lopes, E. R., & Medeiros, T. E. (2018). Motivação para prática do Pole Dance como atividade física por mulheres. Saúde em Revista, 18(49), https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/sr/article/view/3795

Oliveira, A. K. S. (2016). Pole dance: contextos e aproximações com os estudos de Rudolf Laban. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil. https://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2943

Pereira, T. C. F. (2015). A experiência do corpo no pole dance: por uma dimensão carnal do conhecimento. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal de São Paulo, Santos, SP, Brasil. de https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53275

Pole Sports & Arts World Federation. The Federation. https://www.posaworld.org/the-federation/

Rizzo, D. T. S., Melo, R. Z., Sousa, A. P. M., & Golin, C. H. (2019). O ensino do Pole dance na escola: desafios e possibilidades. Revista FSA, 16(6). http://www4.unifsa.com.br/revista/index.php/fsa/article/view/1875

Rizzo, D. T. S., Sousa, A. P. M., Golin, C. H., & Aranha, A. C. M. (2020). Pedagogia desportiva e o ensino da dança do varão na escola: uma pesquisa-ação sobre os impactos nas aulas de educação física. Revista Brasileira de Educação, Tecnologia e Sociedade, 13(1). http://www.brajets.com/index.php/brajets/article/view/689

Rosin, R., Bortoluzzi, R., Roncada, C., & Tiggemann, C. L. (2017). Comparação da força, flexibilidade e resistência de mulheres praticantes de treinamento de força e praticantes de pole dance. Revista brasileira Ciência e Movimento, 25(3). https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/18/pdf

Sampaio, R.F., & Mancini, M.C. (2007). Estudos de revisão sistemática: um guia para síntese criteriosa da evidência científica. Revista Brasileira de Fisioterapia. São Carlos, 11(1), 83-89. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-35552007000100013&lng=en&nrm=iso

Santos, R. O. (2018). Pole dance: dança ou esporte?. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil. https://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/8665

Silva, J. M. (2017). Respostas fisiológicas induzidas pela prática de pole dance. Trabalo de Conclusão de Curso de Especialização, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brasil. de https://www.acervodigital.ufpr.br/handle/1884/54704.

Sindicato Dos Profissionais De Dança Do Estado Do Rio De Janeiro. Apostila de conteúdo e referência para a prova teórica de Pole Dance. https://spdrj.com.br/wp-content/uploads/sites/150/2019/09/APOSTILA-DE-POLE-DANCE.pdf

Published

14/02/2022

How to Cite

CINTI, D. T. R. .; TEIXEIRA, J. C. .; SANTOS, J. S. .; MOCARZEL, R. Systematic review on Pole Dance. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 3, p. e11711326470, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i3.26470. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/26470. Acesso em: 19 jun. 2024.

Issue

Section

Health Sciences