Spatio-temporal analysis of the expansion of soybean cultivation in Uruçuí - Piauí

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i6.29174

Keywords:

Cerrado; Digital image processing; MapBiomas.

Abstract

From the 1970s onwards, agribusiness in Brazil expanded, giving rise to the growth of agricultural production. The state of Piauí, in this context, began its process of agricultural modernization with the expansion of grains cultivation- mainly soybeans - in areas of the cerrado, a practice that was consolidated in the 1990s. One of the prominent municipalities in the state's soybean production is Uruçuí, and in view of the importance of agribusiness in the Gross Domestic Product (GDP), this research was developed with the objective of analyzing and highlighting the evolution of soybean cultivation in Uruçuí, using technologies such as geographic information systems and the digital processing of remote sensing images, between 1985 and 2020. For that, it started with a bibliographic and cartographic investigation. A survey of production data was conducted on the website of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE), using maps of land cover and use, statistical data and mosaics from collection 6 of the MapBiomas system, relating to the period. The consolidation of land productive modernization and the changes in the landscapes derived from agriculture in Uruçuí in the last 20 years have been confirmed, with emphasis on the production of soy. Furthermore, it was verified the geotechnologies agility and precision in the automatic capture of data related to the terrestrial surface for the management, analysis, and presentation of the generated information, which can be of great benefit to rural development policies and to the growth of the agribusiness in a sustainable way.

Author Biographies

João Victor Vieira Rocha, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Bacharel de Engenharia Cartográfica e de Agrimensura 

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Análise e Planejamento Espacial - MAPEPROF do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí, Brasil

Bolsita de Pós-Graduação da CAPES/FAPEPI

Valdira de Caldas Brito Vieira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Doutora em Agronomia

Pós-Doutora em Sensoriamento Remoto

Membro Titular Fundador da Academia de Ciências do Piauí

Professora do curso de Tecnologia em Geoprocessamento do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Professora do Programa de Pós-Graduação em Análise e Planejamento Espacial do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Antônio Joaquim da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Doutor em Desenvolvimento e meio Ambiente

Professor do Curso de Geoprocessamento do Instituto Fedral de Educação Ciência e Tecnologia do Piauí

Professor do Programa de Pós-Graduação em Análise e Planejamento Espacial MAPEPROF do Instituto Fedral de Educação Ciência e Tecnologia do Piauí

References

Aguiar, T. J. A., & Monteiro, M. S. L. (2005). Modelo agrícola e desenvolvimento sustentável: a ocupação do Cerrado piauiense. Ambiente e Sociedade, 08(02), 1-18.

Almeida, P.D.C. Ranzula, G.P. & Ranzula, L.A. (2021) Apontamentos sobre a expansão do agronegócio da soja no decênio 2010 - 2019 no Município de Pontes e Lacerda-MT. Research, Society and Development, 10(14), e238101421938. DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i14.21938

Brasil. Serviço Geológico do Brasil – CPRM. Ministério de Minas e Energia. (2006). Mapa geológico do estado do Piauí (2a ed.). Teresina.

Conab. Companhia Nacional de Abastecimento. 12° Levantamento - Safra 2019/20. Brasília, 2020. https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/graos/ boletim-da-safra-de-graos/item/14173-12-levantamento-safra-2019-20.

Hirakuri, M. H., & Lazzarotto, J. J. (2014). O agronegócio da soja nos contextos mundial e brasileiro. Embrapa Soja: Londrina.

Ibge. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2019). Cidades: Uruçuí. https://cidades.ibge.gov.br.

Mapbiomas. (2021a) Coleção v6.0 da série anual de mapas de cobertura e uso de solo do Brasil. http://mapbiomas.org.

Mapbiomas. (2021b) Estatística de acurácia. https://mapbiomas.org/estatistica-de-acuracia.

Monteiro, M. S. L. (2002). Ocupação do cerrado piauiense: estratégia empresarial e especulação fundiária. (Tese de Doutorado em Economia). Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

Neves, S. M., Barbosa, A. M. F., & Melo e Sousa, R. (2015). Análise geoambiental do município de Uruçuí - PI. Revista de Geografia UFPE, Recife, 32(1), 151-166.

Pessôa, V. L. S. (2013). O Cerrado, antes dos “inhambus, das juritis, das seriemas” agora do agronegócio? In: Ferreira, A., Rua, J., Marafon, G. J., & Silva, A. C. P. (Org.). Metropolização do espaço: gestão territorial e relações urbano-rurais. Rio de Janeiro: Consequência.

Rodriguez, J. M. M., Silva, E. V., & Cavalcanti, A. P. B. (2013). Geoecologia das paisagens: uma visão geossistêmica da análise ambiental. 4. ed. Fortaleza: UFC, 2013.

Santos, I. E. (2012). Manual de métodos e técnicas de pesquisa científica (9a ed.). Niterói: Impetus.

Siani, S.R. & Hayashi, C. (2021) Transformações urbanas no sudeste do Pará e os impactos recentes trazidos pelas fazendas de soja. Research, Society and Development, 10(10), e47101018416, DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i10.184.

Silva, A. J. Dinâmicas e dilemas da agricultura empresarial na fronteira agrícola piauiense. Sociedade e Território, Natal, 31(1), 116-138, jan./jun. 2019.

Uruçuí (Município).(2021). Conheça Uruçuí - PI. https://urucui.pi.gov.br/nossa-historia.

Published

30/04/2022

How to Cite

ROCHA, J. V. V. .; VIEIRA, V. de C. B. .; SILVA, A. J. da . Spatio-temporal analysis of the expansion of soybean cultivation in Uruçuí - Piauí. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 6, p. e37411629174, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i6.29174. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/29174. Acesso em: 3 jul. 2022.

Issue

Section

Exact and Earth Sciences