Perception of pregnant women with syphilis about prenatal care in the municipality of Floriano, Piauí

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.29557

Keywords:

Congenital syphilis; Pregnant women; Nurses; Primary health care.

Abstract

Understanding the perception of pregnant women reported with syphilis or who had children exposed or reported with Congenital Syphilis about prenatal care is extremely important for improving the care offered by the health service. Methods: This is a descriptive, cross-sectional, analytical study, with a qualitative approach, carried out in the city of Floriano, Piauí, covering the years 2016 to 2020. 24 cases of pregnant women with Syphilis were identified, of which only 10 agreed to participate of the interview. Of the participants, 07 reported being in a stable union, with only 03 single. Regarding education, 05 had completed elementary school, and 5 had completed high school. Family income of up to one minimum wage was reported by all women, working only in domestic services and/or in their homes. The study allowed a deeper analysis in relation to the feeling and meanings of syphilis for pregnant women. As well as the service and care performed and offered. Most of the interviewees performed the test for the detection of syphilis and had no difficulty with the treatment, as well as the support of the partner.

References

Almeida, J. M. D. (2008). Projeto transmissão vertical zero: expectativas e ações de pais soropositivos para o HIV à espera do diagnóstico do filho (Doctoral dissertation, Universidade de São Paulo).

Anjos, K. F., & Santos, V. C. (2009). < b> Sífilis: Uma Realidade Prevenível. Sua Erradicação, um Desafio Atual. Saúde e Pesquisa, 2(2), 257-263.

Araújo, E. C., Monte, P. C. B., & Haber, A. N. C. A. (2018). Avaliação do pré-natal quanto à detecção de sífilis e HIV em gestantes atendidas em uma área rural do estado do Pará, Brasil. Revista Pan-Amazônica de Saúde, 9(1), 7-7.

Brasil, Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico Secretaria de Vigilância em Saúde (2017). https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2017/setembro/06/2017_027.pdf

Brasil, Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico Secretaria de Vigilância em Saúde (2019). https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2019/setembro/25/boletim-especial-21ago19-web.pdf

Brasil, Ministério da Saúde. Realização do Teste Rápido para HIV e Sífilis na atenção básica e aconselhamento em DST/Aids da Rede (2012). http://revista.iec.gov.br/submit/index.php/rpas/article/view/349

Brasil, Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Atenção Integral às Pessoas com Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), Secretaria de Vigilância em Saúde (2018). https://www.scielo.br/j/ress/a/SwXRF6pXG3hX58K86jDSckv/abstract/?lang=pt

Cabral, B. T. V., da Costa Dantas, J., da Silva, J. A., & de Oliveira, D. A. (2017). Sífilis em gestante e sífilis congênita: um estudo retrospectivo. Revista ciência plural, 3(3), 32-44.

Campos, A. L. D. A., Araújo, M. A. L., Melo, S. P. D., Andrade, R. F. V., & Gonçalves, M. L. C. (2012). Syphilis in parturients: aspects related to the sex partner. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, 34, 397-402.

Cardoso, A. R. P., Araújo, M. A. L., Cavalcante, M. D. S., Frota, M. A., & Melo, S. P. D. (2018). Análise dos casos de sífilis gestacional e congênita nos anos de 2008 a 2010 em Fortaleza, Ceará, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 23, 563-574.

Cesar, J. A., Camerini, A. V., Paulitsch, R. G., & Terlan, R. J. (2020). Não realização de teste sorológico para sífilis durante o pré-natal: prevalência e fatores associados. Revista Brasileira de Epidemiologia, 23.

Costa, C. C. D., Freitas, L. V., Sousa, D. M. D. N., Oliveira, L. L. D., Chagas, A. C. M. A., Lopes, M. V. D. O., & Damasceno, A. K. D. C. (2013). Sífilis congênita no Ceará: análise epidemiológica de uma década. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 47(1), 152-159.

Domingues, R. M. S. M., & Leal, M. D. C. (2016). Incidência de sífilis congênita e fatores associados à transmissão vertical da sífilis: dados do estudo Nascer no Brasil. Cadernos de Saúde Pública, 32, e00082415.

Duarte, S. J. H., & de Almeida, E. P. (2014). O papel do enfermeiro do programa saúde da família no atendimento pré-natal. Revista de Enfermagem do Centro-Oeste Mineiro.

Godinho, M. L. M., Dias, M. V., Barlem, E. L. D., Barlem, J. G. T., Rocha, L. P., & Ferreira, A. G. (2018). Diretivas antecipadas de vontade: percepção acerca da aplicabilidade no contexto neonatal e pediátrico. Revista de Enfermagem da UFSM, 8(3), 475-488.

Hildebrand, V. L. P. C. (2010). Sífilis congênita: fatores associados ao tratamento das gestantes e seus parceiros.

Holztrattner, J. S., Linch, G. F. C., Paz, A. A., Gouveia, H. G., & Coelho, D. F. (2019). Sífilis congênita: realização do pré-natal e tratamento da gestante e de seu parceiro. Cogitare Enfermagem, 24.

Horta, H. H. L., Martins, M. F., Nonato, T. F., & Alves, M. I. (2017). Pré-natal do parceiro na prevenção da sífilis congênita. Revista de APS, 20(4)

Lima, V. C., Mororó, R. M., Feijão, D. M., Frota, M. V. V., Martins, M. A., Ribeiro, S. M., & Linhares, M. S. C. (2016). Percepção de mães acerca da sífilis congênita em seu concepto. Espaço para a Saúde, 17(2), 118-125.

Magalhães, D. M. D. S., Kawaguchi, I. A. L., Dias, A., & Calderon, I. D. M. P. (2013). Sífilis materna e congênita: ainda um desafio. Cadernos de Saúde Pública, 29(6), 1109-1120.

Moreira, K. F. A., Oliveira, D. M., de Alencar, L. N., Cavalcante, D. F. B., Pinheiro, A. S., & Orfão, N. H. (2017). Perfil dos casos notificados de sífilis congênita. Cogitare Enfermagem, 22(2).

Mororó, R. M. (2015). A Percepção dos enfermeiros da estratégia de saúde da família acerca do seguimento da sífilis congênita. Revista Saúde. com, 11(4), 324-336.

Nascimento, D. D. S. F., Silva, R. C., Tártari, D. O., & Cardoso, É. K. (2018). Relato da dificuldade na implementação de teste rápido para detecção de sífilis em gestantes na Atenção Básica do SUS em um município do Sul do Brasil. Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, 13(40), 1-8.

Nunes, J. N., Marinho, A. C. V., Davim, R. M. B., Silva, G. G. O., Felix, R. S., & Martino, M. M. F. (2017). SYPHILIS IN GESTATION: PERSPECTIVES AND NURSE CONDUCT. Journal of Nursing UFPE/Revista de Enfermagem UFPE, 11(12).

OMS, Organização Mundial de Saúde (2008). Eliminação mundial da sífilis congênita: fundamento lógico e estratégia para ação. https://www.who.int/reproductivehealth/publications/rtis/9789241595858/pt/

Padovani, C., Oliveira, R. R. D., & Pelloso, S. M. (2018). Sífilis na gestação: associação das características maternas e perinatais em região do sul do Brasil. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 26.

Santos, T. M. V. (2018). Percepção de gestantes acerca do impacto da sífilis na gestação.

Silva, D. M. A. D., Araújo, M. A. L., Silva, R. M. D., Andrade, R. F. V., Moura, H. J. D., & Esteves, A. B. B. (2014). Knowledge of healthcare professionals regarding the vertical transmission of syphilis in Fortaleza-CE, Brazil. Texto & Contexto-Enfermagem, 23, 278-285.

Silva, J. G. D. (2018). Repercussões do diagnóstico de Sífilis Congênita na criança para os familiares cuidadores (Master's thesis).

Vasconcelos, M. I. O., Oliveira, K. M. C., Magalhães, A. H. R., Guimarães, R. X., Linhares, M. D. S. C., Queiroz, M. V. O., & Albuquerque, I. M. A. N.

(2016). Sífilis na gestação: estratégias e desafios dos enfermeiros da atenção básica para o tratamento simultâneo do casal. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, 29, 85-92.

Viellas, E. F., Domingues, R. M. S. M., Dias, M. A. B., Gama, S. G. N. D., Theme Filha, M. M., Costa, J. V. D., ... & Leal, M. D. C. (2014). Assistência pré-natal no Brasil. Cadernos de saúde pública, 30, S85-S100.

Who. Global guidence on criteria and processes for validation: elimination of mother-to-child tranmission (EMTCT) of HIV and syphilis. Geneva: World Health Organization (2014). https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5096356/

Published

30/05/2022

How to Cite

SILVA, A. M. C. S. da .; SILVA, A. J. S. da .; OLIVEIRA, M. D. de .; SILVA , A. P. da .; RODRIGUES, J. A. .; RÊIS, S. A. A. M.; SILVA, F. M. da .; BALDOINO, A. C. de S. .; CATRIB, A. M. F. . Perception of pregnant women with syphilis about prenatal care in the municipality of Floriano, Piauí . Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e42711729557, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.29557. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/29557. Acesso em: 21 feb. 2024.

Issue

Section

Health Sciences