The importance of food for children in the first two years of life

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.29822

Keywords:

Eating habits; Breastfeeding; Completary feeding; Teaching.

Abstract

Introduction: The early introduction of inadequate complementary feeding can lead to the occurrence of diseases and infant morbidity and mortality, with the chance of increasing early weaning. This study aims to raise awareness among parents about the importance of breastfeeding and healthy eating, providing greater knowledge and healthy practices. Methodology: This is a bibliographic review, sites such as SciELO (Scientific electronic library online), Pubmed (National Library of Medicine), government sectors such as MS (Ministry of Health), WHO (World Health Organization, scientific journals and books) were used. To search for articles, the following descriptors were used: complementary feeding; eating habits; breastfeeding; food consumption; micronutrients. Result and discussions: the study shows the importance of a healthy diet during the first years of life, as it contributes to child development, in addition to preventing the occurrence of diseases such as obesity and anemia during childhood. It was also possible to observe the influence of parents on the eating habits of children in the age group of the study, so it is important that there are public policies for nutritional education as a way of informing parents about healthy eating.

References

Almeida Vaz, M., Garcia de Oliveira, G., Souza Pinheiro, M., & Ferreira de Medeiros, E. F. (2017). Suplementação na infância e a prevenção da carência de micronutrientes: Artigo de revisão. Revista de Medicina e Saúde de Brasília, 6(1), 116-131.

Amaral, J. T. D. (2017). Alimentação complementar e estado nutricional em lactentes de 0 a 30 meses de vida. [Monografia]. Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/4834

Bento, A. (2012). Como fazer uma revisão da literatura: Considerações teóricas e práticas. Revista JA (Associação Académica da Universidade da Madeira), 7(65), 42-44.

Brasil, R. (2013). Educação nutricional de pré-escolares: consumo de alimentos ricos em ferro e vitamina C. [Dissertação de Mestrado em Nutrição e Alimentos]. Universidade Federal de Pelotas.

Brasil. Ministério da Saúde (2010). Dez passos para uma alimentação saudável: guia alimentar para crianças menores de dois anos: um guia para o profissional da saúde na atenção básica. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica – Brasília.

Brasil. Ministério da Saúde. (2013a). Manual de condutas gerais do Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A. Brasília.

Brasil. Ministério da Saúde. (2013b). Programa Nacional de Suplementação de Ferro: manual de condutas. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Brasília.

Brasil. Ministério da Saúde. (2019). Guia alimentar para crianças brasileiras menores de 2 anos. Secretaria de Atenção Primaria à Saúde. Departamento de Promoção da Saúde - Brasília

Brasil. Ministério da Saúde. NutriSUS. (2015). Estratégia de fortificação da alimentação infantil com micronutrientes (vitaminas e minerais) em pó: manual operacional / Ministério da Educação. Brasília.

Brizola, J. & Fantin, N. (2016). Revisão da literatura e revisão sistemática da literatura. Revista de Educação do Vale do Arinos-RELVA, 3(2), 23-39.

Calheiros, Monique Suiane Cavalcante. (2017). Efetividade do nacional de suplementação de: estudo de base populacional com lactantes de 6 a 18 meses dos estados de Alagoas. [Dissertação Mestrado em Nutrição]. Universidade Federal de Alagoas.

Cançado, R. D., Lobo, C., & Friedrich, J. R. (2010). Tratamento da anemia ferropriva com ferro por via oral. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, 32, 114-120.

Carvalho, C. A. D., Fonsêca, P. C. D. A., Priore, S. E., Franceschini, S. D. C. C., & Novaes, J. F. D. (2015). Consumo alimentar e adequação nutricional em crianças brasileiras: revisão sistemática. Revista Paulista de Pediatria, 33, 211-221.

Dallazen, C., Silva, S. A. D., Gonçalves, V. S. S., Nilson, E. A. F., Crispim, S. P., Lang, R. M. F. & Vítolo, M. R. (2018). Introdução de alimentos não recomendados no primeiro ano de vida e fatores associados em crianças de baixo nível socioeconômico. Cadernos de Saúde Pública, 34.

Daré, J. B. N., Freitas, L. B. D., Fideli, L. D. S., Araújo, T. F. D. O., & Dutra, W. F. (2021). Importância da alimentação para crianças nos primeiros dois anos de vida. Revista Multidisciplinar em Saúde, 2(3), 98. https://doi.org/10.51161/rems/1510.

Dias, M. C. A. P., Freire, L. M. S., & Franceschini, S. D. C. C. (2010). Recomendações para alimentação complementar de crianças menores de dois anos. Revista de Nutrição, 23(3), 475-486.

Farias, P. K. S., Silva, V. S., Silveira, M. F., Caldeira, A. P., & Pinho, L. D. (2015). Consumo habitual de alimentos fonte de vitamina A em pré-escolares da zona rural no Norte de Minas Gerais. Revista de Nutrição, 28, 533-542.

Gurmini, J., Porello, É. B., Belleza, M. S. S., Silva, K. N., & Kusma, S. Z. (2017). Análise da alimentação complementar em crianças entre 0 e 2 anos de escolas públicas. Revista Médica da UFPR, 4(2), 55-60. https://www.scielo.br/j/ape/a/z7zZ4Z4GwYV6FR7S9FHTByr/?format=pdf&lang=pt

Jaime, P. C., Silva, A. C. F. D., Lima, A. M. C. D., & Bortolini, G. A. (2011). Ações de alimentação e nutrição na atenção básica: a experiência de organização no Governo Brasileiro. Revista de Nutrição, 24(6), 809-824.

Lamounier, J. A. (2011). Alimentação e nutrição da criança no século XXI. Revista Médica de Minas Gerais, 21(3), S1-S144.

Lima, A. T. A., Lima, C. L. S., Barboza, A. A. A., Lima, V. S. de, Viana, K. K. G., & Lira, S. M. (2020). Influência da introdução alimentar precoce para o desenvolvimento da obesidade infantil: uma revisão de literatura. Research, Society and Development, 9(8), e56984925. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i8.4925

Lopes, W. C., Marques, F. K. S., Oliveira, C. F. D., Rodrigues, J. A., Silveira, M. F., Caldeira, A. P., & Pinho, L. D. (2018). Alimentação de crianças nos primeiros dois anos de vida. Revista Paulista de Pediatria, 36, 164-170.

Marques, L.M; Nunes, M.J.C; Almeida, M. (2016). Suplementação de Vitamina A. Um olhar simplificado e explicativo de como agir dentro do programa para o Estado de Goiás / Secretaria de Estado da Saúde de Goiás. Superintendência de Vigilância em Saúde. Coordenação de Vigilância Nutricional – Goiás. https://www.saude.go.gov.br/images/imagens_migradas/upload/arquivos/2016-06/cartilha-vitamina-a-1

Marques, M. F., Marques, M. M., & Xavier, E. R. (2012). Fortificação de alimentos: uma alternativa para suprir as necessidades de micronutrientes no mundo contemporâneo. HU Revista, 38 (1 e 2), 29-36.

Melo, K. M., Cruz, A. C. P., Brito, M. F. S. F., & Pinho, L. D. (2017). Influência do comportamento dos pais durante a refeição e no excesso de peso na infância. Escola Anna Nery, 21. https://doi.org/10.1590/2177-9465-EAN-2017-0102

Moraes, D; Dubri, J, et al. (2013). Saúde e nutrição na primeira infância. Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente. Recife. https://www.fadc.org.br/sites/default/files/2019-08/saude-nutricao-primeira-infancia.pdf

Nunes, L. M. (2015). Importância do aleitamento materno na atualidade. Boletim científico de pediatria. Porto Alegre. 4(3), 55-58. http://hdl.handle.net/10183/184239

Oliveira, A. M., & da Silva Oliveira, D. S. (2019). Influência parental na formação de hábitos alimentares na primeira infância–revisão da literatura. Revista Eletrônica da Estácio Recife, 5(2).

Oliveira, B. B., Parreira, B. D. M., & da Silva, S. R. (2014). Introdução da alimentação complementar em crianças menores de um ano: vivência e prática de mães. Revista de Enfermagem e Atenção á Saúde, 3(1), 2-13. https://doi.org/10.18554/

Oliveira, M. F.; AVI, C. M. (2017). A importância nutricional da alimentação complementar. Revista Ciências Nutricionais Online, 1(1), 36-45.

Pedraza, D. F., & de Queiroz, D. (2011). Micronutrientes no crescimento e desenvolvimento infantil. Journal of Human Growth and Development, 21(1), 156-171. https://www.unifafibe.com.br/revistasonline/arquivos/cienciasnutricionaisonline/sumario/46/27032017152234.

Philippi, S. T.; Alvarenga, M.; & Scagliusi, F. B. (2011). Nutrição e transtornos alimentares: avaliação e tratamento. Barueri. Manole. https://repositorio.usp.br/item/002203773

Pinto, H. A., Jaime, P. C., & Lima, A. M. C. (2013). Programa Nacional de Suplementação de Ferro: manual de condutas gerais.Ministério da Saúde. Brasília.

Rinzler, C.A. (2011). Nutrição para leigos: tornando tudo mais fácil. (4a ed.), Alta Books.

Rother, E. T. (2007). Revisão sistemática X revisão narrativa. Acta Paulista de Enfermagem, 20(2).

Sales de Azevedo, M. M., Coelho Cabral, P., Diniz, A. D. S., Fisberg, M., Fisberg, R. M., & Grande de Arruda, I. K. (2010). Deficiência de vitamina A em pré-escolares da cidade do Recife, Nordeste do Brasil. Archivos Latinoamericanos de Nutrición, 60(1), 36-41.

http://ve.scielo.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-06222010000100006&lng=es&tlng=pt

SBEM. Sociedade Brasileira de Endrocrinologia e Metabologia. (2018). Guia Para a alimentação de crianças até dois anos. https://www.endocrino.org.br/guia-para-a-alimentacao-de-criancas-ate-dois-anos/

Silva, D. I. S., Barbosa, A. de L. de O., Santana, A. L., Santos, R. V. C. dos, Souza, V. C. G. B. de, Farias, J. V. C., & Farias, I. C. C. (2020). A importância do aleitamento materno na imunidade do recém-nascido. Research, Society and Development, 9(7), e664974629. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i7.4629

Silva, F. N., Santos, G. M., & Santos, J. A. (2021). Método baby-ledweaning como estratégia para introdução alimentar. Revista de Trabalhos Acadêmicos da FAM, 6(1).

Silva, G. A., Costa, K. A., & Giugliani, E. R. (2016). Infant feeding: beyond the nutritional aspects. Jornal de pediatria, 92, 2-7.

Vieira, G. O., Silva, L. R., Vieira, T. D. O., Almeida, J. A. G., & Cabral, V. A. (2004). Hábitos alimentares de crianças menores de 1 ano amamentadas e não-amamentadas. Jornal de Pediatria, 80(5), 411-416.

Willrich, N. M. (2018). Introdução da alimentação complementar em lactentes de uma cidade da Serra Gaúcha. [Trabalho de Conclusão de Curso/Bacharelado em Nutirção]. Universidade de Caxias do Sul.

Published

22/05/2022

How to Cite

CARDOSO, E. R. .; FERREIRA, J. C. de S. . The importance of food for children in the first two years of life. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e24611729822, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.29822. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/29822. Acesso em: 6 jul. 2022.

Issue

Section

Review Article