Environmental impacts in Juazeirinho-PB: analysis of the Mucutú reservoir after human intervention

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.30290

Keywords:

Environmental impacts; Geographic space; Human intervention.

Abstract

It is known that the northeast region has regional subdivisions classified as Meio-Norte, Sertão, Agreste and Zona da Mata, where the main characteristic that differentiates them is the climatic conditions that corroborate the economic, population and vegetation differences. In this perspective, this work focuses on the northeastern Sertão sub-region, which is inserted in the so-called drought polygon, which has long periods of drought that contribute to low agricultural productivity and drought in the region. As a means of hiding the difficulties arising from such characteristics, for a long period there were government actions for the implementation of dams in order to circumvent the drought, for example, the Mucutú dam in the municipality of Juazeirinho-PB. However, despite the benefits to the population with access to the dammed waters in the dams, they generate several environmental impacts that arise during their construction. Therefore, the objective of this work was to analyze the environmental impacts recorded in the Mucutú weir located in the city of Juazeirinho-PB after anthropic interventions of extraction of materials such as clay and rocks for works of the dam of the weir, and destruction of the local vegetation by immersion in the water where losses of soil material and vegetation can be identified. The study was covered by means of a case study methodology with method (CHECKLIST), with the resources of in loco investigation with open interviews carried out with local residents, fieldwork and bibliographic research with the reading of some authors who cover such themes in their studies. The results obtained in the research were the degradation problems found in the dam activities carried out by anthropic action, where soil problems, water pollution, in addition to landscape degradation and damage to the local nature were found. It is concluded that it is of fundamental importance to use projects that are concerned with environmental maintenance and integrity even before carrying out any humanistic action.

References

Barcelos, T. S., de Macedo, C. M., Outeiro, G. M., & Freitas M. L. (2019). Análise interdisciplinar da questão mineral e suas barragens de rejeito. DRd-Desenvolvimento Regional em debate, 9, 366-386.

Bezerra, B. B., Papini, J. D. A. C., & Noda, R. K. (2021). Tributação ecológica e políticas públicas: uma avaliação diagnóstica do Programa IPTU Verde de Salvador (Doctoral dissertation).

Carvalho, J. R. M. D., Curi, W. F., Carvalho, E. K. M. D. A., & Curi, R. C. (2011). Proposta e validação de indicadores hidroambientais para bacias hidrográficas: estudo de caso na sub-bacia do alto curso do Rio Paraíba, PB. Sociedade & Natureza, 23, 295-310.

Correia, C. D. S. (2019). Evolução do ecoturismo no Brasil: de 1993 a 2003.

Costa, A. R. F. C., & de Medeiros, J. F. (2017). Água salina como alternativa para irrigação de sorgo para geração de energia no Nordeste brasileiro. Water Resources and Irrigation Management-WRIM, 6(3), 169-177.

Costa, A. D. S., Nascimento, A. V. D., Cruz, E. B., Terra, L. L., & Ramalho, M. (2013). O uso do método estudo de caso na Ciência da Informação no Brasil.

Costa, M.V.; Chaves, P.S.V; Oliveira, F.C. (2005). Uso das Técnicas de Avaliação de Impacto Ambiental em Estudos Realizados no Ceará. In: XXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, Anais. Rio de Janeiro.

Dresch, A., Lacerda, D. P., & Miguel, P. A. C. (2015). Uma análise distintiva entre o estudo de caso, a pesquisa-ação e a design science research. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, 17(56), 1116-1133.

FARIAS, Roger Bráulio de Souza. A grande seca de 1979-1983: Estado, oligarquias, frentes de emergência e resistência camponesa em São João do Cariri - PB. 2018. 88f. (Trabalho de Conclusão de Curso – Monografia), Curso de Licenciatura em Educação do Campo, Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, Universidade Federal de Campina Grande, Sumé – Paraíba – Brasil, 2018.

Gonçalves, Luiz Felipe de Oliveira. (2019). De uma pequena cidade a centro regional das baixadas litorâneas: transformações do espaço urbano e o processo de segregação socioespacial em Cabo Frio (RJ). 2019. 85 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geografia) ─ Universidade Federal Fluminense, Niterói.

Maffezzolli, E. C. F., & Boehs, C. G. E. (2008). Uma reflexão sobre o estudo de caso como método de pesquisa. Revista da FAE, 11(1).

Medeiros, Roselice Duarte. (2010. Proposta metodológica para Avaliação de Impacto Ambiental aplicada a projetos de usinas eólio-elétricas. Dissertação de Mestrado – Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo, São Paulo.

Moretto, R. L. (2012). Análise dos efeitos da vegetação na proteção de taludes rodoviários e proposição de alternativas de revegetação na BR-386.

Pádua, E. M. M. (2019). Metodologia da pesquisa: abordagem teórico-prática. Papirus Editora.

Pereira, J. A. V., Silva, J., & Duarte, S. M. A. (2019). Análise ambiental da bacia de drenagem do açude Mucutú/PB utilizando sensoriamento remoto. Revista Brasileira de Geografia Física, 12(3), 1017-1038.

Ribeiro, Hildaíres Araújo. (2015). A comunidade de Aguapaba: impacto socioambiental e direitos humanos na construção da barragem de Acauã. 2015. 179f. (Dissertação de Mestrado em Recursos Naturais), Programa de Pós-graduação em Recursos Naturais, Centro de Tecnologias e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande – Paraíba – Brasil.

Ruschmann, D. (2016). Turismo e planejamento sustentável: a proteção do meio ambiente. Papirus editora.

Santana, V. L., Arsky, I. D. C., & Soares, C. C. S. (2011). Democratização do acesso à água e desenvolvimento local: a experiência do Programa Cisternas no semiárido brasileiro. Anais do I circuito de debates acadêmicos.

Sanchez, L.E. (2013). Avaliação de Impacto Ambiental: conceitos e métodos. São Paulo: Oficina de textos.

Silva, E. G., & de Meneses, L. F. (2011). Inventário de Geosítios como subsídio para o Geoturismo no Município de Gurjão, PB. Revista Brasileira de Ecoturismo (RBEcotur), 4(3).

Souza Segundo, E. N. D. (2019). Aplicativo mobile de dados pluviométricos e volume dos reservatórios do Estado da Paraíba: ÁguasPB.

Toledo, L. A., & Farias S.; G. (2009). Estudo de caso em pesquisas exploratórias qualitativas: um ensaio para a proposta de protocolo do estudo de caso. Revista da FAE, 12(1).

Trindade, F. S., & Maia, J. C. (2018). A aplicabilidade da avaliação de impactos ambientais (aia) para empresas de pequeno porte: estudo dirigido às oficinas mecânicas em São Paulo–SP. INOVAE-J ournal of Engineering, Architecture and Technology Innovation (ISSN 2357-7797), 6(1), 207-234.

Yin, R. K. (2015). Estudo de Caso-: Planejamento e métodos. Bookman editora.

Published

03/06/2022

How to Cite

SANTOS, M. J. R. .; BORGES, I. M. S. .; FERNANDES , A. C. G. .; SILVA, E. C. B. da .; MARTINS, M. S. .; SILVA, J. A. da . .; SILVA, J. A. .; CAMPOS , G. O. .; MACIEL , J. K. V. S. .; ANJOS , N. L. dos . Environmental impacts in Juazeirinho-PB: analysis of the Mucutú reservoir after human intervention. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e52511730290, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.30290. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/30290. Acesso em: 4 jul. 2022.

Issue

Section

Exact and Earth Sciences