Profile of amebiasis and its relationship with basic sanitation indicators in Brazil: emergency context between 2010 and 2021

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.30435

Keywords:

Amebiasis; Sanitation; Health indicators.

Abstract

Objective: To evaluate the morbimortality profile of amebiasis and its relationship with basic sanitation indicators in Brazil, between 2010 and 2021. Methods: A descriptive study of the profile of morbidity and mortality due to amebiasis and socioeconomic characteristics and sanitation indicators, between 2010 and 2021. Results: We observed an hospitalization rate with a decreasing trend from 1.7/100mil (2010) to 0.3/100mil (2021); and mortality rate of 0.05/100mil (2010) and 0.02/100mil (2019), with higher records in the North and Northeast, especially Pará (103.2/100mil) and Maranhão (102.2/100mil) for hospitalization and Acre (3.1/100mil) for mortality; for socioeconomic and sanitation aspects, the worst scenario was in the states of the North and Northeast with low income, poor sanitation conditions, low coverage of health insurance and schooling, and incipient hygiene habits in all states of Brazil. The profile of hospitalizations was prevalent in women (50.7%), between 1 and 14 years (34.7%), with emergency care (83.8%); for deaths, men (52.5%), >70 years (44.2%), prevailed. Conclusion: Based on the findings, we can infer a relationship between the worst socioeconomic indicators and sanitation and hospitalizations and deaths due to amebiasis, especially in the North and Northeast, favoring the maintenance of occurrences.

References

Aguiar, K. C. G. D., Cohen, S. C., Maciel, E. M. G. D. S., & Kligerman, D. C. (2020). Fatores de risco para ocorrência de diarreia em crianças residentes na Ilha de Guaratiba (RJ). Saúde em Debate, 44, 205-220.

Almeida, A. A & Leite, T. S. A (2020). Entamoeba Histolytica como causa da amebíase. Revista Saúde e Meio Ambiente – RESMA, Três Lagoas, 10(1):133-139.

Alves, L. M., Silva, M. C. P & Ferraz, F. B (2021). Avaliação da contaminação parasitária em folhas de alface da horta ao consumidor final. Research, Society and Development, 10(2).

Brasil (2021). Ministério da Saúde. Doenças tropicais negligenciadas. Brasília.

Castro, A. A., Bacalhau, F., Silva, F. F., Avillez, C & Batalheiro, J (2019). Entamoeba histolytica como causa de diarreia crônica. Rev Bras Med Fam Comunidade, 14(41):1917.

Carvalho, L. C. C., Silva, E. S., Roma, A. I. M., Lauriano, J. E. G., Costa, F. V. S., Bezerra, R. O. C., Rocha, M. F. Q & Machado, L. C. S (2022). Doenças inflamatórias intestinais: uma abordagem geral. Revista Eletrônica Acervo Médico.

Cavalcante, R. M. S., Moura, M. S. B & Nogueira, N. N (2020). Retocolite ulcerativa e citocinas: uma revisão de literatura. Research, Society and Development, 9(9).

Chaves, M. F (2020). Avaliação de variáveis sociodemográficas e da qualidade de vida de portadores de helmintiases intestinais em um Hospital Universitário. Revista Interdisciplinar de estudos em saúde da UNIARP.

Cobo, B., Cruz, C & Dick, P. C (2021). Desigualdades de gênero e raciais no acesso e uso dos serviços de atenção primária à saúde no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 26(9):4021-4032.

Estrela, C. (2018). Metodologia Científica: Ciência, Ensino, Pesquisa. Editora Artes Médicas.

Ferreira, J. G., Gomes, M. F. B & Dantas, M. W. A (2021). Desafios e controvérsias do novo marco legal do saneamento básico no Brasil. Brazilian Journal of Development, 7(7).

Garcia, L. H. A., Cardoso, N. O & Bernardi, C. M. N (2019). Autocuidado e Adoecimento dos Homens: Uma Revisão Integrativa Nacional. Revista Psicologia e Saúde, 11(3).

Haque, M., Mckimm, J., Sartelli, M., Dhinga, S., Labricciosa, F. M., Islam, S., Jahan, D., Nusrat, T., Chowdhury, T. S., Coccolini, F., Iskandar, K., Catena, F & Charan, J. (2020). Strategies to Prevent Health care -Associated Infections: A Narrative Overview. Risk Manag Healthc Policy, 13: 1765-1780.

Herricks, J. R., Hotez, P. J., Wanga, V., Coffeng, L. E., Haagsma, J. A., Basáñez, M. G., Buckle, G., Budke, C. M., Carabin, H., Fèvre, E. M., Fürst, T., Murdoch, M. E., Shepard, D. S & Murray, C. J. L (2017). The global burden of disease study 2013: What does it mean for the NTDs? PLoS Negl Trop Dis. 11(8).

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE (2020). Uma análise das condições de vida da população brasileira 2020. Rio de Janeiro.

Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea (2019). A contribuição dos ricos para a desigualdade de renda no Brasil. Brasília.

Kadri, S., Tsukui, K. N., Watanabe, N & Jeelani, G (2021). PTEN regula diferencialmente a endocitose, migração e proliferação no parasita protozoário entérico Entamoeba histolytica. bioRxiv.

Mass, K. H. C & Filho, A. D. P. C (2020). Saneamento básico e saúde autoavaliada nas capitais brasileiras: uma análise multinível. Rev Bras Epidemiol, 23.

Munareto, D. S (2021). Parasitoses em crianças na fase pré-escolar no Brasil: revisão bibliográfica. Research, Society and Development, 2021; 10:1.

Paiva, R. F. P. S & Souza, M. F. P (2018). Associação entre condições socioeconômicas, sanitárias e de atenção básica e a morbidade hospitalar por doenças de veiculação hídrica no Brasil. Cad. Saúde Pública, 34(1).

Reis, R. S. E., Castro, M. F., Dexheimer, G. M (2020). Análise parasitológica de hortaliças e avaliação dos cuidados e conhecimentos para o consumo in natura pela população. Revista Brasleira Multidisciplinar, 23(2).

Rocha, K. S., Mousinho, D. D. S. A., Gonçalves, T. V. L., Sousa, M. B. D., & Peixoto, L. R. F (2021). Taxa De Mortalidade Da Amebíase Em Crianças Menores De 5 Anos No Brasil, 2010-2019. Revista Multidisciplinar Em Saúde, 2(4), 68.

Silva, E. B. M (2019). Bebida mista industrializada de frutas e vegetais “detox”: caracterização química, potencial antioxidante e estudo da rotulagem geral e nutricional. Belo Horizonte.

Siqueira, M. S (2017). Internações por doenças relacionadas ao saneamento ambiental inadequado na rede pública de saúde da região metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 2010-2014. Epidemiol. Serv. Saude, Brasília, 2017; 26:795-806.

Sistema Nacional de Informação sobre Saneamento - SNIS. Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (2021), Diagnóstico Temático Serviços de Água e Esgoto.

Shirley, D. T., Watanabe, K & Moonah, S (2019). Significance of amebiasis: 10 reasons why neglecting amebiasis might come back to bite us in the gut. PLoS Negl Trop Dis 13(11).

Shirley, D. T., Farr, L., Watanabe, K & Moonah, S (2018). A Review of the Global Burden, New Diagnostics, and Current Therapeutics for Amebiasis. Open Forum Infect Dis,5(7):161.

Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (2021). Impacto da Covid-19 na notificação de Doenças Tropicais Negligenciadas. Brasília.

Sociedade Brasileira de Infectologia – SBI (2020). Amebíase.

Souza, C. S. S., Bandeira, L. L. B., Mariano, A. K. N., Nunes, M. P. S. F & Neto, J. S. S (2020). Amebíase no contexto da emergência: análise do perfil de internações e morbimortalidade nos Estados brasileiros em 5 anos. Rev Soc Bras Clin Med. 17(2):66-70.

Souza H. P., Oliveira, W. T. G. H., Santos, J. P. C., Toledo, J. P., Ferreira, I. P. S & Esashika, S. N. G. S (2020). Doenças infecciosas e parasitárias no Brasil de 2010 a 2017: aspectos para vigilância em saúde. Rev Panam Salud Publica, 44:e10.

Szwarcwald, C. L., Stopa, S. R., Damacena, G. N., Almeida, W. S., Júnior, P. R. B., Sardinha, L. M. V & Macário, E. M (2021). Mudanças no padrão de utilização de serviços de saúde no Brasil entre 2013 e 2019. Ciência & Saúde Coletiva, 26(1)

Tartari, S., Tomczyk, D., Pires, B., Zayed, A. P., Coutinho, R., Kariyo, V., Stempliuk, W., & Allegranzi (2021). Implementation of the infection prevention and control core components at the national level: a global situational analysis. Journal of Hospital Infection, 8: 94-103

Tsukui, K. N., Watanabe, N., Maehama, T & Nozaki, T (2019). Phosphatidylinositol Kinases and Phosphatases in Entamoeba histolytica. Front. Cell. Infect. Microbiol, 6.

Trata Brasil (2020). Saneamento e doenças de veiculação hídrica Datasus e Snis 2019.

Vasconcelos, L. B., & Frota, M. T. E (2018). Saúde do homem na atenção primária: Relato de experiência. Cadernos da Escola de Saúde Pública do Ceará, 12(1), 116-129.

Vieira, K. P., Siqueira, P. R., Marques, R. C., Nazareth, I. V., Borges, F. C. Q., Soares, G. R. S., Jose, S. A. P & Amaral, I. O (2022). A prevalência de internações hospitalares por diarreia e gastroenterite de origem infecciosa em crianças de 0 a 4 anos no município de Macaé/RJ. Research, Society and Development, 11(1).

Published

02/06/2022

How to Cite

CARDOSO , A. M. .; CARNEIRO, A. L. dos S. .; GOMES , B. C. de V. .; LEÃO , C. B.; PIERRE, I. A. .; RIBEIRO, I. K. .; PEREIRA, M. V. P. .; MENDONÇA, M. H. R. de. Profile of amebiasis and its relationship with basic sanitation indicators in Brazil: emergency context between 2010 and 2021. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e50511730435, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.30435. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/30435. Acesso em: 4 jul. 2022.

Issue

Section

Health Sciences