Early mobilization in the intensive care unit: Systematic Review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.30467

Keywords:

Early Mobilization; Intervention; ICU; Mechanical Ventilation; Physical Therapy; Health teaching.

Abstract

The present study is a systematic review whose purpose was to analyze the studies on the use of Early Mobilization (PM) intervention in intensive care bed patients, identify its benefits and recognize the main protocols currently used for patient recovery. A systematic qualitative observational and cross-sectional analysis of studies addressing early mobilization in ICU beds was performed. The results of the study showed that Early Mobilization is an effective treatment regarding the first care of the physiotherapist for the patient in the ICU. Studies such as that of Zhu et al. (2018) are of relevant importance for the area of physiotherapy, where the intervention of MP in patients in the ICU can be effective and reduce their length of stay in bed.

References

Aquim, E. E., Bernardo, W. M., Buzzini, R. F., Azeredo, N. S. G. D., Cunha, L. S. D., Damasceno, M. C. P., & Verona, C. (2020). Diretrizes brasileiras de mobilização precoce em unidade de terapia intensiva. Revista Brasileira de Terapia Intensiva, 31, 434-443.

Cavalcante, F. V, & Dantas da Silva Mascarenhas dos Santos, L. (2021). Benefícios da mobilização precoce na reabilitação funcional no paciente crítico na uti: revisão da literatura. Revista Inspirar Movimento & Saude, 21(2).

Conceição, T. M. A. D., Gonzáles, A. I., Figueiredo, F. C. X. S. D., Vieira, D. S. R., & Bündchen, D. C. (2017). Critérios de segurança para iniciar a mobilização precoce em unidades de terapia intensiva. Revisão sistemática. Revista Brasileira de Terapia Intensiva, 29, 509-519.

Custódio, M. A. C. (2021). Mobilização precoce em pacientes de UTI: Uma revisão integrativa. Trabalho de Conclusão de Residência (Residência em Ciência da Saúde) – Universidade de Uberlândia, Uberlândia. 23 f.

da Cruz, I. P., Lopes, S. M., Corrêa, K. L. D., da Costa, B. O., de Ribeiro, I. R., & de Vasconcelos, J. H. (2021). Mobilização Precoce na Unidade de Terapia Intensiva Early Mobilization in the Intensive Care Unit. Brazilian Journal of Development, 7(12), 121380-121389.

da Silva, T. S. L. (2021). Atuação fisioterapêutica na mobilização precoce de pacientes internados na UTI-Revisão. Revista Perspectiva: Ciência e Saúde, 6(2).

Daloia, L. M. T., Pinto, A. C. P. N., & Silva, É. P. D. (2021). Barreiras e facilitadores da mobilização precoce na unidade de terapia intensiva pediátrica: revisão sistemática. Fisioterapia e Pesquisa, 28, 299-307.

de Castro, A. A. M., & Holstein, J. M. (2019). Benefícios e métodos da mobilização precoce em UTI: uma revisão sistemática. Life Style, 6(2), 7-22.

Feitoza, C. L., De Jesus, P. K. S., Novais, R. de O., & Gardenghi, Giulliano (2014). Eficácia da fisioterapia motora em unidades de terapia intensiva, com ênfase na mobilização precoce. 14(1).

Feliciano, V., Albuquerque, C. G., Andrade, F. M. D., Dantas, C. M., Lopez, A., Ramos, F. F., ... & França, E. É. T. (2019). A influência da mobilização precoce no tempo de internamento na Unidade de Terapia Intensiva. Assobrafir Ciência, 3(2), 31-42.

Gruther, W., Pieber, K., Steiner, I., Hein, C., Hiesmayr, J. M., & Paternostro-Sluga, T. (2017). Can early rehabilitation on the general ward after an intensive care unit stay reduce hospital length of stay in survivors of critical illness? A randomized controlled trial. American journal of physical medicine & rehabilitation, 96(9), 607-615.

Maffei, P., Wiramus, S., Bensoussan, L., Bienvenu, L., Haddad, E., Morange, S., & Gregoire, E. (2017). Intensive Early Rehabilitation in the Intensive Care Unit for Liver Transplant Recipients: A Randomized Controlled Trial. Archives of Physical Medicine and Rehabilitation, 98(8), 1518–1525. doi: 10.1016/j.apmr.2017.01.028.

Medrinal, C., Combret, Y., Prieur, G., Robledo Quesada, A., Bonnevie, T., Gravier, F. E., & Lamia, B. (2018). Comparison of exercise intensity during four early rehabilitation techniques in sedated and ventilated patients in ICU: a randomised cross-over trial. Critical care, 22(1), 1-8.

Miranda, M. M., & Duarte, L. A. (2022). A utilização da estimulação elétrica neuromuscular (eenm) em pacientes internados em unidades de terapia intensiva: uma revisão bibliográfica. Estudos Avançados sobre Saúde e Natureza, 2.

Nogueira, D. S. S. Uso de um programa de mobilidade progressiva e tecnologia para aumento do nível de atividade física e seus benefícios no sistema respiratório, muscular e funcionalidade de pacientes em UTI: um ensaio clínico randomizado (Doctoral dissertation, Universidade de São Paulo). 2021.

Rocha, E. A. M. D. (2021). Mobilização articular precoce da pessoa em situação crítica (Master's thesis).

Shiwa, S. R., Costa, L. O. P., Moser, A. D. L., Aguiar, I. C., & Oliveira, L. V. F. (2011). PEDro: a base de dados de evidências em fisioterapia. Fisioterapia em Movimento, 24(3).

Souza, R. B., Marques, L. M., Gonçalves, E. D. C., da Costa, G. D. F. S., da Conceição Furtado, M. V., dos Santos Amaral, A. G., & da Trindade Noguchi, S. K. (2021). Efeitos da mobilização precoce em pacientes adultos internados em unidade de terapia intensiva: revisão sistemática. Brazilian Journal of Development, 7(3), 30427-30441.

Zhu, C., Liu, B., Yang, T., Mei, Q., Pan, A., & Zhao, D. (2018). Effect of early rehabilitation physiotherapy on muscle quality and function in critically ill patients. Zhonghua wei Zhong Bing ji jiu yi xue, 30(6), 569-572.

Published

05/06/2022

How to Cite

CARVALHO, . J. S. O. de .; DAMASCENO, G. A. C. .; SILVA, E. da. Early mobilization in the intensive care unit: Systematic Review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e57711730467, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.30467. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/30467. Acesso em: 6 jul. 2022.

Issue

Section

Review Article