Fruitful diversity in the territory of the Universidade Federal Rural of Pernambuco – UFRPE Sede

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i10.32628

Keywords:

Fruits; Exotics; Native; UFRPE.

Abstract

The Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE-Sede), located in the Dois Irmãos neighborhood in Recife/PE, has a wide fruitful, native and exotic diversity, due to the proximity of the Dois Irmãos State Park - Atlantic Forest Nature Conservation Unit of Pernambuco. This diversity contributes to the local population and is a source of research for the academic community at UFRPE. Because of this, the objective of the research is to score the botanical varieties with edible fruits present at UFRPE-Sede. The fruits identified during the survey: avocado (Persea americana), pineapple (Ananas comosus L. Merr), blackberry (Morus nigra L.), cattley guava (Psidium cattleianum Sabine), pond apple (Annona glabra L.), banana ( Musa X paradisiaca L.), caimito (Chrysophyllum cainito L.), hog-plum (Spondias mombin L.), cashew (Anacardium occidentale L.), coconut (Cocos nucifera L.), breadfruit (Artocarpus altilis), jamun (Syzygium cumini), jurubeba (Solanum stramoniifolium Jacq.), mango (Mangifera indica L.), papaya (Carica papaya L.), bitter melon (Momordica charantia L.) and surinam cherry (Eugenia uniflora L.). During the research, the social importance of these fruits was verified both for the academic community and for the research field in the different areas of knowledge at UFRPE.

References

Antunes, L. (2002). Amora-preta: Nova opção de cultivo no brasil. Revista Ciência Rural, Santa Maria, 32(1), 151-158. ISSN: 0103-8478.

Ashokkumar, K., Elayabalan, S., Shobana, V., Sivakumar, P., & Pandiyan, M. (2018). Nutritional value of cultivars of Banana (Musa spp.) and its future prospects. Jornal of Pharmacognosy and Phytochemistry, 7, 2972-2977.

Bezerra, E., Feitosa, J., & Cavalcanti, M. (2017). Biometria e características físico-químicas da fruta-pão (Artocarpus altilis). Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, 12(1), 100-104. http://doi.org/10.18378/rvads.v12i1.5027.

Botelho, A., Monte, R., Silva, C., & Paulino, B. (2019). Caracterização fisico-química e potencial nutricional de jurubeba-vermelha (Solanum stramoniifolium Jacq.) obtida da região amazônica. Anais do 13º Simpósio Latino Americano de Ciências de Alimentos. ISSN: 2447-2840.

Brito, J. (2019). Produção e caracterização estrutural, morfológica e térmica de filmes biodegradáveis utilizando amido de caroço de abacate (Persea americana Mill) e bagaço de mandioca (Manihot esculenta Crantz). Dissertação entregue a Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná.

Camargo, T. (2019). Morango (Fragaria x ananassa), amora-preta (Rubus spp.) e mirtilo (Vaccinium ashei Reade): caracterização química, atividade antioxidante e ação sobre as enzimas digestivas alfa-glicosidase e alfa-amilase em dois ciclos produtivos das frutíferas. Dissertação entregue a Universidade Federal de Pelotas, Rio Grande do Sul.

Carvalho, P., Soares filho, W., Ritzinger, R., & Carvalho, J. (2002). Conservação de germoplasma de fruteiras tropicais com a participação do agricultor. Rev. Bras. Frutic, 24(1), 277-281. http://doi.org/10.1590/S0100-29452002000100062.

Crizel, R., Lemke, E., Zandoná, G., Aranha, B., & Chaves, F. (2017). Potencial funcional de polpas de araçá amarelo (Psidium cattleianum) e de butiá (Butia odorata). Revista da Jornada da Pós-Graduação e Pesquisa - CONGREGA. ISSN:2526-4397

Cruz, M., Moreira, R., Fagundes, M., Santos, A., Oliveira, J., & Souza, J. (2017). Qualidade de amora-preta produzida em diferentes épocas em condições de clima temperado úmido. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, 12(2), 142-147. http://doi.org/10.5039/agraria.v12i2a5431.

Doan, H., & Le, T. (2020). Chrysophyllum cainito: A Tropical Fruit with Multiple Health Benefits. Hindawi, Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine, 2020, 1-9. http://doi.org/10.1155/2020/7259267.

Duarte, P., Chaves, M., Borges, C., & Mendonça, C. (2016). Abacate: características, benefícios à saúde e aplicações. Revista Ciência Rural, Santa Maria, 46(4), 747-754. http://doi.org/10.1590/0103-8478cr20141516.

Etcheverry, B., Rios, N., Chaves, P., & Zuravski, L. (2020). Caracterização Fitoquímica do Extrato do Fruto de Momordica Charantial. Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão.

Farina, V., Tinebra, I., Perrone, A., Sortino, G., Palazzolo, E., Mannino, G., & Gentile, C. (2020). Physicochemical, nutraceutical and sensory traits of six papaya (Carica papaya L.) cultivars grown in greenhouse conditions in the mediterranean climate. Agronomy, 10, 501-516. http://doi.org/10.3390/agronomy10040501.

Felippe, G. (2005). Frutas: Sabor à Primeira Dentada. Editora Senac.

Fochezatto, E. (2018). Composição Físico-Química, Nutricional e Compostos Bioativos do Araçá Amarelo (Psidium cattleianum Sabine). Trabalho de Conclusão de Curso entregue a Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Frazon, R., Carpenedo, S., Viñoly, M., & Raseira, M. (2018). Pitanga - Eugenia uniflora L.. Academic Press, Exotic Fruits, 333-338. http://doi.org/10.1016/B978-0-12-803138-4.00044-7.

Guarniz, W. (2020). Melão-de-são-caetano do nordeste do Brasil (Momordica charantia L.): Estudo farmacognóstico e microbiológico integrado ao estudo químico. Tese entregue a Universidade Federal do Ceará.

Kinupp, V. F., & Lorenzi. H. (2014). Plantas alimentícias não convencionais (PANC) no Brasil: guia de identificação, aspectos nutricionais e receitas ilustradas. São Paulo, SP, Instituto Plantarum de Estudos da Flora.

Laranjeira, A. (2016). Perfil Químico, Atividade Antioxidante e Atividade Biológica do Óleo das Sementes de Annona glaabra L. (Annonaceae). Dissertação entregue a Universidade Federal de Roraima.

Lima, P. C. C., Souza, B. S., Santini, A. T., & Oliveira, D. D. (2018). Aproveitamento agroindustrial de resíduos de mamão ‘formosa’ minimamente processados. Revista Agrogeoambiental, 10, 59-73.

Lody, R. (2019). Doce Pernambuco: uma viagem histórica e cultural da doçaria pernambucana. Recife: Cepe, 255p.

Lorenzi, H., Bacher, L., Lacerda, M. & Sartori, S. (2006). Frutas Brasileiras e Exóticas Cultivadas (de consumo in natura). Instituto Plantarum de Estudo da Flora, 1ª ed, São Paulo.

Moraes, C., Zago, L., & Alcântra, M. (2019). Identificação botânica e determinação das propriedades físico-químicas da amora preta da região do cerrado. Revista Premissa da Iniciação Científica, 122-131, Editora Atena.

Pacheco, N. I., Mendes, L. A. P. P. F., Carneiro, G. De S., Lopes, D. C., Coutinho, I. V. L., Silva, A. K. A. P., Rodrigues, K. B. R., Deus, L. R. S., Silva, A. P., & Sousa, T. Y. L. L. (2022). Characterization of pineapple and its peel as a functional food: narrative review. Research, Society and Development, [S. l.], 11(3), e46011326840. http://doi.org/10.33448/rsd-v11i3.26840.

Pereira, D., Oliveira, K., Chantelle, L., Sant'ana, A., Guedes, J., Carvalho, C., Azerêdo, G., & Brito, I. (2020). Caracterização da composição nutricional e do teor de pigmentos de pitanga (Eugenia uniflora L.) nas variedades vermelha e roxa. Brazilian Journal of Development, 6(8), 58026-58038. http://doi.org/10.34117/bjdv6n8-276.

Pereira, E., Vinholes, J., Franzon, R., Dalmazo, G., Vizzotto, M., & Nora, L. (2018). Psidium cattleianum fruits: A review on its composition and bioactivity. Revista Food Chemistry, 258, 95-103.

Ramires, T., Nakamura, L., Righetto, A., Bautista, E., & Dias, C. (2016). Caracterização agronômica de uma coleção de plantas de Chrysophyllum cainito L. (Caimito). Magistra, Cruz das Almas -BA, 28(3), 439-446.

Sahu, P., Behera, L., Nayak, S., & Samal, K. (2020). Health benefits of Jamun (Syzygium cumini) na Underutilised fruit: A ray in nanotechnology field. Journal of Pharmacognosy and Phytochemistry, 9, 74-80.

Sarmento, R. (2016). Efeitos Citoprotetor e Citotóxico de Annona Glabra (Annonaceae). Dissertação entegue a Universidade Federal do Pará.

Shinohara, N. K., Da Silva, L. C., Da Silva, R. G., & Matsumoto, M. (2021). Sunomono de Pepino Japonês (Cucumis sativus) e do Pseudofruto de Caju (Anacardium occidentale). Revista Brasileira Multidisciplinar, 24(2), 136-145.

Shinohara, N., Silva, A., Costa, W., Padilha, M., & Monteiro, M. (2018). Diversidade Frutífera Encontrada no Cemitério de Santo Amaro, Recife, Pernambuco, e seu Valor Nutricional. Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica, 15(2), 173-187.

Silva, I., Campelo, L., Padilha, M., & Shinohara, N. (2018). Mecanismo de resistência das plantas alimentícias não convencionais (PANC) e benefícios para a saúde humana. Anais da Academia Pernambucana de Ciências Agronômicas, 15(1), 77-91.

Silva, L. & Claro, R. (2019). Tendência Temporal do Consumo de Frutas e Hortaliças Entre Adultos nas Capitais Brasileiras e Distrito Federal, 2008-2016. Revista Cadernos de Saúde Pública, 35, 1-13. http://doi.org/10.1590/0102-311X00023618.

Silva, L. (2019). Sociobiodiversidade e espaço social alimentar: conhecimento tradicional sobre plantas alimentícias em uma comunidade do Vale do Jequitinhonha, MG. Dissertação entregue a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha.

Silva, N., Adaime, R., & Zucchi, R. (2016). Pragas Agrícolas e Florestais na Amazônia. Editora EMBRAPA.

Silva, T., Mulder, A., & Santana, I. (2021). Coqueiro (Cocos nucifera L.) produtos alimentícios derivados: uma revisão sobre aspectos de produção, tecnológicos e nutricionais. Revista Tecnologia de Alimentos: Tópicos Físicos, Químicos e Biológicos, 2, 80-101. http://doi.org/10.37885/200800949.

Silvino, R., Silva, G., & Santos, O. (2017). Qualidade Nutricional e Parâmetros Morfológicos do Fruto Cajá (Spondias Mombin L.). Revista Desafios, 04(2), 3-11. http://doi.org/10.20873/uft.2359-3652.2017v4n2p3.

Sirilun, S., Sivamaruthi, B., Kesika, P., Peerajan, S., & Chaiyasut, C. (2018). Lactobacillus Paracasei HII01 Mediated Fermentation of Syzygium cumini L. Fruits: Assessment of changes in phenolic content and antioxidant capacity. Asian Journal of Pharmaceutical Clinical Research, 11, 304-308.

Sousa, T. L. T. L., Shinohara, N. K. S., De Lima, G. S., De Lima Furtado, A. F. T., Marques, M. D. F. F., & Andrade, S. A. C. (2021). Aspectos nutricionais do caju e panorama econômico da Cajucultura. Research, Society and Development, 10(11), 1-8.

TACO. (2011). Tabela brasileira de composição de alimentos. (4ª Edição) revisada e ampliada. Campinas: NEPA- UNICAMP.

Ullmann, T. (2007). Livro Essencial da Cozinha Asiática. Editora Paisagem.

Valente, G. (2020). Caracterização e análise comparativa dos óleos extraídos da semente e da polpa do abacate (Persea americana Mill.) utilizando diferentes métodos de extração. Dissertação entregue ao Centro Universitário SENAI CIMATEC.

Published

28/07/2022

How to Cite

MORAES, C. R. L. .; SHINOHARA, N. K. S. . Fruitful diversity in the territory of the Universidade Federal Rural of Pernambuco – UFRPE Sede . Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 10, p. e240111032628, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i10.32628. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/32628. Acesso em: 1 oct. 2022.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences