Content on breastfeeding for building an application: interdisciplinary focus group analysis

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i14.36454

Keywords:

Breastfeeding; Mobile applications; Nursing informatics.

Abstract

This research aimed to analyze the content about Breastfeeding BF, exposed by specialists who work in Human Milk Banks (HMB), with a view to creating an app to promote breast feeding and the caption of human milk donors. This is a descriptive, exploratory study, with a qualitative approach, in which the focus group technique was used with six specialists working in human bank to produce data. It was identified that the contents for the composition of the app must contain information that helps the woman to maintain breastfeeding and become a donor, such as the benefits of breastfeeding, guidelines that facilitate human breastfeeding and milk donation, the rights that govern BF policy and return to work, as well as support networks and their functions. This content must be exposed with objective language and exploration of visible resources, distributed in the form of tabs including a space for health professionals.

References

Agência Nacional de Vigilância Sanitária [ANVISA]. (2008). Banco de Leite Humano: Funcionamento, Prevenção e Controle de Riscos, 160 p. Recuperado de: https://www.anvisa.gov.br/servicosaude/manuais/manual_banco_leite.pdf

Almeida, L. M. N., Goulart, M. D. C., Góes, F. G. B., Ávila, F. M. V. P., Pinto, C. B., & Naslausky, S. G. (2021). A influência do retorno ao trabalho no aleitamento materno de trabalhadoras da enfermagem. Escola Anna Nery, 26. doi: https://doi.org/10.1590/2177-9465-EAN-2021-0183.

Alves, M. M. C., Salviano, A. F., Brito, L. F., Carioca, A. A. F., & Vasconcelos de Azevedo, D. (2018). Alterações alimentares de nutrizes durante a amamentação. Nutr. clín. diet. hosp, 49-56. doi: 10.12873/384marly.

Alves, Y. R., Couto, L. L. D., Barreto, A. C. M., & Quitete, J. B. (2019). Amamentação sob o guarda-chuva das redes de apoio: uma estratégia facilitadora. Escola Anna Nery , 24 . doi: http://dx.doi.org/10.1590/2177-9465-ean-2019-0017.

Babic, A., Sasamoto, N., Rosner, B. A., Tworoger, S. S., Jordan, S. J., Risch, H. A, ... & Terry, K. L. (2020). Associação entre amamentação e risco de câncer de ovário. JAMA oncology , 6 (6), e200421-e200421. doi: http://dx.doi.org/10.1001/jamaoncol.2020.0421 .

Barbosa, G. E. F., Pereira, J. M., Soares, M. S., Pereira, L. B., Pinho, L., & Caldeira, A. P. (2018). Dificuldades iniciais com técnica de mamada e impacto na duração do aleitamento materno exclusivo. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil , 18 , 517-526. doi: https://doi.org/10.1590/1806-93042018000300005 .

Bardin, L. (2016). Análise de conteúdo: edição revista e ampliada. São Paulo: Edições, 70, 280.

Barra, D. C. C., Paim, S. M. S., Sasso, G. T. M. D., & Colla, G. W. (2018). Métodos para desenvolvimento de aplicativos móveis em saúde: revisão integrativa da literatura. Texto & Contexto-Enfermagem, 26 (4). doi: https://doi.org/10.1590/0104-07072017002260017.

Borges, M. S., Oliveira, A. M. D. M., Hattori, W. T., & Abdallah, V. O. (2018). Qualidade do leite humano ordenhado em banco de leite humano e domiciliar. Jornal de Pediatria , 94 , 399-403. doi: http://dx.doi.org/10.1016/j.jped.2017.07.004 .

Braga, M. S., da Silva Gonçalves, M., & Augusto, C. R. (2020). Os benefícios do aleitamento materno para o desenvolvimento infantil. Brazilian journal of development, 6(9), 70250-70261. doi: http://dx.doi.org/10.34117/bjdv6n9-468.

Campos, D. N. M., Araújo, N. H., Silva, T. B., Machado, A. S. R., & Soares, L. A. (2021). Aleitamento materno na prevenção contra infecções gastroentéricas. Saber Científico (1982-792X), 7(2), 68-75.

Carreiro, J. D. A., Francisco, A. A., Abrão, A. C. F. D. V., Marcacine, K. O., Abuchaim, E. D. S. V., & Coca, K. P. (2018). Dificuldades relacionadas ao aleitamento materno: análise de um serviço especializado em amamentação. Acta Paulista de Enfermagem, 31, 430-438. doi: https://doi.org/10.1590/1982-0194201800060.

Carvalho-Ramos, I. I., Duarte, R. T. D., Brandt, K. G., Martinez, M. B., & Taddei, C. R. (2018). Breastfeeding increases microbial community resilience. Jornal de Pediatria, 94(3), 258–267. https://doi.org/10.1016/j.jped.2017.05.013.

Ciampo, L. A. D., & Ciampo, I. R. L. D. (2018). Breastfeeding and the Benefits of Lactation for Women's Health. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, 40(06), 354-359. doi: https://doi.org/10.1055/s-0038-1657766.

Coswosk, E. D., Rosa, C. G. S., Caldeira, A. B., SILVA, N., & ROCHA., J. (2018). Educação continuada para o de saúde no gerenciamento de resíduos de saúde profissional. Rev. bras. anal. clin , 288-296. doi: 10.21877/2448-3877.201800645.

Coutinho, MI, Bentes, TK, Neto, JCGL, & de Oliveira Ferreira, B. (2022). A revisão do método mãe canguru da revisão do recém-nascidos recém-nascidos: Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento , 11 (8), e20211830963-e20211830963. doi: https://doi.org/10.33448/rsd-v11i8.30963 .

Feitosa, D. P. R. A., Moreira, L. C., de Fátima Possobon, R., & Lodi, J. C. (2019). Tratamento para dor e trauma mamilar em mulheres que amamentam: revisão integrativa de literatura. Nursing (São Paulo), 22(256), 3160-3164. doi: https://doi.org/10.36489/nursing.2019v22i256p3160-3164.

Fiocruz. (2020). Redes Global de Banco de Leite Humano. Brasil é referência em doação de leite materno. Recuperado de: https://rblh.fiocruz.br/brasil-e-referencia-em-doacao-de-leite-materno.

Fonseca, M., Parreira, B. D. M. O., Douglas, M. C., & Machado, A. R. M. (2011). Aleitamento materno: conhecimento de mães admitidas no alojamento conjunto de um hospital universitário. Ciência, Cuidado e Saúde, 10(1), 141-149. doi: https://doi.org/10.4025/ciencuidsaude.v10i1.11009.

Guimarães, C. M. S., Imamura, M. E., Richter, S., Monteiro, J. C. S. (2018) Amamentação e tecnologias mHealth: análise dos móveis para tablets e smartphones. Revista Eletrônica de Enfermagem, 20. doi: https://doi.org/10.5216/ree.v20.48578.

Howland, V., Klaedtke, M., Ruhnau, J., Dhople, VM, Grabe, HJ, Völker, U., ... & Hammer, E. (2020). Impacto das condições de armazenamento no peptidoma do leite materno. Nutrientes , 12 (9), 2733. doi: http://dx.doi.org/10.3390/nu12092733.

Kitzinger, J. (2000). Grupos focais com usuários e prestadores de cuidados de saúde. Pesquisa de Qualidade em Cuidados de Saúde , 20-29.

Lee, Y. H., Chang, G. L., e Chang, H. Y. (2019). Efeitos da educação e grupos de apoio organizados por IBCLCs no pós-parto precoce sobre a amamentação. Obstetrícia , 75 , 5-11. doi: https://doi.org/10.1016/j.midw.2019.03.023 .

Lei 8.069 de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e Adolescente e dá outras providências. Recuperado de: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8069.htm.

Lei Nº 10.421, de 15 de ABRIL de 2002. Estende à mãe adotiva o direito à licença-maternidade e ao salário-maternidade, alterando a Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, e a Lei no 8.213, de 24 de julho de 1991. Recuperado de: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/l10421.htm.

Lei nº 13.509, de 22 de novembro de 2017. Dispõe sobre adoção e altera a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente), a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, e a Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002 (Código Civil). Recuperado de: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/lei/l13509.htm.

Lira, E. L. B., Costa, J. R., de Sousa, P. S. A., & de Faria, M. D. (2017). Fatores responsáveis pela interrupção precoce da amamentação: uma revisão integrativa. Revista Interdisciplinar de Estudos em Saúde. doi: https://doi.org/10.33362/ries.v6i2.1043.

Lotto, C. R., & Linhares, M. B. M. (2018). Contato" pele a pele" na prevenção de dor em bebês prematuros: revisão sistemática da literatura. Trends in Psychology, 26, 1699-1713. doi: https://doi.org/10.9788/TP2018.4-01Pt .

Marques, B. L., Tomasi, Y. T., Saraiva, S. D. S., Boing, A. F., & Geremia, D. S. (2020). Orientações às gestantes no pré-natal: a importância do cuidado compartilhado na atenção primária em saúde. Escola Anna Nery, 25. doi: http://dx.doi.org/10.1590/2177-9465-ean-2020-0098.

Menezes, L. D. S. H. (2014). Dor relacionada à prática da amamentação no puerpério imediato. Fisioterapia Brasil, 15(2), 100-105. doi: http://dx.doi.org/10.33233/fb.v15i2.322.

Ministério da Saúde. (2014). Guia alimentar para a população brasileira, 2. ed, Brasília. Recuperado de: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf.

Morais, A. P. (2018). Intervenção de Enfermagem no aleitamento materno no puerpério mediato. (Monografia de Especialização em Enfermagem Obstétrica). Universidade Federal de Minas Gerais e Universidade Federal do Ceará. 2018. 46 p. Ceará, CE, Brasil.

Muller, K. T. C., Souza, A. I. P de., Cardoso, J. M. F., & Palhares, D. B. (2019). Conhecimento e adesão à doação de leite humano parturientes de um hospital público. Interações (Campo Grande), 20 , 315-326. doi: http://dx.doi.org/10.20435/inter.v0i0.1588.

Nascimento, J. D. S. G., Pires, F. C., Pereira, L. A., Borges, F. C. M., & dos Santos Silva, T. C. (2017). Processo de orientação para amamentar: a desarticulação da educação realizada à beira do leito. Revista de Atenção à Saúde, 15(54), 13-20. doi: http://dx.doi.org/10.13037/ras.vol15n54.4759.

Nascimento, J., Gomes, T. K., Araújo, F., Prazeres, F., & Maranhão, J. (2017). Influência do aleitamento materno no desenvolvimento do sistema nervoso. Revista de trabalhos acadêmicos universo recife, 4, 2-1.

Pinzon, M. P., Marques, F. O., & Nicoletto, B. B. (2018). Utilização de leite materno em lactário por bebês internados em unidades de terapia intensiva. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, 31(2), 1-7. doi: http://dx.doi.org/10.5020/18061230.2018.7252.

Qu, J., Zhang, L., Liu, J., Sun, Z., & Zhou, P. (2021). Alterações nas proteínas bioativas e no proteoma sérico do leite humano sob diferentes armazenamentos congelados. Food Chemistry, 352, 129436. doi: http://dx.doi.org/10.1016/j.foodchem.2021.129436.

Raminelli, M., & Hahn, S. R. (2019). Medicamentos na amamentação: quais as evidências?. Ciência & Saúde Coletiva, 24, 573-587. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232018242.30052016.

Resolução nº 510, de 7 de Abril de 2016. Dispõe sobre as especificidades éticas das pesquisas nas ciências humanas e sociais e de outras que utilizam metodologias próprias dessas áreas. Recuperado de: http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2016/Reso510.pdf

Resolução-RDC Nº 171, DE 4 de setembro de 2006. Dispõe sobre o Regulamento Técnico para o funcionamento de Bancos de Leite Humano. Recuperado de: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/anvisa/2006/res0171_04_09_2006.html

Ribeiro, B. C. O., de Souza, R. G., & da Silva, R. M. (2019). A importância da educação continuada e educação permanente em unidade de terapia intensiva–revisão de literatura. Revista de Iniciação Científica e Extensão, 2(3), 167-175.

Schulz, S. M., Moreira, K. F. A., da Silva Pereira, P. P., Ferreira, L. N., Rodrigues, M. A. S., & Fernandes, D. E. R. (2020). Influência da educação em saúde na autoeficácia em amamentar: estudo quase experimental. Revista Baiana de Enfermagem, 34. doi: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v34.35995.

Secretaria de Estado da Saúde [SES] (2021). Secretaria de Estado da Saúde continua campanha de estímulo à doação de leite humano. Sergipe, SE, Brasil. Recuperado de: https://saude.se.gov.br/secretaria-de-estado-da-saude-continua-campanha-de-estimulo-a-doacao-de-leite-humano/ .

Soares, J. D. C. N., de Sousa, A. M. M., de Sousa, S. D. M. A., & Rolim, I. L. T. P. (2019). Aleitamento materno na prevenção do câncer de mama: uma revisão integrativa da literatura. Revista Uningá, 56(S6), 13-22.

Sociedade Brasileira de Pediatria [SBP]. (2017). Uso de medicamentos e outras substâncias pela mulher durante a amamentação. Departamento Científico de Aleitamento Materno. 4:18. Recuperado de: https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/Aleitamento_-__Uso_Medicam_durante_Amament.pdf.

Sousa, F. L. L. de, Alves, R. S. S., Leite, A. C., Silva, M. P. B., Veras, C. A., Santos, R. C. A., Freitas, R. G., Silva, V. C. R. da, Sisconetto, A. T., Sucupira, K. S. M. B., Silva, L. A. C. da, Santos, S. F. dos, Sousa, S. L. F. de, Galdino, M. A. de M., Fernandes, M. dos S., Silva, D. M. da, Santos, J. R. F. de M., Alencar, V. P., & Ferreira, B. R. (2021). Benefícios do aleitamento materno para a mulher e o recém nascido. Research, Society and Development, 10(2), e12710211208–e12710211208. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i2.11208.

Souza, M. H. D. N., Nespoli, A., & Zeitoune, R. C. G (2016). Influência da rede social no processo de amamentação: um estudo fenomenológico. Escola Anna Nery , 20 . doi: http://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20160107.

Souza, T. F., Silva, J. S. L. G., da Silva Souza, A., Silva, E. A., Nascimento, J. C., & de Melo Tavares, M. (2021). A influência da alimentação da mãe sobre o aleitamento materno. Revista Pró-univerSUS, 12(2 Especial), 132-136. doi: http://dx.doi.org/10.21727/rpu.v12i2.2711.

Victora, C. G., Barros, A. J., França, G. V., Bahl, R., Rollins, N. C., Horton, S., ... & Walker, N. (2016). Amamentação no século 21: epidemiologia, mecanismos, e efeitos ao longo da vida. Epidemiol Serv Saúde, 25(1), 1-24.

Published

30/10/2022

How to Cite

COSTA, C. C. .; ANDRADE, J. V. de J. .; OLIVEIRA, M. I. N. .; SANTOS, L. N. dos .; ANDRADE, J. S. . Content on breastfeeding for building an application: interdisciplinary focus group analysis. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 14, p. e366111436454, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i14.36454. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/36454. Acesso em: 8 dec. 2022.

Issue

Section

Health Sciences