Use of a didactic sequence with active methodologies as a proposal for the teaching of genetics

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i15.37385

Keywords:

Active Teaching Methodologies; Genetics; Concept maps.

Abstract

The present study aimed to develop and analyze a didactic sequence with active genetics teaching strategies carried out with students from three classes of 3rd year of high school in a public school in the city of Itabela/BA. Before and after the development of the activities of the didactic sequence, the students participating in the research elaborated conceptual maps referring to the theme in order to verify the level of knowledge about the basic concepts of Genetics developed with the use of active resources. In addition, after each class with active methodology, students answered a usability questionnaire regarding the activity performed. The information obtained from the questionnaires were analyzed qualitatively and the data obtained from the mental maps were analyzed quantitatively. From the analysis of the maps, we verified that the final maps obtained scores statistically higher than the scores of the initial maps (p>0.000001). Thus, we conclude that the use of alternative teaching methods can enhance the construction of knowledge in relation to basic concepts related to genetics.

References

Amabis, J. M. & Martho, G. R. (2016). Biologia moderna. Ed. Moderna.

Araújo, A. M. T., de Menezes, C. S. & Cury, D. (2002). Um ambiente integrado para apoiar a avaliação da aprendizagem baseado em mapas conceituais. Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE).

Barni, G. d. S. (2010). A importância e o sentido de estudar genética para estudantes do terceiro ano do ensino médio em uma escola da rede estadual de ensino em Gaspar (SC). Dissertação, Universidade Regional de Blumenau, Blumenau, Santa Catarina, Brasil.

Capellato, P., Vasconcelos, L. V. B., Ranieri, M. G. A. & Sachs, D. (2020). Método de ensino ativo utilizando avaliação por pares e autoavaliação. Research, Society and Development, 9(7), e21973495-e21973495.

Carboni, P. & Soares, M. (2010). Genética molecular no ensino médio. Portal Educacional do Estado do Paraná: Artigos.

Costa, M. G. & Ferreira, D. C. (2022). Uso de animações de genética molecular nas aulas iniciais de genetica medeliana. REAMEC-Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática. 10(1), e22003-e22003

Costa, R. C., Miranda, J. C., & Gonzaga, G. R. (2018). Avaliação e validação do jogo didático “Desafio Ciências–sistemas do corpo humano” como ferramenta para o Ensino de Ciências. Revista de Ensino de Ciências e Matemática (REnCiMa). 9 (5), 56-75.

da Silva Aquino, K. A. & De Chiaro, S. (2013). Uso de Mapas Conceituais: percepções sobre a construção de conhecimentos de estudantes do ensino médio a respeito do tema radioatividade. Ciências & Cognição. 18(2), 158-171.

Dentillo, D. B. (2009). Divisão celular: representação com massa de modelar. Genética na escola. 3(3), 33-36.

Ferreira, F. E., Celeste, J. L. d. L., Santos, M. d. C., Marques, E. C. R., Valadares, B. L. B. & Oliveira, M. d. S. (2010). Cruzamentos mendelianos”: o bingo das ervilhas. Genética na escola. 5(1), 5-12.

Gerhardt, T. E. & Souza, A. C. D. (2009). Aspectos teóricos e conceituais. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS. 13-31.

Martins, R. L. C., Verdeaux, M. d. F. d. S. & Sousa, C. M. S. G. d. (2009). A utilização de diagramas conceituais no ensino de física em nível médio: um estudo em conteúdos de ondulatória, acústica e óptica. Revista Brasileira de Ensino de Física. 31, 3401.3401-3401.3412.

Mitre, S. M., Siqueira-Batista, R., Girardi-de-Mendonça, J. M., Morais-Pinto, N. M. d., Meirelles, C. d. A. B., Pinto-Porto, C., . . . Hoffmann, L. M. A. (2008). Metodologias ativas de ensino-aprendizagem na formação profissional em saúde: debates atuais. Ciência & Saúde Coletiva. 13, 2133-2144.

Mori, L., Pereira, M. A. Q. R. & Vilela, C. R. (2011). Meiose e as leis de Mendel. Genética na Escola. 6(1), 30-37.

Moura, J., de Deus, M. d. S. M., Gonçalves, N. M. N. & Peron, A. (2013). Biologia/Genética: O ensino de biologia, com enfoque a genética, das escolas públicas no Brasil–breve relato e reflexão. Semina: ciências biológicas e da saúde. 34(2), 167-174.

Neves, A. P. P. (2014). De Mendel aos testes de paternidade: ensinando genética e biologia molecular numa perspectiva investigativa. Monografia, Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Novak, J. & Gowin, D. (1996). Aprender a aprender. Lisboa: Plátano Edições. Técnicas. Tradução de Learning how to learn.(1984). In: Ithaca, NY: Cornell University Press.

Oliveira, J. D., Silva, C. D., Ferreira, B. L. B. & Aquino, K. d. S. (2018). Mapas conceituais na avaliação de sequências didáticas potencialmente significativas para o ensino de Biologia na educação básica. Anais do V Congresso Nacional de Educação. Campina Grande: Realize Editora

Oliveira, N. V. d. (2020). Avaliação diagnóstica e processual na Sala de Aula Invertida: uma experiência didática no ensino de Genética Universidade Federal de Pernambuco. Dissertação, Universidade Federal de Pernambuco, Vitória de Santo Antão, Pernambuco, Brasil.

Pereira, R. (2012). Método ativo: técnicas de problematização da realidade aplicada à Educação Básica e ao Ensino Superior. VI Colóquio internacional. Educação e Contemporaneidade. Anais do VI EDUCON. São Cristóvão: Universidade Federal de Sergipe, 1-15.

Schunemann, H. E. S., Duarte, E., Souza, E. d. & Amorim, M. (2012). Metodologias Ativas de Ensino: Um instrumento significativo no ensino aprendizagem de genética. Anais do XVI ENDIPE-Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino, UNICAMP, Campinas, 743-751.

Soots, B. (2009). DNA Extraction from Strawberry. Program Biotechnology in the classroom. In L. Curro (Ed.).

Turns, J., Atman, C. J. & Adams, R. (2000). Concept maps for engineering education: A cognitively motivated tool supporting varied assessment functions. IEEE Transactions on Education. 43(2), 164-173.

Published

26/11/2022

How to Cite

CEZANA , N. A. O. .; SILVA, M. Use of a didactic sequence with active methodologies as a proposal for the teaching of genetics. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 15, p. e563111537385, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i15.37385. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/37385. Acesso em: 31 jan. 2023.

Issue

Section

Teaching and Education Sciences