Breastfeeding import and food introduction

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i15.37510

Keywords:

Breastfeeding; Food and nutrition education; Child nutrition.

Abstract

Breastfeeding is one of the great and important events in the first months of a baby's life. The World Health Organization recommends that breastfeeding (BF) be done exclusively until the baby's sixth month of life. After that age, food introduction (AI) should be done correctly, gradually and slowly, together with breastfeeding, preferably until the age of two. AI can be performed in different ways, such as: traditional, participatory and Baby Led Weaning (BLW). The objective of this study was to seek information on food introduction, analyzing the relationship between breastfeeding and diseases and allergies with erroneous and early food introduction in children and demonstrating the importance of exclusive breastfeeding until the sixth month of life. This is a bibliographic review study using scientific articles and books on the subject in Portuguese languages, using data carried out in specialized centers: Scielo, Lilacs, Pubmed, between 2009 and 2022. Exclusive BF up to six months of age , and AI is extremely important for the child to have adequate growth, avoiding the emergence of diseases and food allergies, childhood obesity and even in adulthood, in addition, there are studies linking breastfeeding to the development of the child's intelligence.

References

Bello, A. (2019). Introdução alimentar do bebê. Digital

Bervian, J., Fontana, M. & Caus, B. (2008). Relação entre amamentação, desenvolvimento motor bucal e hábitos bucais: revisão de literatura. RFO.

Brasil. (2009). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da Criança: nutrição infantil: aleitamento materno e alimentação complementar. Brasília: Editora do Ministério da Saúde.

Brasil. (2019). Guia alimentar para crianças brasileiras menores de 2 anos. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção Primária à Saúde, Departamento de Promoção da Saúde. – Brasília. Ministério da Saúde.

Brasil. (2010). Ministério da saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Dez Passos para uma alimentação saudável: guia alimentar para menores de dois anos. (“Dez passos para uma alimentação saudável - Ministério da Saúde”) Um guia para o profissional da saúde na atenção básica. Brasília: Ministério da Saúde, 72p. (Série A. Normas e Manuais Técnicos).

Boccolini, C.S, Carvalho, M.L. & Oliveira, M.I.C. (2015). Fatores associados ao aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses de vida no Brasil: revisão sistemática. Rev Saúde Pública.

Carbeiro, A.S, Delgado, S.E, & Brescovici, S.M. (2009). Characterization of feeding development in 6 to 24 month-old children in Canoas/RS. Rev CEFAC.

Leão , J. I. da S., Queiroz, M. F. M. de ., Freitas, F. M. N. de O. & Ferreira, J. C. de S. (2022). Formation of eating habits in early childhood. Research, Society and Development, 11(7), e47711730438. 10.33448/rsd-v11i7.30438.

Marques, E. S. Cotta, R. M. M. & Priore, S. E. (2011). Mitos e crenças sobre o aleitamento materno. Ciência coletiva, 16(5), 2461-2468.

Medeiros A. M. C., Batista B. G., & Barreto I. D. C. (2015). Breastfeeding and speech language pathology: knowledge and acceptance of nursing mothers of a maternity. Audiol Commun Rev. 2015,20(3):183-90.

Neves, F.S., Romano, B.M., Campos, A.A.L, Pavam, C.A., Oliveira, R.M.S, Cândido, A.P.C, & Netto, M.P. (2022). Percepções de profissionais de saúde brasileiros acerca da prática do método Baby-Led Weaning (BLW) para alimentação complementar: um estudo Exploratório. Rev Paul Pediatra.

Nunes, A. M. De Moura Sá, G. G. Moura, L. K. B., Monte, T. L., & Almeida, C. A. P. L. (2019). Intervenções nutricionais para a promoção do aleitamento materno exclusivo. Revista Uningá, 56(2), 124–133.

Oliveira, M.F, & Avi, C.M. (2017). A importância nutricional da alimentação complementar. Ciências Nutricionais Online.

Organização Panamericana de saúde. (2018). Organização Mundial de Saúde divulga novas estatísticas mundiais de saúde. Brasília, DF.

Padovani, A.R. (2015). Introdução Alimentar Participativa.

Paula, Maressa Rodrigues de. (2018). A importância do aleitamento materno e os efeitos do desmame precoce. 14 f. Artigo (Graduação) – Faculdade de Ciências da Educação e Saúde, Centro Universitário de Brasília, Brasília.

Philippi, S. T., & Aquino, R.C. (2015). Dietética Princípios para o planejamento de uma alimentação saudável. Barueri: Manole.

Riordan, Auerbach, (2000). Amamentação. Rio de Janeiro. Livraria e Editora Revinter.

Silva, Ca. S., Lima, M. C., Sequeira-De-Andrade, L. A.S., Oliveira, J. S., Monteiro, J. S., Lima, N. M.S., Santos, R. M.A.B., & Lira, P. I.C. (2017). Association between postpartum depression and the practice of exclusive breastfeeding in the first three months of life. Jornal de Pediatria (Versão em Português), 93(4), 356-364.

Sousa, Florio, Kawamoto, Ana, Arlete, Emília, (2001). O Neonato, a criança e o adolescente.

SPB. Sociedade Brasileira de Pediatria. (2012). Manual de orientação para a alimentação do lactente, do pré-escolar, do escolar, do adolescente e na escola/Sociedade Brasileira de Pediatria. Departamento de Nutrologia, (3a. ed.).

Stadler, F., Tsupal, P., Brecailo, M., & Vieira, D. (2016). Relação entre a alimentação complementar e a prevalência de excesso de peso em pré-escolares. Saúde - Santa Maria.

Vieira, R.W., Dias, R.P., Coelho, S.C., & Ribeiro, R.L. (2009). Do aleitamento materno à alimentação complementar: atuação do profissional nutricionista. Saúde & Amb. Rev., 4(2), 1-8.

World Health Organization. (1994) Forty-Seventh World Health Assembly.

World Health Organization. (2003) Global Strategy for infant and young Child Feeding. Geneva, Switzland World Heath Organization.

World Health Organization. (2005). Global strategy for infant and young child feeding.

Marconi, M. de A., & Lakatos, E. M. (2017) Fundamentos de metodologia científica. (8a ed.), Atlas.

Soares Pereira, A., Moreira Shitsuka, D., Parreira, F. J., & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica (UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA, Ed., 1a ed.) [Review of Metodologia da pesquisa científica].

Gil, A. C. (2018). Didática do ensino superior. Atlas. (2a ed.).

Published

20/11/2022

How to Cite

CIRILO, A. M. F.; MANGABEIRO, G. M. S.; SOUZA MANGABEIRO, . G. M.; BRAGA, M. de J. do S. .; SANTOS, A. C. de C. P. . Breastfeeding import and food introduction. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 15, p. e381111537510, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i15.37510. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/37510. Acesso em: 31 jan. 2023.

Issue

Section

Health Sciences