Intestinal dysbiosis and its impact on the weight loss process: An integrative literature review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v13i1.44763

Keywords:

Dysbiosis; Slimming; Gastrointestinal microbiome; Intestinal microbiota; Weight loss.

Abstract

Objective: To investigate the role of intestinal dysbiosis in weight loss through an integrative review of the literature. Methodology: An integrative review was carried out following steps that included defining the research question and directories, selecting and extracting data from relevant scientific articles, and critically analyzing them. Databases such as SciELO, CAPES Periodical Portal, PubMed, and LILACS were utilized. Results: Out of 728 articles initially found from 2019 onwards, 15 were selected after applying inclusion and exclusion criteria. These studies highlighted the importance of the Firmicutes/Bacteroidetes ratio and bacterial metabolites, such as short-chain fatty acids, in the metabolic interactions that regulate weight and energy. Conclusions: The research underscores the need for future studies to expand understanding of dysbiosis and its impact on obesity, aiming for more effective and sustainable treatment strategies.

References

Aoun, A., Darwish, F., & Hamod, N. (2020). The influence of the gut microbiome on obesity in adults and the role of probiotics, prebiotics, and synbiotics for weight loss. Preventive nutrition and food science, 25(2), 113.

Barbosa, J. N. 2022. Obesidade, microbiota intestinal e uso de probióticos: uma revisão da literatura [Monografia de TCC, Curso de Bacharelado em Nutrição, Universidade Federal de Campina Grande, Centro de Educação e Saúde, Unidade Acadêmica de Saúde].

Barros, L. S., Melato, D., da Silva, G. F., & Centa, A. (2023). Obesidade e sua relação com o balanço energético. Seven Editora, 1422-1439.

Borba, A. P. A., de Araújo Ramos, L. R. C., & da Costa Maynard, D. (2023). Microbiota e dieta: importância da modulação intestinal com foco na obesidade. Research, Society and Development, 12(6), e24212642263-e24212642263.

Carvalho, D., Faria, A., & Loureiro, H. (2020). Microbiota intestinal e obesidade infantil–uma revisão narrativa. Acta Portuguesa de Nutrição, (21), 38-41.

Carvalho, J. M. T. S. 2022. Identificação de alguns fatores de risco para a obesidade e visualização da informação [Dissertação de mestrado, Mestrado em Bioestatística e Biometria, Universidade Aberta].

Gandra, A. L., Flausino, B. G., Martins, B. X. B., Sousa, D. C. R., Dolabela, D. C. F., Duarte, E. M. P., & de Oliveira, M. C. (2021). Importância da microbiota intestinal e sua modulação para o emagrecimento saudável. Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação, 7(8), 523-532.

Guillot, C. (2020). Microbiota intestinal y obesidad en la infancia. Revista Cubana de Pediatría, 92(1).

Koutoukidis, D. A., Jebb, S. A., Zimmerman, M., Otunla, A., Henry, J. A., Ferrey, A., ... & Marchesi, J. R. (2022). The association of weight loss with changes in the gut microbiota diversity, composition, and intestinal permeability: A systematic review and meta-analysis. Gut microbes, 14(1), 2020068.

Machado-Fernandez, M. G., Mora-Domínguez, G. F., & Peña-Cordero, S. J. (2023). Implicación de la disbiosis intestinal en la obesidad. MQRInvestigar, 7(2), 1215-1240.

Magalhães, C. G., Machado, V. C., da Silva Santos, L. A., Martins, P. C., & De Santana, M. L. P. (2023). Uma análise das representações sociais da obesidade por profissionais de saúde na atenção primária à saúde. DEMETRA: Alimentação, Nutrição & Saúde, 18, 70592.

Mendes, K. D. S., Silveira, R. C. D. C. P., & Galvão, C. M. (2008). Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & contexto-enfermagem, 17, 758-764.

Pinto, M. I. T. (2019). A influência do Microbiota Intestinal na fisiopatologia da Obesidade e Diabetes Mellitus tipo 2 [Tese de mestrado, Faculdade de Farmácia, Universidade de Coimbra].

Salomão, J. O., Cabral, I. D., do Vale Almada, M. O. R., de Matos, G. X., da Silva, M. M., do Nascimento, P. L., & Acosta, R. J. D. L. T. (2020). Implicações da microbiota intestinal humana no processo de obesidade e emagrecimento: revisão sistemática. Brazilian Journal of Health Review, 3(5), 15215-15229.

Santos, A. S. (2020). Papel da microbiota intestinal no controle de peso de pacientes submetidos a cirurgia bariátrica. Acta Portuguesa de Nutrição, (21), 42-47.

Sergeev, I. N., Aljutaily, T., Walton, G., & Huarte, E. (2020). Effects of synbiotic supplement on human gut microbiota, body composition and weight loss in obesity. Nutrients, 12(1), 222.

Sousa, L. M. M., Marques-Vieira, C. M. A., Severino, S. S. P., & Antunes, A. V. (2017). A metodologia de revisão integrativa da literatura em enfermagem. Revista investigação em enfermagem, 21(2), 17-26.

Silva Nogueira, C. M., da Costa, J. A., de Moura Martins, S. K., Negrão, L. D., dos Santos Duarte, E. C. P., de Lima Sousa, P. V., ... & dos Anjos Barros, N. V. (2023). Consumo alimentar, medidas antropométricas e relação com o risco de disbiose intestinal em mulheres com sobrepeso e Obesidade. Observatório de la economía latinoamericana, 21(6), 4157-4182.

Silva, E. L., Leite, N. A. A., Mota, J. V. F., Thiengo, I. B., de Oliveira Carneiro, M., Arpini, J. P., & de Andrade, J. A. A. (2021). Interferência do microbioma gastrointestinal no ganho de peso e obesidade: uma revisão da literatura. Revista Eletrônica Acervo Científico, 35, e8590-e8590.

Soares, D. K. N. S. (2019). Modulação da microbiota intestinal com probióticos e sua relação com a obesidade. Revista de Divulgação Científica Sena Aires, 8(3), 356-366.

Souza, C. S. C., de Souza, R. C., do Nascimento Evangelista, J., & de Sales Ferreira, J. C. (2021). A importância da microbiota intestinal e seus efeitos na obesidade. Research, Society and Development, 10(6), e52110616086-e52110616086.

Stanislawski, M. A., Frank, D. N., Borengasser, S. J., Ostendorf, D. M., Ir, D., Jambal, P., & Catenacci, V. A. (2021). The gut microbiota during a behavioral weight loss intervention. Nutrients, 13(9), 3248.

Vinha, L. I., de Almeida, M. E. F., Barakat, B., de Santana, B. F., Ribeiro, M. G. C., & Parussolo, G. S. (2023). Disbiose intestinal em obesos: Uma revisão de literatura. Research, Society and Development, 12(4), e9712440980-e9712440980.

Whittemore, R., & Knafl, K. (2005). The integrative review: updated methodology. Journal of advanced nursing, 52(5), 546-553.

Published

16/01/2024

How to Cite

GOMES, N. L. P. .; PAES, G. T. .; SILVA, V. C. A. .; BASTOS, J. M. .; MAIA, M. A. da S. Q. .; DINIZ, I. G. .; GUIMARÃES, M. C. M. . Intestinal dysbiosis and its impact on the weight loss process: An integrative literature review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 13, n. 1, p. e7313144763, 2024. DOI: 10.33448/rsd-v13i1.44763. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/44763. Acesso em: 20 may. 2024.

Issue

Section

Health Sciences