The role of nurses in promoting the humanization of intensive care for newborns

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v13i3.45217

Keywords:

Neonatology; Nursing care; Intensive care units.

Abstract

The professional nurse has an essential role in the articulation of humanized and quality care, aiming at promoting the health of the neonate, where humanization becomes more important since feelings such as stress can arise due to the permanence of the patient and family within the care unit. In this sense, the present research has as main objective to analyze, through bibliographic research, the importance of humanized nursing care in neonatal intensive care units. this is an integrative literature review study based on scientific nursing publications indexed in the Scientific Electronic Library Online and Virtual Health Library database between the years 2018 and 2022. After the searches carried out in the scientific literature regarding the humanized nursing care for the newborn in the intensive care unit, two categories of analysis were used: (1) The importance of the nursing team in the recovery of the newborn; (2) Attributions of the professional nurse in relation to the newborn hospitalized in the ICU. The creation of actions that enable this bond between professional-family, I have a greater sensitivity in the health-disease process, where the team that provides assistance needs to create this bond so that they also feel cared for and promote a greater bond of trust.

References

Behenck Barison, G. & Soares Machado, V. (2022). O processo de humanização e o profissional de enfermagem em UTI neonatal: Revisão integrativa. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar - ISSN 2675-6218. 3 (9), e391985. 10.47820/recima21.v3i9.1985. https://recima21.com.br/index.php/recima21/article/view/1985.

Brasil. Ministério da saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas (2017). Atenção humanizada ao recém-nascido: Método Canguru: manual técnico / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. P. 16.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. (2014). Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Atenção à saúde do recém-nascido: guia para os profissionais de saúde / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. – 2. ed. atual. p.33

Brasil. Portaria nº 1.683 (2007). institui Normas de Orientação para a Implantação do Método Canguru. Diário Oficial da União, [Internet]. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/g m/2007/prt1683_12_07_2007.html

Brasil. Portaria nº 1.459 (2011). institui a Rede Cegonha no âmbito do SUS. Diário Oficial da União, [Internet]. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2011/prt1459_24_06_2011.html

Brasil. Portaria nº 930 (2012). Define as diretrizes e objetivos para a organização da atenção integral e humanizada ao recém-nascido grave ou potencialmente grave. Ministério da saúde [internet]. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2012/prt0930_10_05_2012.html

Brasil. Ministério da Saúde (2001). Secretaria de Assistência à Saúde Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar / Ministério da Saúde, Secretaria de Assistência à Saúde. – Brasília: Ministério da Saúde.

Chaves, A. C. F. et al (2019). Cuidado e manutenção da integridade da pele do neonato. Rev enferm UFPE on line., Recife, 13(2):378-84, fev., 2019. ISSN: 1981-8963. https://doi.org/10.5205/1981-8963-v13i02a237974p378-377-2019.

Costa, J. V. S., Sanfelice, C. F. O., & Carmona, E. V. (2019). Humanização da assistência neonatal na ótica dos profissionais da enfermagem. Ver enferm UFPE on line. 13:e242642. 10.5205/1981-8963.2019.242642

Gomes, S. F. et al. (2019). Papel do enfermeiro no cuidado intensivo neonatal no Brasil. Ceará, Essentia (Sobral). ISSN: 1516-6406 20 (1), 9-16. https://essentia.uvanet.br/index.php/ESSENTIA/article/view/239

Hoshihara, J. R., & Mendonça, L.A. (2022). Tratamentos medicamentosos para a diabetes mellitus gestacional: uma revisão bibliográfica integrativa. Research, Society and Development, 11(15), e89111537055, 2022 (CC BY 4.0) | ISSN 2525-3409 | http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v11i15.37055

Lobato, W. M. S et al. (2023). Humanização do cuidado em unidades de terapia intensiva. Revista ft. Ciências da Saúde, Volume 28/ Edição 2023. ISSN 1678-0817. 0.5281/zenodo.10367459

Magalhães Simone, G & Silva Janaina, S. (2019). O Cuidado Humanizado na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Revista Pró-UniverSUS. https://doi.org/10.21727/rpu.v10i1.1640.

Martins, P. L., Azevedo, C. D. S., & Afonso, S. B. C. (2018). O papel da família nos planos de tratamento e no cuidado pediátrico hospitalar em condições crônicas complexas de saúde. Saúde e Sociedade, 27, 1218-1229.

Menin, E. G. & Pettenon, M. K. (2015). Terminalidade da vida infantil: percepções e sentimentos de enfermeiros. Rev. bioét. (Impr.). 2015; 23(3): 608-14. https://doi.org/10.1590/1983-80422015233097

Minayo, M. C de S. (2012). Análise qualitativa: teoria, passos e fidedignidade. Ciência & Saúde Coletiva, 17(3), 621-626.

Noda, L. M et al. (2018). A humanização em Unidade de Terapia intensiva neonatal sob a ótica dos pais. REME - Rev Min Enferm. 2018;22:e-1078. 10.5935/1415-2762.20180008.

Peres, L. A. et al. (2021). Cuidados de enfermagem ao recém-nascido nos distintos cenários: revisão integrativa. Advances in Nursing and Health, Londrina, 3, 31-47,2021. https://doi.org/10.5433/anh.2021v3.id41478.

Prazeres, L. E. et al. (2021). Atuação do enfermeiro nos cuidados em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal: Revisão integrativa da literatura. Research, Society and Development, 10(6), e1910614588, 2021 (CC BY 4.0) | ISSN 2525-3409 | http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i6.14588

Souza, K. M. O. & Ferreira, S. D. (2008). Assistência humanizada em UTI neonatal: os sentidos e as limitações identificadas pelos profissionais de saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 15(2), 471-480, 2010. https://doi.org/10.1590/S1413-81232010000200024.

Published

13/03/2024

How to Cite

CORREIA, V. Y. S. .; TENÓRIO , E. A. .; NASCIMENTO, D. L. .; CRUZ, M. C. de S. da .; OLIVEIRA , T. da S. .; SILVA , T. G. C. . da .; MOURÃO, R. F. . The role of nurses in promoting the humanization of intensive care for newborns . Research, Society and Development, [S. l.], v. 13, n. 3, p. e3613345217, 2024. DOI: 10.33448/rsd-v13i3.45217. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/45217. Acesso em: 25 jun. 2024.

Issue

Section

Health Sciences