Analysis of environmental impacts in the construction of a photovoltaic plant at the Academic Unit of Cabo de Santo Agostinho, Brazil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v13i3.45288

Keywords:

Solar energy; Viability; Sustainability.

Abstract

The use of solar energy has been increasing its space in the energy matrix. Brazil has great potential for applications using photovoltaic energy. This potential is not fully explored. Due to this, this research aims to evaluate the environmental impacts caused by the production, implementation, operation and maintenance of a 1 MW photovoltaic plant implemented in the Academic Unit located in Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco, Brasil, one of the branches of the of the Federal Rural University of Pernambuco. The Control List Method ("checklist") was used to identify and qualitatively evaluate the most relevant impacts. The environmental assessment of the plant identified that the biggest impact in the planning phase was the attraction of people, due to the publicity of the project. In the implementation phase, deforestation and soil movement stood out, while visual pollution and the increase in the supply of electricity were the main impacts in the operation phase.

References

ANEEL. (2016). Aneel. Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). https://www.gov.br/aneel/pt-br

Aguilar, R. S., Oliveira, L. C. S, & Arcanjo, G. L. F. (2012). Energia Renovável: Os Ganhos E Os Impactos Sociais, Ambientais E Econômicos Nas Indústrias Brasileiras. In: Anais do XXXII Encontro Nacional De Engenharia De Produção (p. 1-11). Bento Gonçalves, Brasil. https://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2012_TN_STP_167_970_19670.pdf.

Bastos A. C. S., & Almeida, J. R. (2002). Licenciamento ambiental brasileiro no contexto da avaliação de impactos ambientais. Cunha, S. B., & Guerra, A. J. T. (Org.). In: Avaliação e perícia ambiental. (p. 77-113). Rio de Janeiro, RJ: Bertrand Brasil.

Conselho Superior da Justiça do Trabalho (2014). Guia de Contratações Sustentáveis da Justiça do Trabalho/Brasil. Conselho Superior da Justiça do Trabalho (2. ed.), Brasília: Tribunal Superior do Trabalho.

Constituição da República Federativa do Brasil, de 5 de outubro de 1988. Diário Oficial da União: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm

Dias, M. C. (1999). Manual de Impactos Ambientais: Orientações básicas sobre aspectos ambientais de atividades produtivas. Fortaleza: Banco do Nordeste, 1999.

Eletrobrás (2020). Geração: Temelétrica Candiota III (Fase C). https://www.cgteletrosul.com.br/nosso-negocio/geracao/candiota

Fernandes, E. N. (1997). Sistema inteligente de apoio ao processo de avaliação de impactos ambientais de atividades agropecuárias. (Tese de doutorado), Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, Brasil.

Freitas, G. S., & Dathein, R. (2013). As energias renováveis no Brasil: uma avaliação acerca das implicações para o desenvolvimento socioeconômico e ambiental. Nexos Econômicos, 7(1), 71-93.

Liao, T., Lin, B., & Yang, Z. (2014). Performance characteristics of a low concentrated photovoltaic- thermoelectric hybrid power generation device. International Journal of Thermal Sciences, 77, 158–164.

Medeiros, R. D. (2010). Proposta metodológica para Avaliação de Impacto Ambiental aplicada a projetos de usinas eólio-elétricas. (Dissertação de mestrado). Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo, São Paulo, Brasil.

Melo, E. G. (2012). Geração Solar Fotovoltaica: estimativa do fator de sombreamento e irradiação em modelos tridimensionais de edificações. (Dissertação de mestrado), Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil.

Milaré, E. (2000). Direito do Ambiente: Doutrina, Prática, Jurisprudência e Glossário (3 ed.). São Paulo, SP: Revista dos Tribunais.

Nascimento, B. J., Holanda, R. M., Araújo, F. W. C., Medeiros, R. M., Lima, K. P. B. A., Silva, J. H., Lima, F. B., & Santos, J. J. (2022). Energia Limpa: custo instalado e eficiência de operação de usina fotovoltaica de 1 MW. Research, Society and Development, 11(14).

Oliveira, E. M. (2000). Educação ambiental uma possível abordagem (2a ed.). Brasília, DF: Ibama.

Pereira, A. S.; Shitsuka, D. M.; Parreira, F. J.; Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. Brasil, ed. 1.

Polman, A., Knight, M., Garnett, E. C., Ehrler, B., & Sinke, W. C. (2016). Photovoltaic materials: Present efficiencies and future challenges. Science, 352(6283).

Resolução Conama nº 1, de 23 de janeiro de 1986. Dispõe sobre critérios básicos e diretrizes gerais para a avaliação de impacto ambiental. Diário Oficial da União. http://www2.mma.gov.br/port/conama/res/res86/res0186.html.

Sanchez, L. E. (2013). Avaliação de Impacto Ambiental: conceitos e métodos. Oficina de textos.

Silva, E. (1999). Avaliação de Impactos Ambientais no Brasil. SIF.

Silva, B. C. O., Silva, M. N., Carvalho, W. R., Pereira, M. G. F., Carvalho, G. K. G., Moura, P. V. L. M., & Mendes, N. S. (2023) Análise da viabilidade econômica da implantação de um sistema de energia solar fotovoltaica na Christus Faculdade do Piauí. Research, Society and Development, 12(8), p. e2912842569.

Silva, D. V., Silva, J. R. B., Oliveira, S. R., Andrade, R. O., Figueiredo, C. F. V., Sousa, G. M., Costa, M. M. L., Formiga, A. C. S., Oliveira, F. F. D., Oliveira, P. A. T., Nascimento, R. R. A., & Medeiros, R. L. B. (2020). Study on the economic viability of a photovoltaic plant in a higher education institution in the semi-arid region of Paraíba. Research, Society and Development, 9(11), e4879119886.

Stamm, H. R. (2003). Método para Avaliação de Impacto Ambiental (AIA) em projetos de grande porte: Estudo de caso de uma usina termelétrica. (Tese de doutorado). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Tolmasquin, M. T. (2003). Fontes Renováveis de Energia no Brasil. Interciência.

Published

14/03/2024

How to Cite

NASCIMENTO, B. J. do; HOLANDA, R. M. de; ARAÚJO, F. W. C. de; LIMA, K. P. B. de A.; CUNHA, A. L. X. .; MORANT-CAVALCANTI, K. V. . Analysis of environmental impacts in the construction of a photovoltaic plant at the Academic Unit of Cabo de Santo Agostinho, Brazil. Research, Society and Development, [S. l.], v. 13, n. 3, p. e4113345288, 2024. DOI: 10.33448/rsd-v13i3.45288. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/45288. Acesso em: 25 jun. 2024.

Issue

Section

Engineerings