Circulation Project: report of an university extension action aimed at blood donation

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7236

Keywords:

Universities; Health education; Nursing; Hemotherapy service; Blood donors.

Abstract

This study aims to report the experience of students from a Higher Education Institution about the development of an activity aimed at raising awareness for blood donation and collection of blood bags in the community. This is a descriptive study, based on an experience report, lived by scholarship students from the Nursing Tutorial Education Program of a Higher Education Institution in the interior of Rio Grande do Sul, in the Circulation Project. The experience in carrying out the activities linked to the project, which were intended to encourage the engagement of the regional population in the importance of blood donation, reflected in the capture of significant numbers of blood bag collection. Thus, Circulation, is a project that contributes to academic training, by enabling the exercise of organizing events, as well as to society, by providing knowledge about blood donation. It is noteworthy that the execution of the project is used as an accessory tool to attract a greater number of blood donors, so that people can continue to make further donations in hemotherapy services.

References

Amorim, B. M & Baldessar, M. Z. (2019). Aspectos da doação de sangue entre acadêmicos de Medicina. Revista da AMRIGS, 63(3): 273-278.

Brasil. (2019). Agência Saúde. Dezesseis a cada mil brasileiros doam sangue. 2019. Acesso em 16 de abril, em <https://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/45520-dezesseis-a-cada-mil-brasileiros-fazem-doacao-de-sangue>.

Brasil. (2020). Ministério da Saúde. Secretaria da Saúde do Estado do Rio Grande do Sul (RS). Onde doar sangue. Acesso em 20 de abril, em <https://saude.rs.gov.br/onde-doar-sangue>.

Brasil. (2016). Portaria n. 158, de 04 de fevereiro de 2016: redefine o regulamento técnico de procedimentos hemoterápicos. Acesso em 16 de abril, em <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2016/prt0158_04_02_2016.html>.

Brasil. (2015). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Especializada e Temática. Manual de orientações para promoção da doação voluntária de sangue. Acesso em 20 de abril, em <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_orientacoes_promocao_doacao_voluntaria_sangue.pdf>.

Brasil. (2015). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Especializada e Temática. Guia para uso de hemocomponentes. Acesso em 16 de abril, em <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_uso_hemocomponentes_2ed.pdf>.

Hemocentro Regional de Santa Maria. (2020). HEMOSM. Agendamento diante da prevenção ao coronavírus. Acesso em 27 de abril, em <https://www.facebook.com/pg/HemocentrodeSantaMaria/posts/?ref=page_internal>.

Locks, M.O.H., Salum, N.C., Barros, B.S., Matos, E., Anders, J.C., & Schneider, D.G. (2019). Perfil dos doadores de sangue que apresentaram reações adversas à doação. Revista Brasileira de Enfermagem, 72(1), 81-87.

Nascimento, A.A.D., Ilha, S., Marzari, C.K., Diefenbach, G.D., & Backes, D.S. (2015). Cuidado de enfermagem no processo de doação de sangue: percepção dos profissionais e dos usuários. Rev. enferm. Cent.-Oeste Min, 1497-1504.

Pereira, J. R., Sousa, C. V., Matos, E. B. D., Rezende, L. B. O., Bueno, N. X., & Dias, Á. M. (2016). Doar ou não doar, eis a questão: uma análise dos fatores críticos da doação de sangue. Ciência & Saúde Coletiva, 21, 2475-2484.

Rocha, J.R., Merlini, G. P., Simas, R. D. C., Scaramucci, C. P., Avante, M. L., & Dias, L. G. G. G. (2009). Histórico, evolução e correlação da transfusão sanguínea com os principais animais domésticos: Revisão literária. Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, v. 1, n. 13, p. 01-06.

Santos, N. L. P. D., Stipp, M. A. C., Silva, A. L. A. D., Moreira, M. C., & Leite, J. L. (2013). O cuidado de enfermagem aos doadores de sangue-a perspectiva da integralidade. Escola Anna Nery, 17(4), 661-667.

Schmotzer, W. B., Riebold, T. W., Porter, S. L., & Blauvelt, S. R. (1985). Time saving techniques for the collection, storage, and administration of equine blood and plasma. Veterinary medicine (USA), v.80, n.2, p.89-94, 1985.

Silva, M. O. (2017). Ritos e mitos: as representações sobre o sangue e sua doação. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Profissional em Saúde). Repositório Institucional FIOCRUZ, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio.

Souza, M. K. B. D., & Santoro, P. (2019). Desafios e estratégias para doação de sangue e autossuficiência sob perspectivas regionais da Espanha e do Brasil. Cadernos Saúde Coletiva, 27(2), 195-201.

Published

17/08/2020

How to Cite

Cogo, S. B., Silva, L. M. C. da, Vilhalba, E. F., Boff, N. K., Maciel, V. de Q. S., Xavier, A. L. M. ., Costa, K. C. da ., Ruppelt, B. C., Portela, J. M. G., & Lima, H. F. . (2020). Circulation Project: report of an university extension action aimed at blood donation. Research, Society and Development, 9(9), e283997236. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7236

Issue

Section

Health Sciences