The language acquisition process for children with autistic spectrum disorder: review article

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11584

Keywords:

Language; TEA; Speech therapy.

Abstract

Objective: To present a survey of scientific publications on the language acquisition of children with autism spectrum disorder, addressing the interventions used by speech therapists. Method: This research is a review of critical literature, of qualitative analysis, which aims to systematize results of articles, theses and results of research carried out with the process of language acquisition in individuals with Autism Spectrum Disorder and the speech therapist as a professional relevant in this process. Results: It was observed that the studies found complete several aspects in the process of language acquisition, strategies and practices that favor this process, school and professionals with interventions based on the uniqueness of each subject, favoring the social insertion of autistic people in communicative and conversational. Conclusion: The articles and theses presented contribute to present relevant scores on the language acquisition process in autistic people.

References

American Psychiatric Association (2014). Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais. (5a ed.). Editora Artmed.

Assumpção, JR., F. B. (2003). Transtornos abrangentes do desenvolvimento. In: Assumpção JR., F. B.; Kuczynski, E. (Org.), Tratado de Psiquiatria da Infância e Adolescência. (pp. 265-280). Atheneu

Assumpção, JR., F. B., & Kuczynski, E. (2018). Autismo: conceito e diagnóstico. In: Ana Carolina Sella, Daniela Mendonça Ribeiro (Organizadoras). Análise do comportamento aplicada ao transtorno do espectro autista. (p. 321). Curitiba: Appris.

BigochinskI, E., & Eckstein, M.P.W. (2016). A importância do trabalho com a consciência fonológica para a aprendizagem da leitura e da escrita. Ensaios pedagógicos, Revista Eletrônica do Curso de Pedagogia das Faculdades OPET, 11, 44-67. http://www.opet.com.br/faculdade/revista-pedagogia/pdf/n11/artigo4.pdf.

Conselho Federal de Fonoaudiologia. Resolução nº 309 de 1º de abril de 2005. https://www.fonoaudiologia.org.br/resolucoes/resolucoes_html/CFFa_N_309_05.htm.

Rosal, A. G. C., Cordeiro, A. A. A., Silva, A. C. F., Silva, R. L., & Queiroga, B. A. M. (2016). Contribuições da consciência fonológica e nomeação seriada rápida para a aprendizagem inicial da escrita. Revista CEFAC, 18(1), 74-85.

Fernandes, D. M. Z. (2016). A percepção de professores de educação infantil sobre a atuação fonoaudiológica na escola. (Dissertação de Mestrado). Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP, Brasil. http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/309753.

Ferraro, L. I. G. (2015). Perfil Funcional da Comunicação e Desempenho Sócio Cognitivo em Crianças com Diferentes apresentações de Autismo. (Dissertação de Mestrado). Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Salvador, BA, Brasil.

Firmino, A., (2017). Para uma melhor qualidade de vida: Terapias de diferentes áreas que favorecem o desenvolvimento do autista. Segredos da Mente. Alto Astral.

Freire, T. (2018) Ações da fonoaudiologia na escola: programa de estimulação da consciência fonológica em escolares do 1 ano, (Tese de Doutorado) Universalidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauro. Bauro, SP, Brasil.

Donicht, G., Ceron, M. I. & Keske-Soares, M. (2019). Erros ortográficos e habilidades de consciência fonológica em crianças com desenvolvimento fonológico típico e atípico. CoDAS, 31(1), e20170212. Epub February 11, 2019.https://dx.doi.org/10.1590/2317-1782/20182018212.

Instituto Neurosaber. (2020). A atuação do Fonoaudiólogo no processo de aprendizagem. https://institutoneurosaber.com.br/atuacao-fonoaudiologo-no-processo-de-aprendizagem.

Ishihara, M. K., Tamanaha, A. C., & Perissinoto, J. (2016). Compreensão de ambiguidade em crianças com Transtorno Específico de Linguagem e Fala e Transtorno do Espectro Autista. CoDAS, 28(6), 753-757. https://dx.doi.org/10.1590/2317-1782/20162015260.

Leite, K. K. A., Bittencourt, Zélia, Z. L. C., & Silva, I. R. (2015). Fatores socioculturais envolvidos no processo de aquisição da linguagem escrita. Revista CEFAC, 17(2), 492-501. https://doi.org/10.1590/1982-021620153414.

Oliveira, E., Guaresi, R., & Viali, L. (2019). Análise de preditores linguísticos e cognitivos da aquisição e aprendizado inicial da leitura e escrita. Revista Virtual Lingu@ Nostr@, 6(1), 3 - 30. https://www.linguanostra.net/index.php/Linguanostra/article/view/125.

Paiva júnior, F. (2020). O que é autismo? Revista Autismo. 9, 8.

Rodrigues, J. M. C. Spencer, E. (2015). A Criança Autista: um estudo psicopedagógico. (2 a. ed.). Wak Editora.

Sampaio, C.M. Oliveira, G. F. (2017). O Desafio da Leitura e da Escrita em Crianças com Perturbação do Espectro do Autismo. Revista Multidisciplinar e de Psicologia, 11(36), 343-362.

Sanabe Júnior, Gilberto, G., Ana Cristina, S., Ana Paula, B., Ana Paula, M., Giselle, B., Kyrlian, B. & Farinha, S. (2016). Visão dos graduandos do curso de Fonoaudiologia acerca da Fonoaudiologia Educacional a partir de suas experiências teórico-práticas. Revista CEFAC, 18(1), 198-208. https://doi.org/10.1590/1982-021620161816715.

Teixeira, G. (2016). Manual do Autismo. Best Seller.

Published

05/01/2021

How to Cite

SILVA, W. M. da; COELHO, A. T. C. B. . The language acquisition process for children with autistic spectrum disorder: review article. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e15010111584, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.11584. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11584. Acesso em: 6 mar. 2021.

Issue

Section

Review Article