Financial education: Retirement from the perspective of academics from a public university in the central west of Minas Gerais

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11638

Keywords:

Financial education; Retirement; Social security.

Abstract

Retirement is an issue that has left many Brazilians unsure due to the changes in the rules of the social security regime that have occurred recently. This will lead many individuals to look for alternatives to ensure sufficient income to survive post-retirement. Thus, the purpose of this study was to analyze the behavior of academics at a public university located in Minas Gerais, in relation to the formation of a financial reserve for retirement. The specific objectives were to describe the profile of academics, verify their level of knowledge about financial education, analyze their financial behavior and learn how they intend to form a specific retirement reserve. The hypothesis was that academics still did not consider the formation of a financial reserve for use in post-work life important and therefore did not make a reserve for this purpose. A descriptive research with a quantitative approach was carried out, whose information was collected by questionnaire. It was identified that those surveyed were predominantly young, female and were already inserted in the job market. They did not use credit cards frequently, they had control over their spending, they considered themselves controlled in the management of their finances and with sufficient knowledge for adequate financial management. They did not have much knowledge about social and private pensions, however, they knew about investments such as savings, stocks, movable and real estate. Although they consider the formation of a financial reserve to be used in the post-employment phase important, they had not yet started the formation of this reserve, despite studying at a public university, therefore without monthly fees, and already being in the labor market.

Author Biographies

Luana Carolina Reis , State University of Minas Gerais

Administration

Milca Oliveira Borgis, State University of Minas Gerais

Administration

Valdilene Gonçalves Machado Silva, Universidade do Estado de Minas Gerais

Mestre em Desenvolvimento Regional, Administradora, pesquisadora, extensionista e professora da Universidade do Estado de Minas Gerais - Uemg e Faculdade Divinópolis-FACED

References

Aranha, A. B. J., & Sacramento, F. J. S. (2013). Tesouro direto: Estudo com os professores da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis de São Roque. Revista Econômica Gestão de negócios, 4(1), http://docs.uninove.br/arte/fac/publicacoes/pdf/v4-n1-2013/Ana_Bruna.pdf

Arcuri, N. (2018). Me poupe! Dez passos para nunca mais faltar dinheiro no seu bolso. Sextante

Bertucci, J. L O. (2011). Metodologia básica para elaboração de trabalhos de conclusão de cursos: ênfase na elaboração de TCC de pós-graduação lato sensu. São Paulo: Atlas.

BM&F Bovespa (2016). Ações. http://www.bmfbovespa.com.br/pt_br/produtos/listados-a-vista-e-derivativos/renda-variavel/acoes.htm#panel1a

BM&F Bovespa (2016). Fundos De Investimento Imobiliário. Http://Www.Bmfbovespa.Com.Br/Pt_Br/Produtos/Listados-A-Vista-E-Derivativos/Renda-Variavel/Fundos-De-Investimento-Imobiliario-Fii.Htm

Braido, G. M. (2014). Planejamento financeiro pessoal dos alunos do curso das áreas de gestão: estudo em uma instituição de ensino superior do rio Grande do Sul. Estudo e Debate. Lajeado, 21(1), 37-58 www.univates.br/revistas/index.php/estudoedebate.

Cerbasi, G. (2014). Adeus, aposentadoria. Como garantir seu futuro sem depender dos outros. Sextante.

Cerbasi, G. (2013). Investimentos inteligentes. Sextante.

Cherobim, A. P. M. S., & Espejo, M. M. dos S. B. (2010). Finaças pessoais conhecer para enriquecer! Atlas.

Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (2019, março). Seis a cada dez brasileiros não se preparam para aposentadoria, revela pesquisa CNDL/SPC Brasil e Banco Central. http:// http://site.cndl.org.br/seis-em-cada-dez-brasileiros-nao-se-preparam-para-aposentadoria-revela-pesquisa-cndlspc-brasil-e-banco-central/

Constituição da República Federativa do Brasil. (1988, 5 de dezembro). Brasília. https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/518231/CF88_Livro_EC91_2016.pdf

Dietrich, J. & Braido; G. M. (2016, maio, agosto). Planejamento financeiro para a aposentadoria. Um estudo com os alunos do curso de especialização de uma instituição de ensino superior. Revista de Sociedade, contabilidade e gestão, 11(2), 29-52. https://revistas.ufrj.br/index.php/scg/article/view/13378/9200

Domingos, R. (2013). Sabedoria financeira: o milagre da multiplicação de recursos. Thomas Nelson Brasil.

Ferreira, A. B. de H. (2010). Dicionário da língua portuguesa (5a ed.) Positivo.

França, L., H. F. P. & Soares; D. H. P. (2009). Preparação para aposentadoria como parte da educação ao longo da vida. Rev. Psicologia, ciência e profissão, 29 (4), 738–751. https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-98932009000400007&script=sci_abstract&tlng=pt

Fulgêncio, P. C. (2007). Glossário VadeMecum: administração pública, ciências contábeis, direito, economia, meio ambiente: 14.000 termos e definições. Mauad, 2007.

Garcia, A. C. D. (2005, abril). Planejamento financeiro pessoal: um estudo sobre a renda pós aposentadoria. [Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul]. Lume Repositório Digital da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. http://www.lume.ufrgs.br

Gil, A. C. (2007). Métodos e técnicas de pesquisa social (5a ed.). Atlas.

Gil, A. C. (2016). Como elaborar projetos de pesquisa (5a ed.). Atlas.

Gitman, L. J. & Joehnk, M. D. (2005). Princípios de investimentos (Trad. Maria Lucia Leite Rosa) (8a ed.). Pearson Universidades.

Hoji, M. (2011). Finanças da família: o caminho para a independência financeira (3a ed.). Companhia dos Livros

Goeking, W. (2018, 6 junho). Brasileiros deixam 2,4 bilhoes no pior investimento. Infomoney. https://www.infomoney.com.br/onde-investir/brasileiros-deixam-24-bilhoes-no-pior-investimento-do-ano-entenda/

Gonzalez, A. (2018, 25 julho). Pesquisa mostra que 76% não praticam consumo consciente no Brasil. Globo Comunicação e Participações S.A, 25 jul. 2018. https://g1.globo.com/natureza/blog/amelia-gonzalez/post/2018/07/25/pesquisa-mostra-que-76-nao-praticam-consumo-consciente-no-brasil.ghtml

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010). Censo 2010. www.ibge.gov.br/

Lizote, S. A., Simas, J. de, Verdinelli, M. A. & Lana, J. (2016, setembro, dezembro). Finanças pessoais: um estudo envolvendo os alunos de ciências contábeis de uma instituição de esnsino superior da Santa Catarina. Revista da UNIFEBE, 1(19), 72-85. https://periodicos.unifebe.edu.br/index.php/revistaeletronicadaunifebe/article/download/186/373

Macedo Júnior, J. S. (2013). Árvore do dinheiro – guia para cultivar a sua independência financeira. Insular.

Mallmann, G. C. (2004). Estudo sobre a previdência social e sua influência na decisão de aderir a planos de previdência complementar aberta [Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul]. Lume Repositório Digital da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. http://hdl.handle.net10183/5352.

Martins, G. A. (2006). Estatística geral e aplicada (3a. ed.). Atlas.

Marques, M. S; Monteiro, S. C. M. & Freitas, V. H. C. (2014). Previdência privada. Revista JusBrasil, https://stefanocmm.jusbrasil.com.br/artigos/147837252/previdencia-privada

Megliori, E. Vallin, M. A. (2009). Administração financeira: uma abordagem brasileira. Pearson Pretice Hall.

Mineghetti, N. A., Falceta, P. F., Rassier, H. L. & Marchionatti, W. (2017). Educação financeira. PUCRS.

Neder, H. D. Amostragem em pesquisa sócio-econômicas. Alínea, 2008.

Nolasco, L. (2012, outubro). Aposentadoria especial. Âmbito Jurídico, n. 105. http://www.ambito-juridico.com.br/site/?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=12279

Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico e Comissão de Valores Mobiliários (2005) Recomendação sobre os princípios e as boas práticas de educação e conscientização financeira. https://www.oecd.org/daf/fin/financial-education/[PT]%20Recomenda%C3%A7%C3%A3o%20Princ%C3%ADpios%20de%20Educa%C3%A7%C3%A3o%20Financeira%202005%20.pdf

Pereira, J. M. (2012). Manual de metodologia da pesquisa científica (3a. ed.) Atlas.

Portal do Investidor (2020). Títulos Públicos. https://www.investidor.gov.br/menu/Menu_Investidor/Old/Valores_Mobiliarios/Titulos_publicos.html

Secretaria Especial de Previdência e Trabalho (2020). O que é Previdência Complementar. https://www.gov.br/previdencia/pt-br/assuntos/previdencia-complementar/mais-informacoes/o-que-previdncia-complementar

Segundo Filho, J. (2003). Finanças pessoais: invista no seu futuro. Qualitymark.

Santos, J. C. (2019). Previdência privada: o que é e como funciona? https://www.serasaconsumidor.com.br/ensina/dicas/previdencia-privada-o-que/

Superintendência de Seguros privados (2020, agosto). Previdência Complementar Aberta. http://www.susep.gov.br/menu/informacoes-ao-publico/planos-e-produtos/previdencia-complementar-aberta

Torres, F. C. D. (2012, março). Seguridade social: conceito constitucional e aspectos gerais. Âmbito Jurídico, Rio Grande, XV, 98. http://www.ambito-juridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=11212

Wisniewski, M. L. G. (2010). Gestão das finanças pessoais, uma ênfase na popularização do mercado de capitais brasileiro. Revista Insaberes. Curitiba, A. 6, (12), 155–172.

Published

07/01/2021

How to Cite

REIS , L. C. .; BORGIS, M. O. .; SILVA, V. G. M. Financial education: Retirement from the perspective of academics from a public university in the central west of Minas Gerais. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e184910111638, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.11638. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11638. Acesso em: 16 jan. 2021.

Issue

Section

Human and Social Sciences