Creation of a virtual herbarium as a didactic resource for teaching Botany

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11920

Keywords:

Taxonomy; Exsiccates; Scientific literacy.

Abstract

The current model used in science education has been criticized for pointing out the need to renew the learning concepts of teachers and students; where the student is a key part of the teaching and learning process. The use of multimedia, computer games and access to the Internet become fundamental devices to attract the attention of adolescents. In the teaching of Botany, the use of these resources presents itself as a valuable strategy to develop concepts about plant morphology. The term virtual herbarium is used to designate the availability of digital images of herborized exsiccates via the Internet. Its use can assist in botany classes in high school, since students have the possibility to view images of exsiccates with the convenience of the Internet. The work sought to build a website with images of herborized plant species (exsiccates) and comparative images of plants in vivo, which were used in high school botany classes. Images of herborized and in vivo plants were included on the website, recorded during a floristic survey carried out together with students from a public school in Fortaleza, after which the herbarium was applied to a class at that school. In addition, the site was evaluated using SAM and SMOG, where a satisfactory result was obtained in relation to the objective of the work.

Author Biographies

Sandara Nadja Rodrigues Brasil-Peixoto, Universidade Federal do Ceará

Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Ceará - UECE, mestre e doutoranda em Ecologia e Recursos Naturais na Universidade Federal do Ceará - UFC. Possui experiência em ecologia terrestre, com ênfase em ecologia de paisagens, biologia molecular e abelhas de ambientes áridos e semiáridos.

Gladston Roberto Carneiro Júnior, Universidade Estadual do Ceará

Graduado em Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Ceará - UECE. Tem experiência na área de Biologia Geral, Botânica e Ictiologia.

Christopher Renner Silva Morais, Universidade Estadual do Ceará

Graduado em Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Ceará - UECE. Tem experiência em florística, fitossociologia, manejo de plantas exóticas e educação ambiental.

Roselita Maria de Souza Mendes, Universidade Estadual do Ceará

Graduada em Agronomia pela Universidade Federal do Ceará - UFC, mestrado e doutorado em Agronomia (Fitotecnia) pela Universidade Federal do Ceará - UFC. Professora Associado da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Membro da Comissão Coordenadora de Concurso Docente (CCCD) da UECE. Coordenadora de Tutoria do curso de Licenciatura a distância em Ciências Biológicas UECE/UAB-MEC do Centro de Ciências da Saúde. Tem experiência na área de Botânica, com ênfase em Botânica Aplicada.  

Bruno Edson-Chaves, Universidade Estadual do Ceará

Graduado em Ciências Biológicas (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade Estadual do Ceará - UECE; mestre em Botânica pela Universidade de Brasília - UnB; doutorando em Ciências Biológicas (Botânica) pelo programa de pós-graduação em Botânica da Universidade de São Paulo - USP. É professor de Botânica da Universidade Estadual do Ceará na Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Iguatu - FECLI, Campus Humberto Teixeira. Tem experiência na área de Anatomia Vegetal, ensino de botânica, arborização urbana e etnobotânica.

References

Amorim, G. S., Pires, C. S., Santos, C. R., Nascimento, A. D., Bielenki Junior, E. B. A., & Valle, M. G. (2019). Herbários como espaços facilitadores para o processo de ensino e aprendizagem. Revista Trópica – Ciências Agrárias e Biológicas, 11(1), 36-45.

Almeida, F. B. B., Mendes, R. M. S., Lucena, E. M. P., & Edson-Chaves, B. (2016). Manual teórico-prático de Criptógamas como recurso auxiliar nas aulas práticas no ensino superior. Revista Brasileira de Biociências, 14(4), 243-249.

Barboza, R. M, Edson-Chaves, B., & Lucena, E. M. P. (2020). Glossário online de botânica como recurso didático para o ensino médio. In: Lemos, J. R. Ciências biológicas: campo promissor para pesquisas, v. 4, Ponta Grossa: Atena, p.127-140.

Bassani, P. B. S., Behar, P. A., Heidrich, R. O., Bittencourt, A., & Ortiz, E. S. (2010). Usabilidade e acessibilidade no desenvolvimento de interfaces para ambientes de educação à distância. Revista Novas Tecnologias na Educação, 8, 1-10.

Braga, R. (1960). Plantas do Nordeste, especialmente do Ceará. 2 ed. Fortaleza: Fundação Vingt-un Rosado.

Bragança, C. S., & Leão, F. F. (2013). Confecção de coleção botânica para o herbário virtual da UFT - Campus de Gurupi. In: Seminário de Iniciação Científica da Universidade Federal de Tocantins, 9., 2013, Palmas. Anais... Palmas: UFT.

Brasil. (1997). Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências Naturais. Brasília: MEC/SEF.

Brasil. (2000). Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC/SEB.

Brasil. (2006). Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Orientações Curriculares para o Ensino Médio. Brasília: MEC/SEB.

Brasil. (2018). Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/. Acesso em: 02 dez. 2020.

Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG). (2011). Manual de arborização. Belo Horizonte: Fundação Biodiversitas.

Costa, E. A., Duarte, R. A. F., & Gama, J. A. S. (2019). A gamificação da botânica: uma estratégia para a cura da “cegueira botânica”. Revista Insignare Scientia, 2(4), 79-99.

Costa, L. B. S., Arouche, M. M. B., Moreira, J. F., & Almeida Júnior, E. B. (2019). O herbário do Maranhão (MAR) que esperamos para o futuro: perspectivas e metas para garantir o registro da flora do Maranhão. Revista Trópica – Ciências Agrárias e Biológicas, 11(1), 46-55.

Costa, M. V. (2011). Material instrucional para ensino de botânica: CD-ROM possibilitador da aprendizagem significativa no ensino médio. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande.

Dagostin-Gomes, I., Giassi, L., Mattos, A. S., Alves, A. V., Niehues, R. C., & Formigoni de Luca, A. (2017). Extensão universitária e biodiversidade: promovendo educação ambiental nas Encostas da Serra Geral – sul de Santa Catarina. Revista ELO – Diálogos em Extensão, 6(2).

Doak, C., Doak, L., & Root, J. (1996). Teaching patients with low literacy skills. 2. ed. Philadelphia, PA: Lippincot.

Embrapa. (2008). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Manual de prática de coleta e herborização de material botânico. Colombo: Embrapa Florestas.

Fagundes, J. A., & Gonzalez, C. E. F. (2006). Herbário escolar: suas contribuições ao estudo da Botânica no Ensino Médio. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/ portals/pde/arquivos/1675-8.pdf. Acesso em: 22 out. 2010.

Feiffer, A. H. S., Miotto, H. S., Gonçalves, R. C., Benites, L. B., & Dinardi, A. J. (2018). Aprendizagem de botânica a partir do levantamento de plantas herbáceas do Parque Estadual do Espinilho. In: Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, 10., 2018, Santana do Livramento. Anais... Santana do Livramento: Universidade Federal do Pampa.

Fidalgo, O., & Bononi, V. R. L. (1989). Técnicas de coleta, preservação e herborização de material botânico. São Paulo: Instituto de Botânica.

Firmo, A. Q., Sousa, M. M., & Cavalcanti, M. S. (2020). Desenvolvimento e caracterização de bebidas produzidas à base de castanha de caju (Anacardium occidentale L.) Research, Society and Development, 9(1).

Harvard. (2014). Assessing and developing health materials. Disponível em: http://www.hsph.harvard.edu/healthliteracy/ practice/innovative-actions/. Acesso em: 6 jun. 2014.

Godoy, A. S. (1995). Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. Revista de Administração de Empresas, 35(2), 57-63.

Guissoni, A. C. P., Silva, I. G., Geris, R., Cunha, L. C., & Silva, H. H. G. (2013). Atividade larvicida de Anacardium occidentale como alternativa ao controle de Aedes aegypti e sua toxicidade em Rattus norvegicus. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, 15(3), 363-367.

Leite, M., & Almeida, A. C. P. (2017). Processos criativos a partir da arte da fotografia. Trama Interdisciplinar, 8(2), 176-193.

Leite, L. S., & Ramos, M. B. (2017). A metodologia ativa no ambiente virtual de aprendizagem. In: Silva, A. R. L., Bieging, P., & Bussarello, R. I. (Org,). Metodologia ativa na educação. São Paulo: Pimenta Cultural. , p. 85-101.

Lesse, E., Lucini, F., Kuster, M. C. T., Silva, F. A. B., Pereira, A. B., & Laindorf, L. B. (2020). Incidência de erva-de-passarinho em espécies arbóreas da praça Tunuca Silveira, São Gabriel - RS. In: Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, 10, 2020, Santana do Livramento. Anais... Santana do Livramento: Universidade Federal do Pampa.

Lima, G. F. A., Merino, E. A. D., & Triska, R. (2018). Métodos mais usados para avaliações de Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVAs). Revista HFD - Human Factors in Design, 7(13), 132-147.

Lima, R. A., Pinto, M. N., Mendoza, A. Y. G., Silva, D. R., Nascimento, F. A., Rodrigues, J. J. P., Almeida, K. P.C., Vieira, R. L., & Assis, S. N. S. (2019). A importância das plantas medicinais para a construção do conhecimento em botânica em uma escola pública no município de Benjamin Constant-Amazonas (Brasil). Revista Ensino de Ciências e Humanidades-Cidadania, Diversidade e Bem Estar-RECH, 5, 478-492.

Lourenzi, H. (2008). Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. V. 1. 5. ed., Nova Odessa: Instituto Plantarum.

Maciel, L. M. (2017). Herbário virtual de fitopatologia: uma ferramenta importante para os discentes de Agronomia da Unilab. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia), Instituto de Desenvolvimento Rural, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira, Redenção, Ceará.

Martins, S. J. O., & Filgueiras, L. V. L. (2007). Métodos de avaliação de apreensibilidade das interfaces textuais: uma aplicação em sítios de governo eletrônico. In: Workshop on perspectives, challenges and opportunities for human-computer interaction in Latin American, 1., 2007, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: SBC.

McLaughlin, G. H. (1969). SMOG grading: a new readability formula. Journal of Reading, 12(8), 639-649.

Miranda, R. R., Mendes, R. M. S., Bonilla, O. H., Pantoja, L. D. M., & Edson-Chaves, B. (2017). Desvendando a vegetação do Parque Botânico Estadual do Ceará através de uma cartilha educativa. Revista Brasileira de Biociências, 15(2), 28-34.

Monteiro, D. N., Ribeiro, T.C., Rocha, M. M. S., & Athayde, F. R. (2016). Educação empreendedora: a influência da internet nos hábitos de leitura do adolescente. Revista de Educação a Distância, 3(2).

Moran, J. M.; Masseto, M. T. & Behrens, M. A. (2000). Novas tecnologias e mediação pedagógica. 19 ed. Campinas: Papirus.

Moro, M. F., Westerkamp, C., & Martins, F. R. (2013). Naturalization and potential impact of the exotic tree Azadirachta indica A. Juss. in Northeastern Brazil. Check List 9 (1), 153-156.

Moro, M. F., & Westerkamp, C. (2011). The alien street trees of Fortaleza (NE Brazil): qualitative observations and the inventory of two districts. Ciência Florestal, 21(4), 789-798.

Nunes, M. J. M., Oliveira, T. F., Souza, R. T. B., & Lemos, J. R. (2015). Herbário didático como ferramenta diferenciada para a aprendizagem em uma escola de ensino médio em Parnaíba, Piauí. Momento, 24(2), 41-55.

Oliveira, J. F. C., & Freixo, A. A. (2019). Contribuições de um herbário escolar para o ensino de ciências no contexto da educação do campo. Revista Eletrônica da FAINOR, 12(2), 386-403.

Pereira, T. S., & Fernandes, S. D. C. (2018). Material didático online sobre classificação vegetal para escolas sem acesso às áreas verdes. Revista Eixo, 7(2).

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [e-book]. Santa Maria: UAB/NTE/UFSM. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-PesquisaCientifica. pdf?sequence=1. Acesso em: 18 jan. 2021.

Silva, H. O., & Bezerra, R. D. (2016). A importância da educação ambiental no âmbito escolar. Revista Interface, 12, 163-172.

Silva, J. O. R., & Oliveira, M. S. (2020). Arborização urbana e a educação ambiental como fatos conscientizador. Scientia Generalis, 1(2), 1-10.

Silva, K. C. M. A. P., Silva, T. C., & Coelho, M. A. P. (2016). O uso da tecnologia da informação e comunicação na educação básica. In: Encontro Virtual de Documentação em Software Livre, 13.; Congresso Internacional de Linguagem e Tecnologia Online, 10. Anais... Evidosol, Ciltec on line, 5(1).

Silva, R. R. (2020). Manual de plantas medicinais como ferramenta de ensino-aprendizagem do conhecimento etnobotânico. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza.

Silva, A. S., Garcia, A. F. G., Ribeiro, S. F. C., & Jesús, S. F. (2017). Metodologias ativas: um desafio para o trabalho da orientação educacional. In: Silva, A. R. L., Bieging, P., & Busarello, R. I. Metodologia ativa na educação. São Paulo: Pimenta Cultural.

Sousa, V. F. O., Bandeira, A. S., Ribeiro, M. D. S., Santos, J. J. F., Santos, G. L., Silva, R. A., Maracajá, P. B., & Costa, J. E. (2020). Uso de fitoterápicos na cura de enfermidades em animais no semiárido Paraibano. Research, Society and Development, 9(7), 1-15.

Teixeira, P. M. M. (Org.). (2006). Ensino de ciências: pesquisas e reflexões. Ribeirão Preto: Holos.

Winckler, M., & Pimenta, M. S. (2008). Avaliação de usabilidade de sites web. Porto Alegre: Instituto de Informática - UFRGS, p. 85-137.

Vidal-Amaral, M. (2016). Leiturabilidade de cartilhas ambientais editadas pelo IBAMA – CE. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas), Centro de Ciências da Saúde – Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza.

Published

28/01/2021

How to Cite

BRASIL-PEIXOTO, S. N. R. .; CARNEIRO JÚNIOR, G. R. .; MORAIS, C. R. S. .; MENDES, R. M. de S. .; EDSON-CHAVES, B. Creation of a virtual herbarium as a didactic resource for teaching Botany. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e52210111920, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.11920. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11920. Acesso em: 25 feb. 2021.

Issue

Section

Education Sciences