Perception of men who collaborate in a higher education institution on your health care

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13305

Keywords:

Primary Health Care; Health education; Men's Health.

Abstract

In an attempt to enrich health education content, the challenges faced by men in relation to their health needs were observed. The recognition of facilitating and expanding the access of the male population to health services is an initiative that results from the observation that male injuries are considered a public health problem. In order to reflect the perception of male collaborators at a Brazilian university about their health care. This is a qualitative, descriptive and exploratory study, through a focus group based on communication and interaction, with a group of 06 people and approximately 70 minutes of collection, with the purpose of addressing nursing in men's health, the data were analyzed through content analysis. However, care that is often not seen as a male culture, men need the practice of health policies that aim to promote and prevent more active primary care. It is worth mentioning that the creation of the National Policy for Integral Attention to Men's Health, as a major step towards acting in men's health, has not yet noticed effective changes in the Unified Health System, but it looks forward to a promising future in the area.

Author Biographies

Matheus Henrique Santos Clemente, Hospital Mestre Vitalino

Enfermeiro no Hospital Mestre Vitalino

Jennyfa Suely Costa Torres, Universidade do Vale do Ipojuca

Enfermeira.

Milécyo de Lima Silva, Faculdade Pernambucana de Saúde

Enfermeiro. Mestre em Educação para o ensino de graduação na área de saúde

Davydson Gouveia Santos, Universidade Federal de Santa Catarina

Enfermeiro. Doutorando em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professor do Centro Universitário Maurício de Nassau, Recife, PE.Brasil.

References

Bardin, L. (2009). Análise de conteúdo. 70. ed. Lisboa.

Barreto, M. S., Arruda, G. O. & Marcon, S. S. (2017). Como os homens adultos utilizam e avaliam os serviços de saúde. Revista Eletrônica de Enfermagem. Paraná, 19(3), 1-8. https://www.fen.ufg.br/revista/v17/n3/pdf/v17n3a20.pdf.

Bertolini, D. N. P., & Simonetti, J. P. (2014). O gênero masculino e os cuidados de saúde: a experiência de homens de um centro de saúde. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem. 18(4), 722-727. http://eean.edu.br/detalhe_artigo.asp?id=1258.

Brasil. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Brasília, 2012. Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf.

Brasil. Ministério da Saúde. (2009). Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem: Princípios e Diretrizes – Brasília: Ministério da Saúde.

Cavalcanti, J. R. D., Ferreira, J. A., Henriques, A. H. B., Morais, G. S. N., Trigueiro, J. V. S., & Torquato, I. M. B. (2014). Assistência Integral a Saúde do Homem: necessidades, obstáculos e estratégias de enfrentamento. Escola Anna Nery, 18(4), 628-634. https://doi.org/10.5935/1414-8145.20140089.

Cordeiro, S. V. L., Fontes, W. D., Fonsêca, R. L. S., Barboza, T. M., & Cordeiro, C. A. (2014). Atenção básica à saúde masculina: possibilidades e limites no atendimento noturno. Escola Anna Nery, 18(4), 644-649. https://doi.org/10.5935/1414-8145.20140091.

Lopes, G. S. D. P., Sardagna, M. C., & Lervolino, S. A. (2017). Motivos que levam os homens a procurar um serviço de pronto atendimento. Rev. Enfermagem Revista. Minas Gerais, 20(2), 151-155.

Modena, C. M. (2013). Os Homens E O Adoecimento Por Câncer: Um Olhar Sobre A Produção Científica Brasileira. Revista Baiana de Saúde Pública. Bahia, 37(3), 644-660. http://rbsp.sesab.ba.gov.br/index.php/rbsp/article/view/443/835.

Moreira, M. A., & Carvalho, C. N. (2016). Atenção integral à saúde do homem: estratégias utilizadas por enfermeiras(os) nas unidades de saúde da família do interior da Bahia. Saúde & Transformação Social. 7(3), 121-132. http://incubadora.periodicos.ufsc.br/index.php/saudeetransformacao/article/view/3660.

Oliveira, C. C., Sousa, M. A., Lira, S. V. G., Moreira, D. P., & Pereira, A. S. (2013). A procura do homem ao serviço de saúde da atenção básica. In: Seminário nacional de pesquisa em enfermagem, natal, 17(1), 2717-2719. http://www.abeneventos.com.br/anais_senpe/17senpe/pdf/1763po.pdf.

Silva, B. T. O., Freitas, M. M., Souza, G. B. S., Hardman, M. N., Sobral, H. C. F., & Silva, A. M. L. (2013). Promoção e prevenção da saúde do homem. Interfaces Científicas - Saúde e Ambiente. Aracaju, 2(1), 95–101. https://doi.org/10.17564/2316-3798.2013v2n1p95-101.

Silva, M. G. L. (2015). Saúde do Homem no Âmbito da Assistência de Enfermagem. In: Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem, ed.18. João Pessoa. Anais, COFEN. http://apps.cofen.gov.br/cbcenf/sistemainscricoes/arquivosTrabalhos/I65535.E13.T12361.D9AP.pdf.

Silva, P. A. S., Furtado, M. S., Guilhon, A. B., Souza, N. V. D. O., & David, H. M. S. L. (2012). A saúde do homem na visão dos enfermeiros de uma unidade básica de saúde. Escola Anna Nery, 16(3), 561-568. https://doi.org/10.1590/S1414-81452012000300019.

Souza, A. R., Queiroz, A. M., Florencio, R. M. S., Portela, P. P., Fernandes, J. D., & Pereira, A. (2016). Homens nos serviços de atenção básica à saúde: repercussões da construção social das masculinidades. Revista Baiana de Enfermagem. Salvador, 30(3), 1-10. https://portalseer.ufba.br/index.php/enfermagem/article/view/16054/pdf_76.

Vieira, K. L. D., Gomes, V. L. O., Borba, M. R., & Costa, C. F. S. (2013). Atendimento da população masculina em unidade básica saúde da família: motivos para a (não) procura. Esc. Anna Nery, Rio de Janeiro, 17(1), 120-127. http://www.scielo.br/pdf/ean/v17n1/17.pdf.

Published

08/03/2021

How to Cite

CLEMENTE, M. H. S.; TORRES, J. S. C.; SILVA, M. de L. .; SANTOS, D. G. Perception of men who collaborate in a higher education institution on your health care . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e11010313305, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.13305. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13305. Acesso em: 14 apr. 2021.

Issue

Section

Health Sciences