Evaluation of the technical skills of the nursing staff in attending cardiopulmonary arrest

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13310

Keywords:

Heart Arrest; Nursing; Knowledge.

Abstract

Cardiorespiratory arrest is one of the factors responsible for the increase in morbidity and mortality, even in situations or places that can guarantee an ideal care. The aim of this study is to assess the knowledge and technical skills of the nursing team regarding cardiopulmonary resuscitation. This is a quantitative, descriptive, cross-sectional study. Developed in an Emergency Care Unit in a city in the interior of São Paulo. From July to August 2020. The sample was 32 participants. Instruments were developed to collect sociodemographic data, and which evaluated performance; as skills and attitudes of the professional, as well as theoretical and practical knowledge on the subject addressed, being built according to the literature and protocols of care of the American Heart Association. The data were analyzed using descriptive statistical analysis. Most participants are female (27; 84.4%), aged between 20 and 30 years (14; 43.8%), Nursing Technicians (15; 46.9%). Regarding the result of the Knowledge Test on Cardiopulmonary Resuscitation, composed of 15 true or false statements, an issue with 100% correct answers was observed by the participants. There is a deficit and gaps in the knowledge of the nursing staff in the care of cardiopulmonary resuscitation.

Author Biographies

Bianca Nunes Bueno da Silva, Fundação Educacional do Município de Assis

Enfermeira. Fundação Educacional do Município de Assis. Assis, SP, Brasil.

Caroline Lourenço de Almeida, Fundação Educacional do Município de Assis

Enfermeira. Doutorando em Enfermagem. Fundação Educacional do Município de Assis, Assis, SP, Brasil.

Eleine Aparecida Penha Martins, Universidade Estadual de Londrina

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR, Brasil.

Daniel Augusto da Silva, Fundação Educacional do Município de Assis

Enfermeiro. Doutor em Ciências. Fundação Educacional do Município de Assis, Assis, SP, Brasil.

Maria Gorete Nicolette Pereira, Universidade Estadual de Londrina

Enfermeira. Doutoranda em Enfermagem. Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR, Brasil.

Gisele Andrade Menolli, Universidade Estadual de Londrina

Enfermeira. Doutoranda em Enfermagem. Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR, Brasil.

Ana Cândida Martins Grossi Moreira, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Enfermeira. Doutoranda em Enfermagem. Universidade Estadual do Norte do Paraná, Bandeirantes, PR, Brasil.

References

American Heart Association. (2015). Destaques da American Heart Association 2015. Atualização das diretrizes de RCP e ACE. Recuperado de: http://cdn.laerdal.com/downloads/f3831/2015-AHA-Guidelines-Highlights-Portuguese.pdf

American Heart Association. (2020). Destaques das diretrizes de RCP e ACE de 2020 da American Heart Association. Recuperado de: https://cpr.heart.org/-/media/cpr-files/cpr-guidelines-files/highlights/hghlghts_2020eccguidelines_portuguese.pdf

Barbosa, I. S. L., Moraes-Filho, I. M., Pereira, B. A., Soares, S. R., Silva, W., & Santos, O. P. (2018). O conhecimento do profissional de enfermagem frente à parada cardiorrespiratória segundo as novas diretrizes e suas atualizações. Revista de Divulgação Científica Sena Aires, 7(2), 117-126.

Carabetta Jr, V. (2016). Metodologia ativa na educação médica. Revista De Medicina, 95(3), 113-121. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v95i3p113-121

Costa, B. M., & Silva, D. A. da. (2021). Atuação da equipe de enfermagem em cuidados paliativos. Research, Society and Development, 10(2), e28010212553. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i2.12553

Coutinho, V. R. D., Martins, J. C. A., & Pereira, M. F. C. R. (2014). Construction and Validation of the Simulation Debriefing Assessment Scale (Escala de Avaliação do Debriefing associado à Simulação - EADaS). Revista de Enfermagem Referência, 4(2), 41-50. http://dx.doi.org/10.12707/RIII1392

Jeffries, P. R., Dreifuerst, K. T., Kardong-Edgren, s., & Hayden, J. (2015). Faculty Development When Initiating Simulation Programs: Lessons Learned From the National Simulation Study. Journal of Nursing Regulation, 5(4), 17-23. https://doi.org/10.1016/S2155-8256(15)30037-5

Lucena, V. S., & Silva, F. L. (2017). Assistência de enfermagem frente à parada cardiorrespiratória: um desafio permanente para o enfermeiro. Revista Científica FacMais, 9(4), 80-94.

Martins, A. R., Silva, M. L., Carvalho, M. T. M., Nascimento, J. S. G., Toledo, D. O., Silva, J. L., & Alves, M. G. (2020). Ensino de ressuscitação cardiopulmonar por meio de videoaula. Revista de Enfermagem UFPE on line, 14, e243145. https://doi.org/10.5205/1981-8963.2020.243145

Mazzo, A. (2017). Simulação: conceitos básicos. In: Scalabrini Neto, A., Fonseca, A. S., Brandão, C. F. Simulação realística e habilidades na saúde. Rio de Janeiro, Atheneu.

Moura, J. G., Brito, M. P. S., Rocha, G. O. S., & Moura, L. T. R. (2019). Conhecimento e atuação da equipe de enfermagem de um setor de urgência no evento parada cardiorrespiratória. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online, 11(3), 634-640. http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2019.v11i3.634-640

Nacer, D. T., & Barbieri, A. R. (2016). Sobrevivência a parada cardiorrespiratória intra-hospitalar: revisão integrativa da literatura. Revista Eletrônica De Enfermagem, 17(3). https://doi.org/10.5216/ree.v17i3.30792

Prestes, J. N., & Menetrier, J. V. (2017). Conhecimento da equipe de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva adulta sobre a parada cardiorrespiratória. Biosaúde, 19(1), 1-11.

Rocha, F. A. S., Oliveira, M. C. L., Cavalcante, R. B., Silva, P. C., & Hates, H. F. (2012). Atuação da equipe de enfermagem frente a parada cardiorrespiratória intra-hospitalar. Revista de Enfermagem do Centro-Oeste Mineiro, 2(1), 141-150. https://doi.org/10.19175/recom.v0i0.100

Silva, B. B. da, & Silva, D. A. da. (2020). Execução de estratégias e práticas seguras na prevenção de lesão por pressão. Research, Society and Development, 9(3), e102932653. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i3.2653

Silva, K. R., Araújo, S. A. S. T., Almeida, W. S., Pereira, I. V. D. S., Carvalho, E. A. P., & Abreu, M. N. S. (2017). Parada cardiorrespiratória e o suporte básico de vida no ambiente pré-hospitalar: o saber acadêmico. Saúde (Santa Maria), 43(1), 53-59.

Silva, L. F. de A., & Silva, D. A. da. (2020). Sintomatologia depressiva em graduandos de Enfermagem no interior de São Paulo: uma abordagem epidemiológica. Research, Society and Development, 9(8), e884986465. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i8.6465

Zanini, J., Nascimento, E. R. P., & Barra, D. C. C. (2006). Parada e reanimação cardiorrespiratória: conhecimentos da equipe de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva. Revista Brasileira de Terapia Intensiva, 18(2), 143-147. https://doi.org/10.1590/S0103-507X2006000200007

Published

17/03/2021

How to Cite

SILVA, B. N. B. da .; ALMEIDA, C. L. de .; MARTINS, E. A. P. .; SILVA, D. A. da; PEREIRA, M. G. N. .; MENOLLI, G. A. .; MOREIRA, A. C. M. G. . Evaluation of the technical skills of the nursing staff in attending cardiopulmonary arrest. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e31110313310, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.13310. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13310. Acesso em: 12 apr. 2021.

Issue

Section

Health Sciences