Teaching in Production Engineering based on the development of skills and competences

Authors

  • Alex Paubel Junger Universidade Federal do ABC
  • Júlio Francisco Blumetti Facó Universidade Federal do ABC.

DOI:

https://doi.org/10.17648/rsd-v6i3.136

Keywords:

Learning. Innovation. Science and technology.

Abstract

The project here presented aims to discuss the context of emergency and development of the Production Engineering in academic environments in Brazil and South Korea. The comparison makes sense taking into account that both countries started their Science and Technology policies from similar points, back in the 1960s and 1970s decades. However, the way these trajectories differ can be understood by the way each country invested in Applied Science training, such as Industrial Engineering. Starting by the comparison of undergraduate programs from both countries, using multivariate statistics, it is possible to discuss how the Industrial Engineering is thought and developed, the main issues related to curriculum innovation and how each environment differ in terms of engineering profession.

References

BITTENCOURT, H. VIALI, L. BELTRAME, E. “A Engenharia de Produção no Brasil: um panorama dos cursos de graduação e pós-graduação”. Revista de Ensino de Engenharia, v. 29, n. 1, p. 11-19, 2010.

CANUTO, O. "O aprendizado tecnológico na industrialização tardia". Economia e Sociedade, n. 3, 1993.

CUNHA, G. D. Um panorama atual da engenharia da produção no Brasil. Porto Alegre - RS, 2002. Disponível em: <http://www.aberpo.org.br>. Acesso em: 10/03/2017.

DAHKMAN, C. & ANDERSSON, T. Korea and the Knowledge-based Economy, World Bank Institute, 2000.

DIAS, R. "O Brasil e a experiência sul-coreana: um rumo alternativo?" Redes, v. 14, n. 28, 2008.

FAÉ, C. S.; RIBEIRO J. L. D. “Um retrato da Engenharia de Produção no Brasil”. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, XXIV, 2004, Florianópolis-SC, Anais.

FURTADO, C. Teoria e Política do desenvolvimento econômico. São Paulo, Editora Nacional. 1968.

KIM, H.Y., Políticas Governamentais na Indústria de Computadores e Periféricos: Uma Análise Comparativa entre Coréia do Sul e Brasil, Dissertação de Mestrado (Mestrado em Administração), FEA-USP, 1996.

LEME, R. A. S. “A História da engenharia de produção no Brasil”. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, III, 1983, São Paulo - SP. Anais.

LÜDKE, M., ANDRÉ, M. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MUMMOLO, G. “The future for industrial engineers: education and research opportunities”. European Journal of Engineering Education, v. 32, n. 5, p. 587- 598, 2007. (10 anos)

RAMOS, M. Educação de qualidade e sua relação com C&T e inovação. Parc. Estrat. Brasília-DF v. 15, n. 31. Jul-dez 2010.

SILVA, T.. Documentos de Identidade: uma introdução às teorias do currículo. 2002. 2 ed. Belo Horizonte, Autêntica.

TERRA, J. & WEISS, J. “Rumo à “Sociedade do Conhecimento”: As Trajetórias do Brasil e da Coréia do Sul”. In: XXII SIMPÓSIO DE GESTÃO DA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA, 2002, Salvador – BA. Anais.

Published

24/10/2017

How to Cite

JUNGER, A. P.; FACÓ, J. F. B. Teaching in Production Engineering based on the development of skills and competences. Research, Society and Development, [S. l.], v. 6, n. 3, p. 261-290, 2017. DOI: 10.17648/rsd-v6i3.136. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/136. Acesso em: 9 may. 2021.

Issue

Section

Articles