Covid-19 and government decisions about the reopening of educational institutions in a particular school in Distrito Federal: a school psychology report

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i4.13725

Keywords:

Online classes; Covid-19; Back to school; Government decisions; Family perspective; Emotions.

Abstract

The article discusses the return face students from Kindergarten and Elementary Education I, a private school system amid the pandemic Covid-19. Actions supported by the government of Distrito Federal were analyzed, as also the reality of families in a private school, seeking to identify factors that influenced the position of those responsible, in order to allow the return of their children during the reopening of educational educations. The methodological investigation was through experience report, comparing the analysis of satisfaction questionnaires sent to families about the online classes and direct surveys, with the sole intention of knowing the number of families interested in the face-to-face return, and associating these analyzes  with different decrees, all published in DODF. Concomitantly, there is bibliographic support in relation to the school scenario, thus presenting other experiences lived during the pandemic. After analysis, the discussion followed a chronological line of thought, initially debating on distance education, bringing its various challenges, both from the bibliographic perspective and from the perspective of the Psychology Team of the school in question. In a second moment, it was discussed the change in the perspective of those responsible, in relation to the face-to-face return, with the government decisions of the moment, despite the rise of the Covid-19 cases. It is concluded that the Covid-19 pandemic determined, in some way, a moment of teachers' resilience and creativity, at the same time that it caused emotional distress in the school community, also reflecting on the social inequalities between public and private schools. 

References

Azevedo, R. L., Mieto, G. S. de M., Buchamann, B. M., Nolasco, A. C. G., & Lopes, L (2021). O ciclo das emoções: relato de experiência da psicologia escolar, no contexto de distanciamento social, com crianças e suas famílias. In: Negreiros, F. & Ferreira, B. de O. (Orgs.). Onde está a psicologia escolar no meio da pandemia? Pimenta Cultural, p. 371-397.

Castaman, A. S., & Rodrigues, R. A. (2020). Educação a distância na crise Covid-19: um relato de experiência. Research, Society and Development, 9(6), 1-26.

Castro, J. A. (2020). Proteção social em tempos de Covid-19. Saúde em debate, 44(4e), 88-99.

Cifuentes-Faura, J. (2020). Consecuencias en los niños del cierre de escuelas por Covid-19: el papel del gobierno, profesores y padres. Revista Internacional de Educación para la Justicia Social, 9(3e), 1-12.

Dias, E., & Pinto, F. C. F. (2020). A educação e a Covid-19. Ensaio: avaliação e políticas públicas em educação, 28(108), 545-554. <https://doi.org/10.1590/s0104-40362019002801080001>.

Distrito Federal. Decreto no 40.509, de 11 de março de 2020. Dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus, e dá outras providências. Diário Oficial do Distrito Federal. Brasília: Poder Executivo, 11 mar. 2020, edição extra, Seção 1, p. 3. .

Distrito Federal. Decreto no 41.842, de 26 de fevereiro de 2021. Dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da COVID-19 (Sars- Cov – 2), e dá outras providências. Diário Oficial do Distrito Federal. Brasília: Poder Executivo, 26 fev. 2021, edição extra, Seção 1, 1 < https://www.dodf.df.gov.br/index/visualizar-arquivo/?pasta=2021|02_Fevereiro|DODF%20014%2026-02-2021%20EDICAO%20EXTRA%20B|&arquivo=DODF%20014%2026-02-2021%20EDICAO%20EXTRA%20B.pdf>.

Fonsceca, V. (2016). Importância das emoções na aprendizagem: uma abordagem neuropsicopedagógica. Revista Psicopedagogia, 33(102), 365-384. http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862016000300014&lng=pt&tlng=pt.

Fundação Oswaldo Cruz. Documento sobre crianças na pandemia Covid-19. <https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/41182/2/Cart ilhaCrianças_Pandemia.pdf>.

Fundo das Nações Unidas para a Infância. (2005). Crianças de até 6 anos. O direito à sobrevivência e ao desenvolvimento. <https://crianca.mppr.mp.br/arquivos/File/publi/unicef_sowc/sit_inf_brasil_2006_completo.pdf> .

Galhardi, C. P., Freire, N. P., Minayo, M. C. de S., & Fagundes, M. C. M. (2020). Fato ou fake? Uma análise da desinformação frente à pandemia da Covid-19 no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 25 (sup. 2), p. 4201-4210. <https://doi.org/10.1590/1413-812320202510.2.28922020>.

Linhares, M. B. M., & Enumo, S. R. F. (2020). Reflexões baseadas na Psicologia sobre efeitos da pandemia COVID-19 no desenvolvimento infantil. Estudos de Psicologia (Campinas), 37, e200089. https://doi.org/10.1590/1982-0275202037e200089

Lüdke, M., & André, M. E. D. A. (1986). Pesquisa em educação: abordagens qualitativas: EPU.

Maia, J. M. D., & Williams, L. C. A. (2005). Fatores de risco e fatores de proteção ao desenvolvimento infantil: uma revisão da área. Temas em Psicologia, 13(2), p. 91-103.

Ministério da Educação. Medida Provisória no 934, de 1 de abril de 2020. Dispõe sobre normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e da educação superior decorrentes das medidas para enfrentamento da situação de emergência de saúde pública. Brasília: Ministério da Educação. <http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/medida-provisoria-n-934-de-1-de-abril-de-2020-250710591>.

Ministério da Mulher, da Família e dos Direito Humanos. Lei nº 8.069 de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Brasília: Ministério da Mulher, da Família e dos Direito Humanos. <https://www.gov.br/mdh/pt-br/centrais-de-conteudo/crianca-e-adolescente/estatuto-da-crianca-e-do-adolescente-versao-2019.pdf>.

Moraes, C. M., Barros, M. O., Araújo, M. G. N., Silva, R. B. A., & Negreiros, F. (2021). Aprendizagem e ensino remoto emergencial no contexto da pandemia da covid-19: o que famílias do Piauí têm revelado. In: Negreiros, F. & Ferreira, B. de O. (Orgs.). Onde está a psicologia escolar no meio da pandemia?: Pimenta Cultural, 287-327.

Oliveira, C. B. E., & Marinho-Araújo, C. M. (2010). A relação família/escola: intersecções e desafios. Estudos de Psicologia, 27(1), p. 99-108. <https://doi.org/10.1590/S0103-166X2010000100012>.

Oliveira, J. B. A., Gomes, M., & Barcellos, T. (2020). A Covid-19 e a volta às aulas: ouvindo as evidências. Ensaio: avaliação e políticas públicas em educação, Rio de Janeiro, 28(108), 555-578.

Pasqualini, J. C., & Eidt, N. M. (2020). Periodização do desenvolvimento infantil e ações educativas. In: Pasqualini, J. C., & Tsuhako. Y. N. (Orgs.). Proposta pedagógica para a educação infantil do Sistema Municipal de Ensino de Bauru: Secretaria Municipal de Educação, 101-148.

Pedroza, R. L. S., & Maia, C. M. F. (2021). Atuação de psicólogas escolares em contexto de pandemia: análise de práticas profissionais. In: Negreiros, F., & Ferreira, B. de O. (Orgs.). Onde está a psicologia escolar no meio da pandemia? Pimenta Cultural, p. 91-117.

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Pereira, F. J., & Shitsuka, R. (2018). Metodologia de pesquisa científica. UFSM. https://repositorio.ufsm.br/bitstream /handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1.

Pereira, H. P., Santos, F. B., & Manenti, M. A. (2020). Saúde mental de docentes em tempos de pandemia: os impactos das atividades remotas. Boletim de Conjuntura (Boca), Boa Vista, ano II, 3(9).

Schmidt, B., Crepaldi, M. A., Bolze, S. D. A., Neiva-Silva, L., & Demenech, L. M. (2020). Saúde mental e intervenções psicológicas diante da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). Estudos de Psicologia, Campinas, 37, p. 1-13.

Senhoras, E. M. (2020). Coronavírus e educação: análise dos impactos assimétricos. Boletim de Conjuntura (Boca), 2(5), 128-136.

Silva, D. de C., Sousa, C. P., Lemos, A. C. G., Ribeiro, M. de M., & Rodrigues, L. C. S. (2021). Desafios na educação em tempos de pandemia: contribuições da psicologia escolar. In: Negreiros, F. & Ferreira, B. de O. (Orgs.). Onde está a psicologia escolar no meio da pandemia? Pimenta Cultural, p. 490-517.

Published

28/03/2021

How to Cite

AZEVEDO, R. L. .; BUCHMANN, B. M. .; LOPES, L. S. . Covid-19 and government decisions about the reopening of educational institutions in a particular school in Distrito Federal: a school psychology report. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 4, p. e0910413725, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i4.13725. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13725. Acesso em: 11 apr. 2021.

Issue

Section

Health Sciences