The physical education textbook: Reflections according of the Common Curriculum Nacional Base

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i4.13966

Keywords:

School Physical Education; Textbook; Teacher training.

Abstract

Historically, the Physical Education curricular component was far from the policies associated with the production of didactic material, especially with regard to the textbook (LD). The absence of this material is the reason for many conflicts regarding its importance,one as an instrument that directs and guides the teacher in the teaching-learning process, theother as an instrument that crystallizes the teaching activity. Therefore, this work meets this material, previously unpublished in the field of School Physical Education. Having as central objective to analyze the textbooks of Physical Education for beginning series of the basic education in the light of the Common Curriculum Nacional Base. Therefore, it has a qualitative character of a descriptive nature under a documentary bias. Data analysis used the content analysis technique. The results showed that the collection “bodily practices” has similarities with the Common Base National Curriculum, however, at times, this approximation is not made in a clear and objective way, especially when we think about its use by a multipurpose teacher. However, in its activities, proposed at the end of each new content, it inserts, in its majority, the students in a diversified field of knowledge, mainly with regard to their geographic reality. Therefore, it is important to highlight that the textbook, in addition to the written pages, needs complements, related to planning, to the teacher's experiences, to the skills developed and under development by the class.

References

Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. Edições 70.

Barroso, A. L. R., & Darido, S. C. (2017). O livro didático na Educação Física Escolar: visão de professores e alunos. Pensar a prática. Goiânia, v. 20, n. 3 jul-set.

Brasil, (1998). Parâmetros Curriculares Nacionais: Educação Física/ Secretaria de Educação Fundamental. Brasília.

Brasil, (1996). Congresso Nacional. Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos: Lei nº 9.394, 20 de dezembro de 1996.

Brasil, (2017). Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular- BNCC versão final. Brasília, DF.

Darido, S. C., Impolcetto, F. M., Ruggiero Barroso, A. L., & Rodrigues, H.de A. (2010). Livro didático na Educação Física escolar: considerações iniciais. Motriz, Rio Claro, v.16 n.2 p.450-457

Dias, L. B., (2018). Base Nacional Comum Curricular: análise documental da perspectiva interdisciplinar do ensino de ciências. Trabalho de conclusão de curso. UFPB/CCA, 2018.

Gil, A. C., (2008). Como elaborar projetos de pesquisa. (4a e ed.), Atlas.

González, F. J., (2014). Práticas corporais e a organização do conhecimento – Esportes de Invasão. Eduem.

Marconi, M. A., & Lakatos, E. M., (2010). Técnicas de Pesquisa. (7a ed.), Editora Atlas.

Mazini Filho, M. L., Simões, M. R., Venturini, G. R., Savóia, R. P., Mattos, D. G., Aidar, F. J., & Costa, S. P. (2014). O ensino de lutas nas aulas de Educação Física Escolar. Cinergis, 15(4). 176-181.

Mohr, A. (2000). Análise do conteúdo de saúde em livros didáticos. Ciência e Educação. 6(2), 89-106.

Novais, N. R. S., & Avila, M. A., (2015). Análise dos recursos físicos e materiais às aulas de educação física em escolas públicas estaduais em Ilhéus, Bahia. Mackenzie de Educação Física e Esporte, Santa Cruz, 14(2), 32-42.

Oliveira, E. N., (2017). A dimensão subjetiva da iniciação a docência: um estudo sobre as significações produzidas no inicio da carreira docente. 2017.206 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade do Estado do Rio Grande Do Norte — Uern, Mossoró/RN, 2016.

Pessoa, R. R., (2009). O livro didático na perspectiva da formação de professores. Trab. linguist. apl. Campinas, 48(1), 53-69.

Nelson, P. J., Khaled, O. M. T., Gilmar, C. C., Angelo, J. C. L., Bruna, G. B. (2018). Gênero no contexto da educação física escolar: Uma revisão de literatura. Espacios, Rio de Janeiro, 39(40), 1-12.

Salles, W. N., Araújo, D. & Fernandes, L. L. (2015). Inclusão de alunos com deficiência na escola: percepção de professores de educação física. Conexões. 13(4), 1-21.

Vieira, M, B. (2013). Importância da Ginástica Enquanto Conteúdo de Educação Física. EFDeportes.com, Revista Buenos Aires - ano 18 - N°180 maio de 2013.

Published

03/04/2021

How to Cite

SILVA , M. S.; OLIVEIRA, A. de L. .; SILVA, I. M. da .; OLIVEIRA, E. N. de. The physical education textbook: Reflections according of the Common Curriculum Nacional Base . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 4, p. e14610413966, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i4.13966. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13966. Acesso em: 20 apr. 2021.

Issue

Section

Education Sciences