The nurse's performance facing humanized care in urgency and emergency services: the challenges for implementation

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.18448

Keywords:

Emergency Nursing; Nursing; Humanization of Assistance.

Abstract

Humanizing in health consists in recognizing the practices of professional and client interaction, through respect and trust, enabling a more dignified and fair reception for the patient. This study aimed to carry out an active search in the literature on the role of nurses in the face of humanized care in urgent and emergency services, as well as the challenges for its implementation. This is a descriptive study, with a qualitative methodological approach, using the Integrative Literature Review (RIL) as a technique, together with the PICO strategy to formulate the guiding question. This study was carried out between April and June 2021 in databases indexed within the Virtual Health Library (VHL): LILACS, BDENF and MEDLINE, by joining three Health Descriptors (DeCS) crossed with the Boolean operator “AND”: Emergency Nursing AND Nursing AND Humanization of Care, with 281 articles found in total. By adding the criteria for articles published in the last five years (2016 to 2021) in Portuguese and English, this number reduced to 124. After reading, analyzing and interpreting the research, 9 articles were selected. The humanization process within the urgency and emergency sector can be implemented, but in the long term, as long as the practices are put into practice, they are not just in the literature, through training in health teams, focusing on professionals who pass years in the same service, who end up getting used to the routine and often work in a cold manner. This study showed that nurses have a significant role in the care provided to patients in the emergency service.

Author Biographies

Italo Everton Bezerra Barbosa, Centro Universitário FAMETRO

Acadêmico de Enfermagem 10°, na Instituição Centro Universitário Metropolitano de Manaus (CEUNI - FAMETRO). Possui experiência na organização de eventos científicos como o I Workshop de Saúde do Idoso: Os desafios do cuidar (2019) e atuou como monitor e membro da comissão organizadora do 71° Congresso Brasileiro de Enfermagem - CBEN (2019). No decorrer da graduação realizou quatro monitorias acadêmicas institucionais (FAMETRO), nas disciplinas de Anatomia Humana, Fisiologia Humana, Sistematização da Assistência de Enfermagem e Semiologia e Semiotécnica. Realizou apresentação de artigos em congressos e eventos científicos, dentre eles o Congresso Científico da FAMETRO (CONCIFA) e I Mostra de Iniciação Científica - Piauí (IMIC PI), sendo recebidas duas Menções Honrosas no eixo Enfermagem e Saúde Pública. Membro/Coordenador de pesquisa da Liga Acadêmica de Curativos (LAC). Idealizador do projeto de extensão intitulado "Orientação sobre a importância de adentrar aos programas de pesquisa e extensão disponibilizados pela universidade para calouros do curso de enfermagem"

Breno de Souza Mota, Universidade de São Paulo

Bacharel em Enfermagem na Instituição CEUNI - FAMETRO (Centro Universitário - Faculdade Metropolitana de Manaus). Atuou como Estagiário, na Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), no Programa Estadual de Controle da Tuberculose (PECT-AM), no Departamento de Vigilância Epidemiológica (DVE). Foi Presidente da LAMSAE (Liga Amazonense de Sistematização da Assistência de Enfermagem), Ex-Diretor de Marketing e atual Diretor Científico da LAESTAM (Liga Acadêmica de Estomaterapia do Amazonas) da Escola de Enfermagem da UFAM (Universidade Federal do Amazonas). Ex-Diretor Científico Adjunto do COEST/ABEn-Am. Membro fundador do Centro Acadêmico de Enfermagem do CEUNI-FAMETRO (CAENFA). Participou do Programa de Iniciação Científica do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (PIBIC/INPA) (2020). Proficiência em Língua Inglesa, pela União Cultural Brasil - Estados Unidos (2020). Atualmente é aluno de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem na Saúde do Adulto (PROESA), da Universidade de São Paulo (USP). Desenvolve pesquisas na área de Enfermagem, com os temas em Teorias de Enfermagem, Processo de Enfermagem, Sistematização da Assistência de Enfermagem, Saúde Mental, Saúde do Adulto e Doenças cardiovasculares.

References

Assis, L. R. D. S., Ribeiro, Í. A. P., Alves, A. K. E. S., & Neta, M. A. D. (2016). Atendimento humanizado no serviço de urgência e emergência: uma revisão sistemática. Revista uningá review, 25(1).

Anguita, M. V., Sanjuan-Quile, Á., Ríos-Risquez, M. I., Valenzuela-Anguita, M. C., Juliá-Sanchis, R., & Montejano-Lozoya, R. (2019). Humanização dos cuidados de saúde no serviço de urgência: análise qualitativa baseada nas experiências dos enfermeiros. Revista de Enfermagem Referência, 4(23), 59-68.

Barbosa, I. E. B., Fonseca, A. R., de Andrade, E. N. M., Maklouf, D. C., Ribeiro, M. C. S., da Silva Rodrigues, A. J. P., ... & de Sena Gomes, S. S. (2021). Segurança do paciente: principais eventos adversos na Unidade Terapia Intensiva. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 13(2), e6454-e6454.

Barbosa, I. E. B., de Souza Mota, B., Fonseca, A. R., Siqueira, D. S. G., de Souza Melo, F., de Figueiredo Lira, F. C., ... & dos Santos, T. M. D. P. (2021). Fatores que difundem a assistência de enfermagem humanizada na unidade de terapia intensiva. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 13(4), e7082-e7082.

Borges, A. M. M., Brito, R. S., & das Chagas, S. N. F. (2016). Percepção dos estudantes de graduação em enfermagem sobre o trabalho do enfermeiro. Revista de Enfermagem do Centro-Oeste Mineiro, 6(3).

Campos, A. C. D., de Paula, B. C., da Silva, B. C., Lara, M. M. C., & da Silva, K. R. (2013). O Enfermeiro como articulador do cuidado humanizado no atendimento às urgências e emergências-REVISÃO The Nurse as an articulator of humanized care in urgent care and emergencies–review http://dx. doi. org/10.15601/2238-1945/pcnb. v3n6p31-40. NBC-Periódico Científico do Núcleo de Biociências, 3(06), 31-40.

Cavalcante, A. K. D. C. B., Damasceno, C. A. F., & de Miranda, M. D. S. (2013). Humanização da assistência em atendimento de urgência hospitalar: percepção dos enfermeiros. Revista Baiana de Enfermagem‏, 27(3).‎

Cézar, S. V., & Souza, J. S. M. D. (2021). A visão da enfermagem sobre o atendimento humanizado no setor de urgência e emergência. Semina cienc. biol. saude, 81-90.

de Sousa, P. C. C., da Silva Oliveira, A. D., Ferreira, P. Q. C., de Sousa, D. J., Lago, E. C., & de Sousa, M. D. C. P. (2015). Humanização da assistência de enfermagem em unidade de urgência e emergência. Revista Interdisciplinar, 8(1), 204-210.

de Carvalho, D. O., dos Santos, N. N. R. C., da Silva, A. R. V., & Carvalho, G. C. N. (2015). Percepção do profissional de enfermagem acerca do cuidado humanizado no ambiente hospitalar. Revista interdisciplinar, 8(3), 61-74.

de Sousa, L. M. M., Marques-Vieira, C. M. A., Severino, S. S. P., & Antunes, A. V. (2017). A metodologia de revisão integrativa da literatura em enfermagem. Nº21 Série 2-Novembro 2017, 17.

do Amaral, S. F. (2017). O uso do Protocolo de Manchester pode auxiliar no atendimento humanizado em uma emergência?

do Carmo, B. A., & de Souza, G. (2018). Atuação do enfermeiro na classificação de risco através do protocolo de manchester: uma revisão da literatura. Revista Eletrônica Acervo Saúde/Electronic Journal Collection Health ISSN, 2178, 2091.

Duro, C. L. M. (2014). Classificação de risco em serviços de urgência nas perspectivas dos enfermeiros.

Filha, M. D. F. (2017). A importância do acolhimento com classificação de risco no serviço de urgência/emergência.

Gallo, A. M., & MELLO, H. C. D. (2009). Atendimento humanizado em unidades de urgência e emergência. Revista F@ pciência, 5(1), 1-11.

Guedes, M. V. C., Henriques, A. C. P. T., & Lima, M. M. N. (2013). Acolhimento em um serviço de emergência: percepção dos usuários. Revista Brasileira de Enfermagem, 66, 31-37.

Leite, T. E. H. P., de Sousa, F. I. N., Ponte, V. A., Mariano, M. R., Barbosa, P. M. E., & Araújo, T. M. (2018). < b> Os desafios da humanização dentro de unidades de pronto atendimento: a visão dos gestores/The challenges of humanization within units of ready attendance: the vision of managers< b. Ciência, Cuidado e Saúde, 17(2).

Macêdo, L. P. (2017). A percepção dos profissionais de enfermagem sobre o atendimento humanizado no setor de urgência e emergência.

Mazoco, K. M. D. S. P., Marinheiro, T. S., Soares, T. S. M., & Nogueira, L. P. (2015). Fatores dificultadores no atendimento humanizado a gestante nos serviços de urgência e emergência. Revista Fafibe On-Line. http://unifafibe. com.

br/revistasonline/arquivos/revistafafibeonline/sumario/36/30102015190506. pdf.

Maciak, I., de Araujo Sandri, J. V., & Spier, F. D. (2009). Humanização da assistência de enfermagem em uma unidade de emergência: percepção do usuário. Cogitare Enfermagem, 14(1), 127-135.

Nascimento, F. S. D. (2017). As ações da enfermagem no atendimento humanizado no setor de urgência e emergência.

Ribeiro, I., & da Silveiora, M. G. C. C. (2015). Humanização hospitalar no sistema único de saúde. Revista Interdisciplinar Ciências e Saúde-Rics, 2(3).

Siqueira, A. D. J., & Carvalho, M. F. A. D. (2019). Enfermeiro: atendimento humanizado em urgência e emergência.

Santana, L. F., da Cunha Paris, M., Gabriel, K. D. O. F., Rosa, W. F., Petry, I. L., Alves, J. N. B., & Rossa, T. A. (2021). Atuação do enfermeiro na urgência e emergência: revisão integrativa da literatura. Brazilian Journal of Development, 7(4), 35994-36006.

Sousa, K. H. J. F., Damasceno, C. K. C. S., Almeida, C. A. P. L., Magalhães, J. M., & Ferreira, M. D. A. (2019). Humanização nos serviços de urgência e emergência: contribuições para o cuidado de enfermagem. Revista Gaúcha de Enfermagem, 40.

Soares, C. B., Hoga, L. A. K., Peduzzi, M., Sangaleti, C., Yonekura, T., & Silva, D. R. A. D. (2014). Revisão integrativa: conceitos e métodos utilizados na enfermagem. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 48, 335-345.

Published

08/08/2021

How to Cite

ROCHA, I. C. da .; PEREIRA, S. L. da S. .; BARBOSA, I. E. B. .; FONSECA, A. R. .; MOTA, B. de S. .; SAMPAIO, E. C. .; MELO, F. de S. .; FRANÇA, I. F. .; MORAES, J. F. .; COSTA, J. B. C.; MACIEL, M. S. .; NUNES, M. M. .; PIRES, P. J. da S. .; DIAS, R. S.; AVINTE, V. O. . The nurse’s performance facing humanized care in urgency and emergency services: the challenges for implementation. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e193101018448, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.18448. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18448. Acesso em: 18 oct. 2021.

Issue

Section

Health Sciences