Health educational practices in the multidisciplinary context: experience report

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.21114

Keywords:

Health education; Internship and residency; Seminars.

Abstract

Introduction: The training of professionals, focused on the Unified Health System (SUS), has been a relevant topic in health education, thus boosting the training of the professionals for a differentiated performance. In this sense, the Multiprofessional Residency Program in Family Health (PRMSF) is supported by the process of teaching, learning and professional practice in loco. The educational practices, through integrative seminars, articulate contents from different areas of knowledge and provide an exchange of experience between the professionals involved. Objectives: Report the contributions of educational practices developed in the form of seminars. Methodology: This is a qualitative study with a descriptive-reflective approach, experience report type, based on the execution of face-to-face and virtual seminars, developed based on the experience of organizing and participating in seminars developed by PRMSF residents, allied with the Municipal Public Health School, in the municipality of Cascavel/PR. Results and discussion: Working on content aimed at professional practice, by conducting seminars, stimulates the process of integration and closer relations between residents, preceptors, instructors and health workers, proposing reflections on the work process contributing to quality care.  Conclusion: The seminars stand out as an alternative to carrying out educational practices in health, allowing the articulation of several professionals simultaneously, for collective construction of knowledge, in order to meet the principles and guidelines of the SUS. The importance of continuity of the seminars plan is pointed out, following up on the critical-reflectives analysis generated.

References

Araújo, T. I., Sales, J. K. D., Melo, C. S., Marçal, F. A., Coelho, H. P., & Sousa, D. R. (2020). Educação em Saúde: Um olhar da equipe multidisciplinar na atenção primária. Brazilian Journal of Development., 6 (4), 16845-16858. https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-014

Brasil. Ministério da Saúde. (2012). Conselho Nacional de Saúde, Comissão Nacional de Ética em pesquisa. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Dispõe sobre as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos.

Brasil. Ministério da Saúde. (2015). Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Departamento de Gestão da Educação na Saúde. Manual de Apoio aos Gestores do SUS para a implementação do COAPES.

Brasil. Ministério da Saúde. (2016). Conselho Nacional de Saúde, Comissão Nacional de Ética em pesquisa. Resolução nº 510, de 07 de abril de 2016. Dispõe sobre as normas aplicáveis a pesquisas em Ciências Humanas e Sociais cujos procedimentos metodológicos envolvam a utilização de dados diretamente obtidos com os participantes ou de informações identificáveis ou que possam acarretar riscos maiores do que os existentes na vida cotidiana, na forma definida nesta Resolução.

Brasil. Ministério da Saúde. (2017). Portaria nº 2436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Carvalho, D. J. (2020). A importância da educação continuada em enfermagem. Revista Saberes, 12 (1). 1-8.

Ceccim, R. B., Meneses, L. B. A., Soares, V. L., Pereira, A. J., Meneses, J. R., Rocha, R. C. S., & Alvarenga, J. P. O. (2018). Formação de Formadores para Residências em Saúde: Corpo docente-assistencial em experiência viva. Rede UNIDA.

Costa, V. A. (2016). A formação profissional dos Assistentes Sociais na Saúde e sua articulação com o projeto ético-político do Serviço Social: um debate necessário. (Dissertação Mestrado, Universidade Federal de Juiz de Fora). Juiz de Fora-MG.

Ferreira, S. R. S., Périco, L. A. D., & Dias, V. R. F. G. (2018). A complexidade do trabalho do enfermeiro na Atenção Primária à Saúde. Revista Brasileira de Enfermagem, 71, 752-757. http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0471

Grando, C. P., &; Salvago, B. M. Educação Continuada pelo Método de Educação a Distância em Odontologia. (2015). Revista Paidéia. 7(11), 1-17.

Lima, J. C. S., Oliveira, A. G. R. C., & Noro, L. R. A. (2021). Avanços e desafios da formação no Sistema Único de Saúde a partir da vivência dos docentes da área de Saúde Coletiva nos cursos de Odontologia. Revista Ciência & Saúde Coletiva, 26(8), 3323- 3334. https://doi.org/10.1590/1413-81232021268.09952020

Mello, A. L., Terra, M. G., Nietsche, E. A., Siqueira, D. F., Canabarro, J. L., & Arnemann, C. T. (2018). Formação de Residentes Multiprofissionais em Saúde: limites e contribuições para a integração ensino-serviço. Revista de Enfermagem do Centro-Oeste Mineiro, 8, 1-8. http://dx.doi.org/10.19175/recom.v8i0.2567

Morsch, C. (2018). Formação profissional em serviço social para atuação no Sistema Único de Saúde. In: Anais do 16º Encontro Nacional de Pesquisadores em Serviço Social. Vitória - ES.

Neves, V. N. S., Machado, C. J. S., Fialho, L. M. F., & Sabino, R. N. (2021). Utilização de lives como ferramenta de educação em saúde durante a pandemia pela Covid-19. Educação & Sociedade, 42, 1-17. https://doi.org/10.1590/ES.240176

Paiva, S. P., Resende, L. T., Paulo, M. N. S., Tomaz, M., & Paiva, S. P. (2019). O serviço social e o trabalho em equipe multiprofissional nas residências em saúde: estado da arte. Revista Libertas, 19(2), 1-16. https://doi.org/10.34019/1980-8518.2019.v19.27089

Peduzzi, M., Agreli, H. L. F., Silva, J. A. M., & Souza, H.S. (2020). Trabalho em equipe: uma revisita ao conceito e seus desdobramentos no trabalho interprofissional. Trabalho, educação e saúde, 18 (1), 1-20. https://doi.org/10.1590/1981-7746-sol00246

Rocha, A. F., Breier, A., Souza, B.; Almeida, C. N., Santos, C. M., Rohloff, C. C., Scariot, E. L., Azambuja, J. V. R., Cartana, J. B., Canal, N., Santos, N. M., & Reinher, S. G. M. (2017). Sobre a residência integrada em saúde com ênfase em vigilância em saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 22(10), 3467-3472. http://dx.doi.org/10.1590/1413-812320172210.18102017

Rodrigues, D. F., Costa, C. F. S., Duarte, P. M., Silva, P. C. (2021). Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Educação Permanente em Saúde: uma construção de vínculo entre a educação e o trabalho. Research, Society and Development, 10 (5), 1-19. http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i5.14491

Silva, C. T., Terra, M. G., Kruse, M. H. L., Camponogara, S., & Xavier, M. S.M. (2016). Residência multiprofissional como espaço intercessor para a educação permanente em saúde. Texto & Contexto Enfermagem, 25(1), 1-9. https://doi.org/10.1590/0104-0707201600002760014

Silva, G. F., Bespalhok, B. T., Mucelini, F. C., Bodaneze, P., & Lombardo, Y. L. D. (2020). Atuação do residente de enfermagem no enfrentamento à covid-19 no município de Cascavel-PR: Relato de experiência. Revista Varia Scientia – Ciências da Saúde, 6 (2), 1-8. http://saber.unioeste.br/index.php/variasaude/article/view/26291/16904

Silveira, S. M., & Silvino, A. M. (2015). Perfil profissional tendo o SUS como base das Diretrizes Curriculares da área da saúde no processo avaliativo. Saúde Redes, 1(3), 103-120. https://doi.org/10.18310/2446-48132015v1n3.606g56

Tenenblat, M. J. T. (2018). Transformações societárias e seus rebatimentos na intervenção profissional de Assistentes Sociais. In: Anais do 16º Encontro Nacional de Pesquisadores em Serviço Social. Vitória - ES.

Published

17/10/2021

How to Cite

BESPALHOK, B. T. .; BASTIANI, F. G. de .; MUCELINI, F. C. .; SILVA, . G. F. da .; ROSSATTO, M. H. .; LOMBARDO, Y. L. D. . Health educational practices in the multidisciplinary context: experience report. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e403101321114, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.21114. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/21114. Acesso em: 3 dec. 2021.

Issue

Section

Health Sciences