Scientific evidence about the complications of Zika virus in newborn

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i14.21674

Keywords:

Pregnancy; Microcephaly; Zika virus.

Abstract

Zika is a self-limited febrile disease transmitted to man through the bite of an Aedes mosquito, mainly Aedes aegypti infected, or through vertical transmission from the infected mother to the fetus or newborn at the time of delivery. The biggest concern in the occurrence of Zika virus infection is the impairment of pregnant women due to fetal complications resulting from the infection. This study aimed to identify through bibliographic findings the main complications in newborns affected by microcephaly associated with Zika, the justification of this study is the need to identify which complications microcephaly leads to the lives of newborns affected by the disease. This is an integrative literature review research with a qualitative approach on the implications of Zika virus infection in newborns, with emphasis on microcephaly. The articles included in this study showed that the most significant changes in newborns with microcephaly are head circumference and delay in psychomotor development, the latter being an obstacle often experienced by the family as well. This study made it possible to identify marital complications resulting from the arrival of a newborn with microcephaly, and the difficulty of nursing professionals in dealing with the process of identification, surveillance and diagnosis. Among the complications for the newborn, it could be observed that neurological and psychomotor alterations are the most significant and require more attention.

References

Alves, C. R. L., & Scherrer, I. R. S. (2018). Semiologia da criança e do recém-nascido. NESCON.

Cajuhi, A. S., Suto, C. S. S., Mercês, A. E. D., Oliveira, J. S. B., & Costa, L. E. L., Nascimento, R. C. D., & Linhares, T. P. S. (2020). Vivências de cuidadoras sobre o cuidado de crianças com microcefalia. Rev. Enferm. UFPE Online. 14, 1-7.

Câmara, A. P. B. (2018). Microcefalia em recém-nascidos: antes e após epidemia pelo vírus Zika, 2018. Dissertação de mestrado, Universidade Federal do Maranhão, São Luís, Maranhão, Brasil.

Cruz, R. S. B. L. C., Batista, M. F., Caminha, M. F., & Souza, E. S. (2016). Protocolos de atenção pré-natal à gestante com infecção por Zika e crianças com microcefalia: justificativa de abordagem nutricional. Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. 16(1), 95-102.

Félix, V. P. S. R., & Farias, A. M. (2019). Microcefalia e dinâmica familiar: a percepção do pai frente à deficiência do filho. Cadernos de Saúde Pública. 34(12), 1-11.

Galvão, M. C. B., & Ricarte, I. L. M. Revisão sistemática da literatura: conceituação, produção e publicação. Logeion: Filosofia da informação. 6(1), 57-73.

Martins, R. S., Fróes, M. H., Saad, L. C, Ignácio, S. M. J., Prado, W. D. A., Figueiredo, E. M., Sato, H. K., Ciccone, F. H., Guimarães, T. C. & Katz, G. (2017). Descrição dos casos de síndrome congênita associada à infecção pelo ZIKV no estado de São Paulo, no período 2015 a 2017. Epidemiologia e Serviços de Saúde. 27(3), 1-10.

Mendes, K. D. S., Silveira, R. C. C. P., & Galvão, C. M. (2008). Revisão integrativa: método de pesquisa para uma incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & contexto-enfermagem. 17(4), 758-764.

Ministério da Saúde. (2020). Situação epidemiológica da síndrome congênita associada à infecção pelo vírus Zika em 2020, até a SE 45. https://www.gov.br/saude/ptbr/assuntos/media/pdf/2020/dezembro/11/boletim_epidemiologico_svs_47.pdf

Ministério da Saúde. (2017). Vírus Zika no Brasil A resposta do SUS. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/virus_zika_brasil_resposta_sus.pdf

Moher, D., Liberati, A., Tetzlaff, J., Alteman, D. G., & Group, P. (2009). Reprint - Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses: The PRISMA Statement. Physical therapy, 89(9), 873-880.

Oliveira, B. S. B., Melo, F. M. S., Oliveira, R. K. L., Neta, J. F. F., Monteiro, F. P. M. & Joventino, E. S. (2019). Estimulação precoce do desenvolvimento da criança com microcefalia: percepção materna. Revista Brasileira de Enfermagem. 72, 146-153.

Oliveira, P. S. (2019). Experiências de pais de crianças nascidas com microcefalia, no contexto da epidemia de Zika, a partir da comunicação do diagnóstico. Tese de doutorado, Universidade Federal do Maranhão, São Luís, Maranhão, Brasil.

Pedrosa, R. K. B., Guedes, A. T. A., Soares, A. R., Vaz, E. M. C., Collet, N., & Reichert, A. P. S. (2020). Itinerário da criança com microcefalia na rede de atenção à saúde. Escola Anna Nery. 24(3), 1-8.

Pereira, L. P., Almeida, A. O. L. C., Lima, C. C. O. J., Santos, J. B., Barbosa, M. S., & Felzemburgh, R. D. M. (2019). Crises convulsivas em neonato com microcefalia associada à infecção pelo Zika vírus. Revista Enfermagem UERJ. 27, 1-4.

Sá, S. A. A. G., Galindo, C. C., Dantas, R. S., & Moura, J. C. (2020). Dinâmica familiar de criança com a síndrome congênita do Zika vírus no Município de Petrolina, Pernambuco, Brasil. Cadernos de Saúde Pública. 36(2), 1-20.

Souza, W. V., Araújo, T. V. B., Albuquerque M. F. P. M., Braga, M. C., Ximenes, R. A. A., Miranda-Filho, D. B., Bezerra, L. C. A., Dimech, G. S., Carvalho, P. I., Assunção, R. S., Santos, R. H., Oliveira, W. K., Rodrigues, L. C., & Martelli, C. M. T. (2016). Microcefalia no Estado de Pernambuco, Brasil: características epidemiológicas e avaliação da acurácia diagnóstica dos pontos de corte adotados para notificação de caso. Cadernos de Saúde Pública. 32(4), 1-8.

Cruz, G. V. S. F., Rodrigues, F. M. C., Silva, E. M., Kantoviscki, A. L. L., & Souza, S. G. (2019). Diagnósticos e intervenções de enfermagem a criança com síndrome congênita Zika vírus. Revista Nursing. 22(253), 2949-2955.

Queiroz, L. P. B., Barros, J. N. P., Monteiro, C. L. S. J., & Resende, I. T. (2019). O papel da enfermagem na assistência ao neonato com microcefalia por Zika: uma revisão de literatura. Projectus. 4(1), 152-160.

Vargas, A., Saad, E., Dimech, G. S., Santos, R. H., Sivini, M. A. V. S., Albuquerque, L. C., Lima, P. M. S., Barreto, I. C., Andrade, M. E., Estima, N. M., Carvalho, P. I., Azevedo, R. S. A., Vasconcelos, R. C. O., Assunção, R. S., Frutuoso, L. C. V., Carmo, G. M. I., Souza, P. B., Wada, M. Y., Oliveira, W. K., Henriques, C. M. P., & Percio, J. (2016). Características dos primeiros casos de microcefalia possivelmente relacionados ao vírus Zika notificados na Região Metropolitana de Recife, Pernambuco. Epidemiologia e Serviços de Saúde. 25(4),691-700.

Published

29/10/2021

How to Cite

SILVA , A. F. M. da .; PEREIRA, E. A. .; PAZ , F. A. do N. . Scientific evidence about the complications of Zika virus in newborn. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 14, p. e161101421674, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i14.21674. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/21674. Acesso em: 14 jul. 2024.

Issue

Section

Review Article