Kitchen chemistry a teaching sequence for the teaching of colligative properties

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i14.22120

Keywords:

Colligative properties; Chemistry teaching; Investigative experimentation; Three pedagogical moments.

Abstract

The present didactic sequence had as objective the elaboration and execution of a didactic sequence with theoretical base in the three pedagogical moments for the teaching of colligative properties. Based on the three pedagogical moments, the activity was elaborated based on the theme "Chemistry in the kitchen", for this in the first pedagogical moment, which is called initial problematization, questions were raised on the subject related to the four main colligative properties: ebullioscopy, tonoscopy, osmotic pressure and cryoscopy. Right after, in the second moment called knowledge organization, the content was exposed in a frame to explain the concept to be learned, based on the hypotheses raised by the students. Furthermore, for the concept of cryoscopy, an investigative experiment was used to organize the student's knowledge. In the last pedagogical moment, the application of knowledge, entrance exam questions and open questions were used in which students should discuss the answers. Thus, after analyzing the data collected, the present teaching tool had an important contribution to the teaching of colligative properties, as it was evidenced that students had an effective learning, and also a contextualized approach favors the debate within the classroom, therefore the student becomes a more critical citizen, who is better positioned to face everyday problems.

References

Albuquerque, K. B., dos Santos, P. J. S., & Ferreira, G. K. (2015). Os Três Momentos Pedagógicos como metodologia para o ensino de Óptica no Ensino Médio: o que é necessário para enxergarmos?. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, 32(2), 461-482.

Atkins, P. W.; Jones, L.(2006). Princípios de química: questionando a vidamoderna e o meio ambiente. Bookman.

Carvalho, A. M. P de C.(2012). Os Estágios Nos Cursos de Licenciatura. Editora Cengage Learning.

Carvalho, A. M. P. D. (2001). A influência das mudanças da legislação na formação dos professores: as 300 horas de estágio supervisionado. Ciência & Educação (Bauru), 7, 113-122.

de Cássia Suart, R., & Marcondes, M. E. R. (2009). A manifestação de habilidades cognitivas em atividades experimentais investigativas no ensino médio de química. Ciências & Cognição, 14(1), 50-74.

Farias, R. F., et al. (2006) Pressão Osmótica: Abordagem Quantitativa para um Conhecido Experimento. Revista Principia, 1, 13, 84-86.

Farias, S. A. D., & Ferreira, L. H. (2012). Diferentes olhares acerca dos conhecimentos necessários na formação inicial do professor de Química. Química Nova, 35(4), 844-850.

Ferreira, M. V., Paniz, C. M., & Muenchen, C. (2016). Os Três Momentos Pedagógicos em consonância com a Abordagem Temática ou Conceitual: uma reflexão a partir das pesquisas com olhar para o Ensino de Ciências da Natureza. Ciência e Natura, 38(1), 513-525.

Giacomini, A., & Muenchen, C. (2015). Os três momentos pedagógicos como organizadores de um processo formativo: algumas reflexões. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 15(2), 339-355.

Kasseboehmer, A. C., & Ferreira, L. H. (2008). O espaço da prática de ensino e do estágio curricular nos cursos de formação de professores de química das IES públicas paulistas. Química Nova, 31, 694-699.

Muenchen, C., & Delizoicov, D. (2014). Os três momentos pedagógicos e o contexto de produção do livro" Física". Ciência & Educação (Bauru), 20, 617-638.

Muenchen, C., & Delizoicov, D. (2018). Os três momentos pedagógicos na edição de livros para professores. Revista ENCITEC, 1(1), 84-97.

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Pereira, F. J., & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [eBook]. Santa Maria. Ed. UAB / NTE / UFSM. https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1.

Silva, J. C., & Tourinho e Silva, A. D. C. (2019). A dimensão epistêmica do discurso de um professor de Química no ensino de propriedades coligativas. Revista electrónica de investigación en educación en ciencias, 14(1), 14-29.

Souza, F. L., Akahoshi, L. H., Marcondes, M. E. R., & do Carmo, M. P. (2013). Atividades experimentais investigativas no ensino de química. São Paulo: EDUSP.

Souza, K. A. F. D., Cardoso, A. A. (2008) Dificuldades de futuros professores na construção e aplicação do “pensamento químico”. Anais: XIV Encontro Nacional de Ensino de Química (XIV ENEQ), 1, 134-140.

Stahl, L. R.; Santos, C. F. (2012). O estágio nos cursos de licenciatura: reflexões sobre as práticas docentes. IX ANPED SUL, 1, 110-120.

Veríssimo, V. B., & Campos, A. F. (2011). Abordagem das propriedades coligativas das soluções numa perspectiva de ensino por situação-problema. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, 4(3).

Viecheneski, J. P., Lorenzetti, L., & Carletto, M. R. (2012). Desafios e práticas para o ensino de ciências e alfabetização científica nos anos iniciais do ensino fundamental. Atos de pesquisa em educação, 7(3), 853-876.

Wartha, E. J., Silva, E. D., & Bejarano, N. R. R. (2013). Cotidiano e contextualização no ensino de química. Química nova na escola, 35(2), 84-91.

Published

03/11/2021

How to Cite

CASTRO , M. C. .; SIRAQUE, M. .; ALVES, E. S. .; SAQUETI, B. H. F. .; RAMOS , L. W. C. . Kitchen chemistry a teaching sequence for the teaching of colligative properties. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 14, p. e335101422120, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i14.22120. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/22120. Acesso em: 20 jun. 2024.

Issue

Section

Educational Objects